Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

No concelho da Moita: Espaços municipais recebem diversas exposições

No concelho da Moita

Espaços municipais recebem diversas exposições

 

Em outubro, as bibliotecas municipais, a Galeria de Exposições do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo e o Posto de Turismo Municipal vão receber diversas exposições, dirigidas ao público em geral.

 

A Exposição Documental “Crianças no Mundo – com Direitos”, cedida pelo Instituto de Apoio à Criança, vai estar patente na Biblioteca Municipal Bento Jesus Caraça, na Moita, de 11 a 25 de outubro, no horário, de terça-feira a sábado, das 14:00h às 19:00h. Esta mostra é dirigida à comunidade educativa e ao público em geral. Mediante inscrição prévia, através do T: 210 817 040, são promovidas visitas guiadas, dirigidas a alunos do 2º ciclo.

exposição crianças no mundo.png

 

 

De 8 a 26 de outubro, das 10:00h às 12:30h e das 14:00h às 18:30h, a Biblioteca Municipal de Alhos Vedros recebe a Exposição “Réplicas de edifícios de Alhos Vedros”, de Manuel António Vera Gil. Esta mostra apresenta a reprodução em pedra de um vasto conjunto de réplicas de edifícios emblemáticos da freguesia de Alhos Vedros.

 

“A evolução do brinquedo português e a sua importância, na educação e desenvolvimento das crianças” é o nome da Exposição de Brinquedos do colecionador Hélder Esdras Martins, patente, de 8 de outubro a 2 de novembro, na Galeria de Exposições do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo. A inauguração acontece a 12 de outubro, pelas 17:30h. A mostra está patente de terça e sexta-feira, das 10:00h às 18:30h, e aos sábados, das 14:00h às 19:00h

 

No dia 10 de outubro, pelas 22:00h, é inaugurada a Exposição de Pintura “Prelúdio”, de Francisco Freitas Branco, patente na Biblioteca Municipal do Vale da Amoreira até 26 de outubro. Francisco Freitas Branco é um pintor autodidata que nasceu na cidade de Luanda (Angola), a 3 de outubro de 1945. Desde muito novo revelou o gosto pela pintura, não estando integrado em qualquer corrente estilística nem limitado a um tema fixo. Tem desenhado naturezas mortas, animais, pessoas, retratos, paisagens, onde o ambiente africano está sempre presente ou se insinua, no colorido ocre, na serenidade dos rostos, no pulsar da natureza. Desenha com grafite, pinta com pastel seco ou óleo e tem uma particular preferência pelo óleo.

exposição de pintura preludio.png

 

Até 11 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 9:30h às 12:30h e das 14:00h às 18:00h, está patente, no Posto de Turismo Municipal, a Exposição de Brinquedos Musicais 1940/1990 “Façam Barulho”, de Helder Esdras Martins. De referir que, no dia 9, pelas 16:00h, decorre, no mesmo espaço, a“Conversa de Bolso”, orientada pelo colecionador, com entrada livre.

exposição façam barulho .jpg

 

No Fórum Cultural da Baixa da Banheira: 3º Manobras - Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas

manobras_prt11-1.png

 

 

O Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, recebe, em outubro, o 3º Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas. Espetáculos e oficinas dirigidas à comunidade educativa e ao público em geral fazem parte do programa.

 

A partir de cinco dos sete pecados mortais, Caroline Bergeron elaborou este espetáculo sem palavras, composto por cinco fábulas que, com humor, critica algumas manias da nossa sociedade (a obsessão pelo poder, pelo dinheiro, pela competição) e transforma em virtudes os pecados da gula e da preguiça.

A oficina, orientada por Susana Alves, explora os conteúdos do espetáculo, escreve o argumento da 6ª fábula, cria as suas personagens e dá-lhes forma em marionetas ou objetos. No final, cria-se um pequeno vídeo (em stopmotion) a partir da animação da 6ª fábula.

