Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Dias Abertos 2ª Edição VAGABUNDAS | 30 MAIO Mértola e 2 JUN Lisboa

CepaTorta_VagabundasReceção©SoniaGodinho_1316_E

No fecho da 2ª Edição do Programa de Residência Artística VAGABUNDAS chegam os DIAS ABERTOS, a 30 de maio, na Mina de São Domingos, em Mértola 2 de junho, em Lisboa, na PenhaSco - Arte Cooperativa.
 
Este ano foram selecionadas para esta Residência as artistas Margarida Azevedo e Vera Santana, que durante o mês de Maio puderam desenvolver as suas propostas na Mina de S. Domingos, em Mértola.

No fecho desta Residência há agora lugar à partilha dos trabalhos desenvolvidos fruto da pesquisa e criação com a comunidade da Mina de S. Domingos e também aproveitar o momento para debater os desafios inerentes à criação no feminino em comunidades onde a desertificação cultural e social são uma realidade.

DIAS ABERTOS - VAGABUNDAS '24:
 
30 maio às 18H00: Cineteatro da Mina de S.Domingos, Mértola
"ALMA LAVRA" por Margarida Azevedo
"PAPOILAS" por Vera Santana

2 de junho às 17H00: Penha Sco - Arte Cooperativa, Lisboa
"ALMA LAVRA" por Margarida Azevedo
"PAPOILAS" por Vera Santana
Inclui debate com as artistas e com o painel de júri deste ano, as artistas convidadas Ana Borralho, Raquel André e Inês Achando (Cepa Torta)

Oficinas de artesanato do projeto TASA estão de volta ao Festival Islâmico de Mértola

image002 (1).jpg

Em parceria com o projeto TASA – Técnicas Ancestrais, Soluções Atuais, as oficinas de artesanato em cana, palma e esparto regressam à programação do Festival Islâmico de Mértola em 2023, com o objetivo de se aproximar do público do Festival e de dar a conhecer o seu trabalho de inovação das artes tradicionais ligadas ao património cultural do Algarve. Estas oficinas vão complementar o souk, os concertos ao vivo, as exposições e as mais diversas outras oficinas e atividades artísticas, que se podem visitar, aprender-fazer e desfrutar entre os dias 18 a 21 de maio.

 

No Festival Islâmico de Mértola partilha-se a missão do TASA de resgatar e valorizar as artes e ofícios tradicionais.  Além de resgatar técnicas ancestrais ameaçadas de extinção pela produção massificada, a missão do projeto TASA é também inovar o artesanato afirmando-o como uma profissão de futuro. O projeto aposta no design como uma via para elevar as artes tradicionais do Algarve, mantendo a sua utilidade e matriz cultural. No Festival Islâmico de Mértola a oferta de oficinas inclui aprender a fazer vassourinhas de palma, fantoches de empreita, apitos de cana, cartaxinhos musicais, bugalhos voadores, entre outros.

 

Sediado em Loulé, o projeto TASA, promovido pela PROACTIVETOUR, liga o design e a inovação à atividade artesanal, de forma a elevá-la, através de soluções que lhe conferem uma marca contemporânea e utilitária, sem perder a sua matriz cultural e ecológica.

Mais informações sobre o projeto, os seus produtos e serviços em: www.projectotasa.com.

 

O Festival Islâmico de Mértola tem entrada livre e na passada edição contou com 50 mil visitantes. Este ano são esperadas 60 mil visitas, neste que é dos eventos mais relevantes do distrito, e que tem como objetivos, além da divulgação do conhecimento sobre a história e o património de Mértola, em particular da época islâmica, também promover o conhecimento, o diálogo, a tolerância e cidadania entre culturas; divulgar a cultura islâmica e produção contemporânea; fortalecer laços culturais, sociais e económicos com o Mediterrâneo e desenvolver a oferta turística muslim friendly.

 

Vila de Mértola recebe Festival Islâmico de Mértola

image002 (1).png

A Câmara Municipal de Mértola apresenta o programa completo do Festival Islâmico de Mértola, que está de regresso a partir de 18 de maio, à vila alentejana banhada pelo Guadiana, reconhecida pela sua herança islâmica. Além do cartaz musical, estão confirmadas todas as atrações que compõem o festival, com locais e horários atualizados. De 18 a 21 de maio, em Mértola, vai ser possível conhecer o souk, ver exposições e conferências, participar nas várias oficinas e desfrutar de vários momentos de animação.

