Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Museu do Oriente dedica semana à cultura coreana | 20 a 25 de Novembro | Programa gratuito

20 a 25 de Novembro | Programa gratuito

 

Museu do Oriente dedica semana à cultura coreana

 

Bojagui.jpg

 

A Semana da Cultura Coreana é já uma tradição no Museu do Oriente e regressa, de 20 a 25 de Novembro, com um programa gratuito que inclui workshops, uma exposição de trabalhos em papel artesanal e uma sessão de contos para crianças, que dão a conhecer e experimentar as várias expressões culturais deste país.

 

Dedicado a todos os fãs portugueses de música popular coreana, o K-Pop Cover Dance Festival 2019 marca o arranque das festividades no dia 20, às 19.00.

 

O dia 22 é dedicado às dicas de beleza das grandes marcas de cosmética coreana, fortemente empenhadas em manter a pele saudável. O workshop de K-Beauty resulta de uma parceria com a Sephora e dá a conhecer alguns cuidados básicos a ter com a pele, bem como truques para uma maquilhagem ao estilo coreano.

 

Durante esta semana especial, o Museu do Oriente tem em exposição exemplos de trabalhos em Bojagui e Hanji, duas artes tradicionais coreanas, que podem também ser aprendidas em dois workshops que se realizam no dia 23 de Novembro.

 

A partir das 14.30, a oficina de Bojagui ensina esta arte, considerada o patchwork tradicional da Coreia, feito a partir de diferentes tecidos e técnicas, com múltiplas utilizações no quotidiano dos coreanos, servindo para cobrir, embrulhar, guardar e transportar.

 

Às 15.30 tem início o workshop de Hanji Gongye, o papel tradicional coreano obtido a partir de fibras da casca de amoreira. Este papel é frequentemente utilizado na criação de peças de artesanato, desde espelhos de mão e leques, a pequeno mobiliário como lanternas e contadores. Esta oficina convida os participantes a experimentar o Hanji, usando folhas deste papel tradicional numa panóplia de cores e motivos, com as quais irão forrar uma réplica de sapatinhos tradicionais, para fins decorativos, cujo molde é feito em pasta de papel.

 

Também no sábado, 23 de Novembro, o workshop de Taekwondo, entre as 15.00 e as 17.00, convida os participantes a experimentarem esta arte marcial. Embora longe do combate olímpico, as técnicas de taekwondo existem e estão inseridas no que é chamado de Poomsae, um conjunto de movimentos de defesa e contra-ataque efetuados em diversas direções contra adversários imaginários, com o objetivo de dotar o seu executante de capacidades físicas e psicológicas como a atenção, a coordenação, a precisão, a força e o equilíbrio. A versatilidade da sua técnica combina perfeitamente com os movimentos da música o que o torna, hoje em dia, um desporto popular e abrangente.

 

Passando de geração em geração, os contos tradicionais de qualquer país podem transmitir-nos muito sobre a sua cultura. No domingo, dia 24, famílias com crianças entre os 5 e os 10 anos, são convidadas a conhecer os Contos Coreanos, numa sessão que acontece às 14.00 e que revela a origem do Sol e da Lua e da própria fundação da Coreia.

 

A gastronomia é outro dos pontos fortes da cultura coreana e, no dia 25, realiza-se o workshop de K-Food, que ensina os participantes a confecionar um dos pratos fermentados mais populares na Coreia, o Kimchi, para no final o degustarem, juntamente com outros alimentos coreanos.

