Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Leitura da Peça Limiar do Grupo de Teatro Terapêutico em Mafra

379837_228677120533320_799158133_n.jpg

 

Grupo de Teatro Terapêutico tem o prazer de o/a convidar para a apresentação "Libertação pela Arte: Uma Experiência Terapêutica com 50 Anos" que inclui uma leitura encenada da peça "Limiar", de João Silva. A leitura ocorrerá no dia 24 de Maio pelas 14.30 no edifício da Loja do Cidadão, em Mafra, no âmbito do Ciclo de Conferências "As pessoas: o nosso património mais valioso".

 

"Vozes da África Lusófona II: O OUTRO LADO DO ESPELHO"

A Fundação das Casas de Fronteira e Alorna, que coordena a comunidade de
leitores mais antiga da cidade de Lisboa, organizou para o dia 16 de Maio de
2018, no Palácio Fronteira,
uma sessão extraordinária do Grupo de Leitura sobre

 

Sessão extraordinária do Grupo de Leitura – Vozes da África Lusófona II: O Outro Lado do Espelho, sobre a obra Mais um dia de vida: Angola, 1975”, de Ryszard Kapuściński, a realizar no dia 16 de Maio de 2018, quarta-feira, às 19h00, no Palácio Fronteira. 

 

Moderação de VANDA ANASTÁCIO (Universidade de Lisboa / FCFA).

 

 

 

Esta proposta surge no seguimento do grupo de Leitura Vozes da África Lusófona, um ciclo de encontros da comunidade de leitores durante o qual foram comentadas e debatidas obras de autores africanos da contemporaneidade. O presente programa propõe uma mudança de perspectiva, uma espécie de passagem para “o outro lado do espelho”, para reflectir sobre outras vivências da África portuguesa, através obras que se debruçam sobre o período colonial. 

 

Vanda Anastácio

 

 

 

Informações e Inscrições obrigatórias (gratuitas, limitadas à capacidade da sala): fcfa-cultura@fronteira-alorna.pt / 217 784 599

 

 

 

Organização: Fundação das Casas de Fronteira e Alorna.

 

Apoios: Antena 2, Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras de Lisboa e Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica.

 

Local: Palácio  Fronteira, Largo São Domingos de Benfica nº 1 - 1500-554 Lisboa

 

 


 





 

Esta noite grita-se - Vida x 3, de Yasmina Reza

a1637d9d-c583-4b53-83c5-b598b31b4756.jpg

 

Fruto de um lapso de agenda, um casal com um filho pequeno recebe em sua casa, um dia antes do previsto, um outro casal para jantar. É este o ponto de partida que Yasmina Reza usa para expor os conflitos da classe média civilizada. Como se as boas maneiras, que dão forma às relações no nosso mundo civilizado, estalassem, deixando a descoberto a natureza selvagem da humanidade.

O Esta noite grita-se, projeto de leituras de textos de teatro em espaços de Lisboa, vai levar ao palco Vida x 3 da dramaturga francesa Yasmina Reza. A peça divide-se em três partes que apresentam três versões de uma mesma situação: um casal com um filho pequeno recebe outro casal mais velho para jantar no dia anterior ao previsto. A ascendência profissional do homem visitante face ao visitado, as dinâmicas disfuncionais dos casais, o papel dúbio das mulheres e o exercício incerto da parentalidade criam o ambiente ideal para o brotar de conflitos latentes. Numa tradução de Luís Moreira e Miguel Ramos, esta edição terá a direção de Luís Moreira e de Miguel Maia. Interpretam António Mortágua, Patrícia André, Paulo Pinto e Rita Loureiro.

 

dia 27, às 21h30, no Irreal
dia 28, às 21h00, na Fábrica Braço de Prata
dia 29, às 17h00, no IFICT

 

3d5ab591-48ad-41c1-a105-d4894b26181f.jpg

67edba1b-44bc-4ae4-a971-2f0cafd8a144.jpg

548f25f4-1fcb-453c-ad8c-8a8811c37203.jpg

 

Leituras/Teatro - Esta noite grita-se - Acamarrados, de Enda Walsh

 

Cartaz_EstaNoiteGritase_Enda_FINAL.jpg

 

Esta noite grita-se é dirigido por Filipe Abreu e Miguel Maia e é uma co-produção entre a Inquietarte e a Companhia Cepa Torta. Nesta iniciativa tentamos partilhar com o público de forma diferente os textos escritos para cena, propondo ao público um texto lido por actores convidados, não encenado (mas ainda assim lido de forma cuidada), que assim pode ser completado com a imaginação da audiência.
 