 

Além do souk, o conhecido mercado de rua, aberto durante quase todo o dia, a vila de Mértola veste-se de atrações e animação. De 18 a 21 de maio, entre as 10h e as 03h30, são várias as atividades que se podem descobrir:

Várias oficinas de artesanato, cante, gastronomia, música, escrita, chá e dança;

Exposições de artesanato, pintura e som;

Conferências sobre geografia e história;

Leitura de contos;

Concertos musicais e Dj’s;

Animação de rua durante todo o dia com vários grupos corais;

No Hammam e Casa de Chá pode-se usufruir de um programa especial, com inscrições limitadas e marcações prévias, que contará com oficinas de “remédios e mezinhas”, rotina e yoga facial diários e cosmética viva. Nos dias 19, 20 e 21 a chef Sahima Hajat apresentará ainda uma experiência gastronómica com menu de degustação, igualmente sujeito a marcação prévia e inscrições limitadas.

Festival Islâmico de Mértola confirma Pedro Mafama e primeiros nomes do cartaz musical

Já estão confirmados os primeiros nomes que compõem o cartaz musical do Festival Islâmico de Mértola, que se realiza de 18 a 21 de maio. De inspiração árabe-andalusí, chaabi, gnawa, berbere, espiritual sufi… tradicional ou de notas contemporâneas, purista ou de fusão, onde se juntam também a melodia do cante e do flamenco, o cartaz que se começa a apresentar rico em musicalidade, promove também o reencontro de culturas.

 

Além do souk, o festival também conta com arte e música que complementam o encanto do mercado de rua. Para os dias 19 e 20 de maio já estão confirmados os primeiros nomes, entre eles Pedro Mafama, que lançou recentemente o primeiro single do seu novo álbum, que acontecerão um pouco por todos os espaços do festival.

 

Fanfaraï Big Band | Marrocos, França, Argélia

Com onze músicos em palco, Fanfaraï é fanfarra intercultural que nos apresenta uma viagem muito festiva e sensorial pelos sons do Norte de Africa, Mediterrâneo, Turquia e mais além, com influências de jazz e ritmos latinos.

Dia: 19 | Hora: 23h00 | Local: Cais do Guadiana

 

Olkan & La Vipère Rouge

Linhas de baixo poderosas, melancolia turca, ritmos magrebinos, com toques de pop anos oitenta, Olkan & La Vipère Rouge combinam as suas influências pessoais para oferecer um eletrizante concerto de tecno oriental que nos vai fazer dançar do princípio ao fim.

Dia: 19| Hora: 02h00 | Local: Cais do Guadiana

 

Cus Cus Flamenco | Marrocos, Espanha

Duas histórias, um caminho. Esta é uma proposta musical que propõe um encontro entre a música e a dança de duas culturas, que parecem convergir no tempo e no lugar. Um concerto de fusão onde a profundidade do canto flamenco se junta à estética dos poemas-cantigas da poética árabe-andalusí e à beleza e paixão da dança flamenca.

Dia: 19 | Hora: 21h30 | Local: Castelo

 

Tootard | Síria

A sua composição é inteligente, culturalmente afirmativa e livre de imperativos comerciais. A sua sonoridade atual é pop, com tonalidades instrumentais inesperadas, ritmos contemporâneos de dança e disco music, com fortes e poderosas raízes nostálgicas na música de dança do Médio Oriente dos anos 80.

Dia: 19 | Hora: 00h30 | Local: Cais do Guadiana

 

Pedro Mafama | Portugal

Pedro Mafama mistura várias referências de música eletrónica urbana com música tradicional portuguesa. Lançou recentemente o single “Estrada”, que junta o cante alentejano (Mineiros de Aljustrel) com a rumba portuguesa, o primeiro do novo álbum “Estava No Abismo Mas Dei Um Passo Em Frente” que sairá em maio.

Dia: 20 | Hora: 00h30 | Local: Cais do Guadiana

 

Expresso Transatlântico | Portugal

Grupo sensação da atual música portuguesa, com uma sonoridade influenciada por ritmos da música popular portuguesa, do fado, da música brasileira e africana, os Expresso Transatlântico trazem a Mértola a banda sonora de uma Lisboa com vista para o mundo.