 

SEMANA DA CULTURA COREANA | 20 a 25 Novembro | Gratuito

 

K-Pop Cover Dance Festival 2019

20 Novembro

19.00

Auditório

Duração: 120’, com intervalo

Entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete no próprio dia

 

Workshop de K-Beauty

Com Sephora

22 Novembro

10.00-12.00 [sessão 1]

13.00-15.00 [sessão 2]

Participantes: máx. 22/ sessão

M/ 15 anos
Gratuito, mediante inscrição

 

Exposição de trabalhos em Bojagi e Hanji

19 a 24 Novembro

 

Workshop de Bojagui

Com Kyeong Hwa Choi

23 Novembro

14.00-16.00

Participantes: máx. 18

M/ 16 anos
Gratuito, mediante inscrição

 

Workshop de Hanji Gongye

Com Grupo de Hanji Gongye
23 Novembro

15.30-17.30
Participantes: máx. 16

M/ 16 anos
Gratuito, mediante inscrição

 

Workshop de Taekwondo

Com Carlos Casquinha, Mestre de Taekwondo 5ºDan KKW/FPT

23 Novembro

15.00-17.00

Participantes: máx. 25

M/ 15 anos

Gratuito, mediante inscrição

 

Contos Coreanos
24 Novembro

14.00-15.00

Participantes: máx. 25

5-10 anos
Gratuito, mediante inscrição

 

Workshop de K-Food (Kimchi)

Com Telmo Saraiva

25 Novembro

14.00-16.00

Participantes: máx. 20

M/ 15 anos

Gratuito, mediante inscrição

 

 

Oficina de mito-sofia | «O Jardim das Hespérides e os Trabalhos de Hércules»

Oficina de mito-sofia

«O Jardim das Hespérides
e os Trabalhos de Hércules»


Quarta, 06 de Novembro, 19h30
Livraria-Galeria Municipal Verney
(R. Cândido dos Reis, 90, 2780-211 Oeiras)

8b66e34f-b4a3-4612-b2da-8c700c0b613c.jpg

 


Entrada livre mediante inscrição
no seguinte formulário: https://bit.ly/2n4Q3GB


por Rafael Pereira
Membro e formador da Nova Acrópole Oeiras-Cascais


   «A exposição antológica de Lima de Freitas (1927-1998), «Dos símbolos à eternidade dos Arquétipos» estará patente na Livraria-Galeria Municipal Verney de 4 de Outubro a 23 de Novembro de 2019.

Pode ser visitada de terça a sexta das 11h às 18h,
e aos sábados das 12h às 18h.
 
 *

  Próximas actividades 

Deuses Egípcios 2 - Osíris | Conf. José Carlos Fernández

 12 de Novembro | 19h30 - 21h | Livraria-Galeria Municipal Verney

340686ae-2ba5-46a2-8a24-0fbda1c86653.jpg

 

 

Inscrição no seguinte formulário: https://bit.ly/2n2UQs8

*

 

Colóquio de Antropologia do Sagrado | Símbolo - A linguagem do espírito

 15 a 17 de Novembro | Livraria-Galeria Municipal Verney

6ba989b4-c1f5-4f0a-a91e-b88a5175d6f9.jpg

 

Inscrição no seguinte formulário: https://bit.ly/34eskUH

*

Informações:
oeiras-cascais@nova-acropole.pt

963 925 758



Organização:
Nova Acrópole Oeiras-Cascais
Espaço Arkhé


Apoio:
Câmara Municipal de Oeiras

Outubro MAIOR valoriza papel das pessoas idosas na comunidade

Outubro MAIOR.jpg

 

A assinalar o Dia Internacional das Pessoas Idosas (1 de outubro), o Município de Palmela e os parceiros locais promovem o Outubro MAIOR - Mês das Pessoas Idosas, um mês recheado de atividades dirigidas à população +55 anos e às famílias.

O Chá Dançante, iniciativas sobre o Cartão Municipal Idade Maior + Perto, Yoga, um Ciclo de Miniconferências/debate e Oficinas, cinema, espetáculos musicais, uma exposição e a VI Feira Sénior de Palmelacompõem o programa.

