Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição inédita de Jorge Irasagarra em Matosinhos

 

©Jorge Irasagarra2008.jpg

 

Inauguração no sábado, 14 de dezembro, às 16 horas

 

Vinte e quatro fotografias a preto-e-branco de Jorge Irasagarra compõem a exposição Apenas Um Pouco Tarde, que no próximo dia 14 de dezembro, pelas 16 horas, será inaugurada na galeria da Biblioteca Municipal Florbela Espanca, em Matosinhos. A mostra ficará patente até ao dia14 de janeiro.

 

Resultado de uma escolha pessoal e da imersão em quase trinta anos de negativos fotográficos e ficheiros digitais, a exposição inclui imagens captadas em Portugal, Itália, Alemanha, Espanha e Cabo Verde, traçando um roteiro nostálgico por diferente geografias e afinidades eletivas.

 

O título da exposição, Apenas Um Pouco Tarde, resulta da apropriação de um verso do poeta Manuel António Pina, ao qual, deste modo, o fotógrafo recorda e homenageia. 

 

“Estas são fotos que nos param o olhar, que nos fazem franzir o sobrolho, que reclamam explicações nunca satisfeitas. Há espaços abandonados, vandalizados, com magníficas paisagens marítimas; há marcos perdidos, mergulhados no abandono vegetal; estranhas vitórias de cavalos autênticos sobre máquinas apodrecidas de muitos cavalos mecânicos; há a inevitável atracção dos velhos pela violência do mar; e há, digo eu, uma contribuição para o alargamento de ‘cidade triste e alegre’ de Victor Palla e Costa Martins”, escreveu o jornalista Carlos Romero no texto que produziu para o catálogo da exposição.

 

Jorge Irasagarra nasceu no Porto em 1971 e tem publicado em diversos jornais e revistas, tendo anteriormente mostrado o seu trabalho em exposições individuais e coletivas em Portugal e Cabo Verde. Foi este ano finalista do Mira Mobile Prize B&W.

 

Mais informação em https://jorgeirasagarra.wixsite.com/home 

Mercado de Matosinhos recebe nova edição do Festival Cinema Aventura - 12 a 15 de setembro

Festival Cinema Aventura em Matosinhos.jpeg

 

 

Após a realização de duas mostras de cinema em anos anteriores, a agência de viagens Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos, vai realizar a primeira edição do Festival de Cinema Aventura. Com entrada gratuita, o evento terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos de 12 a 15 de setembro, tendo prevista a exibição de mais de 20 curtas que realçam o poder da viagem, sempre às 21h30, com histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão no público, procurando realizar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

 

De acordo com Luísa Salgueiro, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos: “O Mercado Municipal de Matosinhos é um dos locais mais procurados pelos turistas que nos visitam. Fazia todo o sentido acolher naquele espaço emblemático um evento de cariz internacional desta natureza. O cinema de aventura enquadra-se na estratégia de promoção turística do concelho”.

 

A iniciativa irá ser um ponto de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos, de troca de ideias e conhecimento. O programa do festival inclui conferências, exposições fotográficas, workshops e diversos painéis de debate ao longo dos quatro dias do evento. Destaque para o painel dedicado à temática - “O nosso impacto enquanto viajantes”- no dia 14 de setembro, às 12h00, da autoria de Pedro Moreira, autor do Blog Pedro On the Road. O psicólogo português que partiu de bicicleta numa aventura até ao Cabo da Boa Esperança, dará o seu contributo questionando as diferenças na forma como viajamos e deixando a reflexão: Como podemos continuar a correr o mundo, sem comprometer o modo de vida e a cultura de uma região?"

 

Nathan Thornburgh marca presença no Mercado de Matosinhos

 

Destaque ainda para a realização do painel “Roads & kingdoms”, no dia 14 de setembro, às 18h00, com a participação Nathan Thornburgh e o fotógrafo Eduardo Leal. Numa conversa intimista e aberta sobre o significado de narrativa de viagem, através das experiências do Nathan com a Roads & Kingdoms e da produção, para a CNN, da plataforma “Anthony Bourdain: Explore Parts Unknown”, vencedora de um Emmy, gerando um debate sobre a viagem como protagonista. Esta conversa pretende fazer-te questionar sobre as diferenças entre jornalismo, reportagem e narrativa de viagem.

