Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Pai Natal com barba verdadeira traz a magia do natal até ao Oeiras Parque

Shopping da Linha promove Natal sustentável

 

Natal no OP Presepio.jpg

Uma Aldeia de Natal em cartão, concertos ao vivo, contos de Natal, um presépio realista, chuvas de luzes e coroas gigantes. Estes são alguns dos detalhes da magia do Natal que se vive no Oeiras Parque e que este ano se embrulha numa decoração em tons de verde, creme e dourado. 

 

Num cenário surpreendente, o Presépio apresenta uma aldeia iluminada com casinhas, um lago, árvores e bonecos mecânicos em miniatura, contando de forma realista toda a história do nascimento de Jesus. Da autoria da artista plástica Cláudia Perdigão, o icónico Presépio encontra-se em exibição no piso 2.

 

No mesmo piso, as crianças vão poder encontrar a Aldeia do Natal, construída detalhadamente com cartão, que inclui um circuito e um cenário com várias interações. À saída da aldeia será entregue, a cada criança, um kit em cartão por construir, de onde sairão máscaras de Elfo ou de Pai Natal.

 

Já no piso 1, o Pai Natal com barba verdadeira vai estar disponível para ouvir os desejos mais secretos das crianças. Entre o dia 1 e 24 de dezembro, basta passar pela árvore de Natal gigante para ver o senhor das barbas brancas ao vivo e a cores.

 

No dia 18 de dezembro, às 11h, o Pai Natal irá até à FNAC para a Hora do Conto de Natal com a Inês Blanc, que levará os mais pequenos numa viagem mágica por histórias de encantar.

 

O Oeiras Parque vai ainda brindar os seus visitantes com concertos natalícios ao vivo, todos os sábados do mês de dezembro. No dia 3, o shopping será invadido por violinos, coro e violoncelos da Academia de Música de Lisboa – Polo de Oeiras, que surpreenderão com pequenos concertos ao longo do dia. Nos dias 10 e 17 de dezembro será a vez de dar palco ao Coro de Santo Amaro de Oeiras.

 

Este ano a decoração de Natal do Oeiras Parque utiliza cores que remetem para a natureza. Os tons verde, creme e dourado trazem o conforto e a magia da época, mas também a preocupação deste shopping para com o ambiente. Um dos exemplos práticos é a poupança energética, utilizando iluminação de baixo consumo (LED) e apenas acendendo as luzes de natal entre as 17h00 e as 23h00.

Taguspark recebe primeira exposição a solo de DaCosta

Lápis Lazúli_Cesária Évora.jpg

Lápis-Lazúli é a primeira exposição a solo de DaCosta, artista contemporâneo português. Patente ao público no Núcleo Central do Taguspark, de 17 de novembro a 7 de janeiro, Lápis-Lazúli revela uma abordagem clássico-contemporânea ao azulejo português respeitando a metodologia de produção dos mestres de azulejaria do século XV.

 

Nesta inédita apresentação de DaCosta encontramos a “domin0 series”, um tributo post-mortem a personalidades como Amália Rodrigues, Mahatma Ghandi ou Albert Einstein, entre outros.

 

Com curadoria de Adilson Lima (Tapumarte) e de Beatriz Palma (MAU – Museu de Arte Urbana), Lápis-Lazúli é uma exposição cujo nome remete para uma pedra preciosa, que para além de estar associada à cura espiritual, energética e física, traz amor, paz e iluminação. Nesta exposição podemos encontrar também uma peça interventiva em tom de crítica à sociedade num painel de azulejos criado especificamente para mostrar a visão satírica do autor.

 

Para DaCosta, “Lápis-Lazúli exibe 7 figuras! Sete peças trabalhadas no grau da cor azul que criam um jogo visual para “brincar” com a perceção individual que temos de cada uma das personalidades aqui representadas. A nível de simbologia, o número 7 é o mais presente na filosofia e literatura sagrada, simbolizando o perfeito, o poderoso e também a renovação. Simboliza a renovação da herança do azulejo português. Para obter o resultado ímpar da estética do azulejo é necessária a perfeita comunhão dos quatro elementos sendo que este processo é considerado pelos amantes da cerâmica como algo de mágico. E é essa a magia que quero espalhar pelo mundo numa viagem que começa aqui...”