O Outubro MAIOR - Mês das Pessoas Idosas tem vindo a ser realizado no âmbito das políticas locais promotoras do envelhecimento ativo e saudável e conforme os princípios do PEL - Projeto Educativo Local. A iniciativa tem privilegiado respostas integradas e novas oportunidades de participação dos adultos de mais idade e das famílias na vida da comunidade. Pretende reforçar o envelhecimento como uma oportunidade, um processo natural e um desafio que a todos diz respeito (indivíduos e organizações), valorizando o papel dos homens e das mulheres de mais idade na comunidade. O Outubro MAIOR integra a candidatura PRIA – Percursos em Rede para a Inclusão Ativa.

Mais informações e inscrição nas atividades através dos contactos deis.geral@cm-palmela.pt, 212 336 606 ou em www.cm-palmela.pt.

 

PROGRAMA

 

1 de outubro | 14h30 | Rancho Folclórico “Os Rurais” da Lagoa da Palha e Arredores

Palmela Chá Dançante 2019

“Um pé de dança e dois dedos de conversa” ao ritmo de valsas, rumbas, tango, chachachás e muitos outros

Destinatários: +55 anos

Inscrição prévia gratuita, obrigatória e limitada

Org.: Câmara Municipal de Palmela

Parceiros: Rancho Folclórico “Os Rurais” da Lagoa da Palha e Arredores e Palmela Desporto, EM

 

2 e 7 de outubro | 9h00 | Loja Móvel do Cidadão

Cartão Municipal Idade Maior + Perto

Conheça as vantagens do Cartão Municipal Idade Maior na Loja Móvel do Cidadão. Pode ainda aceder ao seu cartão e apresentar sugestões de melhoria (documentos necessários: Cartão do Cidadão ou Bilhete de Identidade e última declaração de rendimentos)

Circuitos: 2 de outubro - Carregueira e 7 de outubro - Cabanas

Destinatários: +55 anos

Org.: Câmara Municipal de Palmela

 

4 de outubro | 10h00 | Centro de Yoga de Quinta do Anjo

Yoga para Todas as Idades - Aula Aberta

Destinatários: +55 anos e jovens

Org.: Centro de Yoga de Quinta do Anjo

 

8 a 22 de outubro | 14h30

Idade+: Ciclo de Miniconferências/debate e Oficinas

Propostas que sublinham o direito à participação, à aprendizagem ao longo da vida, ao desenvolvimento sustentável e a ambientes confortáveis e em segurança em casa

Destinatários: +55 anos

Inscrição gratuita, obrigatória e limitada

Org.: Câmara Municipal de Palmela

 

8 de outubro | 14h30 | Espaço Fortuna - Artes e Ofícios, Quinta do Anjo

Visita com Memórias – Território Arrábida

Visita ao Espaço Fortuna

 

14 de outubro | 14h30 | Biblioteca Municipal de Palmela

“Chá de Memórias”

Uma infusão de desejos para maior consciência pela sustentabilidade ambiental

Atividade plástica reflexiva sobre a responsabilidade de todas/os para um futuro sustentável, dinamizada por “Entre Memórias - Educação Patrimonial Itinerante”

 

21 de outubro | 14h30 | Biblioteca Municipal de Palmela

“Voluntariado na Idade Maior” - Motivações, interesses e necessidades

Momento de discussão - voluntariado e cidadania ativa 55+ anos

Org.: Câmara Municipal de Palmela e Instituto Politécnico de Setúbal (IPS)*

*a confirmar

 

22 de outubro | 10h00 | Mercado Municipal de Pinhal Novo

“Ambientes + confortáveis e seguros em casa” - Serviço Municipal de Teleassistência

Câmara Municipal de Palmela e Serviço Teleassistência

 

11 de outubro | 14h30 | Cineteatro S. João, Palmela

Espetáculo das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS)

Talentos na Idade Maior

Destinatários: população em geral

Org.: GIQE - Grupo Interinstitucional para as Questões do Envelhecimento

 

18 de outubro | 15h00 | Biblioteca Municipal de Palmela

23 de outubro | 15h00  | Auditório Municipal de Pinhal Novo

29 de outubro | 15h00 | Centro Cultural do Poceirão

Cine Gerações - “Pedro e Inês”

