Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Miguel e João esgotam concerto em 1h30 no Casino Estoril. Data Extra anunciada!

Miguel e João esgotam concerto em 1h30 no Casino Estoril. Data Extra anunciada!

Miguel e João.JPG

 

A dupla alentejana que deu que falar no "The Voice Portugal" vai estar em concerto dia 29 e 30 de Janeiro, pelas 20h, no palco do Lounge D do Casino Estoril. A primeira data (29) foi ontem anunciada e esgotou os lugares em apenas 1h30. A cultura é segura e a entrada é livre.

Miguel Costa é natural de Beja e João Maria Baião da Vidigueira, tem ambos 19 anos, e conquistaram os quatro mentores logo no primeiro dia ao virar as quatro cadeiras. Seguiram até à final, no último domingo, onde ficaram em 4ºlugar.

Nesse dia foram convidados pela mentora Aurea a participarem no seu concerto no próximo dia 15 de Janeiro no Campo Pequeno. No dia 29 e 30 estão anunciados no Casino Estoril onde prometem levar convidados especiais que serão revelados mais em cima da data.

Conhecem-se desde pequenos, mas foi apenas por volta dos 12 anos de idade que a amizade cresceu, altura em que João começou a ter aulas em Beja e a aproveitar o tempo livre para estar com Miguel. Juntos dedicaram-se à música, começaram a tocar e a cantar em grupos de jovens da igreja e aos 15 anos decidiram criar um grupo musical em conjunto com mais dois amigos, ao qual deram o nome de "Los Colchoneros". Desde aí nunca mais se separaram. Já atuaram em várias palcos no Alentejo e também em Lisboa, mas o "The Voice" foi o primeiro grande palco que pisaram.

Dia 29 e 30 de Janeiro no Casino Estoril a entrada é gratuita. Garanta o seu lugar ao fazer a reserva de mesa pelo 214 667 815. Lotação limitada de acordo com as normas da DGS.

De salientar que o Casino Estoril foi distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal e aderiu ao serviço COVID OUT, Selo de Confiança, Clean Surfaces Safe Places, emitido pelo ISQ.

Com novo horário de funcionamento, o Casino Estoril abre agora às 11h e encerra às 22 horas. O acesso ao Lounge D do Casino Estoril é para maiores de 14 anos, ou maiores de 10 quando acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo só é permitida a entrada a maiores de 18 anos.

Exposição “30 Anos de Leitura Pública – Pessoas, Palavras e Poemas!”

exposição 30 anos de leitura publica.jpg

 

 

A Exposição “30 Anos de Leitura Pública – Pessoas, Palavras e Poemas!” está a percorrer as bibliotecas municipais do concelho da Moita. De 6 a 30 de janeiro, estará patente na Baixa da Banheira.

 

Ao longo de três décadas, as bibliotecas têm desenvolvido um conjunto de projetos dirigidos à comunidade educativa, aos utentes dos lares, às crianças e famílias e à população em geral. Muito mais do que um local onde se pode aceder à informação, o papel das bibliotecas municipais tem sido essencial na manifestação das mais variadas práticas artísticas, trabalhando com parceiros, disponibilizando espaços, promovendo e incluindo na sua programação um conjunto de ações com vista à fruição artística e cultural. São essencialmente centros de aprendizagem e partilha onde é possível, através das múltiplas atividades existentes, envolver a comunidade em projetos diversificados.

Os autores locais fazem, pois, parte deste universo. São pilares essenciais na dinâmica e na vida das bibliotecas e a sua participação nas mais variadas ações constitui um importante elo de ligação territorial e de reforço comunitário.
Por isso, a Câmara Municipal da Moita lançou o desafio aos “poetas nossos munícipes”: escrever um poema sobre as bibliotecas para integrar a “Exposição 30 anos de Leitura Pública – Pessoas, Palavras e Poemas!”.

 

Jovens Solistas da Metropolitana apresentam-se no Museu do Oriente

Entrada gratuita

 

metropolitana_14jan.JPG

 

Os Jovens Solistas da Metropolitana sobem ao palco do Museu do Oriente, na quinta-feira 14 de Janeiro, às 19.00, com um programa ligeiro e divertido capaz de mostrar todo o virtuosismo das cordas, dos instrumentos de sopro e do piano. A entrada é gratuita.