 

De entrada gratuita, a exposição insere-se na programação do MAU – Museu de Arte Urbana, que tem por objetivo promover o pensamento crítico e contribuir para o bem-estar de quem visita e trabalha na Cidade do Conhecimento.

 

FICHA TÉCNICA

Título da exposição: Lápis-Lazúli

Artista: DaCosta

Local: Núcleo Central do Taguspark

Data da Exposição: 17 de novembro a 7 de janeiro (de segunda a sábado, das 9H00 às 19H00, exceto feriados)

Curadoria: Adilson Lima (Tapumarte) e Beatriz Palma (MAU)

Observações: Entrada gratuita

 

Aqui encontra fotos da exposição Lápis-Lazúli.

 

"Nilo: Templo de Vida" // Conferência por Severina Gonçalves

Semana "Filosofia e Egipto"
14 a 20 de novembro



Conferência

"Nilo: Templo de Vida"


Segunda-feira, 14 de novembro, 19.30h
Salão Nobre
Palácio Marquês de Pombal
Oeiras

 

 

Orador:

Sessão apresentada por Severina Gonçalves
Sub-directora da NAOC



Inscrição no formulário:

Entrada livre mediante inscrição neste formulário

https://bit.ly/20_11_Sala_egipcia

Escultura de girafa em tamanho real instala-se no Taguspark

 

Criação Ocean Sole e United to Remake chama à atenção para situação de vulnerabilidade das girafas

 

 

Girafa Lavoisier.png

O Núcleo Central do Taguspark recebe mais uma escultura, intitulada "Girafa Lavoisier”, que é parte integrante da coleção permanente da Cidade do Conhecimento.

 

A mais recente atração do Taguspark, feita a partir de 5200 chinelos de borracha retirados do Oceano Índico e de 156 kilos de resíduos recolhidos em aterros, tem 5,6 metros de altura. A representação desta girafa alerta,conforme a União Internacional para a Conservação da Natureza, para a sua ameaça enquanto espécie em vias de extinção. 

 

A “Girafa Lavoisier” produzida pela Ocean Sole, ONG sediada no Quénia, em parceria com a United to Remake, start-up instalada na Incubadora do Taguspark, foi esculpida pelas mãos de cinco artesãos, que diariamente e sem recurso a quaisquer máquinas, coletam chinelos descartados no oceano e dão-lhes um novo propósito.

 

A escultura, fiel à anatomia de uma girafa, demorou 99 dias a tomar forma. É uma peça artística única, em tamanho real, e a maior alguma vez feita pelos artesãos da ONG.

 

Considerado o maior ruminante e o mamífero mais alto da Terra, a girafa, tal como a recente representação escultórica no Taguspark, tem um impacto particular no público devido à sua dimensão e padrão que lembra mosaicos. A "Girafa Lavoisier” aguarda a sua visita na Cidade do Conhecimento, no Núcleo Central do Taguspark! A entrada é gratuita.

 

FICHA TÉCNICA

 

  • Tipo: Escultura
  • Nome: Girafa Lavoisier
  • Materiais usados:
  • Chinelos de enfiar no dedo retirados do Índico: 5200 unidades
  • Resíduos de poliuretano recolhidos em aterros: 156 kg
  • Dias de trabalho: 99
  • Artesãos: 5
  • Peso: 200 kg
  • Local: Núcleo Central do Taguspark
  • Acesso gratuito, de segunda a sábado, das 9H00 às 19H00, exceto domingos e feriados
  • Observações: Entrada gratuita

 

Taguspark recebe nova exposição de pintura do artista Durães-West

Taguspark_Exposição Durães-West_1.jpg

Da autoria do artista contemporâneo Durães-West, britânico a viver em Portugal, “Contrast” é uma exposição de pintura com formas e cores que contrastam, harmonizam ou causam disrupção. A exposição será inaugurada no dia 8 de setembro, às 18h, e vai estar patente no Núcleo Central do Taguspark até 22 de outubro de 2022. A entrada é gratuita.

 

Nesta coleção de obras, produzidas com tintas acrílico e spray, as influências do artista são retiradas da Lisboa urbana, da cultura do oceano e da praia. As suas séries “Dark Matters”, “Blue” e “What” são baseadas em temas que abrangem a profundidade, a extensão, a escuridão, a luz, capturando a essência de uma cidade na vanguarda da inovação e o grande contraste que enfrentamos na vida e na morte.