Pedro e Inês encontram e reencontram-se, vivendo uma das maiores histórias de amor em Portugal. Filme de 2018, realizado e produzido por António Ferreira, que é uma adaptação do romance de Rosa Lobato Faria “A Trança de Inês”

População-alvo: +55 anos e jovens

Org.: CineClube Odisseia / Associação Juvenil Odisseia

Apoio: Câmara Municipal de Palmela

 

22 e 23 de outubro | Mercado Municipal de Pinhal Novo

Exposição itinerante “Piscina Municipal de Palmela: 25 anos 1993-2018”

 

22 e 23 de outubro | 10h00-13h00 | Mercado Municipal de Pinhal Novo

VI Feira Sénior de Palmela

Org.: GIQE - Grupo Interinstitucional para as Questões do Envelhecimento

 

30 de outubro | 14h30 | Cineteatro S. João, Palmela

Musicando

Espetáculo musical: fado e música popular portuguesa

Transmissão direta em POPULARFM 90.9Mhz | www.popularfm.com

Inscrição prévia gratuita, obrigatória e limitada

Org.: Rádio PopularFM e Câmara Municipal de Palmela

Apoio: Restaurante “O Forno”

“Vamos fazer um filminho?": Oficina para os mais novos em Sarilhos Pequenos

CARTAZ.jpg

 

No âmbito do programa “Cultura em Movimento”, a Associação Naval Sarilhense, em Sarilhos Pequenos, recebe, a 23 de agosto, das 15:30h às 17:30h, a Oficina de Cinema de Animação “Vamos fazer um Filminho”? Oficina de Stop Motion”, dirigida a crianças dos 7 aos 12 anos, com lotação de 15 participantes. As inscrições podem ser efetuadas de 5 a 16 de agosto, nas Bibliotecas Municipais e na União de Freguesias de Sarilhos Pequenos e Gaio-Rosário (no horário de funcionamento de cada equipamento).

Nesta oficina, as crianças vão aprender a fazer uma pequena curta-metragem através da técnica do stop motion. Os participantes aprendem todo o processo, desde a elaboração de curtas histórias, com personagens e cenários confecionados em plasticina, até à captura e animação das fotografias em software específico no computador.

No mesmo dia, 23 de agosto, às 22:00h, no Largo 5 de outubro, em Sarilhos Pequenos, na iniciativa “Cinema ao Ar Livre - Filminhos Infantis”, pela Zero em Comportamento, vão poder ser visualizados os pequenos filmes feitos pelas crianças com a técnica de stop motion na oficina de cinema. Esta iniciativa, dirigida a todas as faixas etárias, inclui também um programa de curtas metragens, de animação e não só, com muita diversão à mistura.

 

O programa “Cultura em Movimento” pode ser consultado em www.cm-moita.pt.

Explorar a natureza em família no Museu do Oriente

Fins-de-semana de Julho

Ópera Chinesa-min.jpg

 

Verão rima com diversão e, em família, esta é sempre redobrada. E como estamos na estação dos passeios, o Museu do Oriente organiza várias actividades criativas inspiradas na natureza e na vida ao ar livre.

 

A 20 de Julho, a oficina de “Estampagens de Verão”, convida a explorar o jardim do Museu do Oriente para inspirar adultos e crianças, dos 3 aos 5 anos, a realizar estampagens artísticas. Flores, folhas, pedras ou galhos revelam texturas e motivos, que os participantes são desafiados a usar numa composição original, a estampar numa t-shirt.

 

Já no domingo, 21 de Julho, na visita performativa “Do Camarim ao Palco”, famílias com crianças maiores de 6 anos são convidadas a conhecer a natureza que abrilhanta o universo da ópera chinesa. Dragões, fénixes, tigres, porcos, macacos, serpentes, patos, peónias e muitos outros, surgem representados nos trajes ou protagonizam mesmo enredos da ópera. Entre espécies reais e animais lendários, descobriremos o seu significado, no desenrolar de uma visita que nos conduz pelos meandros desta arte de palco chinesa.

