Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Ciclo de Actividades "Lima de Freitas": Performance Viver os Símbolos | Seminário Geometria Sagrada

6da931a3-0338-4024-a3bf-5ac533d4c4ae.jpg

 

 

Performance: «Viver os Símbolos» |
na pintura de Lima de Freitas


Sexta, 4 de Outubro, 19h30
Livraria-Galeria Municipal Verney
(R. Cândido dos Reis, 90, 2780-211 Oeiras)

 

pelo Grupo de Artes «Orpheu» da Nova Acrópole

Entrada livre mediante inscrição
no seguinte formulário: https://bit.ly/2kvlglG



Ciclo de actividades culturais no âmbito da 
Exposição antológica de Lima de Freitas
«Dos símbolos à eternidade dos Arquétipos» // 4/10 a 23/11/2019

A exposição antológica de Lima de Freitas (1927-1998), «Dos símbolos à eternidade dos Arquétipos» estará patente na Livraria-Galeria Municipal Verney de 4 de Outubro a 23 de Novembro de 2019. Pode ser visitada de terça a sexta das 11h às 18h, e aos sábados das 12h às 18h.
 

ec9886ac-3c50-4c6c-a568-07d403cafeae.jpg

Seminário de Geometria Sagrada: de Pitágoras a Lima de Freitas

Sábado, 5 de Outubro, 10 - 13h
Livraria-Galeria Municipal Verney
(R. Cândido dos Reis, 90, 2780-211 Oeiras)

 

por Paulo Loução,
coordenador do Círculo Lima de Freitas


Entrada livre mediante inscrição
no seguinte formulário: https://bit.ly/2mjcJCH


«Desde a mais alta antiguidade, os números e as figuras geométricas foram vistos como potências filosófico-simbólicas no quadro de uma visão do mundo que podemos denominar "pitagórica". Esta filosofia simbólico-matemática tem exercido uma grande influência ao longo da história, seja no Egipto, na Grécia clássica, ou na arquitectura gótica. Passam as civilizações, mas certos princípios desta linguagem mantém-se e chegam aos nossos dias. Almada Negreiros apercebeu-se desse facto, e sensibilizou Lima de Freitas para continuar essa demanda.

Neste primeiro seminário a propósito desta exposição antológica da obra de Lima de Freitas, focaremos esses princípios fundamentais da matemática sagrada.» (Paulo Loução)
 

 *
 

  Próximas actividades 
 

"Início do Curso de Filosofia Prática"

 08 de Outubro | 19h30 | Fundição de Oeiras

31c86266-8a3d-46a6-ab3a-735c23d9df5a.jpg

Inscrição no seguinte formulário: https://bit.ly/2ojRzFL

*

"Oficina de mito-sofia: «Ulisses e o mistério da Medusa»"

 16 de Outubro | 19h30 | Livraria-Galeria Municipal Verney

7d5e6141-ab45-43a0-9e09-cfda744fd573.jpg

 

⭐🚀⭐🚀 Em OUTUBRO estamos ao RUBRO ⭐🚀⭐🚀

 

 

8530b96c-b832-40ed-abad-6cb0ca71740d.gif

EXPOSIÇÃO]
 PRIMEIRO LUGAR - VÉNUS 
Colectivo Pangeia
||| 4-20 out | ter-dom | 14h00-19h00
|| INAUGURAÇÃO | 3 out | qui | 18h00-21h00

O coletivo Pangeia nasceu da amizade entre seis colegas de faculdade e da procura mútua de abordar temas de interesse comum, explorados de forma heterogénea. Esta exposição, Vénus, tem a sua génese num dos elementos que nos une, a feminidade, nas suas mais díspares expressões.

78d1a055-6014-4410-a320-22c386087712.png

 

[PERFORMANCE]
 PROCEDIMENTOS PARA ENCONTRAR-SE 

Ana Corrêa e Julia Salem
||| 4-5 out | sex-sáb | 21h30

Procedimentos para encontrar-se trata da perceção de relações, comunicação e encontro. Exploramos a relação e encontro como um estado de transitoriedade e recomeço constante, lugar de passagem em vez de lugar fixo.

20854e97-b554-44a6-a2d1-643203850a3d.png

 

[PERFORMANCE]
 YOUNG EMERGING PERFORMERS 
 FUCK ME GENTLY 
Mário Coelho
||| 15-20 out | ter-dom | 21h30


Com a finalidade de encenar um espetáculo de cariz biográfico (encenação de momentos chave da sua vida i.e. momentos de um passado verídico e de um futuro imaginário – embora essa linha seja sempre difusa) uma actriz/encenadora abre uma audição online à procura de intérpretes que possam cumprir os requisitos necessários para o projecto em questão. Após a fase inicial, de procura  de actores, segue-se o primeiro dia de ensaios.