 

De acordo com Thornburgh “quanto mais aprendemos, melhor viajamos”. Foi com esta máxima em mente que fundou o Roads & Kingdoms depois de ter trabalhado durante 10 anos como editor e correspondente estrangeiro da revista TIME.

 

Viajar à boleia pelo mundo e no feminino

 

O Festival de Cinema Aventura quer inspirar todas as mulheres a saírem da sua zona de conforto, abraçando novas experiências e libertando-se de preconceitos para se aproximarem do mundo com uma mente aberta, como percorrer o mundo à boleia. Assim, no próximo dia 14 de setembro, pelas 15h00, o Festival promoverá o painel “À Boleia com Marta Durán”- onde serão partilhadas histórias de duas mulheres – Marta Durán e Tania Muxima que fizeram dessa jornada um estilo de vida, com o objetivo de levar a viajante portuguesa a explorar o que há além da vida quotidiana, encorajando-as ao espírito mais aventureiro.

 

O mundo é feito para ser explorado. Viajar sozinha pode ser um desafio, mas também o começo de uma aventura inesquecível. O Festival de Cinema Aventura irá realizar no próximo dia 15 de setembro, pelas 15h30, um painel dedicado à temática “Mulheres em Viagem” que contará com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro para falar sobre o que significa viajar enquanto mulher, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas. Durante esta conversa serão partilhadas histórias das três convidadas que fizeram dessa jornada um estilo de vida. 

 

Durante as três noites do Festival serão exibidos mais de duas dezenas de filmes e documentários, projetados nas bancas do mercado, que irão despertar a sede de aventura do público e inspirar os entusiastas dos destinos exóticos e longínquos do planeta.

 

Festival de Cinema Aventura realiza painel "À Boleia com Marta Durán" - Percorrer o mundo à boleia no feminino

Matosinhos, irá promover um painel dedicado a esta temática no próximo dia 14, pelas 15h. Tania Muxima e Marta Durán marcarão presença nesta conversa, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas à boleia...

 

O Festival de Cinema Aventura quer inspirar todas as mulheres a sairem da sua zona de conforto, abraçando novas experiências e libertando-se de preconceitos para se aproximarem do mundo com uma mente aberta, como percorrer o mundo à boleia. Assim, no próximo dia 14 de setembro, pelas 15h00, o Festival promoverá o painel “À Boleia com Marta Durán”- onde serão partilhadas histórias de duas mulheres – Marta Durán e Tania Muxima que fizeram dessa jornada um estilo de vida, com o objetivo de levar a viajante portuguesa a explorar o que há além da vida quotidiana, encorajando-as ao espírito mais aventureiro.

 

Marta Durán tem 24 anos é licenciada em Comunicação Social e faz das suas viagens um modo de vida. Em 2017 esteve três meses entre a Índia e o Nepal, foi aos EUA e Canadá, e ainda deu um pulo ao continente africano. Tudo começou no dia em que decidiu esticar o dedo para pedir boleia. Estava numa área de serviço da Suíça, decidida a chegar à Alemanha, quando entrou num carro Jaguar. Foi a primeira de muitas viagens à borla. Tania Muxima é uma viajante compulsiva e não consegue resistir a uma boa fotografia e acredita que viajar à boleia é uma forma barata e descontraída de explorar o mundo, e de associar uma componente de aventura às suas viagens. 

 

“Mulheres em Viagem” dia 15 de Setembro, às 15h30       

 

O mundo é feito para ser explorado. Viajar sozinha pode ser um desafio, mas também o começo de uma aventura inesquecível. O Festival de Cinema Aventura irá realizar no próximo dia 15 de Setembro, pelas 15h30, no Mercado Municipal de Matosinhos, um painel dedicado à temática “Mulheres em Viagem” que contará com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro para falar sobre o que significa viajar enquanto mulher, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas. Durante esta conversa serão partilhadas histórias das três convidadas que fizeram dessa jornada um estilo de vida. 

