Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

No Centro de Experimentação Artística - Vale da Amoreira: Município da Moita implementa projeto multidisciplinar “Sons, Ritmos e Cores”

No Centro de Experimentação Artística - Vale da Amoreira

CEA.jpg

 

O Município da Moita viu aprovada a candidatura ao Programa Operacional Portugal 2020 (Fundos Europeus Estruturais e de Investimento - PorLisboa2020), Prioridade de Investimento 9.1 do programa Cultura para Todos, com o projeto "Sons, Ritmos e Cores”. Com áreas de intervenção na música, dança e imagem, este projeto multidisciplinar visa a capacitação dos participantes nestas vertentes artísticas e o desenvolvimento de competências pessoais e sociais.

A definição destas três áreas partiu do reconhecimento da sua centralidade no campo das práticas artísticas com expressão no território do concelho da Moita, tendo como duplo objetivo alcançar membros da comunidade mais afastados dos circuitos habituais das práticas culturais, mas também aprofundar a participação daqueles que, formal ou informalmente, mantêm algum tipo de ligação.

 

Com esta candidatura, a autarquia pretende assim promover a inclusão social através das práticas artísticas, contribuindo para a aquisição de competências no domínio social, pessoal e técnico, com vista à promoção da igualdade de oportunidades, à participação ativa e à melhoria da empregabilidade. Por considerar que as artes e a cultura são condições essenciais para o desenvolvimento pessoal e participação plena dos indivíduos na sociedade contemporânea, o Município da Moita pretende, com este projeto, em particular, que esses sejam recursos privilegiados de capacitação e empoderamento social.

 

O projeto “Sons, Ritmos e Cores”, que será desenvolvido no Centro de Experimentação Artística, no Vale da Amoreira, irá incluir a instalação de um Estúdio Comunitário e a realização de Oficinas de Captação, Mistura e Masterização, Produção Musical, Escrita Criativa, Voz, Teoria Musical, Dança e Vídeo, e tem como destinatários jovens e adultos a partir dos 14 anos, sem limite de idade.

A participação é gratuita.

Mais informações podem ser obtidas pelo T. 211 810 030 ou 936 866 903 ou email cea@mail.cm-moita.pt.

 

Teatro no Fórum Cultural - Baixa da Banheira

ermelinda do rio crédito Vitorino Coragem (2).jpg

 

“Ermelinda do Rio, Noturno Para Voz e Concertina”

 

Com encenação e interpretação de Maria João Luís e texto de João Monge, “Ermelinda do Rio, Noturno Para Voz e Concertina”, pelo Teatro da Terra, sobe ao palco do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, no dia 26 de setembro, pelas 21:30h.

 

“Noturno para Voz e Concertina é o subtítulo do testemunho dorido de quem perdeu grande parte da família na maior catástrofe natural em Portugal, desde o terramoto de 1755. As cheias do Tejo a 26 de novembro de 1967, no Ribatejo e arredores de Lisboa, serviram de inspiração para João Monge escrever, na primeira pessoa, um poema narrativo pelos olhos de uma menina e de sua mãe que vivem a tragédia de sobreviver para assistir impotentes ao desaparecimento da sua família, de amigos, de conhecidos. Bastou uma noite de chuva, como tantas outras, para que, de madrugada, o mundo estivesse virado do avesso. “A noite do fim do mundo”, como alguém lhe chamou, 50 anos depois, é ainda hoje uma história mal contada. O Portugal de Salazar não quis que a tragédia falasse da sua real dimensão. Maria João Luís, naquele dia com 4 anos, é uma dessas pessoas que juntamente com o pai, a mãe e irmão, sobreviveram àquela noite de novembro. Ermelinda do Rio é assim um poema vivido por Maria João Luís, que ela própria encena, numa auto expiação dos seus fantasmas que ainda hoje a visitam, de tempos a tempos.

