Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Esgrima Histórica no Castelo de Palmela reagendada

Esgrima Histórica.jpg

 

 

A demonstração de Esgrima Histórica marcada para 9 de janeiro, às 10h00, no Castelo de Palmela, foi reagendada para 16 de janeiro, à mesma hora.

Esta iniciativa, promovida pela Esgrima Sadina (Secção de Esgrima do CF Sadinos), com o apoio da Câmara Municipal de Palmela, convida o público a regressar ao passado, assistindo a demonstrações desta modalidade na sua vertente artística e desportiva e interagindo com figuras históricas.

No dia 13 de fevereiro, às 10h00, haverá uma nova demonstração. As sessões têm a duração de 2 horas e são de participação gratuita.

Adriano Leite de Vasconcelos apresenta livro em Palmela

Ademar.jpg

 

Adriano Leite de Vasconcelos vai estar na Biblioteca Municipal de Palmela no dia 22 de janeiro, às 17h00, para apresentar o seu recente romance “Ademar - Aventuras de um Degredado nas Colónias”.

O autor nasceu em Moçambique, Beira, em 1957, e completou a licenciatura em Inglês, Relações Internacionais e Francês na Universidade de Witwatersrand (África do Sul), em 1983. Tem trabalhado a maior parte da sua vida como tradutor, em várias instituições internacionais.

A sessão de apresentação do livro, organizada pela Câmara Municipal de Palmela, decorrerá de acordo com as regras da DGS em vigor. Mais informações/inscrições: bibliotecas@cm-palmela.pt ou 212 336 632.

 

Sinopse

 

«Ademar nasce entre o regicídio e a implantação da República, perde o pai na 1.ª Guerra Mundial e vai para a Casa Pia, em Lisboa, onde completa o curso de sargentos, simultaneamente com a subida do Marechal Gomes da Costa ao poder e a instauração da ditadura militar. Sem emprego ou perspetivas numa sociedade pobre, 70% analfabeta e com a dívida nacional a aumentar diariamente, junta-se a protestos, torna-se reviralhista, é preso e degredado para Cabo Verde aos 17 anos e, mais tarde, Macau e Moçambique.

Viajando entre as várias colónias do império, é Moçambique que ama e onde tem diversas ocupações - incluindo caçador profissional - enquanto constrói uma considerável prole e uma rede de camionagem, transporte de passageiros e cantinas de sul a norte, em constante luta contra os elementos, doenças, animais perigosos, perseguição pelas várias polícias de Estado, chefes tribais de interesses opostos e a guerra colonial.

Os seus 18 anos incitavam os seus subordinados - especialmente os vindos de Lisboa e Porto - a minar a sua autoridade, com situações de aberta desobediência. Rapidamente, intuiu que os moçambicanos formavam o segmento de subordinados que melhor compreendia a vulnerabilidade da sua situação e mais o apoiava, porque eles próprios se sentiam fora do seu elemento e vulneráveis. O instinto de sobrevivência fê-lo desenvolver uma relação próxima com aqueles homens atléticos e pujantes, respeitosos mas ciosos das suas tradições e hábitos, como comer com os dedos em vez de usar talheres».

“De Palmela ao Poceirão. Uma Viagem Arqueológica” | Visite a exposição no Mercado Municipal de Pinhal Novo!

Expo Arqueologia.jpg

 

Depois de passar por Palmela e pelo Poceirão, em 2021, a Exposição Itinerante do Museu Municipal “De Palmela ao Poceirão. Uma viagem arqueológica” vai estar disponível para visita, no Mercado Municipal de Pinhal Novo, entre 17 de janeiro e 28 de fevereiro.

Esta exposição propõe a descoberta da história da ocupação humana do concelho, através de cinco artefactos arqueológicos: biface, taça campaniforme, ânfora, insígnia da Ordem de Santiago e saco de arroz. A viagem tem início com os primeiros hominídeos e as primitivas comunidades de caçadores-recoletores, que ocuparam e exploraram esta região interestuarina Tejo-Sado, passando pelos romanos, até aos dias de hoje.

Mais informações na brochura disponível em www.cm-palmela.pt.