Para nossa felicidade temos conseguido uma resposta positiva, tanto da parte dos actores que têm participado, como dos diferentes públicos que nos têm acompanhado. O Esta noite grita-se tem conseguido afirmar-se enquanto um projecto artístico sólido e original e tem aumentado a sua reputação.

Nos próximos dias 8, 9 e 10 de Dezembro teremos os actores João Lagarto e Sara Carinhas a interpretar os papeis de pai e filha neste brutal texto de Enda Walsh. As leituras decorrem no Irreal, na Fábrica Braço de Prata e no I.F.I.C.T.

IMG_3433_leve.jpg

 

 
© Sónia Godinho Photography
João Lagarto e Sara Carinhas. Fotografia de ensaio.

Grupo de Leitura - "A VISITA DA VELHA SENHORA" de Friedrich Düurrenmatt - 20 e 27 Setembro 2017 - Palácio Fronteira

20 e 27 Setembro 2017 (quartas-feiras), 19h00 – Palácio Fronteira

 

GRUPO DE LEITURA 

 

“A VISITA DA VELHA SENHORA” de FRIEDRICH DÜRRENMATT

 

 

 Informações e Inscrições Obrigatórias (gratuitas, limitadas à capacidade da sala) – fcfa-cultura@fronteira-alorna.pt / 217 784 599.

     

 

O autor suíço Friedrich Dürrenmatt (1921-1990) pertence ao elenco dos grandes autores da literatura de expressão alemã. A beleza da sua escrita e o modo como tratou temas da sociedade contemporânea tiveram um impacto considerável no público leitor do século XX, que comprou os seus livros, assistiu às suas peças, e adaptou os seus textos a outras linguagens cénicas como o cinema ou a ópera. Entre as suas obras, destaca-se A Visita da Velha Senhora, estreada em Zurique em 1954, cujo sucesso, para além de o ter consagrado como dramaturgo, muito contribuiu para a divulgação internacional do seu trabalho. O êxito desta peça pode medir-se pela sua fortuna: para além de estar traduzida em dezenas de idiomas, deu origem a uma ópera (estreada em Viena em 1971 com música de Gottfried von Einem) a um musical (estreado em Viena em 2013 no teatro Ronacher) e foi adaptada ao cinema pelo menos seis vezes.

 

O desafio deste grupo de leitura consiste em ler e discutir esta famosa peça de Dürrenmat, visionando, em seguida, a sua versão cinematográfica mais difundida, com Ingrid Bergman e Anthony Quinn nos papéis principais.

 

 

 

 

PROGRAMA / PROPOSTA DE LEITURA

 

 

20 Setembro 2017, quarta-feira, 19h00 - Grupo de Leitura sobre a obra A Visita da Velha Senhora, de Friedrich Dürrenmatt.  

Apresentação de MARIA MANUELA DELILLE (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra / CIEG) e moderação de VANDA ANASTÁCIO (Universidade de Lisboa / FCFA).

 

27 Setembro 2017, quarta-feira, 19h00 - Visualização do filme The Visit (A Visita da Velha Senhora), realização de Bernhard Wicki (1964). Inspirado na peça homónima de Friedrich Dürrenmatt. Actores principais: Ingrid Bergman e Anthony Quinn. Legendado em português. 

Apresentação de MARIA MANUELA DELILLE (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra / CIEG)  e moderação de VANDA ANASTÁCIO (Universidade de Lisboa / FCFA).

 

 

 

 

Algumas indicações sobre a aquisição do livro:

 

- “A Visita da Velha Senhora”, de Friedrich Dürrenmatt, Livros Cotovia e Artistas Unidos, tradução de João Barrento, colecção teatro 106, Lisboa, 2017.

Disponível na livraria e loja online da editora Livros Cotovia: www.livroscotovia.pt

Livraria na Rua Nova da Trindade, 24 – 1200-303 Lisboa, de 2ª a 6ª feira das 10h às 19h. Tel: 213471447

 

OU

Livraria online dos Artistas Unidos: www.artistasunidos.pt/livrariaonline/

 

 

 

 

A Fundação das Casas de Fronteira e Alorna agradece o amável apoio da Antena 2, Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica e a disponibilidade e a colaboração de Maria Manuela Delille e Vanda Anastácio.