Sobre o tema da exposição, o artista Durães-West explica a sua visão sobre "Contraste, o estado de ser surpreendentemente diferente de outra coisa em justaposição ou associação próxima. Como na vida; luz, escuridão, forma, sentimento, dia, noite, mar, céu; o contraste permite-nos medir a experiência.”

 

Com uma experiência de vida bastante rica, Durães-West nasceu no Reino Unido, cresceu na Arábia Saudita e vive, atualmente, em Portugal. Foi jogador profissional de rugby, fundou uma empresa de segurança que prestou serviços à família real saudita, foi dono de uma empresa de viagens para amantes de surf, foi treinador de desporto e é treinador de surfistas profissionais.

 

Essas vivências estão presentes nas suas obras, na paisagem moderna e urbana de Lisboa em contraste com as planícies alentejanas de sobreiros e oliveiras, nas start-ups e potencial tecnológico de Portugal no futuro ou na paleta de cores do oceano ou do céu ao nascer ou ao pôr do sol entre o contraste do dia e da noite.

 

A exposição de pintura “Contrast” pode ser visitada entre 9 de setembro e 22 de outubro, de segunda a sábado das 9h às 19h (exceto domingos e feriados). A inauguração, com a presença do artista, vai ter lugar no dia 8 de setembro, às 18h, no Núcleo Central do Taguspark.

 

Esta presença das artes e cultura no Taguspark – Cidade do Conhecimento insere-se no contexto do MAU – Museu de Arte Urbana, que tem por objetivo promover o pensamento crítico e contribuir para o bem-estar de quem visita e trabalha no Parque.

 

Últimos dias para visitar a instalação “Waste Wave”: A Onda de Sustentabilidade do Oeiras Parque

Instalação artística no Shopping da Linha sensibiliza para a reciclagem de resíduos plásticos

 

Waste Wave_Instalação Sustentabilidade_Oeiras Pa

  • Oeiras Parque recebe instalação artística “Waste Wave” do artista Bruno Costa até 16 de outubro
  • Feita a partir de resíduos plásticos provenientes do Oeiras Parque, a obra foca-se na sensibilização da população para o uso abusivo de plástico no dia-a-dia
  • O surfista Miguel Blanco é o Embaixador desta iniciativa sustentável, com a ANP|WWF (Associação Natureza Portugal, em associação com a World Wide Fund for Nature) a juntarem-se à causa

 

Com foco na proteção do meio-ambiente, o shopping volta a apresentar uma iniciativa artística que pretende sensibilizar os seus visitantes para a importância da sustentabilidade no futuro do planeta. A exposição “Waste Wave” insere-se num conjunto de várias ações que o Oeiras Parque tem vindo a apresentar com o propósito de incentivar a comunidade para a adoção de comportamentos mais sustentáveis.

 

Criada pelo artista plástico Bruno Costa, a instalação “Waste Wave” retrata uma onda em efeito 3D feita a partir de resíduos plásticos provenientes do Oeiras Parque. O artista plástico autodidata elabora peças únicas feitas a partir de lixo, com o intuito de alertar para a poluição e suas consequências no nosso Planeta.

 

Ao Oeiras Parque, junta-se, a ANP|WWF (Associação Natureza Portugal, que trabalha em associação com a World Wide Fund for Nature), uma das maiores e principais organizações de conservação da natureza. Juntas, procuram construir um futuro onde seja possível garantir uma utilização mais sustentável dos recursos naturais, e promover a redução da poluição e do desperdício.

 

Miguel Blanco, surfista português, é o Embaixador desta iniciativa do Oeiras Parque. Defensor de um estilo de vida saudável, de práticas ambientais sustentáveis e voz ativa na proteção do ambiente, o surfista associa-se ao Shopping da Linha nesta ação por ser uma oportunidade de alertar para a redução urgente do uso de plástico no dia-a-dia, para a reutilização e reciclagem em fim de vida destes materiais, e para a implementação de medidas mais ecológicas.

A instalação “Waste Wave” é aberta ao público e pode ser visitada até 16 de outubro, entre as 10h e as 23h, no Piso 2 do Oeiras Parque.