Texto: João Monge | Encenação: Maria João Luís | Com Maria João Luís e os músicos Miguel Leiria Pereira, Sofia Pires e Sofia Queiroz Ôre-ibir | Música para três contrabaixos: José Peixoto | Cenografia: José Carretas | Desenho de luz: Pedro Domingos | Produção executiva: Rita Costa | Assistência de encenação e design gráfico: Clarisse Ricardo | Pintura do cartaz: Soledad Lagruta | Fotografia de cena: Vitorino Coragem | Assistência de produção: Filipe Gomes | Direção de produção: Pedro Domingos | Produção: Teatro da Terra 2019.

 

 

Destinatários: Geral | M/12 anos

Duração: 55 min.

Bilhete: 3,56 euros

Lotação limitada, sendo periodicamente avaliada de acordo com as indicações da DGS.

 

 

Reserva de Bilhetes (a partir de 16 de setembro):

Fórum Cultural José Manuel Figueiredo

Rua José Vicente, Baixa da Banheira

Tel. 210888900


Horário da Bilheteira: terça-feira a sábado, das 14:30h às 19:30h. Dias de espetáculo e cinema: uma hora antes do início do espetáculo ou sessão; encerra aquando do início do espetáculo ou sessão.

As reservas têm que ser levantadas até à véspera do espetáculo/sessão, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

 

O Fórum Cultural José Manuel Figueiredo cumpre todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o sector da Cultura.

Cultura em Movimento 2020 no concelho da Moita: Dança e muita música no próximo fim-de-semana

Cultura em Movimento 2020 no concelho da Moita

Dança e muita música no próximo fim-de-semana

 

Até ao final de agosto, os espaços públicos do concelho da Moita estão a receber artes performativas, cinema, música, teatro, entre outras iniciativas, no âmbito do programa Cultura em Movimento 2020, promovido pela Câmara Municipal da Moita, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo.

No próximo fim-de-semana, decorrem as seguintes iniciativas:

 

Dia 21 de agosto | sexta-feira | 19:00h

Parque José Afonso (junto às piscinas municipais) | Baixa da Banheira

MÚSICA “VALU”

VALU2.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ± 50 min.

“Valu nasceu em 77, o ano do punk, e cresceu para se transformar no improvável resultado de uma infância a ouvir o "Sobreviventes" e o "Cantigas do Maio" no gira disco da casa em modo repeat, sendo que na altura o modo repeat exigia todo um ritual de solenidade e relativa desarrumação que deixou marcas que resistiram ao tempo e sobreviveram na memória. Se as referências da infância evocam nomes tão solenes como Godinho ou Zeca, foi na adolescência, igualmente punk, que as guitarras entraram em cena no filme desta pessoa de 77, com espírito de 74 e os olhos postos na contemporaneidade. As canções evocam o choro e o dedilhar dos cantores de intervenção, a poesia é clara, acutilante, cara a cara, fala da vida e da prisão, felizmente sem necessidade de metáforas evasivas ou eufemismos, e a apresentação faz-se num emaranhado de cabos, cravos, cabelos vermelhos e uma guitarra abençoada por Jello Biafra, figura maior desse mesmo punk que nasceu em 77, que tem espírito de 74 e os olhos sempre postos na contemporaneidade. Valu está atualmente a produzir o seu disco de estreia. https://www.facebook.com/Valu-824683340932475/

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

 

Dia 22 de agosto | sábado | 19:00h

Praia do Rosário | Gaio Rosário

MÚSICA “TRÊS RIOS”

três rios.png

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ± 60 min.

“Catarina dos Santos, Luati González e Julian Tarragô juntam-se para nos apresentar Três Rios - percussão, voz e acordeão; Espanha, Portugal e Brasil - com sonoridades originais e inspiradoras, que resultam da absoluta necessidade de acrescentar arte e música aos nossos dias, numa luta encantada contra a corrente. Temas originais e composições de grandes compositores da música Ibérica e da América Latina”.

https://soundcloud.com/catarina-dos-santos

https://madnomadflowetry.bandcamp.com/

www.marcreation.net

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

 

Dia 23 de agosto | domingo | 19:00h

Praceta Almada Negreiros, Bairro Gouveia | Alhos Vedros

MULTIDISCIPLINAR “FAST FORWARD”, de Marina Popova

POPOVA 1.JPG

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ± 55 min.