 

Percorrendo composições de Debussy, Koechlin, Telleman e Crusell, entre outros, os alunos da Academia Nacional Superior de Orquestra demonstram por que esta é a mais premiada escola portuguesa nesta área. Desenvolvendo uma ponte pedagógica inédita entre a prática e o ensino musical, a ANSO é a única escola do país que forma maestros, instrumentistas de orquestra e pianistas vocacionados para música de câmara. Ao longo dos seus 25 anos tem vindo a mudar o panorama cultural em Portugal, com muitos dos seus alunos a ingressar nas mais exigentes instituições de ensino e formações internacionais.

 

O Museu do Oriente cumpre todos os requisitos de higiene e limpeza para prevenção e controlo da COVID-19, tendo recebido o Selo Clean & Safe para Museus, Palácios, Monumentos e Sítios Arqueológicos, atribuído pelo Turismo de Portugal em articulação com o Ministério da Cultura, às entidades que cumprem as recomendações da Direcção-Geral da Saúde.

 

Jovens Solistas da Metropolitana

14 de Janeiro, quinta-feira

19.00

Entrada gratuita

 

Programa

  1. P. Telemann |Concerto para 4 Violinos, TWV 40:202 (arra. para 4 flautas) (1)
  2. CrusellDivertimento para Oboé e Cordas, Op. 9 (2)

    C.-P. Taffanel | Quinteto de Sopros (3)

  1. ArnoldDivertimento para Flauta, Oboé e Clarinete, Op. 37 (4)
  2. Debussy2 andamento do Trio com Piano em Sol Maior (5)
  3. KoechlinQuatro Pequenas Peças para Piano, Violino e Trompa, Op. 32 (6)

 

(1) Ana Clara SousaGonçalo ReisCatarina SilvaHélio Santos (flautas)

(2) Pedro Capelão (oboé), Carolina Duarte (violino), Beatriz Tomás (violino), Ana Russo (viola), Beatriz Lousan (violoncelo)

(3) Beatriz Marques (flauta), Rodrigo Marques (oboé), Guilherme Duque (clarinete), Sara Maia (fagote), César Luís (trompa)

(4) Carolina Rosa (flauta), Guilherme Cruz (oboé), Joana Neves (clarinete)

(5) Bernardo Sousa (violino), Tiago Mirra (violoncelo), André Rodrigues (piano)

(6) Ana Ferreirinho (piano), Cristiana Herculano (violino), Helena Gabriela (trompa)

 

www.museudooriente.pt

Município de Palmela promove formação certificada e gratuita sobre Criatividade

Criatividade.jpg

 

No âmbito do Projeto “Formação para a Comunidade”, a Câmara Municipal de Palmela e o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) promovem, entre 27 de fevereiro e 19 de junho, a ação de formação “Criatividade - a mais valiosa ferramenta do futuro | Linguagem Plástica e as Práticas de Representação Livre”.

Dinamizada por Paula Moita em formato B-Learning - quartas-feiras, online (19h00 às 21h30) e sábados, presencialmente (Biblioteca Municipal de Palmela - 9h30 às 18h00) - esta ação, com um mínimo de 17 formandas/os e um total de 50 horas, é dirigida a maiores de 18 anos.

Recorde-se que a “Formação para a Comunidade”, projeto promovido pela Autarquia desde 2007, em parceria com pessoas e entidades acreditadas para o efeito, tem como objetivo central o reforço das qualificações pessoais e profissionais da população do concelho.

Mais informações/inscrições através do e-mail formacao.comunidade@cm-palmela.pt e do telefone 212 336 632 (Biblioteca Municipal de Palmela).

 

Exposição Fluxos, de Roberto Santandreu, na SNBA a partir de 7 de janeiro de 2021

Convite Expo Roberto Santandreu_Fluxos.jpg

 

A SNBA e o fotógrafo Roberto Santandreu apresentam a partir das 15h00 de 7 de janeiro, na Galeria de Arte Moderna a exposição Fluxos.

 

Com curadoria do pintor Jaime Silva, Roberto Santandreu apresenta 26 fotografias de grande dimensão (1410x910mm) impressas em papel Canson, dando a ver o invisível, real reduzido, sintetizado, em tampas de esgoto, no chão de várias cidades.

 

A exposição com entrada livre, estará aberta de segunda a sexta-feira, das 12h00 às 19h00 e aos sábados das 14h00 às 19h00. Encerra aos domingos e dias feriados e respeita as normas emitidas pela DGS e pelo Governo Português, nomeadamente quanto à lotação de espaços interiores e ao uso obrigatório de máscara.