 

O painel “Mulheres em Viagem” conta com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro. Filipa Chatillon, líder de viagens na Nomad, voluntária, apaixonou-se pela partilha, pelo intercâmbio de culturas e pelas histórias que trazia na bagagem. Com um foco na sustentabilidade ambiental e na procura de histórias que inspirem à mudança para uma vida mais ligada à natureza e às relações humanas, a Filipa partiu à descoberta do Mundo. Embora enfermeira de profissão, Berta BB Couto dedicou-se à fotografia. Ao longo dos anos, tem-se dedicado especialmente à fotografia de Viagem, Paisagem e Documental. Ana Isabel Mineiro tem colaborado, desde 1993, com várias publicações portuguesas e espanholas, sendo autora do livro “Onde os Rios têm Marés”. Recentemente combinou os seus interesses por viagens e comida vegan no blogue “Comedores de Paisagem”.´

Festival de Cinema.jpg.png

 

Nomad realiza Festival de Cinema Aventura

 

O Festival de Cinema Aventura regressa ao Mercado Municipal de Matosinhos de 12 a 15 de setembro, onde ao longo de quatro noites, serão exibidos mais de 20 filmes e documentários, projetados nas bancas do mercado, que irão despertar a sede de aventura do público e inspirar os entusiastas dos destinos exóticos e longínquos do planeta.

 

Com entrada gratuita, o evento é promovido pela agência de viagens Nomad em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, tendo prevista a exibição de mais de 20 filmes e documentários, sempre às 21h30, com histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão no público, procurando realizar algumas mudanças na comunidade e no mundo. O festival irá ser também, um ponto de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos, de troca de ideias e conhecimento. O programa do festival inclui ainda conferências, exposições fotográficas, festas, workshops, conversas e muito mais.

Mercado de Matosinhos recebe visita de jornalista da revista TIME e partilha Viagens à Boleia pelo mundo - Festival Cinema Aventura - 14 e 15

image002.jpg

 

No dia 14 de setembro, pelas 15h00, o Festival promoverá o painel “À Boleia com Marta Durán”- onde a jovem portuguesa de 24 anos partilhará com o público as suas histórias à boleia pelo mundo, fazendo dessas jornadas um estilo de vida, com o objetivo de levar as viajantes portuguesas a explorar o que há além da vida quotidiana, encorajando-as ao espírito mais aventureiro.

 

Ainda no sábado dia 14, o Festival de Cinema Aventura recebe a visita de Nathan Thornburgh, no painel “Roads & kingdoms”, às 18h00, onde será abordado o significado das viagens e as diferenças entre jornalismo, reportagem e narrativa de viagem.

 

No domingo dia 15, o Festival apresenta pelas 15h30, um painel dedicado à temática “Mulheres em Viagem” que contará com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro para falar sobre o que significa viajar enquanto mulher, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas. O mundo é feito para ser explorado. Viajar sozinha pode ser um desafio, mas também o começo de uma aventura inesquecível. Durante esta conversa serão partilhadas histórias das três convidadas que fizeram dessa jornada um estilo de vida.

 

O Festival de Cinema Aventura é organizado pela Agência Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos. Este evento tem entrada gratuita e terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos até 15 de setembro, onde serão exibidas mais de 20 curtas sobre histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão, procurando com isso fomentar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

 

O programa do festival inclui conferências, exposições fotográficas, workshops e diversos painéis de debate.