Dia: 20 | Hora: 19h00 | Local: Castelo

 

Sofiane Saidi & The Mazalda | Argélia

Tanto os Mazalda como Sofiane partilham um fascínio pela música raï antiga, e foi esta fascinação que os conduziu a esta colaboração e a uma verdadeira reinvenção de um género musical tradicional que, até então, parecia ter perdido a capacidade de se reinventar.

Dia: 20 | Hora: 23h00 | Local: Cais do Guadiana

 

Festival Islâmico de Mértola anuncia Além Cabul como concerto inaugural do festival

 

 

image002 (1).jpg

O Festival Islâmico de Mértola acaba de anunciar Além Cabul como espetáculo musical inaugural, no dia 18 de maio. Com o cartaz quase fechado, os Além Cabul são o nome mais recente a ser anunciado. Atuam no primeiro dia do festival.

 

Além Cabul, de Portugal, Afeganistão e Estados Unidos da América, fundem a cultura de três continentes e constroem uma máquina imaginária de teletransporte, que permite viajar de olhos fechados entre os vales dos rios Guadiana e Cabul e criar pontes onde antes havia fronteiras.

Com Ana Santos e António Bexiga nas violas, Robin Ryczek no violoncelo, Tiago Rêgo na percussão, Fazel Sapand no sitar e no oud e Mili Vizcaíno na voz, fazem esta viagem onde o tempo deixa de existir. Todos juntos - vozes, instrumentos, homens e mulheres, cantam para um tempo novo, para um futuro de liberdade, igualdade e fraternidade, sem esquecer o que trouxe o leito do rio, porque os rios bebem histórias. Gota a gota - de “gota a gota se faz o rio”, diz o provérbio afegão “qatra qatra darya maisha”. Um espetáculo imperdível onde se juntam à dimensão musical os artistas plásticos Kaihan Hamidi (Cabul) e Manuel Passinhas da Palma (Mértola), cujas obras enquadrarão o cenário.

 

FESTIVAL ISLÂMICO REGRESSA A MÉRTOLA PARA A 12ª EDIÇÃO

 

 

A 12ª edição do Festival Islâmico regressa a Mértola de 18 a 21 de maio. Em 2023 o souk está de volta às vilas “velha” e “nova” de Mértola para receber os mais variados produtos como artesanato, doçaria, produtos regionais alentejanos e tecidos, provenientes de Marrocos, Tunísia, Egipto, Espanha e Alentejo. Além do mercado e do tradicional ritual árabe de regatear bons preços, o festival também conta com música e arte que complementam o encanto do mercado de rua.

 

O Festival Islâmico de Mértola, com periodicidade bienal, é uma organização do Município de Mértola e distancia-se do conceito de feira medieval, assumindo-se como um festival de arte islâmica contemporânea que conta com 30 parceiros que incluem entidades locais, regionais e internacionais, fortemente ligadas à comunidade e cultura árabe. Durante os 4 dias é possível visitar e explorar vários espaços e dinâmicas, como o mercado de rua, concertos ao vivo, exposições, oficinas, uma zona de orações e experienciar o presente de um mercado árabe real, com comerciantes reais, sem encenações ou recriações históricas.

 

Terras sem Sombra em Mértola: o fascínio da música, da arte e da natureza no frescor das margens do Guadiana

 

De 15 a 17 de Julho, Mértola acolhe — no âmbito do Festival Terras sem Sombra e do projecto Onde a Vida Acontece, em parceria com o Município de Mértola — uma programação de excelência, em que se destacam o concerto do Duo Karolina Mikołajczyk & Iwo Jedynecki (16 de Julho, 21h30, Igreja Matriz) e o recital pela pianista Constanza Lechner (15 de Julho, 21h30, Convento de São Francisco).

 

Assim, a grande música, o património, a biodiversidade, a ciência e a inovação são o pretexto para (re)descobrir um território onde a presença humana é multimilenar. Num Alentejo onde não causa estranheza o calor estival, o programa decorre ao abrigo das sombras e próximo ao frescor, seja em igrejas, cenários de sonho para a música de aclamados intérpretes internacionais, seja nas margens e proximidade do Guadiana.