“Contrariando a ideia de que algumas músicas não são adequadas para dançar, Fast Forward surge da vontade da coreógrafa Marina Popova em ilustrar, através da dança, as músicas mais icónicas da sua juventude. Neste espetáculo multidisciplinar, que assume a forma de um concerto, os instrumentos são tocados ao vivo pelos próprios bailarinos, mas é o movimento e a coreografia que assumem o papel principal do cruzamento artístico.

Coreografia: Marina Popova * excepto quadros coreográficos 2, 7, 8, 9, 11, 12, 15 e 16

Coautoria de Marina Popova e Marco Rodrigues | Interpretação, Bailarinos: Carolina Russo, Catarina Frade, João Évora, Patrícia Frade, Marco Rodrigues e Marina Popova | Músicos - Guitarras: Marco Rodrigues | Saxofone: Patrícia Frade | 2ªs Guitarras: Carolina Russo | Backing Vocals: Marina Popova, Patrícia Frade, Catarina Frade e Carolina Russo | Figurinos, Apoio de Palco e Registo Imagem: Carla Frade | Produção: Companhia de Dança Marina Popova 2020.

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

 

Visando a segurança de todos, as iniciativas seguem medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura. O Cultura em Movimento cumpre todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o setor da cultura.

A participação nas atividades do Cultura em Movimento requer inscrição prévia através do número 933 003 654, no horário de segunda a sexta-feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h (máximo de cinco reservas por pessoa).
O programa está sujeito a alterações, sendo periodicamente avaliado de acordo com as indicações da DGS, e pode ser consultado em
 www.cm-moita.pt.

Município da Moita: BB Blues Fest regressa em outubro

 

BBBF LOGO.jpg

 

A 9ª edição do BB Blues Fest regressa, este ano, entre os dias 8 e 11 de outubro, à vila da Baixa da Banheira. O músico português The Legendary Tigerman é o primeiro nome confirmado para o dia 10.

 

Esta edição, marcada e adaptada ao momento que o país e o mundo vivem, irá trazer os melhores nomes do blues internacional e um cartaz com a qualidade que lhe é característica.

Após o adiamento do BB Blues Fest, previsto inicialmente para início de junho, e um período de interregno forçado, as raízes do blues estão de volta à Baixa da Banheira e ao concelho da Moita, com espetáculos nos dias 8 (quinta-feira) e 10 (sábado) de outubro, no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, e concertos ao ar livre, no dia 9 (sexta-feira) e o Blues Picnic, no dia 11 (domingo), num formato adaptado, ambos no Parque José Afonso.

Os bilhetes vão estar à venda na Bilheteira do Fórum Cultural a partir de 16 de setembro.

 

O BB Blues Fest cumprirá todas as normas da Direção Geral de Saúde relativas à pandemia de COVID-19.

 

Acompanhe a 9ª edição em:

 

www.bbbluesfest.com

www.cm-moita.pt
www.ufbbva.pt

www.bbbluesportugal.com
www.facebook.com/bbbluesfest
www.facebook.com/cmmoita

 

Destinatários: geral | M/6 anos
Bilhete diário - 15 euros | Passe Festival 2 dias - 20 euros (dias 8 e 10 de Outubro)

Organização: BBBP - Associação BB Blues Portugal, em parceria com a Câmara Municipal e União de Freguesias de Baixa da Banheira e Vale da Amoreira

Cultura em Movimento 2020: Música e teatro nos parques da Baixa da Banheira e Moita

 

“A Poesia e a Música”, com José Fanha e Daniel Completo, e a performance “O2”, pela Companhia PIA, vão ter lugar, no próximo fim-de-semana, nos parques José Afonso, na Baixa da Banheira, e Municipal da Moita. Estas iniciativas, que integram o programa Cultura em Movimento 2020, têm entrada gratuita com reserva obrigatória pelo T: 933 003 654, no horário de segunda a sexta-feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h (máximo de cinco reservas por pessoa).

 

Dia 14 de agosto | sexta-feira | 19:00h

Parque José Afonso | Baixa da Banheira

Fanha e Daniel Completo.jpg

 

MÚSICA

A POESIA E A MÚSICA COM JOSÉ FANHA E DANIEL COMPLETO

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ± 60 min.

