Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

COMIC CON PORTUGAL LANÇA A COMIC CON ACADEMY

transferir.png

 

 
A COMIC CON PORTUGAL E A RESTART LANÇAM
A COMIC CON ACADEMY!


Da união do maior Festival da Cultura Pop com a Escola Criativa mais inovadora de Portugal, surge um programa de cursos que o seu futuro merece
 

Lisboa, 21 de setembro de 2021 - O maior Festival da Cultura Pop e a Escola Criativa mais inovadora de Portugal, uniram-se para criar um programa de cursos que visam a construção de um futuro profissional através de formação em diversas áreas relacionadas com a cultura pop, a Comic Con Academy!

"Um dos maiores objetivos da Comic Con Portugal é levar a felicidade às pessoas através do entretenimento. E porque não, levarmos também conhecimento e formação para esta mesma indústria? Dessa forma ajudamos a fomentar talentos que serão o futuro da cultura Pop em Portugal. A parceria com a Restart é perfeita, uma vez que, o sistema de ensino assenta num modelo muito próprio, onde a componente teórica e prática estão sempre lado a lado, sendo por isso uma referência no mercado criativo", refere Paulo Cardoso, CEO da Comic Con Portugal.

Comic Con Academy é um projeto que leva à comunidade uma oferta formativa profissional na área do Cinema, TV & Vídeo, Imagem, Eventos, Música & Som, New Media & Comunicação e Gaming. Com a assinatura "Build You Future", este projeto tem como objetivo fazer carreiras crescer, nas áreas ligadas à Comic Con Portugal, com o Know-How educativo da Restart. O projeto assenta no Método Restart, uma inovação exclusiva da Restart para que cada aluno, no seu curso, tenha acesso à profundidade, flexibilidade, responsabilidade, abertura e inovação, que o seu futuro merece. 

Como refere Carlos Sá, membro da direção da Restart: "A Comic Con Academy nasceu para proporcionar a toda a comunidade pop a possibilidade de desenvolver os seus conhecimentos nas áreas de formação que suportam todo este mundo de imaginação e criatividade. Notamos que ao longo de todas as edições a curiosidade e a vontade de construir uma carreira profissional nesta área têm crescido exponencialmente. Quisemos desenvolver um conceito pedagógico inovador, que estivesse adaptado ao mundo de hoje. Encontrámos a RESTART que desde 2017 desenvolve o conceito de aprender no mundo real, afastando-se cada vez mais das velhas e tradicionais salas de aula, apostando em conteúdos e experiências com os seus alunos, num contexto real de trabalho e de mercado. Trabalhamos em conjunto para oferecer uma vasto leque de cursos e formatos adaptados a satisfazer a curiosidade e a criar a oportunidade de cada aluno desenvolver a capacidade de transformar talento em rendimento."

Para matrículas e mais informações: https://comic-con-academy.com/

Cursos disponíveis:

GAME PRODUCTION
Mais informações aqui

EDIÇÃO DE VÍDEO
Mais informações aqui

CRIAÇÃO E PRODUÇÃO DE VIDEOJOGOS
Mais informações aqui

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL
Mais informações aqui

STORYTELLING
Mais informações aqui

PODCASTING
Mais informações aqui

Casino Lisboa inaugura exposição da Harley-Davidson a 21 de Setembro

exposição da Harley-Davidson 1.jpg

O Casino Lisboa inaugura, no próximo dia 21 de Setembro, às 19h30, uma exposição da Harley-Davidson Lisboa. Em evidência na Galeria de Arte, a exposição tem como objetivo apresentar a nova Harley-Davidson Sportster S, bem como exibir alguns dos modelos marcantes dos 65 anos da família Sportster, com destaque para a Sportster XL de 1958 e a Sportster 1200C 50th Anniversary de 2007. Com entrada gratuita, a não perder, até 3 de Outubro.