 

O último fim-de-semana do mês junta pais e filhos (a partir de 6 anos) na oficina “Carimbando com a Natureza!” (27 de Julho), onde aprenderão a usar alimentos familiares para dar largas à sua veia criativa. Batatas e cenouras podem converter-se em engenhosos carimbos e as cores fortes da curcuma e da beterraba podem ser usadas para tingir e colorir. A natureza fornece os materiais, os participantes só têm de trazer a curiosidade.

 

No domingo, 28 de Julho, a oficina “No MusEu me oriento com quase todos os sentidos” desafia a explorar um dos objectos da coleção do Museu do Oriente através do toque, do som, do cheiro e das histórias que cada sentido apreende. Será que miúdos e graúdos o conseguirão identificar mesmo sem o poder ver? Nesta sessão, ouviremos uma lenda que servirá de pista principal e que nos guiará, por uma paisagem misteriosa, onde muito nos será revelado.

 

Oficina “Estampagens de Verão”

20 de Julho

Horário: 11.30-12.30

Público-alvo: 3-5 anos, acompanhados por um adulto

Preço: 4 €/ participante

Participantes: mín. 10, máx. 20

 

Visita performativa “Do camarim ao palco!”

21 de Julho

Horário: 11.30-12.30

Público-alvo: M/5 anos, acompanhados por um adulto

Preço: 6 €/ participante

Participantes: mín. 20, máx. 26

 

Oficina “Carimbando com a Natureza!”

27 de Julho

Horário: 11.00-12.30

Público-alvo: famílias (crianças a partir dos 6 anos)

Preço: 4 €/ participante (adulto ou criança)

Participantes: mín. 10, máx. 24

 

Oficina “No MusEu me oriento com quase todos os sentidos…”

28 de Julho ou 29 de Setembro

Horário: 11.00-12.00

Público-alvo: famílias (crianças M/ 7 anos)

Preço: 5 €/ participante (adulto ou criança)

Participantes: mín. 15, máx. 20

 

www.museudooriente.pt

 

Em Julho, há animais à solta no Museu do Oriente

Oficinas e visitas para crianças [6-12 anos]

cavalo_timor2.jpg

 

Um cavalo de perna partida, vindo da Ilha de Timor, um rinoceronte que aportou em Lisboa e aqui deixou a sua marca… também os animais viajam, de perto e de longe. Em Julho, o Museu do Oriente convida crianças e jovens dos 6 aos 12 anos a conhecer estes curiosos viajantes e as suas histórias, em oficinas e visitas.


No domingo, 14 de Julho, falaremos com o animal que suscitou o pertinente comentário “A perna do cavalo está estragada!“. “Em Conversa com as Peças” é uma visita contada para crianças dos 6 aos 10 anos, protagonizada por uma peça em especial – neste caso a estátua equestre de Timor Leste - à qual os participantes são convidados a fazer perguntas. Um desafio de observação e de sentido crítico que, na sessão de 14 Julho, nos levará a falar também do papel dos museus na conservação e de como as marcas do tempo e dos acontecimentos contam histórias.

 

A 27 de Julho, é a vez das crianças dos 7 aos 12 anos se questionarem sobre “Rinocerontes na China?!”, numa oficina que nos levará no encalce deste volumoso viajante pelos corredores do museu. Pelo caminho ouviremos como o rinoceronte chegou a ser confundido com um unicórnio e das propriedades mágicas atribuídas ao seu corno. E por falar em caminho… como veio um rinoceronte parar a Lisboa? Por que razão encontramos este animal nalguns monumentos da cidade? Desvendaremos estes e outros segredos em torno de um animal que no século XVI deixou muita gente estupefacta em Lisboa.

 

Visita “Em conversa com as peças! Um Cavalo de Timor”

Domingo | 14 de Julho

Horário: 11.30-12.00

Público-alvo: 6-10 anos

Preço: 4 €/ criança

Participantes: mín. 10, máx, 12

 

Oficina “Rinocerontes na China?!”