METROPOLITANA | "Café com Mozart" nas manhãs de janeiro > 11H. Teatro Thalia

transferir (3).jpg

 

Parte da reputação da tradição musical clássica constrói-se com base nos valores da transcendência estética e de uma doutrina humanista que a razão não alcança. Justifica-se, por isso, que os nomes dos compositores e os títulos das obras se sobreponham frequentemente à mais descontraída experiência de ouvir música no dia a dia, seja pelo simples prazer contemplativo ou por quaisquer motivações de circunstância. Não esquecemos, porém, que, por intermédio das gravações e dos novos formatos que a música ao vivo desbravou recentemente, esse imenso repertório dispensa com facilidade a reverência formal para preencher momentos improváveis das nossas rotinas.

Neste caso, propõe-se um curto ciclo de concertos que convida a despertar com música de câmara de Wolfgang Amadeus Mozart. São trios, quartetos e quintetos que, apesar de terem sido compostos há mais de duzentos anos, mantêm uma frescura que combina na perfeição com um bom café expresso bebido em frias manhãs de inverno.

Dominguinhos Online Algarve: Uma árvore com desejos para o novo ano

Os “Dominguinhos” de 10 de janeiro têm uma história

 

Dominguinhos MAR Shopping Algarve.jpg

 

A Maria tinha muitos desejos para 2021 e também alguns de 2020 que ainda não tinha concretizado! Os “Dominguinhos” de 10 de janeiro do MAR Shopping Algarve contam a história da Maria e de uma árvore muito especial. Através de uma teatralização, vamos conhecer melhor quais são os desejos da Maria e como é que a mãe a pode ajudar, através da Árvore dos Desejos!

 

Agora online, a programação dos “Dominguinhos” continua a animar as manhãs de domingo das crianças que visitem as páginas de Facebook e Instagram do MAR Shopping Algarve, pelas 11h00. O programa das atividades online pretende continuar a proporcionar momentos mágicos, com espaço para a brincadeira e experiências pedagógicas. As crianças ficam bem entregues às suas atividades favoritas de domingo de manhã, e os pais podem descansar ou, se quiserem, inspirar-se nestes vídeos para outras histórias e atividades divertidas para fazer em família.

CCB - Garagem Sul | Debate de encerramento da exposição "O Mar É a Nossa Terra" > sábado, dia 9 janeiro às 11h00

Como é que as circunstâncias ambientais e ecológicas dão forma

e sentido às práticas de construção da paisagem e da arquitetura?

Como é que o bacalhau constrói o espaço em que vivemos?

 

Debate de encerramento da exposição

O Mar É a Nossa Terra

 

CCB ▪  9 janeiro ▪ 11h00 ▪ Garagem Sul+ transmissão online em direto

image003 (1).jpg

Como é que as circunstâncias ambientais e ecológicas dão forma

e sentido às práticas de construção da paisagem e da arquitetura?

Como é que o bacalhau constrói o espaço em que vivemos?

Descarga de bacalhau nos armazéns frigoríficos da Comissão Reguladora do Comércio de Bacalhau, Porto, sem data. Cortesia de Museu Municipal de Etnografia e História da Póvoa de Varzim

 

Para concluir o programa paralelo à exposição O Mar É a Nossa Terra, esta sessão vai combinar duas apresentações numa conversa em torno do bacalhau. Karl Otto Ellefsen, professor na Escola de Arquitetura e Design de Oslo, vai apresentar as várias etapas e processos de urbanização associados à pesca do bacalhau no norte da Noruega. André Tavares, co-curador da exposição e programador da Garagem Sul, trará alguns exemplos de construção equivalentes na Terra Nova e em Portugal. À conversa com Diego Inglez de Souza, regressa-se à questão fundamental da exposição: como é que as circunstâncias ambientais e ecológicas dão forma e sentido às práticas de construção da paisagem e da arquitetura? Como é que o bacalhau constrói o espaço em que vivemos?

Este debate está inserido no programa Arquitetura do Bacalhau, financiado pelos EEA Grants Portugal através do Fundo para Relações Bilaterais.

_

 

Idioma do evento: inglês

Pode assistir ao debate presencialmente na Garagem Sul ou através da transmissão em direto nesta página.