Com entrada gratuita, sujeita às orientações da DGS, a exposição poderá ser visitada no seguinte horário:

Complexo de Serviços – Dias úteis, das 9h00 às 18h00.

Mercado Municipal - Terça-feira a domingo, das 7h30 às 13h30. Encerra à segunda-feira.

 

 

 

“Hermenegildo Capelo, naturalista”: exposição prolongada até 30 de junho

Hermenegildo Capelo naturalista.jpg

 

A Exposição Temporária “Hermenegildo Capelo, naturalista”, patente no Espaço Cidadão, em Palmela, foi prolongada até 30 de junho.

Esta mostra é dedicada à vertente naturalista desta importante figura histórica, nascida no Castelo de Palmela, reconhecida pelo espírito de observação, forma metódica de registar dados e recolha de amostras zoológicas, de botânica, minerais, rochas e fósseis que, desde cedo, praticou e remeteu para estudo. Hermenegildo Capelo chegou a ser sócio correspondente da Academia de Ciências de Lisboa e vogal da extinta Academia de Ciências de Portugal.

A exposição apresenta as expedições realizadas por Hermenegildo Capelo em Portugal continental e parte das coleções trazidas das expedições em África, com alguns objetos que testemunham estas viagens.

“Hermenegildo Capelo, naturalista” pode ser visitada no horário de funcionamento do Espaço Cidadão: de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30.

 

Adriano Leite de Vasconcelos apresenta livro na Biblioteca Municipal de Palmela

Apresentação livro.jpg

 

A Biblioteca Municipal de Palmela vai receber uma sessão de apresentação do livro “Ademar - Aventuras de um Degredado nas Colónias”, dia 22 de janeiro, às 17h00.

A sessão, que contará com a presença do autor, Adriano Leite de Vasconcelos, decorrerá de acordo com as regras da DGS (COVID-19) em vigor.

Adriano Leite de Vasconcelos nasceu em Moçambique, Beira, em 1957 e completou a licenciatura em Inglês, Relações Internacionais e Francês na Universidade de Witwatersrand (África do Sul), em 1983. Trabalha a maior parte da sua vida como tradutor, em várias instituições internacionais.

Mais informações/inscrições: bibliotecas@cm-palmela.pt  ou telf. 212336632.

 

 

“Formação para a Comunidade”: entre no imaginário do livro “Colorir a Alma”!

Colorir a Alma (1).jpg

No âmbito do projeto “Formação para a Comunidade”, as crianças a partir dos 4 anos e famílias vão ter a oportunidade de participar na iniciativa “Colorir a Alma: apresentação de livro com teatro, sessão de pintura e sementeira de árvores”, a 18 de dezembro, entre as 15h00 e as 17h00, na Biblioteca Municipal de Palmela.

“Colorir a Alma” é um livro com desenhos para colorir e poemas da autoria de Patrícia Herdeiro. Na apresentação, a autora vai recriar o imaginário do livro com um pequeno teatro musicado sobre o Guardião de Sementes e o Duende Arará. Depois, as/os participantes vão semear futuras árvores para levar para casa e cuidar. A sessão termina com um momento de pintura livre dos desenhos do livro.

Para além de crianças a partir dos 4 anos, a iniciativa é aberta a todas as outras idades, decorrendo com um mínimo de cinco e um máximo de 15 pessoas. O valor é de 4€ por participante (da responsabilidade da formadora) e as inscrições devem ser efetuadas através dos contactos patherdeiro@gmail.com ou 212 336 632 (Biblioteca Municipal de Palmela).

Esta ação encerra o calendário deste ano da “Formação para a Comunidade”. O projeto é desenvolvido pelo Município de Palmela desde 2007, com pessoas ou entidades acreditadas para o efeito, com o objetivo de reforçar as qualificações pessoais e profissionais da população do concelho. Promove o conhecimento ao longo da vida, enquadrado nos ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

 

Gosta de Mitologia e Arte Fantástica? Participe na Oficina de Ilustração com Sofia Lobato!

