Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Tiago Silvestre anuncia novo disco com "Daqui a 2 min."

DSC02949-ED.jpg

 

Depois de "Vamos Dançar", "Daqui a 2 min." é o segundo single do novo álbum de Tiago Silvestre, "Pela Estrada Fora", que conta com um teledisco realizado por Jorge Correia (@kixcorreia).
 
Com edição marcada para 22 de janeiro, "Pela Estrada Fora" será composto por 12 temas, todos da autoria de Tiago Silvestre e com produção de Gonçalo Santuns.
 

https://youtu.be/TMI_KJ_UwIU

Daqui a 2 min.
 
Música e Letra: Tiago Silvestre
Produção: Gonçalo Santuns
Mistura e Masterização: Hugo Santos
Gravação: Gonçalo Santuns (Sala Mandra Studio)
 
Tiago Silvestre - Voz e guitarra
Carolina Moura: Teclado e coros
Gonçalo Santuns: Bateria, percussões, baixo e coros
Miguel Moura: Guitarra
 
Tiago Silvestre
 
Tiago Silvestre é um cantor e compositor natural de Samora Correia (Benavente). Iniciou o seu percurso musical em 2009, como baixista, numa banda de Rock N' Roll - Arcanis. A relação com os Arcanis durou pouco mais de 3 anos e, em 2012, após a edição do primeiro EP da banda, decide abandonar o projecto e embarcar numa aventura a solo onde pudesse explorar as suas maiores influências como o Country e o Rock em português. No início de 2014 lança o seu primeiro single - "Cavaleiros da Távola Redonda" e pisa os seus primeiros palcos a solo em Cine-Teatros e bares. Em 2016 lança o seu primeiro álbum - "Stª Apolónia" que eleva o seu reconhecimento nas redes sociais e faz com que leve o ano a divulgar o álbum em bares, festas de verão e nas lojas FNAC.
 
 

Lágrima d'Vinho é o segundo single da violinista Malú Garcia disponível nas plataformas digitais a 29 de Janeiro.

MALÚ GARCIA | Novo single “Lágrima D’Vinho”
À venda nas plataformas digitais s 29 Janeiro 2021
 

Lágrima D´Vinho é o segundo single da vio

transferir (5).jpg

 

linista Malú Garcia que fará parte do álbum de originais editado em breve, onde foi acompanhada por Pedro Baião no pianoSebastian Scheriff na percussãoRicardo Marques no contrabaixo e Bernardo Romão na Guitarra Portuguesa. O tema foi escrito por Pedro Baião, pianista e compositor português. A paixão pelo Fado surgiu desde cedo no coração da artista e é com este tema que o demonstra, numa junção de sonoridades diferentes.
 
Malú Garcia começou na área da música clássica aos oito anos de idade e está agora a aprofundar as diferentes vertentes do Jazz, Fado e World Music. Após a sua jornada como bolseira na Royal Welsh College of Music and Drama (UK), decidiu regressar a Portugal onde trabalha como freelancer com várias orquestras. O seu objetivo com este novo projeto passa por valorizar o violino nas outras áreas para além da música clássica, mostrar a sua versatilidade e o seu potencial como instrumento solista no world music ou mesmo no fado.

 

Lukie lança videoclip de “Amor”

 

Lukie lançou há pouco mais de um mês o seu álbum de estreia mas, não termina o ano sem voltar a surpreender o seu público fiel. Hoje, disponibiliza, no Youtube, o videoclip do tema “ Amor”, o sexto deste seu primeiro trabalho discográfico.   

Gravado em Maputo, na Ponta do Ouro, este novo vídeo reflete a mensagem principal do tema: amar incondicionalmente, “como o mar infinito”.   

Escrita pela própria, “ Amor” é uma música especial para a artista pois, para além de falar sobre carinho e como tudo se consegue quando existe amor, retrata os seus sonhos pessoais.  

 

“Representa tudo o que eu sempre quis e quero para a minha vida amorosa: casar, viver todos os dias com a pessoa que amo, repletos de alegria e afetos”

 

“Amor” já está disponível nas plataformas digitais e na Vodacom • Unitel • Movitel 

Dom Power lança novo tema

Maura Airez lança primeiro single do seu álbum de estreia

transferir (11).jpg

 

A estreia discográfica de Maura Airez está para breve e tem como single de avanço “ Fado Mãe”. O tema composto por Dulce Pontes, interpretado por esta jovem fadista, está já disponível nas plataformas digitais.   

“ Fado Mãe” é um dos temas emblemáticos do reportório de Dulce Pontes por quem Maura Airez nutre um carinho e inspiração especial: “É uma compositora muito especial, uma intérprete excelente! Para mim, uma grande referência!”, reforça.   

 A nova versão do single, na firmeza da voz jovem e encantadora da “princesa do fado”, como também é apelidada Maura, foi produzida por Mário Pacheco, com direção musical e arranjos de Bernardo Couto e Flávio César Cardoso.   

Com um magnetismo, carregado de sentimento, que não passa, de todo, despercebido, “ Fado Mãe” por Maura Airez transmite a quem ouve uma tranquilidade e força de proteção dos nossos, não permitindo “o vento, a chuva, a mágoa, a solidão”, mergulhar nos nossos corações.  

O álbum “21Maura” contará ainda com mais 11 faixas, entre elas, duas da autoria da própria Maura Airez e será lançado ainda no início de 2021.   

Interpretando variadas músicas, desde temas de Amália Rodrigues como “ Meu Amor É Marinheiro”, às interpretações, em fado, de canções como “ Dois Corações”, dos Melim, Maura Airez- Prémio Revelação 2016 do Festival Caixa Alfama e nomeada para os International Portuguese Music Awards na categoria “Fado Performance”- já participou, entre outros, na 1ª edição do Festival de Fado de Marrocos, com Carminho e Luís Guerreiro, no NOS Alive e no palco Edp Fado Café. E agora, prepara-se para, em 2021, pisar grandes palcos, partilhando com o público esta que é a sua estreia discográfica.  