 

A Harley-Davidson Sportster S é uma sport custom totalmente nova projectada para oferecer uma experiência de condução emocionante e iniciar uma nova era de performance Sportster. Um motor Revolution® Max 1250T V-Twin de 122 cavalos coloca o condutor da Sportster S aos comandos de um grande binário. Um chassis leve e uma suspensão premium oferecem uma condução responsiva e intuitiva. De semáforo a semáforo e de curva a curva, a Sportster S oferece aos condutores uma potência e performance extraordinários.

 

Todos os interessados poderão reservar um test ride com a Sportster S no local da exposição no Casino Lisboa.

 

Sobre a Harley-Davidson

A Harley-Davidson, Inc. é a parent company da Harley-Davidson Motor Company e da Harley-Davidson Financial Services. A nossa visão: Construir a nossa lenda e liderar a nossa indústria por meio da inovação, evolução e emoção. A nossa missão: Mais do que construir máquinas, defendemos a busca intemporal pela aventura. Liberdade para a alma. Desde 1903 que a Harley-Davidson define a cultura do motociclismo com uma gama de motos de vanguarda, distintas e customizáveis, além de experiências de condução e acessórios excecionais para motos, roupas e equipamentos de condução. A Harley-Davidson Financial Services fornece financiamento, seguros e outros programas para ajudar a colocar os condutores da Harley-Davidson na estrada. Mais em www.harley-davidson.com

 

A Galeria de Arte do Casino Lisboa acolhe, de 21 de Setembro a 3 de Outubro, uma exposição da Harley-Davidson Lisboa. A entrada é gratuita.

 

O Casino Lisboa foi distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal e aderiu ao serviço COVID OUT, Selo de Confiança, Clean Surfaces Safe Places, emitido pelo ISQ.

 

O Casino Lisboa abre às 14h00 e encerra às 02h00. O acesso é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

 

MARCELO BARBOSA APRESENTA EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA NOS ARMAZÉNS DO CHIADO

A “COSTA PORTUGUESA” VISTA POR UM OLHAR BRASILEIRO, NA GALERIA DE EXPOSIÇÕES ARTE XXIADO EM LISBOA

 

MARCELO BARBOSA APRESENTA EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA NOS ARMAZÉNS DO CHIADO

 

ATÉ 20 DE SETEMBRO | 5º PISO CENTRO COMERCIAL

 

Depois de Joaquim GomesLou Mourelle e Bogdan Dide, a arte está de volta aos Armazéns do Chiado, centro gerido pela Multi Portugal, pela mão do fotógrafo Marcelo BarbosaAté 20 de setembro, a galeria ARTE XXIADO recebe “Costa Portuguesa”, uma mostra fotográfica com 13 retratos bem portugueses que trazem a visão do artista sobre a nossa costa.

 

Das pequenas dunas de areia e lagoas de água salgada que se formam no estuário do Sado, até à maré baixa na praia de tróia, passando pela falésia do cabo da roca, pela praia da ribeira do cavalo, da ursa ou da samoqueira, esta mostra fotográfica pretende mostrar, em 13 fotografias, algumas das paisagens mais bonitas do mundo, que mostram o porquê de pessoas rumarem a Portugal e a razão por que se deixam encantar e, tantas vezes, acabam por ficar.

 

Setembro nas Carpintarias

transferir (44).jpg

 

No sábado 25 de setembro às 17h00, as Carpintarias promovem uma conversa no âmbito da exposição ‘Whispering Mirrors’ de Rodrigo Gomes com curadoria de David Revés.

A conversa, inserida no ciclo de programação das Carpintarias 'Para os olhos mas não só', contará com a participação de Rodrigo Gomes, David Revés e dos convidados Andreia Garcia, Eduarda Neves e Manuel Bogalheiro.

A exposição estará patente até 26 de setembro e insere-se no The New Art Fest.

Reserve o seu lugar: reservas@csl-lisboa.pt

Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico apresenta novas exposições

 

 

‘Homem Morto Passou Aqui’ de Valter Vinagre, ‘Aqui Lisboa: anos 80’ de José Vieira Mendes e ‘Paperworks (SEE/SEA)’  da finlandesa Maija Annikki Savolainen, são as três novas exposições que o Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico apresenta a partir 30 de setembro. 