 

25 de outubro, 10:00h

Teatro | Multidisciplinar

“Mapa – Contos e Cantos”

manobras MAPA_adultos ©Susana_Paiva_143_A.jpg

 

De Fernando Mota / A Caravana Passa (PT)

Destinatários: turmas do 1º ciclo do concelho da Moita | M/6 anos

Duração: 45 min.

Entrada gratuita mediante inscrição prévia

Lotação: 120 espetadores

 

Mapa – Contos e Cantos é um espetáculo para crianças criado a partir de textos originais, poesia oral de mulheres afegãs, um poema de Eduardo Galeano, músicas e sonoridades de várias culturas de África e do Médio Oriente, desenhos de crianças de Darfur e outros materiais plásticos. O espetáculo procura fazer uma reflexão sobre os conceitos de território e fronteira, de pertença e de liberdade, com especial enfoque no universo infantil.

Para este projeto, foram criados vários instrumentos musicais a partir de objetos e materiais simbólicos como a harpa farpada (uma janela-harpa feita com arame farpado), o remo (cordofone criado a partir do objeto que lhe dá o nome), um jogo de piões que nos transporta para um campo de batalha e caldeiros de metal suspensos, de onde surge uma tempestade marítima.

 

26 de outubro, 21:30h

Teatro | Multidisciplinar

Mapa – Estórias de Mundos Distantes

manobras MAPA_adultos ©Susana_Paiva_143_A.jpg

 

De Fernando Mota / A Caravana Passa (PT)

Destinatários: público em geral | M/16 anos

Duração: 60 min.

Bilhete: 3,54 euros

Lotação: 120 espetadores

 

Mapa – Estórias de Mundos Distantes parte da pesquisa de histórias de resistência e evasão em países e territórios em guerra, de povos ocupados ou exilados, com especial enfoque no universo feminino. Cruza várias linguagens e expressões como a música, a poesia, o teatro, as artes plásticas e o vídeo para criar um objeto performativo poético e imersivo. São utilizados músicas e instrumentos da Nigéria, do povo Berber (na língua Amazigh), uma canção de embalar palestiniana (em árabe), uma melodia encontrada numa placa de barro de 1400 AC na região de Ugarit, no Norte da Síria (possivelmente a composição musical mais antiga da qual há registo), bem como uma série de peças originais e construções sonoras inspiradas em culturas musicais de África e do Médio Oriente.

 

Reserva de Bilhetes:
Fórum Cultural José Manuel Figueiredo
Rua José Vicente, Baixa da Banheira
Tel. 210888900
Horário da Bilheteira:

De 3ª a sábado – 14:30h às 19:30h

Dias de espetáculo e cinema – uma hora antes do início do espetáculo ou sessão. Os bilhetes podem ainda ser reservados através do telefone 210 888 900, no horário de funcionamento da bilheteira. As reservas podem ser levantadas, no máximo, até 1h antes do início do espetáculo, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

 

Compra de bilhetes online:
http://ticketline.sapo.pt

http://pt-pt.facebook.com/cmmoita

E nos postos de venda aderentes: http://ticketline.sapo.pt/pagina/postosdevenda

No Fórum Cultural - Baixa da Banheira: Teatro “Couve Rosa, Morango Amarelo”

couve rosa morango amarelo.jpg

 

Com criação e interpretação de Graça Ochoa, a peça de teatro “Couve Rosa, Morango Amarelo” sobe ao palco do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, no dia 3 de outubro, pelas 14:30h, numa sessão dirigida aos alunos do 2º e 3º ciclos do concelho da Moita. Esta peça tem entrada gratuita, mediante inscrição prévia.

 

Uma couve rosa, uma rosa couve,uma rosa verde,um morango amarelo e uma banana lilás... As frutas, pelas suas formas particulares, pelos seus interiores sumarentos e coloridos são particularmente sugestivas. Encerram em si significados ocultos, estão carregadas de sentidos metafóricos e são uma constante durante o espetáculo. “Couve Rosa, Morango Amarelo” baralha conceitos, abana “pré-conceitos”, questiona estereótipos sobre o masculino e o feminino. Será estanque esta fronteira? Há um espaço intermédio? Ambíguo?