Exposição fotográfica que resgata a autoestima de mulheres com histórias de vida desafiantes estreia em Portugal

Exposição +Mulher 16/09 - Fábrica da Pólvora de Barcarena

 

descarregar (4).jpg

17 de setembro a 23 de outubro de 2022

Fábrica da Pólvora de Barcarena, Oeiras

INAUGURAÇÃO PARA CONVIDADOS: 16 DE SETEMBRO, 17h - 19h

De 17 de setembro a 23 de outubro, a Fábrica da Pólvora de Barcarena acolhe a terceira edição de “+Mulher”, projeto da fotógrafa brasileira Dai Moraes, especialista em Sessões Femininas Boudoir com foco no resgate de autoestima. “+Mulher” teve a sua primeira edição no Rio de Janeiro em 2013 e a segunda edição em 2019 que foi realizada no Rio de Janeiro e Lisboa, dedicadas exclusivamente à temática do cancro feminino. Desta vez, a autora decidiu alargar o universo de participantes e fazer refletir através das suas fotografias em grande formato todo o tipo de histórias desafiantes que deixam marcas nos corpos e nas vidas de mulheres das mais variadas idades, nacionalidades ou etnias.

Outra das novidades desta terceira edição é a componente multimédia do projeto, com vídeos a cargo da Janela Discreta, empresa que desde 2018 se dedica à produção de conteúdos para empresas e particulares, trabalhando sobretudo os temas de lifestyle, família, saúde, beleza, entre muitos outros. O acesso aos vídeos, com testemunhos de todas as participantes, é feito através de QR code colocado junto a cada uma das fotografias que estarão expostas em 11 estruturas metálicas no espaço público da Fábrica da Pólvora de Barcarena.

O objetivo deste projeto feminista é dar voz a todas as mulheres, contando as suas histórias de vida e encorajando não só as participantes, mas também o público que visita a exposição, a refletir sobre o conceito de beleza feminina.

“WASTE WAVE” TRAZ ONDA DE SUSTENTABILIDADE AO OEIRAS PARQUE

 

Waste Wave_Instalação Sustentabilidade_Oeiras Pa

  • Oeiras Parque recebe instalação artística “Waste Wave” do artista Bruno Costa até 16 de outubro
  • Feita a partir de resíduos plásticos provenientes do Oeiras Parque, a obra foca-se na sensibilização da população para o uso abusivo de plástico no dia-a-dia
  • O surfista Miguel Blanco é o Embaixador desta iniciativa sustentável, com a ANP|WWF (Associação Natureza Portugal, em associação com a World Wide Fund for Nature) a juntarem-se à causa

 

Com foco na proteção do meio-ambiente, o shopping volta a apresentar uma iniciativa artística que pretende sensibilizar os seus visitantes para a importância da sustentabilidade no futuro do planeta. A exposição “Waste Wave” insere-se num conjunto de várias ações que o Oeiras Parque tem vindo a apresentar com o propósito de incentivar a comunidade para a adoção de comportamentos mais sustentáveis.

 

Criada pelo artista plástico Bruno Costa, a instalação “Waste Wave” retrata uma onda em efeito 3D feita a partir de resíduos plásticos provenientes do Oeiras Parque. O artista plástico autodidata elabora peças únicas feitas a partir de lixo, com o intuito de alertar para a poluição e suas consequências no nosso Planeta.

 

Ao Oeiras Parque, junta-se, a ANP|WWF (Associação Natureza Portugal, que trabalha em associação com a World Wide Fund for Nature), uma das maiores e principais organizações de conservação da natureza. Juntas, procuram construir um futuro onde seja possível garantir uma utilização mais sustentável dos recursos naturais, e promover a redução da poluição e do desperdício.

 

Miguel Blanco, surfista português, é o Embaixador desta iniciativa do Oeiras Parque. Defensor de um estilo de vida saudável, de práticas ambientais sustentáveis e voz ativa na proteção do ambiente, o surfista associa-se ao Shopping da Linha nesta ação por ser uma oportunidade de alertar para a redução urgente do uso de plástico no dia-a-dia, para a reutilização e reciclagem em fim de vida destes materiais, e para a implementação de medidas mais ecológicas.