Câmara Municipal de Palmela | “Janeiras” e concerto com Pedro Mestre recriam Noite de Reis no Cine-Teatro S. João

00“Janeiras” e concerto com Pedro Mestre recriam Noite de Reis

no Cine-Teatro S. João

 

Janeiras.jpg

 

Devido ao contexto pandémico, a tradição das “Janeiras”, que habitualmente percorria as ruas do Centro Histórico de Palmela, no dia 6 de janeiro, ficará em 2021, centrada no Cine-Teatro S. João, com um espetáculo, às 21h00, que reunirá os votos de bom ano do Movimento Associativo, mas em formato vídeo. A Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”, Sociedade Filarmónica Humanitária, Centro Social de Palmela, Grupo 40 de Palmela da Associação de Escoteiros de Portugal, Grupo Modalentejo e o Grupo Coral “Ausentes do Alentejo são os participantes na edição 2021.

 

O espetáculo - uma organização da Câmara Municipal de Palmela com o Movimento Associativo - contará, ainda, com o concerto de Pedro Mestre “Folclore de Natal, Janeiras e Reis”, onde o cante a vozes e a viola campaniça são protagonistas.

 

“Há 25 anos a cantar a música tradicional do Alentejo, pioneiro do projeto de salvaguarda do Cante, fundador e ensaiador de corais alentejanos, Pedro Mestre é um dos principais responsáveis pelo surgimento de novas gerações na música tradicional do Alentejo, levando o Cante Coral alentejano para as escolas, onde, desde 2006, ensina a tradição a alunas/os do 1.º ciclo, em várias escolas do Baixo Alentejo.

 

Paralelamente ao cante, Pedro Mestre tem trabalhado na preservação e salvaguarda da viola campaniça, instrumento tradicional do Alentejo. Aprendeu com os mestres tocadores a arte de construir e dedilhar esta peculiar viola de arame e, para além de a ensinar nas escolas, já levou este instrumento aos quatro cantos do mundo”.

 

O espetáculo tem entrada livre, mediante levantamento de bilhete. Mais informações/reservas: 212 336 630.

 

As “Janeiras” fecham o programa “Viva o Natal em Palmela”, iniciativa da Câmara Municipal com vários parceiros locais, que tem proporcionado  às famílias diversas atividades para celebração desta quadra, em todas as freguesias do concelho.

 

 

Participe, mantenha viva esta tradição!

 

 

https://pt-pt.facebook.com/Pedro-Mestre-228883907161419/

 

 

 

 

 

Câmara Municipal de Palmela | “Janeiras” e concerto com Pedro Mestre recriam Noite de Reis no Cine-Teatro S. João

 

“Janeiras” e concerto com Pedro Mestre recriam Noite de Reis

no Cine-Teatro S. João

 

Janeiras.jpg

 

Devido ao contexto pandémico, a tradição das “Janeiras”, que habitualmente percorria as ruas do Centro Histórico de Palmela, no dia 6 de janeiro, ficará em 2021, centrada no Cine-Teatro S. João, com um espetáculo, às 21h00, que reunirá os votos de bom ano do Movimento Associativo, mas em formato vídeo. A Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”, Sociedade Filarmónica Humanitária, Centro Social de Palmela, Grupo 40 de Palmela da Associação de Escoteiros de Portugal e o Grupo Coral “Ausentes do Alentejo são os participantes na edição 2021.

 

O espetáculo - uma organização da Câmara Municipal de Palmela com o Movimento Associativo - contará, ainda, com o concerto de Pedro Mestre “Folclore de Natal, Janeiras e Reis”, onde o cante a vozes e a viola campaniça são protagonistas.

 

“Há 25 anos a cantar a música tradicional do Alentejo, pioneiro do projeto de salvaguarda do Cante, fundador e ensaiador de corais alentejanos, Pedro Mestre é um dos principais responsáveis pelo surgimento de novas gerações na música tradicional do Alentejo, levando o Cante Coral alentejano para as escolas, onde, desde 2006, ensina a tradição a alunas/os do 1.º ciclo, em várias escolas do Baixo Alentejo.

 

Paralelamente ao cante, Pedro Mestre tem trabalhado na preservação e salvaguarda da viola campaniça, instrumento tradicional do Alentejo. Aprendeu com os mestres tocadores a arte de construir e dedilhar esta peculiar viola de arame e, para além de a ensinar nas escolas, já levou este instrumento aos quatro cantos do mundo”.

 

O espetáculo tem entrada livre, mediante levantamento de bilhete. Mais informações/reservas: 212 336 630.

 

As “Janeiras” fecham o programa “Viva o Natal em Palmela”, iniciativa da Câmara Municipal com vários parceiros locais, que tem proporcionado  às famílias diversas atividades para celebração desta quadra, em todas as freguesias do concelho.

 

 

Participe, mantenha viva esta tradição!

 

 

https://pt-pt.facebook.com/Pedro-Mestre-228883907161419/