De braço dado com José Fanha e Daniel Completo, vamos cantar e ouvir os seus poemas e as suas canções tão belas, divertidas, originais! Mas que, ao mesmo tempo, nos fazem refletir.

 

Dia 15 de agosto | sábado | 19:00h

Parque Municipal da Moita | Moita

PERFORMANCE | TEATRO FÍSICO | FORMAS ANIMADAS O2 – COMPANHIA PIA

performance o2 LinoSilva (4).jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ± 50 min.

“Num futuro frágil e incerto emerge um Mundo entorpecido pela desenfreada modernização, suspenso pelas poucas memórias que ainda ecoam em corpos resilientes na procura incessante do elemento vital que lhes suporta a vida. Um projeto de artes de rua nascido na cidade de Macau, que convida o espetador a uma reflexão sobre como poderia sobreviver uma sociedade onde a tecnologia desvanece as relações humanas e o acesso ao oxigénio se torna um luxo”.

Autoria, Encenação, Direção Artística e Plástica: Pedro Leal | Direção de Produção e Audiovisuais: Helena Oliveira | Formas Animadas e Conceção Plástica: Pedro Leal | Sonoplastia, Equipa Técnica e Construção: Álvaro Presumido | Performers: Ana Andrade, Helena Oliveira, Manuel Amarelo, Mafalda Cabral, Sara Araújo, Tiago Augusto | Produção: PIA - Projetos de Intervenção Artística CRL | Parceiros MACAU: Trista Cheong / Long Fung Drama Club | Agradecimentos: Catarina Mota, Rui Rodrigues, Nuno Dores | Apoio à criação Macau: Instituto Cultural de Macau, Fundação de Macau e Fundação Oriente | Apoio à criação: Fundação GDA Vídeo Estreia

 

 

 

 

Visando a segurança de todos, as iniciativas seguem medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura. O Cultura em Movimento, promovido pela Câmara Municipal da Moita, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo, cumpre todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o setor da cultura.

O programa, que pode ser consultado em www.cm-moita.pt, está sujeito a alterações, sendo periodicamente avaliado de acordo com as indicações da DGS.

 

Cultura em Movimento 2020 no concelho da Moita: Dança, música e literatura no próximo fim-de-semana

 

 

Até ao final de agosto, os espaços públicos do concelho da Moita são o palco para artes performativas, cinema, música, teatro, entre outras iniciativas, no âmbito do programa Cultura em Movimento 2020, promovido pela Câmara Municipal da Moita, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo.

No próximo fim-de-semana, decorrem as seguintes iniciativas:

 

7 de agosto | sexta-feira | 19:00h às 21:00h

Animação de rua em veículo móvel | Percurso pelo concelho

DANÇA COM A ACADEMIA DE DANÇA ALMA LATINA DA SOCIEDADE FILARMÓNICA ESTRELA MOITENSE

dança.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: 2 horas.

Direção: Luís Pascoeiro | Interpretação: Sorin Pojar e Lara Neto | Eduardo Proença e Laura Cardoso | Eduardo Velez e Bruna Velez | Diogo Fernandes e Constança Fernandes | Yasmin Pires e Leonor Gaspar

Mais informações pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

8 de agosto | sábado | 10:00h

Parque Municipal da Moita

SÁBADOS A LER EM FAMÍLIA

Um Tubarão na Banheira de David Machado, com Maria João Silva

Destinatários: Crianças e famílias | M/7 anos

Duração: ± 45 min.

Lotação máxima: 20 participantes

14191654«O-Tubarão-na-Banheira»-709x1024.jpg

 

“Imagine-se, um dos protagonistas é um tubarão que entra dentro de casa e dorme numa banheira. Mas este tubarão mais ou menos bem comportado também anda de carro e vai à escola. Parece mentira? Só para quem não acredita no poder dos pensamentos. O Tubarão na Banheira é um livro de grande encanto, ao qual não faltou inspiração literária e criativa.”