Neste dia, o Arquivo Fotográfico estará aberto das 16h00 às 22h00, permitindo que os visitantes usufruírem de um período mais alargado, para conhecerem os trabalhos de Valter Vinagre, José Vieira Mendes e Maija Annikki Savolainen.

 

Homem Morto Passou Aqui é resultado de um trabalho de cerca de cinco anos de Valter Vinagre realizado em Portugal – território preferencial e recorrente dos seus projetos fotográficos –, como palco dos diversos confrontos ocorridos durante as Invasões Francesas.

 

Utilizando a paisagem para fazer a reconstituição de um legado histórico perdido na memória coletiva, o autor retrata os vários eventos das Guerras Peninsulares, ocorridos de Norte a Sul do país. Almeida, Bussaco, Chaves, Porto, Amarante, Évora e Olhão, juntamente com as Linhas de Torres Vedras, foram alguns dos locais fotografados ao longo desse tempo e respeitando o calendário dos acontecimentos que fizeram a história das três Invasões.

 

Neste projeto, que agora se apresenta,  a relação entre o desaparecido e o permanecente é sublinhada pela natureza específica do objeto fotografado: os episódios históricos referenciados pelos locais escolhidos e títulos das obras (sinalizando a data e a hora do registo) que compõem a série, em paisagens desprovidas de presença humana, suspensas no tempo e no enquadramento. Uma opção que dá bem conta do desafio a que Valter Vinagre se propôs: retrato da memória coletiva – ou o que resta dela – diluída numa paisagem geográfica e humana transmutada, convocando (meta-)fisicamente o passado.

 

A exposição Aqui Lisboa: anos 80, conta com a curadoria de Sofia Castro, e revela imagens de Lisboa, num registo onde se realçam sobretudo as pessoas, as suas ações e os seus gestos.

José Vieira Mendes, expresso "apaixonado por Lisboa desde sempre", selecionou estas imagens de um vasto conjunto realizado entre 1982/83 capturado pela sua primeira câmara fotográfica reflex, 35 mm que ainda conserva.

 

 

Esta mostra fotográfica retoma de certa forma, o quotidiano e vivências da cidade neste período de tempo, na perspetiva do olhar de quem "… acordava de madrugada e deambulava pela cidade, para fotografar alguns bocados duma Lisboa, que ia resistindo com dolência ao fulgor dos anos 80 e ao impulso das mudanças dessa década fulgurante, logo após a Revolução de Abril."

 

 

Paperworks See/Sea reflete “uma investigação em progresso cujo tema é a luz. Fotografia rudimentar, a dobra no papel torna-se a linha do horizonte de uma desconhecida e longínqua paisagem marinha. O papel é o meu observatório da luz do sol e uma porta de entrada para um outro mundo.” A exposição de Maija Annikki Savolainen integra a programação da 3.ª edição do Festival Imago Lisboa, que tem também início a 30 de Setembro.

 

 

Patentes ao público até 28 de janeiro de 2022, estas exposições, de entrada livre, poderão ser visitadas de 2.ª a 6.ª feira, entre as 10h00 e as 18h00, na rua da Palma, 246, junto ao Martim Moniz.

 

Mais informações no nosso sítio:

 

http://arquivomunicipal.cm-lisboa.pt/pt/eventos/homem-morto-passou-aqui/ 

http://arquivomunicipal.cm-lisboa.pt/pt/eventos/aqui-lisboa-anos-80/ 

http://arquivomunicipal.cm-lisboa.pt/pt/eventos/paperworks-see-sea/

 

 

Sinopses completas, notas biográficas dos autores e imagens para utilização na divulgação, disponíveis em:

MARCELO BARBOSA APRESENTA EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA NOS ARMAZÉNS DO CHIADO

A “COSTA PORTUGUESA” VISTA POR UM OLHAR BRASILEIRO, NA GALERIA DE EXPOSIÇÕES ARTE XXIADO EM LISBOA

 

 

11 DE AGOSTO A 20 DE SETEMBRO | 5º PISO CENTRO COMERCIAL

 

Depois de Joaquim GomesLou Mourelle e Bogdan Dide, a arte está de volta aos Armazéns do Chiado, centro gerido pela Multi Portugal, pela mão do fotógrafo Marcelo Barbosa. A partir de 11 de agosto e até 20 de setembro, a galeria ARTE XXIADO recebe “Costa Portuguesa”, uma mostra fotográfica com 13 retratos bem portugueses que trazem a visão do artista sobre a nossa costa.

