Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Workshop de Iniciação ao Macramé na Biblioteca do Vale da Amoreira

macrame.jpg

 

A Biblioteca Municipal do Vale da Amoreira recebe, no dia 15 de janeiro, das 9:00h às 13:00h, o Workshop de Iniciação ao Macramé, dirigido a jovens e adultos. Ministrado por Ana Rita Ribeiro Correia, este Workshop é de participação gratuita e visa ensinar as técnicas básicas através do conhecimento dos materiais que se utilizam nesta técnica, preparar a estrutura para a execução da peça e efetuar os nós básicos. Todos os participantes receberão uma peça finalizada: um suporte de vaso.

Ana Rita Correia frequentou um ano de design gráfico na ARCO, em Lisboa, e licenciou-se em artes plásticas na Escola Superior de Artes e Design, nas Caldas da Rainha, iniciando então as primeiras experiências na área do som, criando bandas sonoras e sons experimentais. Reside na Moita desde 2017, realizando, através do Programa Moita Património, o projeto “Percursos Sonoros”, uma edição em CD com ilustrações, recolhas de campo na área fluvial e criação de composições a partir dessas recolhas.
Iniciou, posteriormente, ilustrações com pirogravuras, incorporando outras técnicas, como a modelação e aguarelas, abordando referências locais e tradicionais.
Realizou, em 2019, na Biblioteca do Vale da Amoreira, uma exposição de Pirogravura, intitulada “Pironarrativas”.

Mais informações em https://anaritacorreia.wordpress.com/pinturas-azulejos/

 

Concerto com o Tenor João Mendonza adiado para 12 de fevereiro

JOAO MENDONZA 1 HD.jpg

 

Devido ao agravamento do número de casos de COVID-19 no concelho da Moita, que se situa atualmente no nível de risco “Extremamente Elevado”, o Concerto de Ano Novo, com o Tenor João Mendonza, anunciado para o dia 14 de janeiro, no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, foi adiado para dia 12 de fevereiro, pelas 21:30h.

Acompanhado ao piano, à guitarra e um por um duo de cordas (violino e violoncelo), João Mendonza apresenta melodias clássicas alusivas à quadra, bem conhecidas do público, atravessando várias épocas e compositores. Do reportório constam temas como “Ave Maria”, “Hallellujah”, “Con te Partirò”, “Nessun Dorma” ou “Oh Holy Night”, entre muitos outros. João Mendonza combina o melhor de diferentes géneros musicais. Dono de um registo vocal único e uma interpretação irrepreensível, o tenor cruza, por um lado, música sacra, ópera e música clássica e, por outro, a pop. Vai ainda ao fado, passando pelos boleros, legitimando um estilo internacionalmente designado por Lyric Pop ou Pop-Ópera, dentro do género de crossover clássico.

A qualidade do cantor e dos músicos que o acompanham proporcionará uma experiência inolvidável ao público presente. Um espetáculo imperdível!

Voz: João Mendonza | Piano e Guitarra: Pedro Zagalo | Violoncelo: Raquel Pernas | Violino: Rita Nunes

Destinatários: Geral | M/6 anos

Duração: 60 min.

Bilhete: 8,85 euros

Visitas Guiadas à Exposição de Arqueologia na Capela de São Sebastião

exposição arqueologia.jpg

 

A Câmara Municipal da Moita promove, nos dias 15, 22 e 29 de janeiro, às 10:30h e às 15:00h, visitas guiadas à Exposição de Arqueologia: “A Ocupação do Território através dos Vestígios Arqueológicos: Do Paleolítico à Idade Contemporânea”, patente na Capela de São Sebastião, na Moita.

A participação nas visitas é gratuita, mas sujeita a marcação através do T. 210 817 048 ou email div.cultura@mail.cm-moita.pt e com número limitado de dez participantes por cada grupo. A visita tem a duração aproximada de uma hora.

Esta exposição, que está aberta ao público em geral às sextas-feiras, das 14:00h às 17:00h, e sábados, das 10:00h às 13:00h e das 14:30h às 17:00h, faz uma abordagem da ocupação do território, através dos materiais arqueológicos encontrados nos diferentes sítios do concelho e em depósito na Reserva do Município da Moita.