Sábado | 27 de Julho

Horário: 15.00-17.00

Público-alvo: 7-12 anos

Preço: 5 €

Participantes: mín. 8, máx. 15

 

www.museudooriente.pt

 

Oficina "Ler dentro e fora da Caisha" por Paulo Condessa na Biblioteca de Loulé

Paulo Condessa.jpg

 

A Biblioteca Municipal de Loulé irá receber no próximo dia 15 de junho, sábado, a Oficina “Ler dentro e fora da Caisha”, coordenada por Paulo Condessa, destinada ao público adulto, com a duração de 6 horas.

Esta oficina tem como objetivo desformatar as atitudes e os procedimentos de leitura habituais. Com base numa história sobre etiquetas, preconceitos e liberdade interior, são praticados diversos jogos-exercícios individuais e em grupo.

Escrita criativa, leitura sensorial, imaginação sensível, desprogramação operacional são conceitos transversais ao trabalho de Paulo Condessa que também sustentam esta atividade que pretende preparar o terreno para desenvolver a inteligência criativa dos participantes.

Esta iniciativa realiza-se das 10h00 às 13h00 e das14h00 às 17h00.

É necessária inscrição através do email biblioteca@cm-loule.pt ou telefone 289 400 850. As vagas são limitadas e a entrada gratuita. Confere-se diploma de participação.

 

CML/GAP /RP

De pequenino se descobre o Oriente | Sugestões para crianças até aos 12 anos, em Junho

 

conversapeças_porcelana.jpg

 

Uma viagem pelas fascinantes culturas e tradições asiáticas, com paragens obrigatórias na Índia, China e Japão, em divertidas actividades pensadas para juntar crianças e adultos em torno das peças do museu, é a sugestão do Museu do Oriente para os fins-de-semana do mês de Junho.

 

O fim-de-semana de 15 e 16 de Junho, vai deixar as famílias com as emoções “à flor da pele” nas oficinas “Contente ou Rezingão?” e “Eles andam aí!”. A primeira, dirigida a crianças entre os 3 e os 5 anos, realiza-se no sábado, às 11.30, e é um divertido exercício em família em torno da expressividade e das emoções. Já no domingo, a partir das 11.30, é durante uma visita performativa que os participantes vão ser surpreendidos, em pleno Museu, por um samurai e por São Francisco Xavier. Entre exclamações e sorrisos, sustos e surpresas, esta é a oportunidade perfeita para perguntarem tudo o que sempre quiseram às figuras que habitam o Museu do Oriente e que, neste dia, ganham vida.

 

A 22 de Junho, sábado, o Museu do Oriente celebra dois importantes momentos do calendário chinês e japonês: o Festival dos Barcos Dragão e o Festival das Estrelas.

 

Numa oficina dirigida a famílias, com início às 11.00, é dada a conhecer a história que está na origem da tradição milenar chinesa que acontece no quinto dia do quinto mês e que marca o início do Verão: o Festival dos Barcos Dragão. Para se prepararem, pais e filhos vão aprender a construir o seu próprio barco para, de seguida, o decorarem em conjunto.

 

Da parte da tarde, a partir das 15.00, é o Japão o país a visitar, com o Tanabata – o Festival das Estrelas. Diz a lenda que, no sétimo dia do sétimo mês, duas estrelas apaixonadas se voltam a encontrar, por apenas uma noite, para só no ano seguinte se poderem ver novamente. Nessa noite, no Japão, desejos e pedidos dançam ao vento em papéis coloridos, na esperança que as duas estrelas os concedam. Nesta oficina, crianças entre os 7 e os 12 anos vão aprender mais sobre estas tradições do país do Sol Nascente e dar largas à sua imaginação.

 

A última paragem deste itinerário acontece no domingo, dia 30, com a oficina “No Museu me oriento com quase todos os sentidos…”. A partir das 11.00, miúdos e graúdos são convidados a explorar um objecto através do toque, do som, do cheiro e de todas as histórias que sobre ele escutarão. Será que o conseguem compreender sem o verem?