 

 

12b12483-3f47-4da0-be16-f14f00fc9aec.jpg

 

[DANÇA / ARTES VISUAIS]

 ENSAIO NU 
Ângelo Cid Neto e Catarina Real
||| 23-24 out | qua-qui | 21h30

ensaio nu
enlace entre pensamentos
Se alguém pensar alto: consegue habitar nesse pensamento? Se alguém pensar alto na direcção de outro alguém: consegue criar terreno nesse pensamento? Todas as casas exigem um solo.
Se eu digo age o teu pensamento move-se?
 
 

81556e85-7513-4796-b454-8d16eff595e8.jpg

 

[LANÇAMENTO]   
 "CARTAS" 
Um Colectivo // Cátia Terrinca
||| 26 out | sáb | 18h

 

Conversa informal sobre a relação entre as artes performativas e o seu contributo para a rescrita e a releitura da História. Leitura de alguns excertos acompanhados pela música de Mariana Bragada.
 

0f101bb0-89cb-4d77-9605-ce01820f0a1a.jpg

 

[CONVERSA]   
 DIREÇÃO ASSISTIDA  0.3 
José Maria Vieira Mendes
||| 26 out | sáb | 20h
Entre 26 de outubro e 15 de dezembro de 2019 decorrerão 4 sessões de Direção Assistida, um projeto Teatro Praga / Rua das Gaivotas 6, este ano em colaboração com o CLUBE ESPECTADOR da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e o TEATRO DO BAIRRO ALTO. Nesta versão, mais uma vez coordenada por José Maria Vieira Mendes, pretende-se olhar para quem olha, o “público”, essa palavra que justifica políticas, programas e angústias, e que está no centro de muito pensamento contemporâneo sobre as artes. 




RUA DAS GAIVOTAS 6 | ANITA ESCORRE BRANCO | Odete | 6-9 Set

Odete-06-2.jpg

 

 

ANITA ESCORRE BRANCO
Odete

performance | yep - young emerging performers
6-9 set | qui-dom | 21h30
5€ | 35€ [desconto] | 60" | M/16

exposição | rama em flor
7-9 set | sex-dom | 14h-20h
inauguração 6 set | qui | 18h
entrada livre


A jovem artista Odete inaugura a temporada da Rua das Gaivotas 6 em Setembro com uma performance e uma exposição, cada uma inserida num contexto diferente, ocupando a Sala Principal e a Sala Rosa simultaneamente.

Se a performance “Anita Escorre Branco” é o resultado do trabalho desenvolvido no âmbito de um programa de apoio e promoção de jovens performers, YEP – Young Emerging Performers, a exposição “Anita Escorre Branco” está incluída no programa do festival comunitário feminista queer Rama em Flor e apresenta o trabalho desta artista multidisciplinar, no âmbito das artes visuais.

 

ONE SHOT Carolina Pimenta na Rua das Gaivotas 6

 

OS-news-filtro.jpg

 

10 mar | sáb | 16h30
entrada livre
A performance ONE SHOT coloca em evidência a obsessão actual com a imagem, a auto-imagem e consequente percepção - muitas vezes distorcida - do quem somos e de quem é o outro que nos rodeia. Com as redes sociais tão presentes no nosso dia-a-dia, é possível criar uma ilusão de identidade proporcionada pelo filtro digital dos écrans. 

YOUNG BOY DANCING GROUP na Rua das Gaivotas 6

02-ybdg-news.jpg

 


2 out | seg | 21h30
4€ [bilhete normal]

YOUNG BOY DANCING GROUP é um colectivo livre de performance cujo trabalho aborda a sexualidade, a era digital, fetiches, dança contemporânea, a cultura pop e juvenil que se encontra de momento em tour europeia, sendo que a Rua das Gaivotas é apenas uma das paragens, de entre Londres, Berlim, Berna, Milão, Porto e Madrid. 

DO AMERICA'S GOT TALENT PARA LISBOA: "TAPE FACE" CHEGA AO TIVOLI BBVA NO DIA 25 DE SETEMBRO

Cartaz Tape Face_low2.jpg

 

Do America's Got Talent para Lisboa: TAPE FACE estreia-se no Tivoli BBVA com espectáculos nos dias 25 e 26 de setembro 

 

Simon Cowell considerou-o Charlie Chaplin dos tempos modernos. Tape Face é silêncio com barulho. Stand up sem conversa. Teatro sem palavras.  É preciso ver para crer!

Distinguido nos mais relevantes festivais de artes e cultura, Tape Face acumula audiências em televisão e no YouTube com a mesma facilidade com que coleciona reviews de cinco estrelas pela crítica.

Depois de temporada esgotada em Las Vegas, uma tour pelos Estados Unidos, de várias atuações no West End de Londres, e de ter arrebatado o público novamente no Fringe, Edimburgo, Tape Face chega agora a Portugal, para duas noites surpreendentes no Teatro Tivoli BBVA. Com data marcada para os dias 25 e 26 de setembro, o espetáculo tem inicio às 21.30h e é para maiores de 16 anos. Os bilhetes já se encontram disponíveis e estão à venda nos locais habituais.