Estabelece uma linha cronológica, cujo circuito se inicia na geologia do território e prossegue pelos seis módulos cronológicos: Paleolítico, Neolítico, Período Romano, Idade Média, Idade Moderna e Idade Contemporânea. Para cada uma das temporalidades expostas e a partir das peças selecionadas, são abordadas as realidades sociais e económicas das comunidades que então viveram neste território.

 

Moita: Visitas Guiadas à Exposição de Arqueologia

 

 

A Câmara Municipal da Moita promove, nos dias 9 e 23 de outubro, às 10:30h e às 15:00h, visitas guiadas à Exposição de Arqueologia: “A Ocupação do Território através dos Vestígios Arqueológicos: Do Paleolítico à Idade Contemporânea”, patente na Capela de São Sebastião, na Moita.

A participação nas visitas é gratuita, mas sujeita a marcação através do T. 210 817 048 ou email div.cultura@mail.cm-moita.pt e com número limitado de dez participantes por cada grupo. A visita tem a duração aproximada de uma hora.

 

Esta exposição, que está aberta ao público em geral às sextas-feiras, das 15:00h às 18:00h, e sábados, das 10:00h às 13:00h e das 15:00h às 18:30h, faz uma abordagem da ocupação do território, através dos materiais arqueológicos encontrados nos diferentes sítios do concelho e em depósito na Reserva do Município da Moita. Estabelece uma linha cronológica, cujo circuito se inicia na geologia do território e prossegue pelos seis módulos cronológicos: Paleolítico, Neolítico, Período Romano, Idade Média, Idade Moderna e Idade Contemporânea. Para cada uma das temporalidades expostas e a partir das peças selecionadas, são abordadas as realidades sociais e económicas das comunidades que então viveram neste território.

Dança no Fórum Cultural na Baixa da Banheira

O Fórum Cultural José Manuel Figueiredo recebe, no dia 22 de outubro, pelas 21:30h, o espetáculo de dança “Inverno”, pela Companhia de Dança de Almada, com criação de Bruno Duarte.

INVERNO_foto_5_CaDA_2019_creditos_Miguel_Estima.JP

 

“Desde criança tenho muito presentes as imagens a que, fascinado, assistia na televisão e que me davam a conhecer um pouco do que são os costumes de inverno transmontanos – caretos, chocalheiros, diabos, figuras que sempre exerceram sobre mim um magnetismo especial. Vi na criação deste espetáculo uma oportunidade para explorar cenicamente o cruzamento da sacralidade ritual destas celebrações ancestrais, com uma linguagem de dança contemporânea. Situado entre o sagrado e pagão, ancestral e contemporâneo, humano e sobrenatural, “Inverno” procura transmitir a magia que se vive por estes lugares na altura do solstício de inverno, retratando o pulsar da terra, a emancipação dos jovens, as arruadas, a postura de transgressão – mas tão regrada por práticas fixas – e o forte misticismo cultural. Este é um trabalho sobre o que está vivo, mas também sobre a memória. Sobre aquilo e aqueles que já viveram os locais que hoje experimentamos.” Bruno Duarte

“Estes são rituais de juventude, cheios de vida e de futuro, por onde perpassam todas as atividades dos povos (…), rituais que a cada ano renovam a confiança na continuidade da vida, bem simbolizada no fogo e outros deuses pagãos.

Nunca realçaremos suficientemente o papel que os rituais (…) tiveram na evolução das nossas sociedades e lhes transmitiram um carácter de sanidade ética que consegue manter a dignidade no meio da maior pobreza e de dificuldades sem fim.” Amadeu Ferreira, in “O Diabo e as Cinzas” (2013).