Entrada gratuita, com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

8 de agosto | sábado | 19:00h às 21:00h

Animação de rua em veículo móvel | Percurso pelo concelho

MÚSICA

MUGSY LTMS AND MEDI SOUND STATION + INDIAN MAN

INDIAN MAN 1.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: 2 horas.

Mais informações pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

MUGSY LTMS AND MEDI SOUND STATION

Mugsy é um músico do concelho da Moita que iniciou a sua carreira em 2000. Através de ritmos envolventes e pacificadores, o seu New Roots Reggae faz-nos viajar até uma Jamaica dos dias de hoje, sem perder as raízes de uma tradição musical riquíssima.

Mugsy conta já com vários álbuns de originais e neste momento prepara Wailing e Monkeys que serão lançados antes do final de 2020.

https://m.facebook.com/likethemansaid?tsid=0.29447563336772475&source=resut

 

INDIAN MAN

HIP HOP & BOAS VIBES

Indian Man é um músico do concelho da Moita no ativo desde 2012. As suas músicas têm como base o hip-hop com um espectro musical amplo, passando também pelo R&B contemporâneo.

Para além de mixtapes, conta ainda com um álbum de originais e recentemente lançou o EP "E Eu?”.

Tem atuado em diversos locais, destacando-se as atuações nas Semanas Académicas de Setúbal, Copenhagen Bar em Lisboa, Maus Hábitos no Porto e nas Festas do Vale da Amoreira e Baixa da Banheira.

https://www.instagram.com/therealmadcurry/

www.youtube.com/indianmandc

 

9 de agosto | domingo | 10:30h

Parque Municipal da Moita

OFICINA DE CORPO E MOVIMENTO - Com Yana Suslovets

foto_Yana Suslovets.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/12 anos

Duração: ± 60 min.

Lotação máxima: 12 participantes

Esta oficina tem como objetivo estimular e ativar o movimento do corpo através de exercícios de aquecimento, alongamento e condição física. Serão desenvolvidas atividades de pesquisa do domínio do corpo, que estimulam as funções motoras, percetivas e afetivas. Através de uma abordagem recreativa e descomprometida, pretende-se conduzir a criação de um diálogo entre a mente e o corpo e contribuir para assimilar a importância do corpo em movimento, que assume um papel fundamental no nosso quotidiano, explorando a expressão corporal como

forma de conhecimento, indispensável para vivermos presentes, críticos e participantes ativos em sociedade.

Entrada gratuita, com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

Visando a segurança de todos, as iniciativas seguem medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura. O Cultura em Movimento cumpre todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o setor da cultura.

A participação nas atividades do Cultura em Movimento requer inscrição prévia através do número 933 003 654, no horário de segunda a sexta-feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h (máximo de cinco reservas por pessoa).
O programa está sujeito a alterações, sendo periodicamente avaliado de acordo com as indicações da DGS, e pode ser consultado em
 www.cm-moita.pt.

 

Maré Cheia - Agenda de eventos de agosto

maré cheia agosto.jpg

 

 

As Pinturas Tradicionais em Embarcações estão em destaque na “Maré Cheia” - Agenda de Eventos no Concelho da Moita, do mês de agosto, em formato vídeo. A arte popular das pinturas tradicionais que embeleza as embarcações do concelho da Moita, tornando-os autênticos quadros vivos, com motivos florais, paisagens rurais, figuras religiosas, tradições socioculturais, números e letras de cores garridas, distingue-se no património cultural popular. Esta “Maré Cheia” dá a conhecer alguns dos rostos que fazem com que esta arte perdure no tempo.

 

Das atividades previstas para o mês de agosto no concelho, destacam-se o programa Cultura em Movimento, em diferentes espaços públicos, a canoagem, na Praia Fluvial do Rosário, e as exposições patentes nos diferentes equipamentos municipais.

7 Maravilhas da Cultura Popular: Candidaturas da Câmara da Moita já têm padrinho

 

Imagem Padrinho_Pinturas tradicionais.jpg

 

Está marcada para o próximo dia 10 de agosto a final regional das 7 Maravilhas da Cultura Popular, dedicada ao distrito de Setúbal. O professor Carvalho Rodrigues e a fadista Milene Candeias são os padrinhos das “Pinturas Tradicionais em Embarcações” e da “Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo”, patrimónios a votação, candidatados pela Câmara Municipal da Moita ao programa da RTP.