Das pequenas dunas de areia e lagoas de água salgada que se formam no estuário do Sado, até à maré baixa na praia de tróia, passando pela falésia do cabo da roca, pela praia da ribeira do cavalo, da ursa ou da samoqueira, esta mostra fotográfica pretende mostrar, em 13 fotografias, algumas das paisagens mais bonitas do mundo, que mostram o porquê de pessoas rumarem a Portugal e a razão por que se deixam encantar e, tantas vezes, acabam por ficar.

Passatempo RELAÇÃO ABUSIVA

O Blog Cultura de Borla tem bilhetes para a peça RELAÇÃO ABUSIVA, dias 17, 18 às 21h e 19 de Setembro às 16h no Auditório Carlos Paredes em Lisboa aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

Só é aceite uma resposta válida por endereço de e-mail e por concorrente pelo que não adianta enviar mais do um e-mail.

Excepto em casos de força maior que deverão ser atempadamente comunicados através do email culturadeborla@sapo.pt, contamos que os participantes aproveitem os bilhetes que ganharam, portanto concorra apenas se tem a certeza que pode estar presente.

 

image002 (3).png

 

 “Relação Abusiva”, peça da autoria da escritora e dramaturga brasileira Luciene Balbino está de volta aos palcos, nos próximos dias 17, 18 e 19 de setembro, no Auditório Carlos Parede, Junta de Freguesia de Benfica. Com a encenação de Christiane de Macedo e a interpretação de Daniela Marques, é um monólogo sobre a condição feminina, onde é feita uma análise crua sobre a realidade social da violência nos relacionamentos, entre múltiplas circunstâncias sociais, num misto de autobiografia e relato social que descreve na perfeição realidades muito presentes na sociedade atual.

 

“Relação Abusiva” é um monólogo que tem como fio condutor, a narrativa da história de Maria das Dores. Trata-se de uma mulher que sofreu desde a infância uma educação materna baseada na complacência e aceitação atávica do destino, para depois na escola ser vítima de abusos de colegas, e mais tarde, já adulta, ser de novo violentada em sucessivos relacionamentos.

 

No domingo, dia 19 de setembro, 50% do valor em bilheteira reverterá a favor da ONG Médicos do Mundo. Venha também apoiar esta causa!

 

Sobre a autora

 

Luciene Balbino não se limitou a ser a autora da peça. Começou por observar, conversar e apoiar mulheres com relacionamentos complexos e tóxicos ao longo de alguns anos. Estas experiências e as dores sentidas nos diferentes problemas da condição feminina, chamam a atenção para a agressão contra as mulheres (mas não só) e que pretende funcionar como uma chamada de atenção à sociedade sobre a questão da violência doméstica.

 

A autora afirma que estamos a falar de seres humanos e não do género. Diariamente muitas pessoas sentem na pelas dores físicas e psicológicas da violência e muitas, por razões diversas, escondem-na seja por medo, seja por falta de consciência diz Luciene Balbino, acrescentando que “outras há que conhecem quem vive este pesadelo, mas nada fazem ora por receio de retaliações ora por impotência. A mensagem principal é que podemos e devemos sempre ajudar quem vive estas relações nocivas e abusivas, pois ouvir o outro pode ser vital e abraçá-lo pode ser a saída de emergência que tantos procuram, até porque o crime de violência doméstica é público e temos todos dever moral de o denunciar” conclui Luciene Balbino.

 

 

Agenda e horários

 

“Relação Abusiva” estará em cena nos dias 17, 18 de setembro às 21 horas e 19 de setembro às 16h.

 

Os bilhetes podem ser adquiridos diretamente no Auditório, através da plataforma Ticketline por 12 euros.