 

Criação: Bruno Duarte | Cocriação e interpretação: Bruno Duarte, Carlota Sela, Francisco Ferreira, Joana Puntel, Luís Malaquias, Mariana Romão e Raquel Tavares | Música: Galandum Galundaina, Roncos do Diabo, Cabra Çega, Urze de Lume, Colin Stetson | Figurinos: Nuno Nogueira | Cenografia: Carlota Machado e Bruno Duarte | Desenho de luz: Stageplot – Filipa Romeu | Imagem promocional: Ester Gonçalves | Ensaiadora e assistente de coreógrafo: Maria João Lopes | Seleção musical e sonoplastia: Bruno Duarte

Coprodução do Teatro Municipal de Bragança e Companhia de Dança de Almada.

 

Destinatários: Geral | M/6 anos

Duração: 60 min.

Bilhete: 3,56 euros

 

Fórum Cultural José Manuel Figueiredo.
Rua José Vicente, 2835-134 Baixa da Banheira


Horário da Bilheteira
De terça-feira a sábado, das 14:30h às 19:30h
Dias de espetáculo: Uma hora antes do início do espetáculo ou sessão; encerra aquando do início do espetáculo ou sessão.
Os bilhetes podem ainda ser reservados, através do telefone 210 888 900, no horário de funcionamento da bilheteira. As reservas têm que ser levantadas, no máximo, à véspera do espetáculo/sessão, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

Baixa da Banheira: Blues Night By BBBF no Fórum Cultural

 

 

 

Depois da 10ª edição do BB Blues Fest, que decorreu a 23, 24 e 25 de setembro e 5 de outubro, as Blues Nights By BBBF regressam ao Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira. No dia 16 de outubro, pelas 21:30h, sobem ao palco Mingo Balaguer’s Blue Shadow, Pablo Sanpa e Kid Carlos.

 

Velhos conhecidos dos palcos de blues na Europa, os três já tocaram juntos em várias ocasiões e colaboraram entre si em inúmeros projetos musicais, o último dos quais foi a gravação do novo álbum de Mingo Balaguer, “Blue Shadow”.

Mingo Balaguer (voz e harmónica) tem mais de 30 anos de palco e 17 álbuns lançados.

Pablo Sanpa e Kid Carlos (Guitarras) são dois dos melhores guitarristas de blues que existem em Espanha, ambos com projetos independentes e que trabalham há muitos anos com Mingo Balaguer.

A harmonização instrumental das guitarras, a voz e a harmónica criam o clima perfeito para levar o público de volta às origens do blues.

 

Destinatários: Geral | M/6 anos

Duração: 70 minutos

Bilhete: 8 euros

 

Organização: BBBP - Associação BB Blues Portugal, em parceria com a Câmara Municipal da Moita e União de Freguesias de Baixa da Banheira e Vale da Amoreira

 

 

Fórum Cultural José Manuel Figueiredo.
Rua José Vicente, 2835-134 Baixa da Banheira


Horário da Bilheteira
De terça-feira a sábado, das 14:30h às 19:30h
Dias de espetáculo: Uma hora antes do início do espetáculo ou sessão; encerra aquando do início do espetáculo ou sessão.
Os bilhetes podem ainda ser reservados, através do telefone 210 888 900, no horário de funcionamento da bilheteira. As reservas têm que ser levantadas, no máximo, à véspera do espetáculo/sessão, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

 

Baixa da Banheira: Blues Pic-Nic no Parque José Afonso

MusicOrba - Press.jpg

 

 

A 3 de outubro, a partir das 15:00h, o tradicional Blues Pic-Nic tem lugar no Parque José Afonso, na Baixa da Banheira. Neste dia, o BB Blues Fest tem entrada gratuita mediante reserva antecipada em www.bbbluesfest.com. Stonebones & Bad Spaghetti, Mojo Hand, Catman & the Blues Doozers, BBBF All Stars são os nomes já confirmados para o Blues Pic-Nic.

Depois dos espetáculos a 23, 24 e 25 de setembro, no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo e no recinto do Mercado Mensal, na Moita, o BB Blues Fest regressa à Baixa da Banheira com o Blues Pic-Nic. Recorde-se que a 10ª edição do BB Blues Fest iniciou a 23 de setembro com o concerto, no Fórum Cultural, do Grupo Dixieland da Banda da Armada.