Através de uma linguagem sensorial, metafórica e poética; através da expressividade do corpo, do contar de histórias, da manipulação de objeto, no espetáculo, abordam-se questões como a identidade de género, o bullying e ou a orientação sexual, indo ao encontro da sensibilidade do público juvenil.

   

Criação e interpretação: Graça Ochoa | Conceção plástica: Sofia Silva | Desenho de luz: Alexandre Nobre | Música final / letra: Regina Guimarães | Música: Jorge Salgueiro | Apoio à criação: Dolores Matos e Margarida Chambel | Produção: Fiar Associação Cultural | Agradecimentos: Irene Ochoa Ntontsi, Helena Mancelos, Rita Alegria, Sofia Belchior, Sónia Passos, Susana Gonçalves, Stratos Ntontsis.

 

 

Reserva de Bilhetes:
Fórum Cultural José Manuel Figueiredo
Rua José Vicente, Baixa da Banheira
Tel. 210888900
Horário da Bilheteira:

De 3ª a sábado – 14:30h às 19:30h

Dias de espetáculo e cinema – uma hora antes do início do espetáculo ou sessão. Os bilhetes podem ainda ser reservados através do telefone 210 888 900, no horário de funcionamento da bilheteira. As reservas podem ser levantadas, no máximo, até 1h antes do início do espetáculo, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

Na Baixa da Banheira: Orquestra de Sopros do Médio Tejo no Fórum Cultural

Na Baixa da Banheira

Orquestra de Sopros do Médio Tejo no Fórum Cultural

Orquestra de Sopros.jpg

 

No âmbito das Comemorações do Dia Mundial da Música, o Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, recebe, a 4 de outubro, pelas 21:30h, um concerto da Orquestra de Sopros do Médio Tejo, com entrada gratuita.

 

A Orquestra de Sopros do Médio Tejo nasce da realização de dois estágios anuais para formação de jovens instrumentistas. Nestes estágios, os jovens têm a possibilidade de trabalhar com os professores do Conservatório de Artes da Canto Firme de Tomar e com maestros de referência nacional e internacional.

Sediada em Tomar, esta Orquestra, com direção artística e musical do Maestro Simão Francisco, procura promover o encontro de músicos profissionais da região centro ou músicos que estejam ainda em fase de formação.

O repertório apresentado passa por obras originais para esta formação, sendo que, pontualmente, aborda algum repertório transcrito, historicamente interpretado pelas bandas filarmónicas ou orquestras de sopros.

 

 

Reserva de Bilhetes:
Fórum Cultural José Manuel Figueiredo
Rua José Vicente, Baixa da Banheira
Tel. 210888900
Horário da Bilheteira:

De 3ª a sábado – 14:30h às 19:30h

Dias de espetáculo e cinema – uma hora antes do início do espetáculo ou sessão. Os bilhetes podem ainda ser reservados através do telefone 210 888 900, no horário de funcionamento da bilheteira. As reservas podem ser levantadas, no máximo, até 1h antes do início do espetáculo, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

 

Exposição de Fotografia “A Moita e o Mar” na Biblioteca Municipal

exposição a moita e o mar.JPG.png

 

A Exposição de Fotografia de Vítor Vargas “A Moita e o Mar” está patente, na Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça, na Moita, de 3 a 28 de setembro, de terça-feira a sábado, das 10:00h às 19:00h.

 

A exposição “A Moita e o Mar” enquadra-se no âmbito do projeto “Moita, Património do Tejo”. O portfólio é composto por embarcações atuais a navegar e engalanadas por ocasião das festas, por registos da construção de um varino no estaleiro do Mestre Jaime Costa e ainda por fotos de algumas plantas e aves dos sapais da Moita.