 

Professor Carvalho Rodrigues é o padrinho das “Pinturas Tradicionais em Embarcações”

A arte popular das pinturas tradicionais que embeleza as embarcações do concelho da Moita, com flores, paisagens, cenas religiosas, tradições tauromáquicas, números e letras de cores garridas conta com o Professor Carvalho Rodrigues como padrinho e é um dos patrimónios a votação no concelho da Moita. 

O Professor Carvalho Rodrigues, físico e professor Catedrático, é conhecido como o “pai” do satélite espacial português e proprietário da Canoa do Tejo Ana Paula. Apaixonado pelas embarcações tradicionais do Tejo, é um defensor da preservação deste património único e foi um dos impulsionadores da criação da Marinha do Tejo.

Ligue o 760 207 818 (custo de chamada 0,60€ + iva) e garanta que as “Pinturas Tradicionais em Embarcações” prosseguem no concurso e são eleitas uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular do nosso país.

 

Milene Candeias é madrinha da candidatura da Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo

A Romaria a Cavalo Moita-Viana do Alentejo, finalista regional nas 7 Maravilhas da Cultura Popular, é um dos maiores eventos equestres nacionais que recupera no tempo uma tradição antiga, comum aos dois concelhos, em que os lavradores da Moita se deslocavam ao Santuário da N.ª Sr.ª D’Aires com os seus animais, fazendo o percurso pela antiga Canada Real, através de quintas e caminhos de terra batida, para serem benzidos e para pedirem boas colheitas.  Este evento reúne centenas de romeiros de vários pontos do país e alia a fé com um ambiente ímpar e de camaradagem.

Milene Candeias, fadista e atriz do Teatro Maria Vitória, é a madrinha dacandidatura da Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo. A jovem moitense, que canta o fado desde os 8 anos de idade, participou no programa Mini-Chuva de Estrelas, foi por duas vezes vencedora da Grande Noite do Fado e participou também no Festival RTP da Canção. 

Para votar na Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo ligue 760 207 819 (custo de chamada 0,60€ + iva). Vote até dia 10 de agosto, data da final do distrito de Setúbal e garanta que o seu património de eleição será vencedor.

Cultura em Movimento 2020

cartaz.png

 

Vários espaços públicos do concelho da Moita voltam a receber atividades no âmbito do programa municipal Cultura em Movimento 2020.

Numa parceria entre a Câmara Municipal da Moita, as Juntas de Freguesia e o Movimento Associativo, Cultura em Movimento visa, todos os anos, dinamizar os largos, jardins, pracetas, ruas e parques de todas as freguesias do concelho com artes performativas, cinema, música, teatro, entre outras iniciativas que visam o acesso de todos à cultura neste período estival.

Mais do que nunca, a experiência física das artes e da cultura representa a possibilidade de participação social e o encontro com os artistas, criando momentos de partilha e fruição e combatendo o isolamento.

 

Espetáculos integrados na 25ª edição do Festival Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público, “Aqui. E Agora?”, uma Performance com Miguel Sermão e Mick Trovoada, Sessão de Contos com Rodolfo Castro, “Uma Bailarina Espe(ta)cular”, pela Companhia de Dança de Matosinhos, Música e Dança itinerante com Hugo Boss & Norbaz Groove e Indian Man, música com Três Rios, Valu, Madalena Palmeirim, José Fanha e Daniel Completo, entre muitas outras iniciativas, fazem parte do programa de 2020.

 

Visando a segurança de todos, as iniciativas irão seguir medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura. O Cultura em Movimento cumprirá todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o setor da cultura.

A participação nas atividades do Cultura em Movimento requer inscrição prévia através do número 933 003 654, no horário de segunda a sexta-feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h (máximo de cinco reservas por pessoa).

O programa está sujeito a alterações, sendo periodicamente avaliado de acordo com as indicações da DGS, e pode ser consultado em www.cm-moita.pt.