Autor do silêncio que move plateias e das travessuras que surpreenderam o America’s Got Talent, Sam Wills é um fenómeno consensual da comédia silenciosa. Reconhecido pelos pares e premiado em diversas competições e festivais de artes e de comédia, este mimo neozelandêé também o homem cujo espetáculo é partilhado na internet vezes sem conta em todo o mundo, tendo sido o artista mais viral do YouTube no ano de 2016. Só a audição do artista no programa de talentos somou mais de 45 milhões de visualizações.

 Com um show inspirado no cinema mudo, na mímica, na magia, no teatro de fantoches, na Motown e nos filmes de Patrick Swayze, Tape Face é uma alma melancólica e curiosa que encara cada objeto e membro da plateia como um potencial amigo ou alvo de brincadeira. Desde sapatos que cantam, vestidos vazios que dançam, a fita adesiva que se transforma em rosas, Wills cria todo um mundo de possibilidades onde a única certeza do público é o riso. Toda a informação sobre Tape Face pode ser consultada no site oficial do artista: http://www.gagreflex.co.uk/clients/tapeface/64/ ou na sua página de Facebook: www.facebook.com/tapefaceboy . 

Rua das Gaivotas 6 | WHISPERINGS | performance de Frederico Dinis ↤

Whisperings-gif-mail.jpg

 

WHISPERINGS
Frederico Dinis

16 set
sáb  | 22h
5€
É com prazer que acolhemos aqui, na Rua das Gaivotas 6, Whisperings, uma performance audiovisual do artista visual e sonoro Frederico Dinis, que procura envolver o espectador numa névoa de recolhimento, numa experiência meditativa e intimista, pensada para usufruir e fruir o espaço e o tempo.
 

Fundação EDP apresenta: La Chienne, uma performance de Alice Joana Gonçalves

A Fundação EDP apresenta La Chienne, uma performance de Alice Joana Gonçalves inserida na exposição “Afinidades Electivas – Julião Sarmento Coleccionador”.

Uma interpretação única para ver dia 5 de Dezembro, às 18h, no Museu da Electricidade. A entrada é livre, e sem marcação prévia, numa sala com lotação máxima para 40 pessoas. O espectáculo tem a duração de 40 minutos e é para maiores de 18 anos.

LaChienne-AliceJoanaGonçalves.jpg

 

"Novos Exploradores" | 6 de Julho | Fundação Calouste Gulbenkian| Embaixador da Bélgica despede-se de Portugal com performance multimédia de Chris Christoffels& José Roland

 

 

 

image003.jpg

 

 

6 de julho, às 20h30, na Fundação Calouste Gulbenkian

 

A dupla de artistas belgas Chris Christoffels & José Roland regressa a Portugal para homenagear o país com a obra NOVOS EXPLORADORES. A performance multimédia é uma oferta do Embaixador da Bélgica em Portugal, Bernard Pierre, que termina agora a sua presença de três anos no nosso país. O espetáculo realiza-se no próximo dia 6 de Julho, pelas 20h30, no Auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian.

 

O tributo prolonga a aventura poética nascida com EXPLORADORES no Palácio da Bolsa, no Porto, em 2013. Projetado in situ, o espetáculo aposta na sede inextinguível do desconhecido. É uma viagem iniciática que relembra a época em que os navegadores se lançaram à descoberta do mundo.

 

O retrato de Helena Fourment, obra-prima do pintor flamengo Rubens, foi o ponto de partida que inspirou os artistas belgas para criar esta performance. Segundo os mesmos, trata-se do “espelho evocativo das grandes descobertas, a janela aberta sobre a nossa contemporaneidade, os nossos génios, os nossos exploradores. Rubens, enquanto mestre do Barroco e grande embaixador da Idade de Ouro, santifica esta ligação do presente com a História e dá o mote à performance”.

Conduzida por Chris Christoffels, que estará em palco ao piano, a assinatura sonora tem como base textos de autores, lidos e cantados, ao vivo ou pré-gravados, que acompanham imagens de movimentos e de grandes vultos contemporâneos, como o recente Prémio Nobel belga François Englert.

 

Jacques De Decker, escritor, secretário permanente da Academia Real da Língua e da Literatura Francesa na Bélgica e profundo estudioso da obra de Rubens, intervém também ao vivo na obra.

A Fundação Calouste Gulbenkian acolhe a performance NOVOS EXPLORADORES para celebrar a última missão do Embaixador Bernard Pierre.

 

O espetáculo tem livre acesso.

 

Sobre Chris Christoffels & José Roland

Independentemente do local onde atuem, Chris Christoffels & José Roland desenvolvem as suas criações de acordo com uma abordagem interativa das artes, que se baliza entre a alquimia da composição musical, artes plásticas e multimédia. A dupla belga tem atuado em vários pontos do globo, nomeadamente no MoMA, em Nova Iorque, no Louvre, em Paris, no LACMA, em Los Angeles, no Festival Grande Musica em Chiesa, Roma, na Art Fair de Roterdão, no Festival Pietrasanta in Concerto, na Toscana, e no Palácio da Bolsa, no Porto.