 

Maré Cheia de outubro destaca 4º Encontro de Culturas Ribeirinhas

capa.jpg

 

 

O 4º Encontro de Culturas Ribeirinhas é o tema de destaque da rubrica “Aqui Tão Perto” da Agenda Maré Cheia de outubro. De 25 a 27 de outubro, este Encontro, centrado no tema da construção naval tradicional, conta com participações de várias regiões de Portugal e de Espanha.  Esta iniciativa, promovida pela autarquia em parceria com outras entidades, pretende evocar e celebrar a identidade marítima das gentes do rio, dos fragateiros e dos mestres de estaleiro que fizeram a história do Tejo e de todos aqueles que, nos dias de hoje, contribuem para manter vivo o património ribeirinho, afirmando assim o projeto municipal “Moita Património do Tejo”. O programa completo será divulgado brevemente em www.cm-moita.pt.

E TAMBÉM DE ESPANH

A Agenda de Eventos, que pode consultar em www.cm-moita.pt, em suporte digital ou nos locais habituais, em papel, sugere, no “Vai Acontecer…”, muitas outras atividades para ver, fazer ou ouvir, ao longo do mês, ao ar livre ou nos vários equipamentos culturais e desportivos do concelho. De salientar, nesta rubrica, a XVIII Quinzena da Educação, de 8 a 20 de outubro, o 3 º Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas, nos dias 5 e 26 de outubro, para o público em geral, e o programa (Con)Vivências Sénior 2019 que decorre durante todo o mês.

Se preferir ficar em casa, opte por uma das sugestões das “Cumplicidades”: um livro, um projeto musical, um site e um filme.

Na rubrica “Sabores & Saberes”, a “Maré Cheia” sugere uma receita para um lanche saudável e com ‘sabor’ a outono: bolachas de aveia e marmelo.

A modalidade de voleibol na Associação de Moradores do Bairro Novo é o tema abordado, este mês, no que respeita à atividade do Movimento Associativo.

Se pretende receber a Maré Cheia em sua casa, todos os meses, contacte o Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal da Moita, através do e-mail: informacao-rpublicas@mail.cm-moita.pt.

No Centro de Experimentação Artística - Vale da Amoreira: Ensaio Aberto de Dança “Em Branco”

em branco 1 - a noite.jpg

 

O Centro de Experimentação Artística (CEA), no Vale da Amoreira, recebe, no dia 27 de setembro, pelas 10:30h, o Ensaio Aberto de Dança “Em Branco”, de Marina Nabais.

 

Após a residência artística no CEA, este dia será reservado para partilhar com o público o resultado final da criação do espetáculo de dança “Em Branco”. Esta iniciativa dedicada à dança tem entrada livre e é aberta às escolas, mas também às famílias e crianças maiores de cinco anos.

 

Marina Nabais é formada em dança e artes performativas. Intérprete e coreógrafa, desenvolve um trabalho pedagógico abrangendo diferentes faixas etárias.

Na Moita, de 6 a 15 de setembro: Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem

EMBARCAÇÕES.JPG

 

 

A Praça de Touros Daniel do Nascimento encheu, na noite de 24 de agosto, para a apresentação das Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem que decorrem de 6 a 15 de setembro. O evento mais esperado do ano tem Abertura Oficial, no dia 6, às 21:30h, na Praça da República. Serão 10 dias de muita animação e tradição.

 

“É um prazer ver a Praça cheia. É a demonstração de como a população da Moita acarinha as suas festas”, referiu o Presidente da Câmara Municipal, Rui Garcia, na apresentação das Festas que, considera o autarca, são uma afirmação da cultura e das tradições da Moita. “A Moita orgulha-se das suas festas e tem razões para isso”, referiu Rui Garcia. Destacou ainda a atratividade do programa, dirigido a diversos públicos, referindo que “quem nos visita leva o desejo de voltar”.