Oficina de Ilustração.jpg

 

Se tem interesse pelo universo da ilustração fantástica e da mitologia, participe, a 11 de dezembro, na Oficina de Ilustração: Mitologia e Arte Fantástica, com a Formadora Sofia Lobato (Revista Fome), que vai decorrer no Centro Cultural de Poceirão, das 15h00 às 19h00.

Promovida pela Câmara Municipal de Palmela e pela Revista Fome, a Oficina fará uma abordagem inicial à temática da ilustração, introdução à mitologia e a sua importância na história da arte e na ilustração e processo de criação de um trabalho (briefing, elaboração e arte final), terminando com um exercício prático.

Sofia Lobato nasceu em 1987, em Lisboa. Após licenciar-se em Pintura e Ilustração na Camberwell School of Arts, em Londres, o seu trabalho surgiu em diversas publicações, livros e projetos. Participou em exposições em Portugal, China, Reino Unido e Estados Unidos e já recebeu várias distinções, com destaque para um prémio de excelência pela Communication Arts, em 2020.

As suas obras são maioritariamente sobre um imaginário fantástico e são caracterizadas por linhas finas e delicadas, assim como uma representação realista de objetos e cenas surreais, criando uma imagem detalhada e com uma mensagem forte. Trabalha com tinta em papel de aquarela, usando linhas muito finas com uma caneta de caligrafia ou pincéis de caligrafia japonesa. As suas pinturas coloridas são feitas com acrílico ou óleo, pretendendo atingir a mesma qualidade de detalhe dos seus desenhos de grande dimensão a tinta.

A Oficina, destinada a maiores de 10 anos, é de participação gratuita e limitada a 10 vagas. As inscrições são obrigatórias, através do contacto 935 321 218.

 

“A Fábrica do Pai Natal” para assistir em família no Auditório de Pinhal Novo

A Fábrica do Pai Natal.jpg

 

O Espetáculo “A Fábrica do Pai Natal”, do Teatro Sem Dono, vai animar crianças e famílias nesta época festiva, com sessões a 11 de dezembro, às 16h30 e 21h30, e a 12 de dezembro, às 16h30, no Auditório Municipal de Pinhal Novo.

Destinado a maiores de 3 anos, o espetáculo conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela. Informações e reservas: 966 856 349 ou teatrosemdono@gmail.com.

 

Maria do Rosário Pedreira na última sessão deste ano do “365 Dias de Romance”

2ca33959-4ca0-4fdf-a4d5-09f63b0af564.tmp

 

A escritora Maria do Rosário Pedreira é a convidada da última sessão deste ano do “365 Dias de Romance: Conversas Literárias”, no dia 11 de dezembro, às 16h00, na Biblioteca Municipal de Palmela (sessão presencial, com transmissão online através do Facebook Palmela Município).

Nascida em Lisboa, em 1959, Maria do Rosário Pedreira licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Franceses e Ingleses, na Universidade Clássica de Lisboa. Concluiu ainda o curso de Língua e Cultura do Instituto Italiano.

Depois de uma breve passagem pelo ensino, que a influenciou a escrever para jovens, ingressou na carreira editorial, sendo hoje editora de literatura portuguesa. A sua obra literária iniciou-se pela literatura juvenil, com duas coleções que foram adaptadas à televisão e venderam cerca de um milhão de exemplares.

Embora tenha publicado um romance e contos dispersos em revistas e antologias, é sobretudo conhecida como poetisa, tendo publicado quatro livros, hoje coligidos num volume com o título “Poesia Reunida”, distinguido com o Prémio da Fundação Inês de Castro. Está traduzida em várias línguas e publicada em volumes independentes, revistas e antologias em diversos países.

Tem participado em numerosos encontros de escritoras/es em Portugal e no estrangeiro. É ainda autora de letras para fado e canções e publicou uma biografia de Amália Rodrigues para crianças.

Tem um blogue sobre livros e edição, “Horas Extraordinárias”, que alimenta quase diariamente desde 2010. Escreve regularmente crónicas para a imprensa, algumas delas reunidas no recente livro “Adeus, Futuro”.