Para já, o tema “Fado Mãe” pode ser ouvido nas plataformas digitais.

 

Peter Strange | Novo single Sadness já disponível nas plataformas digitais

 

Depois da vitória em quatro concursos de música moderna, de estudar em Inglaterra música e produção musical, Peter Strange regressa a Portugal e apresenta o novo single Sadness!

Antes de mais, o porquê do nome artístico Peter Strange? O artista responde "o nome surge em 2015 enquanto gravava umas maquetes na minha antiga escola, em que a certa altura, o rapaz que me ajudava a gravar me disse que o que eu fazia soava estranho mas fixe. E visto que as canções são cantadas em inglês, achei que o nome Peter Strange soava bem." Simples , não?

Para chegar a este single SadnessPeter Strange fez o percurso habitual dos novos artistas, como por exemplo, a passagem por concursos de música moderna. Chegou a 5 finais e ganhou quatro delas. Para Peter Strange "essas vitórias fizeram com que olhasse para este projeto com outros olhos, como se estivesse alguém à minha frente com um carimbo e carimbasse o tal ‘approved’ na minha folha. Para mim foi a prova que a minha veia musical tinha pernas para andar."

De forma a crescer como músico e artista, Peter Strange decidiu ir estudar para Inglaterra música e produção musical. Resultado dessa temporada fora de Portugal? Diz-nos o artista que "aprendi bastante, principalmente na área da composição. Nota-se uma grande evolução entre os meus temas pré e pós Reino Unido."

Assim chegamos ao single Sadness, disponível hoje em todas as plataformas digitais. Para Peter Strange este tema pode ser descrito numa curta frase: "é uma música que fala de uma separação amorosa."

Lukie lança videoclip de “Amor”

Lukie lançou há pouco mais de um mês o seu álbum de estreia mas, não termina o ano sem voltar a surpreender o seu público fiel. Hoje, disponibiliza, no Youtube, o videoclip do tema “ Amor”, o sexto deste seu primeiro trabalho discográfico.   

 

Gravado em Maputo, na Ponta do Ouro, este novo vídeo reflete a mensagem principal do tema: amar incondicionalmente, “como o mar infinito”.   

Escrita pela própria, “ Amor” é uma música especial para a artista pois, para além de falar sobre carinho e como tudo se consegue quando existe amor, retrata os seus sonhos pessoais.  

 

“Representa tudo o que eu sempre quis e quero para a minha vida amorosa: casar, viver todos os dias com a pessoa que amo, repletos de alegria e afetos”

 

“Amor” já está disponível nas plataformas digitais e na Vodacom • Unitel • Movitel 

Silva - “Cinco” já está disponível

"Cinco” é o novo disco recheado de misturas de ritmos e referências

 

transferir (7).jpg

 

"Cinco" conta com 14 músicas e com as colaborações de artistas como Anitta, João Donato e Criolo.
 
É um dos mais queridos artistas brasileiros, em solo lusitano. Depois de ter gravado um dos seus discos de originais, “Vista Pro Mar”, em Portugal e de ter lançado em 2020, um disco ao vivo, em Lisboa, Silva regressa às edições com um novo longa duração, entitulado “Cinco” que sai hoje em todas as plataformas digitais. 
 
Silva é daqueles artistas que fazem o complexo parecer simples. É preciso tanto habilidade quanto talento para se chegar a esta assinatura. E o cantor, compositor, produtor musical e multi-instrumentista "capixaba" encaixou as duas características em todo o seu trabalho, nesta década de trajetória.

Do violino e piano, passou para o indie pop com presença eletrónica nos primeiros trabalhos. Tocou e cantou com Fernanda Takai, Lulu Santos e a partir de 2016, estabeleceu-se em formato MPB. Fez tours de toda a obra e gravou com Marisa Monte, para além de duetos com Ludmila e Ivete Sangalo, abrindo ainda mais o espectro de seu cancioneiro.

Agora, desaguamos em “Cinco”, décimo álbum da carreira, o quinto de inéditos, onde viaja da MPB à Soul Music e Ska, com escalas na Bossa Nova, Jazz e samba. O álbum foi inteiramente produzido e mixado por Silva, que o fez de forma 100% analógica.

"A música é o meu chão. É onde eu encontro sentido para as coisas e para esse mundo tão controverso. Fazer música, em sua grande diversidade de sentidos e significados, é a minha razão de viver. Hoje, vivendo de música, nunca imaginei chegar tão longe. E já que tão longe cheguei, chego também ao meu quinto disco autoral, que muito intencionalmente se chama Cinco. Cinco sou eu, Silva, com 5 letras, e Lúcio, também com cinco letras. Cinco é mãe Oxum, a me lavar com suas águas; é o número de vezes que já me apaixonei nessa vida, e é as vezes que fui a Salvador no último ano. Cinco representa pra mim um novo ciclo em minha identidade como pessoa e artista. Sendo assim, é muita coisa! Esse foi o disco ao qual eu tive mais tempo de me dedicar, produzindo tudo passo a passo, por muitos meses. Eu e meu irmão, Lucas (5), pudemos como nunca focar em todo longo processo de composição, faixa a faixa, sem correria, como amamos fazer. E o resultado é esse álbum, que muito me orgulha. Espero que meu disco te inspire e te emocione, que tire qualquer eventual poeira dos seus olhos, para que você possa ver que a vida, mesmo quando dura, vale ser vivida com leveza e beleza. Axé! Amém!"