João Miguel, Presidente da Junta de Freguesia da Moita, salientou que as Festas da Moita, “das melhores do país”, constituem “um momento extraordinário da vida da população”, de convívio e de diversão.

Em representação da Comissão de Festas, João Gregório, destacou as vertentes religiosa, tauromáquica e náutica das festas e agradeceu o empenho das várias entidades envolvidas, cujos representantes marcaram presença na apresentação: além da CMM, da Junta de Freguesia e dos restantes membros da Comissão, a GNR, Bombeiros Voluntários da Moita, Sociedade Moitense de Tauromaquia, empresa Touroleve, e Paróquia da Moita.

 

Espetáculos iniciam com Boney M

Boney M (dia 6), Syro (dia 7), Iberia (dia 8), Cuca Roseta (dia 9), Blaya (dia 10), Quim Barreiros (dia 11), HMB (dia 12), April Ivy (dia 13) Deejay Kamala (dia 14) e Banda da Armada (dia 15) são os principais artistas que vão pisar o Palco da Marginal, antevendo-se grandes espetáculos, a partir das 23:00h.

As Festas da Moita oferecem mais dois palcos, com espetáculos diários: um na Praça da República e outro no Largo Conde Ferreira, este mais vocacionado para os bailes populares. Todos os concertos são ao ar livre e com entrada gratuita.

As celebrações religiosas centram-se no primeiro domingo da festa, dia 8 de setembro. São milhares as pessoas que assistem à imponente procissão em Honra de Nossa Sr.ª da Boa Viagem, seguida da bênção das embarcações típicas do Tejo. A procissão, que irá percorrer as principais artérias da vila da Moita, tem início às 18:00h.

No dia 7, realiza-se a tradicional Noite do Fragateiro, com Desfile de Marchas Populares nas ruas da Vila e participação das Marchas do União Desportiva e Cultural Banheirense, Bairro Alto, Academia Musical União e Trabalho de Sarilhos Grandes, Grupo Desportivo da Mouraria e Alto do Pina.

As tradicionais largadas de toiros atraem, todos os anos, milhares de pessoas à Avª Dr. Teófilo Braga. Este ano, vão acontecer nos dias 7, 9 e 13, a partir da 1:00h, nos dias 9, 10, 11, 12, 13 e 15, às 10:00h, e no dia 14, às 17:00h.

No Dia do Município, 10 de setembro, a Praça de Touros Daniel do Nascimento recebe, às 22:00h, a Corrida de Toiros.

O convívio popular é uma constante nas Festas da Moita, tendo o seu ponto alto na Tarde do Fogareiro, uma festa dentro da festa, no dia 13 de setembro, a partir das 13:00h. Após a largada de touros, as gentes da Moita transformam a principal avenida da vila num local único de animação e convívio: os fogareiros, espalhados um pouco por todo o lado, acendem-se; as entremeadas, os couratos e as bifanas começam a assar e os amigos vão chegando, enchendo a Avª Dr. Teófilo Braga. Pela tarde fora, não vai faltar animação de rua, com o Grupo de Bombos de Santa Maria de Jazente de Amarante, a Charanga “Huga Huga”, do Rosário, e o Fogareiro Elétrico com Nélio Pinto.

A tradicional Regata em Honra de Nossa Sr.ª da Boa Viagem, com barcos típicos do Tejo, está marcada para o dia 14, às 15:00h. No mesmo dia, também às 15:00h, o Varino “O Boa Viagem” recebe a bordo a iniciativa “Sábados a Ler em Família”, com a história “Por Favor Não Abanem o Barco”. A tarde de 12 de setembro, vai também ser dedicada ao rio, com mais uma edição do “Cais Vivo”, a partir das 15:00h, que inclui o desfile de embarcações típicas do Tejo e passeios de barcos, no Cais da Moita, para todos os que queiram participar.