Nos dias 24 e 25 de setembro, subiram ao palco do recinto do Mercado Mensal na Moita Tail Dragger, Richard Ray Farrell, The Black Mamba e Rick Estrin & The Nightcats.

STONEBONES & BAD SPAGHETTI (PT)

Muito provavelmente a única banda portuguesa de bluegrass, que se distingue pela incrível energia da sua música e a entusiástica performance em palco. Ao vivo, apresentam canções originais, compostas ao estilo do bluegrass, cantadas em português e, também, uma grande coleção de músicas tradicionais. A influência mediterrânica portuguesa está fortemente presente, resultando numa banda única, onde não há um oceano a separar ambas as culturas. Já conhecidos do público do BB Blues Fest, regressam para celebrar a décima edição do Festival.

 

MOJO HAND (PT)

Joe Mac é um cantor e escritor de canções norte-americano a viver em Portugal. A sua carreira musical começou no final dos anos 80, tocando Blues Rock em diversos palcos no continente americano e na europa. Em conjunto com o Holandês Gerrit Ekelenkamp, harmonicista e vocalista, também a viver em Portugal, formaram este duo Mojo Hand. Esta singular junção forma um projeto que vai à raiz do blues buscando os sons mais originais. Tocam no Blues Pic-Nic, numa recriação virtual de uma sessão de alpendre, com uma brisa do Oeste… português.

 

CATMAN & THE BLUES DOOZERS (PT)

Formado em 2005, o projeto Catman and The Blues Doozers nasceu no antigo espaço Catacumbas Jazz Bar, no Bairro Alto, em Lisboa, fruto da paixão de Manuel Pais (Catman) pelo Blues. Até ao seu encerramento (2013), a banda foi presença regular no Catacumbas tendo começado por essa altura a marcar presença no Alface Hall (também no Bairro Alto), bar onde se mantém como banda fixa até aos dias de hoje. Após algumas entradas e saídas de vários elementos, a banda estabilizou-se há cerca de seis anos: Catman – Voz, Teclas e Harmónica; Mr. Bo – Clarinete, José Luís Ferreira – Guitarra; Luís Varatojo – Bateria. Este tipo de formação, algo "sui generis", proporciona a possibilidade da banda apresentar, através de arranjos personalizados, um reportório de Blues influenciado quer pelo Swing, quer pelo Jazz.  Assim, para além de originais, Catman and The Blues Doozers apresentam temas de autores que vão de Louis Jordan a Fats Waller, passando por clássicos como Willie Dixon ou Albert King. Regressam ao BB Blues Fest, depois de terem participado no warm-up em 2014.

 

BBBF ALL STARS (PT)

A tarde do Blues pic-nic encerra em clima de festa com mais uma atuação da BBBF All Stars. Sob a batuta de Fast Eddie Nelson, será mais uma reunião aberta numa celebração do Blues e do espírito do BB Blues Fest.

 

O BB Blues Fest resulta de uma parceria entre a Associação BB Blues Portugal, a Câmara Municipal da Moita e a União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira e tem trazido à vila da Baixa da Banheira e ao concelho da Moita os melhores nomes do blues nacional e internacional. À semelhança de anos anteriores, o BB Blues Fest tem como parceiro na divulgação a Antena 3.
Visando a segurança de todos, o BB Blues Fest irá seguir medidas rigorosas, cumprindo todas as normas da Direção Geral de Saúde e garantindo todas as condições para uma experiência segura.
Mais informações em www.bbbluesfest.comwww.cm-moita.ptwww.ufbbva.ptwww.bbbluesportugal.comhttps://www.instagram.com/bbbluesportugal/www.facebook.com/bbbluesfest e www.facebook.com/cmmoita

 

Baixa da Banheira: Blues Pic-Nic no Parque José Afonso adiado para 5 de outubro

blues 5 de outubro.jpg

 

Devido à possibilidade de ocorrência de precipitação no domingo, dia 3 de outubro, o Blues Pic-Nic foi adiado para dia 5 de outubro, a partir das 15:00h, no Parque José Afonso, na Baixa da Banheira. O Blues Pic-Nic, inserido no BB Blues Fest, tem entrada gratuita mediante reserva antecipada em www.bbbluesfest.com. Stonebones & Bad Spaghetti, Mojo Hand, Catman & the Blues Doozers, BBBF All Stars são os nomes para o Blues Pic-Nic.