 

Programa:

 

15/07 [17:00] - São Miguel do Pinheiro (Ponto de encontro: Junta de Freguesia de Mértola)

Ciência, Inovação, Natureza: “Com a Mão na Massa! O Fabrico do Pão Tradicional”

 

15/07 [17:00] - São Miguel do Pinheiro (Ponto de encontro: Junta de Freguesia de Mértola)

Arte, História, Tradições: “Vamos conhecer São Miguel do Pinheiro”

 

15/07 [21:30] - Convento de São Francisco, Mértola

Música: “O Piano-conta-histórias”

Piano Constanza Lechner

 

16/07 [15:00] – Mértola (Ponto de encontro: Hammam & Casa de Chá)

Património Cultural: “De Espaço Religioso a Espaço Social: A Tradição Islâmica dos Banhos Públicos”

 

16/07 [21:30] - Igreja Matriz de Nossa Senhora Entre-as-Vinhas, Mértola

Música: “Da Terra da Águia e do Carvalho: Pequena História da Música Polaca”

Duo Karolina Mikołajczyk & Iwo Jedynecki

 

17/07 [09:30] – Mértola (Ponto de encontro: Cais)

Biodiversidade: “Por esse Rio Abaixo: A Biodiversidade nas Margens do Guadiana”

 

image (1).jpeg

image.jpeg

 

 

DESAFIO 2030 | Ação Climática | 24 outubro | Mértola

     

ADOTAR MEDIDAS URGENTES
PARA COMBATER AS ALTERAÇÕES
CLIMÁTICAS E OS SEUS IMPACTOS

 
Mértola, Cineteatro Marques Duque

24 de outubro de 2018 | 14h30

      

O FENÓMENO
DAS ALTERAÇÕES
CLIMÁTICAS E
A CRISE GLOBAL

AÇÃO CLIMÁTICA
Filipe Duarte Santos, Presidente do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (CNADS)
 
AÇÃO CLIMÁTICA E DESENVOLVIMENTO RURAL
Maria João Botelho, Presidente da Minha Terra – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local / Presidente da European LEADER Association for Rural Development (ELARD)
 
AÇÃO CLIMÁTICA NO CONTEXTO DA AGRICULTURA
Eugénio Manuel Sequeira, Presidente da Direção Nacional da Liga para a Proteção da Natureza (LPN)
 
AÇÃO CLIMÁTICA NA BIODIVERSIDADE
Pedro Rocha, Diretor do Departamento de Conservação da Natureza e Florestas do Alentejo (ICNF)
 
AÇÃO CLIMÁTICA E A DESERTIFICAÇÃO DO TERRITÓRIO
Victor Louro, Investigador e escritor
 

 
AÇÃO CLIMÁTICA E O PERCURSO CIVILIZACIONAL
Cláudio Torres, Diretor do Campo Arqueológico de Mértola
 
 

Mais informações e inscrições: inatel.social@inatel.pt
Participação sujeita à lotação da sala

 
      

Próxima data:

   

REDUZIR AS DESIGUALDADES
— Castelo de Vide
— 15/11/2018

 

 

Festival Islâmico de Mértola

Saber mais aqui.

 

Encontro de culturas, o Festival islâmico celebra toda a herança histórica da vila e a sua forte influência islâmica. Realiza-se de 2 em 2 anos, para que a sua chegada seja mais desejada. Durante o mês de Maio, a vila revela-se fértil em cultura, animação e conhecimento.
O ponto auge do Festival acontece nos 4 dias do souk. No mercado árabe improvisado nas ruas da vila velha coberta de panos: os cabedais, as djellabas, o incenso, o sândalo, o chá de menta, as especiarias e a mistura de vozes dão cores, aromas e melodias especiais ao quotidiano outrora pacato. Pela noite, no cais de Mértola e nos largos da vila há concertos de música que atraem curiosos ou entusiastas de ritmos exóticos.
O Festival Islâmico de Mértola é um daqueles eventos imperdíveis que vai ter de apontar na sua agenda, a próxima edição já está marcada e vai acontecer de 19 a 22 de Maio!

INSCRIÇÕES PARA O SOUK
Os interessados em participar no mercado de rua deverão enviar as suas candidaturas juntamente com fotos dos produtos a expor/ comercializar, fotocópias de documento de identificação, de cartão de contribuinte e de actividade, para um dos seguintes endereços:

Por carta: MERTURIS
Empresa Municipal de Turismo
Rua da República, nº 2
7750-340 MÉRTOLA
E-mail: merturis@cm-mertola.pt
Fax: 286 610 101
O prazo para apresentação das candidaturas terminará no dia 18 de Março de 2011.

Para solicitar a ficha de inscrição por favor contacte a Merturis através do
Telefone 286 610 100.

 

http://www.cm-mertola.pt/index.php?option=com_flexicontent&view=items&id=358:festival-islamico-de-mertola