 

CCB | LISBON SISTERS por Mário Coelho > 23 a 26 de setembro às 19h00 na Black Box

Partindo do universo criado por Jeffrey Eugenides na obra literária

As Virgens Suicidas (1993), Lisbon Sisters pretende desbravar e desenvolver

alguns dos pontos e temáticas propostas na obra original.

 

Lisbon Sisters

Texto e encenação: Mário Coelho

Intérpretes e coautoras: Ana Valentim, Carolina Dominguez, Júlia Valente,

Mariana Gomes, Matilde Jalles e Nádia Yracema

 

CCB . 23 a 26 setembro . quinta  domingo . 19h00 . Black Box

image003 (8).jpg

A obra fictícia de Jeffrey conta a história de um grupo de cinco irmãs, de apelido Lisbon, acabadas de chegar a um bairro típico dos subúrbios de Michigan, nos Estados Unidos. Educadas de forma rígida e num ambiente severo, a vida destas irmãs sofre uma grande reviravolta após o suicídio da mais nova, Cecilia – é na sequência deste acontecimento que, a mando dos pais e sob o seu olhar atento, as irmãs abandonam a escola e começam a passar o resto dos seus dias enclausuradas em casa.

 

No entanto, sabemos tudo isto somente através dos relatos dos vários rapazes vizinhos, em discurso indireto – relatos, estes, que possuem um carácter inevitavelmente místico e inocente de um grupo de adolescentes que estão enamorados por aquelas jovens raparigas.

Assim sendo, este espetáculo, Lisbon Sisters, pretende focar-se precisamente no intervalo da narrativa de Jeffrey em que as irmãs estão trancadas nos seus quartos. Uma vez que a obra original nos dá poucas referências desses dias (sabemos apenas que culminará num suicídio coletivo), o desafio será o de criar e desenvolver um discurso direto, para estas jovens raparigas, numa tentativa de perceber e de olhar para o que poderão ter sido aqueles dias em que lhes foi retirada a liberdade e juventude.

 

André Amaro apresenta álbum “O Meu Lugar” no Casino Lisboa a 7 de Outubro

00Casino Lisboa recebe André Amaro.jpg

 

“O Meu Lugar”, de André Amaro, será apresentado pela primeira vez ao vivo, no próximo dia 7 de Outubro, pelas 19h30, no Arena Lounge do Casino Lisboa. André Amaro irá cantar ao vivo os 10 temas do seu álbum de estreia, que já se encontra disponível em todas as lojas e plataformas digitais, sem deixar de lado algumas surpresas.

 

Com uma linguagem Pop, encontramos neste “lugar” uma mão cheia dos melhores autores e compositores de Portugal: deste o próprio Diogo Piçarra, que produziu o álbum e assina o primeiro single extraído deste trabalho, “O Teu Lugar”, a Boss AC, autor do single “Deixa o Amor Vencer”, passando por Jorge Fernando, Luiz Caracol, Rogério Charraz, Paulo de Carvalho, Tiago Machado e José Gonçalez. André Amaro estreia-se também enquanto autor e compositor: os temas “Desajeitado”, “Explicar” e “Anjo da Guarda” são fruto de todo o seu talento musical. 

 

Em “O Meu Lugar”, a contemporaneidade da produção de Diogo Piçarra coloca-nos neste tempo e a envolvência da voz de André consegue transportar-nos para muitos lugares. Dono de uma portugalidade na voz e alma latina, André Amaro oferece-nos um trabalho equilibrado e adulto, onde a eletrónica se mistura com o piano e as cordas clássicas se cruzam com as guitarras elétricas. 

 

Com início de carreira como vocalista do grupo “Sangre Ibérico”, André Amaro está em busca do seu caminho, e de um “lugar” que será seu por mérito próprio. Este é o “lugar” de André Amaro mas passará seguramente, a partir de agora, a ser um bocadinho também o “nosso lugar”. Afinal, não é todos os dias que o panorama musical português vê chegar um álbum tão eclético e transversal.