Cultura em Movimento 2020: Próximas iniciativas

Cultura em Movimento 2020

Próximas iniciativas

 

O programa Cultura em Movimento 2020 teve início a 24 de julho e prolonga-se até ao final de agosto com diversas atividades em vários espaços públicos do concelho da Moita.

Numa parceria entre a Câmara Municipal da Moita, as Juntas de Freguesia e o Movimento Associativo, Cultura em Movimento visa, todos os anos, dinamizar os largos, jardins, pracetas, ruas e parques de todas as freguesias do concelho com artes performativas, cinema, música, teatro, entre outras iniciativas que visam o acesso de todos à cultura neste período estival.

 

No próximo fim-de-semana, as iniciativas previstas são:

 

31 de julho | sexta-feira | 19:00h

Largo 5 de Outubro | Sarilhos Pequenos

SESSÃO DE CONTOS COM RODOLFO CASTRO

rodolfo castro.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ±50 min.

Rodolfo Castro nasceu em Buenos Aires, Argentina, e intitula-se “O pior contador de histórias do mundo”. Escreve e ilustra os seus próprios livros e é também formador na área da animação do livro e da leitura. As histórias que conta são pautadas por um humor constante, que agradam a pequenos e graúdos.

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

1 de agosto | sábado | 19:00h

Parque das Canoas | Gaio-Rosário

MÚSICA, ARTES PLÁSTICAS E MOVIMENTO | PORTUGAL

“HÁRVORE”, COM FERNANDO MOTA

Hárvore.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/3 anos

Duração: ±40 min.

“Hárvore é o espetáculo que marca o início de uma pesquisa à volta de objetos sonoros e instrumentos musicais experimentais criados a partir de árvores e outros materiais naturais. A partir do instrumento que Fernando Mota concebeu em 2019 para o projeto Sahar, da Fundação Calouste Gulbenkian, serão criados novos objetos utilizando vários carvalhos cortados em limpeza de terrenos na Serra de Montemuro. Com esses instrumentos e outros materiais naturais como ramos, pedras, areia e água criamos um espetáculo multidisciplinar que envolverá música, artes plásticas e movimento. Hárvore será um objeto telúrico, tão contemplativo quanto explosivo, uma partitura musical e performativa que mais do que sugerir paisagens, desenhará as energias nelas existentes”.

Criação e Interpretação: Fernando Mota | Operação Técnica: Catarina Codea | Produção e Coordenação: Violeta Mandillo

Integrado na 25ª edição do Festival Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654.

Organização: Câmara Municipal da Moita e Teatro Extremo

 

2 de agosto | domingo | 19:00h

Praceta Almada Negreiros, Bairro Gouveia | Alhos Vedros

DANÇA | PORTUGAL

“UMA BAILARINA ESPE(TA)CULAR”, COMPANHIA DE DANÇA DE MATOSINHOS

CDM 3.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/3 anos

Duração: ±20 min.

“As bailarinas foram crianças. Cresceram para a dança obrigando o corpo e a cabeça a caberem dentro de um certo molde. O que é que se perde ou se alcança quando se realiza um sonho de dança? Perguntando-se quem sonha a criança que dança, uma bailarina encontra, pela dança, a criança contando como foi sonhada.” Regina Guimarães

Direção: Manuel Tur | Texto: Regina Guimarães | Interpretação: Sara Silva | Cenografia: Moradavaga | Voz: Sara Pinto Pereira | Apoio à criação: Diana Amaral | Desenho de luz: Joaquim Madaíl | Coprodução: Companhia de Dança de Matosinhos e Câmara Municipal de Matosinhos/Teatro Municipal Constantino Nery

Integrado na 25ª edição do Festival Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654.

Organização: Câmara Municipal da Moita e Teatro Extremo

 

Visando a segurança de todos, as iniciativas seguem medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura. O Cultura em Movimento cumprirá todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o setor da cultura.

A participação nas atividades do Cultura em Movimento requer inscrição prévia através do número 933 003 654, no horário de segunda a sexta-feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h (máximo de cinco reservas por pessoa).
O programa está sujeito a alterações, sendo periodicamente avaliado de acordo com as indicações da DGS, e pode ser consultado em www.cm-moita.pt.