A instalação “Waste Wave” é aberta ao público e pode ser visitada até 16 de outubro, entre as 10h e as 23h, no Piso 2 do Oeiras Parque.

Próxima Atividade: A FLORESTA E A VIA DO HERÓI - um caminho iniciático no Parque dos Poetas

descarregar (7).jpg

Próxima Atividade:

A Floresta e a Via do Herói

Um Caminho Iniciático
no Parque dos Poetas


 

Oradores:

Severina Gonçalves
Sub-directora da NAOC
Patrícia Grave
Formadora no Programa Jovem "A Via do Herói"
Eugénia Nunes
Membro e Voluntária na NAOC
e Vítor Silva
Arq. Paisagista e Membro na NAOC

Poderá assistir no nosso canal youtube [Nova Acrópole Portugal] a algumas atividades realizadas no Parque dos Poetas, em Oeiras:
https://www.youtube.com/c/NovaAcr%C3%B3polePortugal/search?query=parque%20poetas



Data e Hora

Domingo, 18 de setembro, às 11h


Local:

Parque dos Poetas, Oeiras

Ponto de encontro:
Gruta de Camões


Esta atividade é de entrada livre,
após realização da inscrição.
https://bit.ly/floresta_via_do_heroi

Carcavelos recebe aulas de surf gratuitas da BUONDI com José Mata, Miguel Costa e Joana Aguiar

Além do regresso das aulas abertas ao público em geral, as BUONDI Surf Sessions dão continuidade à parceria com a SURFaddict para as suas aulas de surf adaptado para crianças e adultos.

 

image006.jpg

 As BUONDI Surf Sessions, promovidas pela marca de cafés portuguesa BUONDI, rumam a Carcavelos nesta 8ª edição que assinala o regresso das aulas abertas ao público, após  um interregno de dois anos devido à situação de pandemia. Depois da passagem por Matosinhos, em agosto, a segunda etapa da iniciativa vai decorrer no próximo sábado, dia 17 de setembro, entre as 10h e as 12h, na Praia de Carcavelos. Os participantes terão a oportunidade de experimentar gratuitamente a prática do surf na companhia dos embaixadores e atores José Mata, Miguel Costa e Joana Aguiar.

 

Além do regresso das aulas abertas ao público geral, a iniciativa continua a apoiar e a promover o surf adaptado, disponibilizando aulas de surf para crianças e adultos com deficiência motora, visual ou cognitiva, com o objetivo de promover a inclusão social e a saúde mental. Esta integração torna-se possível através da parceria, pelo 7º ano consecutivo, com a SURFaddict – Associação Portuguesa de Surf Adaptado.

 

A primeira etapa da 8ª edição das BUONDI Surf Sessions, realizada em Matosinhos, comprovou a importância e o impacto que o surf pode ter na vida de qualquer pessoa. Assistir ao convívio e alegria que a modalidade promoveu entre todos os participantes, com a reabertura das aulas ao público em geral, deixou-nos com grandes perspetivas para Carcavelos. Este ano, podemos contar também com a presença dos embaixadores, José Mata, Miguel Costa e Joana Aguiar, que, juntos, irão ajudar-nos a proporcionar uma experiência inesquecível a todos os presentes e ainda testemunhar a lição de superação do surf adaptado através da colaboração da SURFaddict”, refere Pedro Sampaio, Brand Manager de BUONDI.

 

As BUONDI Surf Sessions continuam desta forma a contribuir para a afirmação do surf adaptado, pelos vários benefícios que a modalidade traz para crianças e adultos ao promover a importância dos momentos de descontração e de convívio ao ar livre, ao mesmo tempo que incentiva o desporto em contacto com a natureza.

 

Com sete edições já realizadas e com a participação de mais de 3000 pessoas, as BUONDI Surf Sessions comprometem-se, uma vez mais, nesta oitava edição, com as comunidades locais na sua componente ambiental. Nestas aulas os participantes poderão usar as pranchas eco sustentáveis para surf adaptado, criadas pela BUONDI em parceria com a SURFaddict.

 

As inscrições nas BUONDI Surf Sessions são realizadas no próprio dia e local, junto ao stand da iniciativa, com limite até 40 participantes por dia entre público geral e surf adaptado.