 

Singles:
“Desajeitado”:
https://AndreAmaroDesajeitado.lnk.to/jZ6ZYHfzPR
“Deixa o Amor Vencer”: https://AndreAmaroDeixaOAmorVencer.lnk.to/j5NUPxmuPR
“O Teu Lugar”: https://AndreAmaroOTeuLugar.lnk.to/jp1AE1AZPR

 

Alinhamento “O Meu Lugar”:

  1. O Teu Lugar (letra e música: Diogo Piçarra)
  2. Explicar (letra e música: André Amaro)
  3. Hoje (letra: Jorge Fernando, música: Diogo Piçarra)
  4. Deixa o Amor Vencer (letra e música: Boss AC)
  5. Anjo da Guarda (letra e música: André Amaro)
  6. Tentei (letra e música: Luiz Caracol)
  7. Se Chover na Minha Terra (letra e música: Paulo de Carvalho)
  8. Desajeitado (letra: José Gonçalez, música: André Amaro)
  9. Amar Depois (letra: José Gonçalez, música: Rogério Charraz)
  10. O Mundo Inteiro (letra: José Gonçalez, música: Tiago Machado)

 

Redes Sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/andreamarooficial

Facebook: https://www.facebook.com/andreamarooficial/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCS8g71KdgXralvngqaQze9A

 

O Arena Lounge do Casino Lisboa acolhe, no próximo dia 7 de Outubro, pelas 19h30, a apresentação de “O Meu Lugar”, o álbum de estreia de André Amaro. Sony Music, Um disco Antena 1

 

O Casino Lisboa foi distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal e aderiu ao serviço COVID OUT, Selo de Confiança, Clean Surfaces Safe Places, emitido pelo ISQ.

 

O Casino Lisboa abre às 14h00 e encerra às 02h00. O acesso é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

COMIC CON PORTUGAL | LANA PARRILLA CONFIRMADA | DE 9 A 12 DE DEZEMBRO, NO PARQUE DAS NAÇÕES, EM LISBOA

transferir (11).pngLANA PARRILLA CONFIRMADA NA
COMIC CON PORTUGAL 2021!


A atriz marcará presença no maior evento de cultura pop do país, no dia 10 de dezembro, no Parque das Nações, em Lisboa.

transferir (39).jpg

 

 

De forma a concretizar os desejos dos fãs nacionais e internacionais, a Comic Con Portugal anunciou Lana Parrilla, a atriz mundialmente conhecida pelo seu papel como Regina Mills/Evil Queen na série de sucesso “Era Uma Vez”, que irá marcar presença na Comic Con Portugal 2021, no dia 10 de dezembro. Com o seu trabalho em  “Era Uma Vez”, a atriz recebeu o Prémio Impacto NHMC, o prémio ALMA de Melhor Atriz de TV, e foi eleita pelos fãs como Melhor Vilã por dois anos. Em 2003, Lana Parrilla recebeu um Prémio Imagen pelo seu trabalho em "Boomtown”. Atualmente, Lana interpreta Rita Castillo na série “Why Woman Kill”.

De ascendência italiana e porto-riquenha, Lana Parrilla passou a infância em Brooklyn (Nova Iorque), ainda jovem, fez vários vídeos com a sua família e principalmente com a sua tia, também atriz, onde mostrou ter talento para a representação. A sua família sempre apoiou a sua paixão pela representação e com a sua determinação conseguiu chegar onde desejava. Rumou a Los Angeles para estudar sua representação e aí começou a participar em produções de teatro locais.

Um dos primeiros papéis da atriz foi no filme de Steven Spielberg, “Semper FI” . Depois disso, juntou-se ao elenco da série de comédia de sucesso “Spin City”. Parrilla tem participado regularmente em programas aclamados pela crítica, como "Boomtown", onde interpretou uma jovem paramédica, "24", como uma agente anti-terrorista e "Swingtown", como uma mulher bastante à frente do seu tempo, na década de 1970. Apareceu também em séries memoráveis como "NYPD Blue" ,“Six Feet Under” e “Lost”.

Os fãs poderão conhecer a atriz no dia 10 de dezembro, no maior evento de cultura pop nacional, que decorrerá de 9 a 12 de dezembro, no Parque das Nações, em Lisboa.