O “365 Dias de Romance: Conversas Literárias” é uma iniciativa dinamizada pela Câmara Municipal de Palmela, em parceria com a Casa Ermelinda Freitas (Programa Mecenas de Palmela) e a Livraria Culsete.

Para participar na sessão, é obrigatória a apresentação do Certificado Digital COVID e o uso de máscara. Mais informações e inscrições: 212 336 632 ou bibliotecas@cm-palmela.pt (lugares limitados).

Atualização - Semana(s) da Dança: ateliês e espetáculos para toda a família!

Semana(s) da Dança.jpg

 

Em novembro, há ateliês e espetáculos de dança para toda a família, nos equipamentos culturais do concelho. A 24.ª edição das Semana(s) da Dança, que decorre entre os dias 2 e 27, organizada pela Câmara Municipal de Palmela e Passos e Compassos, apresenta ainda atividades especialmente dirigidas à Comunidade Educativa.

O público em geral vai ter a oportunidade de participar nos ateliês de dança “Horas a DançAr”, dia 13, e também no Ateliê de Dança e Expressão Criativa - Pé ante Pé, para crianças dos 8 aos 10 anos, dia 20. Vai ainda poder assistir ao espetáculo para crianças e famílias “Pé ante Pé”, pela DançArte, dia 21, e a “Outras Pontes”, pela Companhia de Danças Ciganas OPRÉ, dia 27.

Para a Comunidade Educativa, o programa integra a Ação de Capacitação - Criação e apresentação de um objeto artístico, destinada a educadoras/es e professoras/es do concelho de Palmela, com cinco sessões a decorrer de 2 a 12 de novembro. Entre os dias 15 e 19 e 22 e 26, há sessões diárias do espetáculo “Pé ante Pé”, destinadas a alunas/os do pré-escolar e 1.º ciclo. A Comunidade Educativa terá ainda acesso a conteúdos online (espetáculos e aulas).

Com os objetivos gerais de divulgar a dança, criar novos públicos e contribuir para a partilha de ideias, desde 1997 que as Semana(s) da Dança oferecem uma programação diversificada. Esta iniciativa é hoje um programa integrado no panorama cultural da vila e do concelho de Palmela, mas também no contexto cultural do país e no panorama da dança em Portugal.

 

Programa

 

14 novembro | 15h00 | Centro Cultural de Poceirão

Horas a DançAr

Ateliês de dança para todas/os

Entrada gratuita

Lotação limitada - reservas obrigatórias

 

20 novembro | 10h00 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Ateliê de Dança e Expressão Criativa - Pé ante Pé

Um momento partilhado nos bastidores do espetáculo. Habitar o espaço de “Pé ante Pé”, para criar e brincar com as ideias e as emoções.

Destinatários: 8-10 anos 

Bilhete: 2€

Lotação limitada - reservas obrigatórias

 

21 novembro | 16h00 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Pé ante Pé

Pela DançArte

Pé ante Pé é um apelo à imaginação, à criatividade e à sintonia entre vários “Eus”.

Destinatários: crianças e famílias

Bilhete: 4€

Lotação limitada

 

27 novembro | 21h00 | Auditório Municipal de Pinhal Novo

Outras Pontes

Pela Companhia de Danças Ciganas OPRÉ

Espetáculo de Danças Romani (ciganas) de diferentes partes do mundo.

Entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete

 

Info./reservas: 212 336 630 | www.bol.pt | Fnac e Worten

 

Comunidade Educativa

 

2 a 12 novembro (5 sessões) | Cine-Teatro S. João, Palmela

Ação de Capacitação - Criação e apresentação de um objeto artístico

Destinatários: educadoras/es e professoras/es do concelho de Palmela

Participação gratuita

Lotação limitada - reservas obrigatórias

 

15 a 19 novembro | 10h30 e 14h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela 

23 a 26 novembro | 10h30 e 14h30 | Auditório Municipal de Pinhal Novo

Pé ante Pé

Pela DançArte

Destinatários: pré-escolar e 1.º ciclo

Entrada gratuita

Lotação limitada - reservas obrigatórias

 

Info./reservas: decs@cm-palmela.pt | 212 336 606