Depois dos espetáculos a 23, 24 e 25 de setembro, no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo e no recinto do Mercado Mensal, na Moita, o BB Blues Fest regressa à Baixa da Banheira com o Blues Pic-Nic. Recorde-se que a 10ª edição do BB Blues Fest iniciou a 23 de setembro com o concerto, no Fórum Cultural, do Grupo Dixieland da Banda da Armada.

Nos dias 24 e 25 de setembro, subiram ao palco do recinto do Mercado Mensal na Moita Tail Dragger, Richard Ray Farrell, The Black Mamba e Rick Estrin & The Nightcats.

STONEBONES & BAD SPAGHETTI (PT)

Muito provavelmente a única banda portuguesa de bluegrass, que se distingue pela incrível energia da sua música e a entusiástica performance em palco. Ao vivo, apresentam canções originais, compostas ao estilo do bluegrass, cantadas em português e, também, uma grande coleção de músicas tradicionais. A influência mediterrânica portuguesa está fortemente presente, resultando numa banda única, onde não há um oceano a separar ambas as culturas. Já conhecidos do público do BB Blues Fest, regressam para celebrar a décima edição do Festival.

 

MOJO HAND (PT)

Joe Mac é um cantor e escritor de canções norte-americano a viver em Portugal. A sua carreira musical começou no final dos anos 80, tocando Blues Rock em diversos palcos no continente americano e na europa. Em conjunto com o Holandês Gerrit Ekelenkamp, harmonicista e vocalista, também a viver em Portugal, formaram este duo Mojo Hand. Esta singular junção forma um projeto que vai à raiz do blues buscando os sons mais originais. Tocam no Blues Pic-Nic, numa recriação virtual de uma sessão de alpendre, com uma brisa do Oeste… português.

 

CATMAN & THE BLUES DOOZERS (PT)

Formado em 2005, o projeto Catman and The Blues Doozers nasceu no antigo espaço Catacumbas Jazz Bar, no Bairro Alto, em Lisboa, fruto da paixão de Manuel Pais (Catman) pelo Blues. Até ao seu encerramento (2013), a banda foi presença regular no Catacumbas tendo começado por essa altura a marcar presença no Alface Hall (também no Bairro Alto), bar onde se mantém como banda fixa até aos dias de hoje. Após algumas entradas e saídas de vários elementos, a banda estabilizou-se há cerca de seis anos: Catman – Voz, Teclas e Harmónica; Mr. Bo – Clarinete, José Luís Ferreira – Guitarra; Luís Varatojo – Bateria. Este tipo de formação, algo "sui generis", proporciona a possibilidade da banda apresentar, através de arranjos personalizados, um reportório de Blues influenciado quer pelo Swing, quer pelo Jazz.  Assim, para além de originais, Catman and The Blues Doozers apresentam temas de autores que vão de Louis Jordan a Fats Waller, passando por clássicos como Willie Dixon ou Albert King. Regressam ao BB Blues Fest, depois de terem participado no warm-up em 2014.

 

BBBF ALL STARS (PT)

A tarde do Blues pic-nic encerra em clima de festa com mais uma atuação da BBBF All Stars. Sob a batuta de Fast Eddie Nelson, será mais uma reunião aberta numa celebração do Blues e do espírito do BB Blues Fest.

 

O BB Blues Fest resulta de uma parceria entre a Associação BB Blues Portugal, a Câmara Municipal da Moita e a União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira e tem trazido à vila da Baixa da Banheira e ao concelho da Moita os melhores nomes do blues nacional e internacional. À semelhança de anos anteriores, o BB Blues Fest tem como parceiro na divulgação a Antena 3.
Visando a segurança de todos, o Blues Pic Nic irá seguir medidas rigorosas, cumprindo todas as normas da Direção Geral de Saúde e garantindo todas as condições para uma experiência segura.
Mais informações em www.bbbluesfest.comwww.cm-moita.ptwww.ufbbva.ptwww.bbbluesportugal.comhttps://www.instagram.com/bbbluesportugal/www.facebook.com/bbbluesfest e www.facebook.com/cmmoita

 

Baixa da Banheira: Teatro “Não se Ganha, Não se Paga!”