 

Mercado de Matosinhos: R. França Júnior, 4450-718 Matosinhos

 

 

 

SÁBADO,

13 SETEMBRO

 

9H00 - 13H00 ( INTERVENÇÃO )
WWF FISH FOWARD
MERCADO DE MATOSINHOS

 

7H00 - 12H00 ( INTERVENÇÃO )
INTERVENÇÃO URBANA COM OS BONS SELVAGENS
MANIFESTO | ESGOTADO

 

10H00 - 11H00 ( CONVERSA )
KUMBHA MELA, NOS BASTIDORES DO EPICENTRO DO HINDUISMO COM EDUARDO LEAL E DÂNIA RODRIGUES
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

10H00 ( REALIDADE VIRTUAL )
FILME VR: ROHINGYA
MANIFESTO | EM CONTINUO DURANTE O DIA


10H00 - 13H00 ( OFICINA )
ANIMAÇÃO PARA CRIANÇAS: STOP MOTION
MANIFESTO | SUJEITO A INSCRIÇÃO DE 5€


10H00 - 12H00 ( FOTOGRAFIA )
INSTAMEET “O MUNDO NUMA RUA” COM RITA ANDRADE
MANIFESTO | ESGOTADO

 

10H00 - 13H00 ( MASTERCLASS )
TRAVEL JOURNALISM COM NATHAN THORNBURGH
NOMAD POP-UP | ESGOTADO

 

11H00 - 12H00 ( CONVERSA )
TRANSFORMAR UMA IDEIA
NUMA NARRATIVA COM FUMAÇA
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

 

12H00 - 13H00 ( FILME )
EXIBIÇÃO “RIOS D’OURO”
COM JOÃO LABRINCHA E JORGE PELICANO
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

12H00 - 13H00 ( DEBATE )
O NOSSO IMPACTO ENQUANTO VIAJANTES
MODERADO POR PEDRO ON THE ROAD
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

15H00 - 16H00 ( CONVERSA )
À BOLEIA COM MARTA DURÁN
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE


15H00-16H00 ( CONVERSA )
EVERESTE, NO TOPO DO MUNDO COM RUI SILVA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE


15H00-16H00 ( LIVE PODCAST )
ROHINGYAS: UMA NOVA FORMA DE CONTAR A SUA HISTÓRIA COM KITATO E RUI BARBOSA BATISTA
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE


15H00 - 18H00 ( OFICINA )
ANIMAÇÃO PARA CRIANÇAS: BRINQUEDOS OPTICOS
MANIFESTO | SUJEITO A INSCRIÇÃO DE 5€

Nas oficinas de animação dirigidas aos mais novos vamos perceber como no cinema é criada a ilusão do movimento. Entre amigos e numa dinâmica de colaboração criativa pontuam-se três momentos que dão asas à imaginação!
A partir da exploração de alguns dos brinquedos ópticos mais populares no séc. XIX, serão criadas pequenas narrativas em desenho sequencial.
Inscrição limitada a 10 crianças,
com idades entre os 5 aos 12 anos


16H00 - 17H00 ( APRESENTAÇÃO )
TRILOGIA “TUDO É POSSÍVEL” COM JORGE VASSALLO
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

16H30 - 18H00 ( CONVERSA )
FOTOGRAFIA DE VIAGEM COM DANIEL RODRIGUES
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

 

17H00-18H00 ( FESTA )
CERVEJA & VIAGEM COM PEDRO ON THE ROAD
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

Trocamos cervejas por histórias de viagem! Junta-te ao Pedro On The Road para um animado fim de tarde em comunidade. Queremos ouvir as aventuras, peripécias e histórias que tornaram as tuas viagens únicas. Sobe ao palco e mostra-nos porque é que as tuas histórias valem uma cerveja OPO74.