 

Oficina “Vou Viajar”

Primeiros Passos

8 ou 18 de Junho

Sábado | 11.30-12.00

Terça-feira | 11.00-11.30
Público-alvo: bebés dos 12 aos 36 meses, acompanhados por um adulto 
Preço: 4 €/ participante (adulto ou criança)

Participantes mín. 10, máx. 20

 

Oficina “Em conversa com as peças! – Porcelana de Encomenda”

9 de Junho, domingo

Horário: 11.30-12.00

Público-alvo: 6-10 anos

Preço: 4 €/ participante

Participantes: mín. 10, máx. 12

 

Oficina “Contente ou Rezingão?”

Primeiras Descobertas

15 de Junho, sábado

Horário: 11.30-12.30

Público-alvo: 3-5 anos, acompanhadas por um adulto

Preço: 4 €/ participante

Participantes: mín. 10, máx. 20

 

Visita performativa “Eles andam aí”

16 de Junho, domingo

Horário: 11.30-12.30

Público-alvo: famílias com crianças M/5 anos

Preço: 6 €/ participante

Participantes: mín. 12, máx. 26

 

O Festival dos Barcos Dragão

Sábados em Família

22 de Junho, sábado

Horário: 11.00-12.30

Público-alvo: famílias com crianças M/ 5 anos

Preço: 4 €/ participante

Participantes: mín. 10, máx. 24

 

Tanabata – o Festival das Estrelas

Sábados em Oficina

22 de Junho, sábado

Horário: 15.00-17.00

Público-alvo: 7-12 anos

Preço: 5 €/ participantes

Participantes: mín. 8, máx. 15

 

Oficina “No Museu me oriento com quase todos os sentidos…”

30 de Junho, domingo

Horário: 11.00-12.00

Público-alvo: famílias (crianças M/ 7 anos)

Preço: 5 €/ participante

Participantes: mín. 15, máx. 20

 

 

www.museudooriente.pt

CoolWool Covilhã || Oficinas criativas

Coolwool-WorkshopFotografia.jpg

 

No dia 1 de Junho, no âmbito do CoolWool, convidam-se pais e filhos a (re)descobrirem o New Hand Lab, numa experiência imersiva no dia Mundial da Criança. Como um dos exemplos de património industrial da Covilhã, esta é uma oportunidade de contemplar o espólio material e imaterial da Fábrica António Estrela I Júlio Afonso (fábrica que acolhe o coletivo New Hand Lab), com a orientação do fotógrafo João Pedro Silva.

Presentes aromáticos num Natal a Oriente | Oficinas de férias escolares dos 7-12 anos

Orikata.jpg

 

Gengibre, canela e cravinho são os protagonistas da oficina “Presentes Aromáticos!” que, de 17 a 21 de Dezembro, ocupa as manhãs dos mais jovens, entre os 7 e os 12 anos, durante a pausa lectiva do Natal.

 

Numa viagem pelo Oriente através das especiarias, suas histórias e características, com passagem pelas colecções do Museu, os participantes são desafiados a confecionar deliciosas e aromáticas bolachas de várias formas, para oferecer a amigos e parentes.

 

Como nenhum presente fica completo sem uma embalagem à altura, partimos da tradição japonesa do orikata para criar embrulhos cheios de significado. Pondo a criatividade à prova, combinaremos papéis, dobragens e enfeites coloridos para um resultado final que vai impressionar. Finalmente, e para acompanhar o presente, é num cartão com apontamentos de origami que expressaremos os desejos de feliz Natal.

 

“Presentes Aromáticos!” – Oficina de Férias de Natal

17 a 21 de Dezembro

Horário: 10.00-12.30

(com possibilidade de receber participantes às 9.30; tolerância até às 13.00)

Público-alvo: 7-12 anos

Preço: 10 €/ manhã

Participantes: mín. 4, máx. 10