 

não se ganha não se paga ©Jose Frade 02.11.20-2

 

“Não se Ganha, Não se Paga!” é uma comédia da autoria do ator e dramaturgo italiano Dario Fo (1926-2016), prémio Nobel da Literatura em 1997, em cena no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, no dia 9 de outubro, pelas 21:30h. Esta peça do Teatro Ubu / Arte 33 tem encenação de Ana Nave.

 

Com uma grande agitação social como pano de fundo, duas famílias tentam encontrar forma de contornar a situação de crise em que vivem, garantindo a sobrevivência. Os acontecimentos precipitam-se numa sequência delirante. A fome não morre, os valores confundem-se e a Revolução começa no coração de cada um.

 

Texto: Dario Fo | Encenação: Ana Nave | Tradução/adaptação: Rui Silvares | Interpretação: Ana Nave, António Olaio, Carlos Dias Antunes, Francisco Silva, Patrícia Conde | Música original: Manuel Paulo | Cenário: Ana Nave/ Rui Silvares | Figurinos: Rafaela Mapril | Desenho de luz: Daniel Verdades | Produção: Arte33

 

Destinatários: Geral | M/12 anos

Duração: 90 min.

Bilhete: 3,56 euros

 

Fórum Cultural José Manuel Figueiredo.
Rua José Vicente, 2835-134 Baixa da Banheira


Horário da Bilheteira
De terça-feira a sábado, das 14:30h às 19:30h
Dias de espetáculo: Uma hora antes do início do espetáculo ou sessão; encerra aquando do início do espetáculo ou sessão.
Os bilhetes podem ainda ser reservados, através do telefone 210 888 900, no horário de funcionamento da bilheteira. As reservas têm que ser levantadas, no máximo, à véspera do espetáculo/sessão, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

 

 

Município da Moita | Cultura em Movimento: Música no último fim-de-semana

 

Município da Moita

Cultura em Movimento: Música no último fim-de-semana

 

O programa “Cultura em Movimento” 2021 está a chegar ao fim. Nos dias 28 e 29 de agosto, haverá música nos espaços públicos do concelho da Moita.

No sábado, dia 28, a partir das 18:30h, a Rua Catarina Eufémia, em Sarilhos Pequenos, recebe a iniciativa “Juventude à Mostra”, promovida no âmbito do projeto cultural Mural 18. O Município da Moita opta novamente por destacar os artistas do concelho, com os concertos com Dudah e Mancallas.

No domingo, 29 de agosto, pelas 19:00h, decorre o concerto com Club Makumba, no Parque Municipal da Moita (junto ao parque infantil). Club Makumba é um dos mais recentes projetos musicais da cena cultural atual. Teve origem na parceria criada entre Tó Trips (Dead Combo, Lulu Blind, entre outros) e João Doce (Wraygunn), a que se juntam agora Gonçalo Prazeres e Gonçalo Leonardo.

dia 29_CLUBMAKUMBA.jpg

 

Numa organização da Câmara Municipal da Moita, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo, “Cultura em Movimento” inclui na sua programação, todos os anos, um conjunto de espetáculos de qualidade, dando, desta forma, mais vida aos espaços públicos do concelho. Durante os meses de julho e agosto, foram vários os espetáculos, na sua maioria com lotação esgotada, que animaram os parques, jardins e ruas em todas as freguesias do concelho da Moita.

Comprometidos com a segurança de todos – público, artistas e equipas municipais – as atividades cumprem as normas da Direção Geral de Saúde no que respeita à prevenção da COVID-19, garantindo todas as condições para uma experiência segura.

Mais informações podem ser consultadas em www.cm-moita.pt.

Para participar no Cultura em Movimento basta ligar para o número 964750165, de segunda a sexta feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h, e fazer a sua marcação, num máximo de cinco reservas por pessoa.