 

18H00 - 19H30 ( CONVERSA )
ROADS&KINGDOMS COM NATHAN THORNBURGH
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE


18H30 - 19H30 ( PRÉMIO )
VOTAÇÃO DO PÚBLICO PARA O PRÉMIO THE NORTH FACE
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

 

21H30 - 23H30 ( FILMES )
3ª SESSÃO DE CINEMA AVENTURA
INTERIOR DO MERCADO DE MATOSINHOS | ENTRADA LIVRE

 

Nunca é Tarde
Carlos Carneiro - 13 min

Queen Maud Land
Cedar Wright - 27 min

Sand in the Sky
Gnarly Bay - 4 min

Lixo Vivo
Guiga Pirá - 10 min

China: A Skier's Journey
Jordan Manley - 16 min

Doug Tompkins Wild Legacy
James Q Martin - 12 min

Ace and the Desert Dog
Brendan Leonard - 9 min

23H30 - 01H00 ( FESTA )

DOMINGO,

15 SETEMBRO

 

10H00 - 11H00 ( APRESENTAÇÃO )
MIÚDOS FEITOS DE LIBERDADE COM FILOMENA MOURA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

10H00 ( REALIDADE VIRTUAL )
FILME VR: CLIMBING GIANTS
MANIFESTO | EM CONTINUO DURANTE O DIA

 

11H30 - 13H00 ( DEBATE )
O IMPACTO DOS CONTEÚDOS ONLINE NA SUSTENTABILIDADE DOS DESTINOS
COM FILIPE MORATO GOMES E RUI BARBOSA BATISTA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

11H30 - 13H00 ( CONVERSA )
A CONSERVAÇÃO DE NATUREZA EM PORTUGAL
MODERADO PELO ANTÓNIO LUÍS CAMPOS
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

15H00 - 16H00 ( APRESENTAÇÃO )
OS BASTIDORES DO “LIXO VIVO” COM GUIGA PIRÁ
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

15H30 - 16H30 ( CONVERSA )
MULHERES EM VIAGEM
MODERADO PELA FILIPA CHATILLON
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

15H00 - 17H30 ( WORKSHOP )
COMO PREPARAR UMA VIAGEM DE TREKKING
COM DIOGO TAVARES
NOMAD POP-UP | ESGOTADO

 

 

16H30 - 17H30 ( CONVERSA )
OS BASTIDORES DO “THE CURRENT” COM JOÃO SOUSA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

16H30 - 17H30 ( CONVERSA )
EM REPORTAGEM PARA A NATIONAL GEOGRAPHIC
COM ANTÓNIO LUIS CAMPOS
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

 

17H30 - 19H00 ( FESTA )
FESTA DE ENCERRAMENTO
MONSTER JINX | ENTRADA LIVRE

Nathan Thornburgh realiza masterclass sobre Viagens no Mercado de Matosinhos

image002.jpg

 

Dia 14 de setembro às 10h00

 

Nathan Thornburgh realiza masterclass sobre Viagens no Mercado de Matosinhos

image004.jpg

 

Nathan Thornburgh irá realizar uma Masterclass no dia 14 de Setembro, entre as 10h00 as 13h00 dedicada ao tema “Travel Journalism”. De acordo com Thornburgh “quanto mais aprendemos, melhor viajamos”. Foi com esta máxima em mente que fundou o Roads & Kingdoms depois de ter trabalhado durante 10 anos como editor e correspondente estrangeiro da revista TIME. Nathan produziu para a CNN a plataforma “Anthony Bourdain: Explore Parts Unknown”, vencedora de um Emmy. Ao longo desta formação vamos analisar a abordagem da Roads & Kingdoms à narrativa de viagem. Da construção da história à sua distribuição. Debatendo também onde está a fronteira entre jornalismo e o entretenimento.

 

Realizada no âmbito da 1ª Edição do Festival de Cinema de Aventura, a Masterclass “Travel Journalism” terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos, e irá debater onde está a fronteira entre jornalismo e o entretenimento. Embora gratuita esta ação é limitada à presença de 20 pessoas.

 

 

O Festival de Cinema de Aventura pretende destacar o poder do vídeo como elemento unificador entre culturas. Assim, ao longo de três noites, o Mercado de Matosinhos irá projetar mais de 20 filmes que despertam a sede de aventura e que, sobretudo, se propõem a inspirar. O evento irá ser também, um ponto de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos, de troca de ideias e conhecimento. O programa do festival inclui ainda conferências, exposições fotográficas, festas, workshops, conversas e muito mais.