O Pavilhão Municipal de Exposições abre as suas portas, nestes 10 dias, à XXVI FECI – Feira Comercial e Industrial.

 

O programa completo das Festas em Honra de Nossa Srª da Boa Viagem está disponível, em formato digital, em www.cm-moita.pt, em papel, no Posto de Turismo Municipal, na Moita, e em alguns espaços comerciais do concelho.

 

Agenda Maré Cheia destaca: Festas da Moita e Semana Europeia da Mobilidade

capa.png

 

A “Maré Cheia” – Agenda de Eventos no Concelho da Moita, do mês de setembro, destaca, entre outros temas, a Semana Europeia da Mobilidade 2019, à qual o Município da Moita volta a aderir, e as Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem.

De 16 e 22 de setembro, sob o lema “Caminha Connosco”, e em parceria com a S.energia - Agência Regional de Energia para os Concelhos do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, a Câmara Municipal da Moita vai promover o lançamento de um mapa de apoio à deslocação pedestre, o “MetroMinuto” da Vila da Moita, e dinamizar a iniciativa “Vou de Bicla”, junto à Escola Básica de 2º e 3º ciclos Fragata do Tejo.

A Agenda de Eventos, que pode consultar em www.cm-moita.pt, em suporte digital ou nos locais habituais, em papel, sugere, no “Vai Acontecer…”, muitas outras atividades para ver, fazer ou ouvir, ao longo do mês, ao ar livre ou nos vários equipamentos culturais e desportivos do concelho. De salientar, nesta rubrica, a programação das Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, de 6 a 15 de setembro, com um programa intenso e diversificado, onde a animação e a tradição não vão faltar. O que de mais genuíno a Moita tem para oferecer está bem representado nas festas: a hospitalidade, a religiosidade, as tradições ligadas ao rio e à festa brava.

Se preferir ficar em casa, opte por uma das sugestões das “Cumplicidades”: um livro, um projeto musical, um site e um filme.

Na rubrica “Sabores & Saberes”, a “Maré Cheia” dá a conhecer o novo restaurante “Vetus”, em Alhos Vedros.

A modalidade de vela, neste concelho com 22 km de frente ribeirinha, é o tema abordado, este mês, no que respeita à atividade do Movimento Associativo.

Se pretende receber a Maré Cheia em sua casa, todos os meses, contacte o Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal da Moita, através do e-mail: informacao-rpublicas@mail.cm-moita.pt.

 

Desafio Fotográfico #VisitMoita 2019

cartaz visit moita.jpg

 

O Município da Moita vai assinalar o Dia Mundial do Turismo com a realização do 2º Desafio Fotográfico #VisitMoita, que decorre no Instagram, entre 1 e 30 de setembro de 2019. As fotografias a concurso deverão refletir a promoção da oferta turística local, evidenciando a sua relação com o projeto municipal “Moita Património do Tejo”.

Podem participar no #VisitMoita 2019 todos os utilizadores a título individual e com perfil público, que mantenham esta definição pelo menos até ao dia da entrega de prémios. Grupos, associações, blogues, jornais, empresas ou outras entidades de natureza coletiva ficam excluídos.

Considera-se que são participantes do Desafio Fotográfico #VisitMoita os utilizadores que publicarem separadamente um máximo de cinco fotografias de acordo com as Condições de Participação, publicadas em www.cm-moita.pt, não sendo necessário qualquer procedimento de inscrição.

O júri, constituído por um representante da Câmara Municipal da Moita e por profissionais das áreas do turismo, fotografia e património, irá premiar os autores que mais se destacarem pelo seu talento, criatividade, qualidade e originalidade, atribuindo: Prémio do Vencedor – Máquina fotográfica Canon; e Menções Honrosas - Voucher para um passeio de três horas a bordo do varino “O Boa Viagem”, válido para duas pessoas, para a época fluvial de 2020.

Mais informações sobre o Desafio Fotográfico podem ser obtidas em sec.turismo@mail.cm-moita.pt.