 

 

Leitura encenada de poesia de Vladimir Maiakovski no CCB

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 

 
26 de setembro | 18:00 | Sala Literatura e Pensamento

Sessão de declamação de poesia de Vladimir Maiakovski por altura dos 100 anos da Revolução Russa, por José Fanha.
Maiakovski: Poeta, dramaturgo e ensaísta russo, um dos maiores poetas do séc. XX. Militante bolchevista, declamador de grande intensidade, percorreu a Rússia divulgando as suas ideias artísticas e políticas, utilizando uma linguagem que o aproximava das vanguardas futuristas.
Comprar

A escrita e a leitura influenciadas pelo Oriente

Oficinas inspiram-se no espólio do Museu

 

comunidade_Gligamesh-min.jpg

 

 

 

Comunidade de Leitura: Gilgamesh e Oficina de Escrita são os dois ateliês orientados por Alexandra Lucas Coelho, ambos em duas sessões nos dias 14 e 28 de Julho, que partindo do espólio do Museu do Oriente visam desenvolver e analisar técnicas de leitura e de escrita.

 

Do Norte de África ao Japão vão muitos ‘orientes’ e milhares de anos de literatura. Gilgamesh, obra estudada na oficina Comunidade de Leitura convoca todo o mundo da Mesopotâmia a partir de Uruk, uma das primeiras cidades da História, situada onde hoje é o Iraque, e cenário de sucessivas devastações ao longo dos tempos. É considerado o poema inaugural da criação humana, escrito em tabuinhas de argila há quatro mil anos. A primeira sessão será de apresentação e contexto e, a segunda, de debate sobre as leituras.

 

Já a Oficina de Escrita analisa, na primeira sessão, exemplos de textos curtos escritos a partir de obras de arte/peças de museu, uma tradição com vários exemplos na literatura de língua portuguesa. Abordando algumas técnicas de escrita, o desafio é que os participantes escrevam um texto — poema, mini-conto, crónica — livremente inspirado numa peça do espólio do Museu do Oriente. Na segunda sessão, esses textos serão debatidos.

 

Escritora e jornalista, Alexandra Lucas Coelho publicou três romances e cinco livros de não-ficção, vários situados no Médio Oriente e na Ásia Central, regiões que cobriu como repórter (Egipto, Israel/Palestina, Jordânia, Líbano, Síria, Turquia, Iraque, Paquistão, Afeganistão, Índia). Foi correspondente do Público em Jerusalém e no Rio de Janeiro. Com o primeiro romance, E a Noite Roda (2012), recebeu o Grande Prémio de Romance e Novela da APE. Seguiram-se O Meu Amante de Domingo (2014) e Deus-dará (2016). Os seus livros de não-ficção cruzam viagem, crónica e reportagem: Oriente Próximo (2007), Caderno Afegão (2009), Viva México (2010), Tahrir (2011) e Vai, Brasil (2013).

 

Comunidade de Leitura: Gilgamesh

14 e 28 de Julho

Horário: 17.00-18.30

Preço: 35 € (duas sessões)

Participantes: mín./máx. 20

 

Oficina de Escrita

A partir do espólio do Museu do Oriente

14 e 28 de Julho

Horário: 19.00-20.30

Preço: 35 € (2 sessões)

Participantes: mín./máx. 20

 

Mini-Ciclo Grupo de Leitura - O livro dentro do filme. Quando a escrita e a leitura se cruzam com o cinema. - 18 e 25 de Janeiro 2017 - Palácio Fronteira

MINI-CICLO/GRUPO DE LEITURA

O Livro dentro do Filme. Quando a Escrita e a Leitura se cruzam com o
cinema...


O que acontece quando o mundo do livro, da leitura e da escrita se cruza com o mundo da imagem em movimento, ou seja, com o cinema?

Esta é a proposta do mini-ciclo "O Livro dentro do filme" que tem como ponto de partida a visualização de dois filmes, cuja intriga gira em torno desse encontro entre a palavra escrita e a narrativa cinematográfica.

O mini-ciclo consta de duas sessões, entre as 19h e as 21h, que consistem na visualização do filme, e numa sessão de comentário e de diálogo sobre o mesmo, com a presença de MARIA JOÃO SEIXAS.


18.01.2017 - Le Magnifique (O Magnifico) realização de Philippe de Broca (1973). Actores principais: Jean Paul Belmondo e Jacqueline Bisset.
Legendado em português.

23.01.2017 - Possession (Possessão) realização de Neil LaBute (2002).
Actores principais: Gwineth Paltrow e Aaron Eckhart. Inspirado no romance homónimo de A. S. Byatt. Legendado em português.

Sessões de Entrada livre.  Informações e inscrições (limitadas à capacidade da sala): fcfa-cultura@fronteira-alorna.pt ou tel: 21 778 45 99