 

Alpinista João Garcia apresenta filme de superação no Mercado de Matosinhos - Festival Cinema Aventura - 13 de setembro às 16h30

image003.jpg

 

No dia 13 de setembro, o Festival de Cinema Aventura destaca a apresentação do filme “Thar-Ua” com João Garcia, a partir das 16h30. A palavra tibetana Thar-Ua significa “superada”, dando o nome ao documentário de João Garcia. Nesta história de superação, o alpinista português expõe os desafios de quatro atletas que tiveram que superar obstáculos impensáveis para se manterem vivos. Em “Thar-Ua”, João Garcia, Ferran Latorre, Alex Txikon e Nuria Dicks partem numa jornada emocional que os leva a enfrentar os seus medos, alegrias, sentimentos e pensamentos.

 

O Festival de Cinema Aventura é organizado pela Agência Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos. Este evento tem entrada gratuita e terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos até 15 de setembro, onde serão exibidas mais de 20 curtas sobre histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão, procurando com isso fomentar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

 

O programa do festival inclui conferências, exposições fotográficas, workshops e diversos painéis de debate.

 

Mercado de Matosinhos: R. França Júnior, 4450-718 Matosinhos

 

Programa SEXTA-FEIRA, 13 SETEMBRO

10H00 ( REALIDADE VIRTUAL )
FILME VR: FREE SOLO
MANIFESTO | EM CONTINUO DURANTE O DIA

15H00 - 16H00 ( APRESENTAÇÃO )
FJÄLLRÄVEN POLAR COM RICARDO CARVALHO
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

16H30 - 17H30 ( FILME )
EXIBIÇÃO "THAR-UA" COM JOÃO GARCIA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

18H00 - 19H30 ( FILME )
ESTREIA DO FILME “MOUNTAIN OF STORMS”
NOMAD POP-UP | ENTRADA LIVRE

18H00 - 19H30 ( FESTA )
SURFRIDER FOUNDATION + MONSTER JINX
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

18H30 - 19H30 ( PRÉMIO )
VOTAÇÃO DO PÚBLICO PARA O PRÉMIO THE NORTH FACE
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

21H30 - 23H30 ( FILMES )
2ª SESSÃO DE CINEMA AVENTURA
MERCADO DE MATOSINHOS | ENTRADA LIVRE

Can't Ski Vegas
Joey Schusler - 22 min

Shaped by the Ocean
Alex Schuchmann - 5 min

People Water
Forest Woodward - 23 min

When We Were Knights
Anson Fogel - 12 min

The Line Between Good and Evil
Ben Clark - 14 min

Alcindo
Roger Serrasqueiro - 4 min

Cascadia
Danny Macaskil

SUMOL SURF SCHOOL - OPEN DAYS JÁ ARRANCARAM EM VÁRIAS PRAIAS DO PAÍS

As Sumol Surf School – Open Days já arrancaram e qualquer pessoa pode ter acesso a uma aula se ajudar a limpar o areal da praia. Esta ação está a decorrer de 5 a 30 de agosto, em 9 praias do país, incluindo, Costa da Caparica, Carcavelos, Ericeira, Nazaré, Matosinhos, Aveiro, São Torpes e Portimão.

 

Para participar, as pessoas só têm de dirigir-se ao spot Sumol, entregarem resíduos apanhados no areal da praia, seja lixo de plástico, metal, papel ou vidro e fazerem a devida reciclagem no local. Esta participação dá acesso a vários brindes da marca, assim como uma inscrição numa aula de surf na respetiva Sumol Surf School, mediante as vagas diárias disponíveis. 

Da Terra à Lua 50 anos depois

moon-astronaut.jpg

 

Matosinhos vai assinalar a chegada de Armstrong e Aldrin à Lua

20 de julho // 22 horas // Museu da Quinta de Santiago

No dia 20 de julho de 1969, há 50 anos, o módulo lunar Eagle, integrado na missão espacial Apolo 11, chegou à superfície da Lua. Algumas horas depois, já no dia 21 de julho, Neil Armstrong e Buzz Aldrin tornaram-se os primeiros homens a pisar o solo do satélite natural da Terra. Para assinalar a data, e um dos mais notáveis feitos da Humanidade, o Museu da Quinta de Santiago, em Leça da Palmeira, preparou um serão especial do programa Mucéu, no qual vai ser possível conversar com Ana Pires e José Matos, dois portugueses com os olhos postos nas estrelas.

 

A iniciativa “Da Terra à Lua: 50 anos depois”, de entrada gratuita, decorrerá nos jardins do museu, sob o céu estrelado e 399 quilómetros abaixo da superfície branca da Lua, que estará convenientemente cheia. Recordar-se-á, é obrigatório, a frase que Neil Armstrong proferiu há 50 anos e que se tornou uma das mais célebres do século XX: "Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”.

 

Para guiar a conversa, e a viagem da Terra ao Mar da Tranquilidade, onde ocorreu a primeira alunagem, estarão presentes Ana Pires, a investigadora do ISEP e do INESC TEC que, no ano passado, se tornou a primeira mulher cientista-astronauta portuguesa ao obter o diploma da NASA, e José Matos, astrónomo e divulgador científico formado pela Universidade Central de Lancashire.

 

Para além das implicações técnicas, científicas e filosóficas da viagem de há 50 anos, a conversa não deixará de explorar os atuais limites da investigação espacial e a ilimitada curiosidade humana, com eventuais incursões a Marte e mais além.

 

A missão Apolo 11, recorde-se, partiu da Flórida no dia 16 de julho de 1969, a bordo do foguetão Saturn V, tendo constituído uma das mais incríveis viagens da História da Humanidade, transmitida em direto pela televisão para 500 milhões de espectadores. Cinquenta anos depois da primeira alunagem, e 47 anos após a sexta e última viagem, em 1972, a Rússia anunciou esta semana que pretende fazer o homem regressar à Lua em 2030.

Acervo dos arquitetos Francisco Melo e Jorge Gigante vai ser doado à Casa da Arquitectura / 11 julho, 17h00

 

imagem_cerimónia_MELO_E_GIGANTE_11_07_2019_fullhd

 

O acervo dos arquitetos Francisco Melo e Jorge Gigante vai ser doado à Casa da Arquitectura, numa cerimónia que decorre no próximo dia 11 de julho, às 17h00, no Arquivo da instituição. A apresentação da obra estará a cargo do Professor Domingos Tavares.

Vai decorrer no próximo dia 11 de julho, às 17h00, no Arquivo da Casa da Arquitectura, em Matosinhos, a cerimónia de Assinatura “Contrato de Doação do Acervo de Francisco Melo e Jorge Gigante”. Entrada livre.

 

O contrato de doação vai ser assinado por Francisco Melo e pelos herdeiros de Jorge Gigante e, pela parte da Casa da Arquitectura, por Nuno Sampaio, Diretor Executivo.

 

Esta cerimónia conta com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, e do Professor Domingos Tavares, que fará o enquadramento da obra.

 

O acervo dos arquitetos Francisco Melo e Jorge Gigante é constituído por peças desenhadas, peças escritas e uma vasta coleção de fotografias, e cobre a sua atividade desde o final da década de cinquenta até ao início dos anos 90, num total de 152 projetos de várias tipologias: central telefónica (31), urbanismo (22) habitação unifamiliar (21), serviços/comércio (19), habitação coletiva 815), equipamento (15), indústria (8) e hotelaria (5).

 

 

Francisco Melo e Jorge Gigante constituem gabinete conjunto, no Porto, em 1956. A sua atividade desenvolve-se em torno do urbanismo e da arquitetura, sendo de destacar o conjunto de centrais telefónicas que projetam e constroem para os TLP (Telefones de Lisboa e Porto). Obras de grande exigência técnica e construtiva, são o laboratório de experimentação de muitas soluções que virão a ser aplicadas noutras obras da sua autoria e que serão base de formação para muitos arquitetos. A ampliação da Central Telefónica do Bonfim ou a Central Telefónica de Arcozelo, são obras de referência neste conjunto.

 

 

 

A habitação unifamiliar e coletiva, em particular a habitação social e cooperativa, é outra das áreas de concentração de maior número de trabalhos do gabinete sendo de destacar as cooperativas de Mafamude (Gaia) e Cohaemato (Matosinhos).

 

 

 

Já na década de 90 do século XX, projetam e constroem a ampliação do Centro Social da Sé do Porto, que se localiza junto às escadas dos Guindais, e é uma marca contemporânea na arquitetura da cidade medieval.

 

 

 

Este gabinete foi durante anos local de formação de muitas gerações de arquitetos que lá trabalharam por períodos mais ou menos prolongados. Manuel Correia Fernandes, José Quintão, Domingos Tavares, Manuel Mendes, José Manuel Gigante, Pedro Mendo, Conceição Melo, João Álvaro Rocha, usufruíram desta escola prática e dos conhecimentos e capacidade pedagógica desta dupla de arquitetos. Destes, José Manuel Gigante e João Álvaro Rocha vêm a integrar permanentemente o gabinete em 1989, mantendo-se até ao seu encerramento.

 

 

 

O escritório da Rua de D. Hugo 37, onde Jorge Gigante e Francisco Melo se instalaram na década de 70 do século passado, será para sempre referência incontornável na história dos arquitetos e da arquitetura portuguesa da segunda metade do século XX.

 

Dancem Todos em Matosinhos

Dancem_Todos©FranciscoTeixeiraCMM.JPG

 

Sexta-feira, 12 de julho // 21 horas // Escadaria da Casa do Design

Duas centenas e meia de alunos de dez escolas de dança de Matosinhos apresentam-se esta sexta-feira, 12 de julho, para mais uma edição do festival Dancem Todos, que há 13 anos dá a conhecer o trabalho coreográfico realizado pelos jovens bailarinos do concelho. O espectáculo, de entrada livre, voltará este ano a ter como palco o anfiteatro formado pela escadaria da Casa do Design, com a fachada norte do edifício dos paços do concelho a servir de cenário à graciosa movimentação dos corpos.

 

Promovido pela Câmara Municipal de Matosinhos, em parceria com escolas de dança do concelho, o Dancem Todos constitui uma mostra da atividade realizada ao longo do ano letivo, reunindo a comunidade ligada à dança, em franco crescimento ao longo dos últimos anos, mas também todos os interessados no fenómeno cultural e nesta expressão artística em particular, na qual se harmonizam várias artes do espetáculo, da música à encenação.

 

O Dancem todos contará este ano com mais duas escolas participantes, o Double Dance Studio e a academia Attitude, que se somam à Just Dance School, à Ballet Art, à Academia de Dança de Matosinhos, à escola Le Petit Pas, à Eu Danço, à Escola de Ballet de Leça da Palmeira, à Dance 4U e à Academia de Dança do Norte nesta grande celebração.

 

Criado em 2006, o Dancem Todos conta também, desde 2009, com uma edição de inverno, no Teatro Municipal de Matosinhos-Constantino Nery, afirmando a dança como uma das grandes apostas da Câmara Municipal de Matosinhos, reforçada nos últimos anos com a concretização do festival internacional Dias da Dança, em colaboração com as autarquias do Porto e de Gaia.

 

“O Dancem Todos tem vindo a impor-se como um dos mais significativos momentos de celebração da nossa comunidade educativa, nomeadamente daqueles e daquelas que se dedicam ao ensino e à aprendizagem da dança. Celebra-se, neste momento tão especial, o talento e a graciosidade dos corpos em movimento, o ritmo feito carne, mas também a partilha dos resultados de um ano de trabalho intenso e de dedicação a uma arte na qual se condensam a música e a dramaturgia, mas também a coordenação motora, o trabalho conjunto e árduo, a sociabilização e o processo de aprendizagem”, realça a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro.