Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Teatro Sem Dono apresenta peça “Estrelas de Natal” no Auditório Municipal de Pinhal Novo

 

O Teatro Sem Dono apresenta, nos dias 7, 8 e 9 de dezembro, a peça “Estrelas de Natal”, no Auditório Municipal de Pinhal Novo. O espetáculo, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela, tem apresentações, no dia 7, às 21h30, no dia 8, às 16h30 e 21h30 e no dia 9, às 16h30.

 

Reservas e mais informações através dos contactos:

966 856 349 | teatrosemdono@gmail.com

ou em: https://www.facebook.com/events/2216920188580805/

 

 

Sinopse 

“Todos os anos a magia e o amor voltam a estarem juntos. Na época onde dar e receber é uma constante e as pessoas andam felizes, mas este Natal as coisas vão ser diferentes. O Pai Natal está farto de ver a crueldade no mundo, sente a falta do amor entre as pessoas e encerra a entrega dos presentes de Natal. 
Os Duendes, Resmungona e Distraído, convencem o Pai Natal a dar uma nova oportunidade aos adultos, mas o Pai Natal vai querer ver com os seus olhos se o amor ainda existe. 
Este ano, corremos um grande risco de não haver Natal. Será que as crianças vão amolecer o coração do Pai Natal? E como farão isso?”

 

Ficha Técnica:


TEXTO e ENCENAÇÃO 
Carla Castro 

INTERPRETAÇÃO 
Filipa Ramos 
Gabriel Martinho 
Gonçalo Jorge 
João Estróia Vieira 
Mariana Sofia 
Nelson Prates
Tiago Jorge 

APOIO AO MOVIMENTO 
Tiago Jorge 

DIREÇÃO DE CENA 
Carla Castro 

CENOGRAFIA 
Ruben Gomes 
Tiago Jorge 

FIGURINOS E ADEREÇOS 
Filipa Ramos 
Mariana Sofia 

CARATERIZAÇÃO 
Carla Castro

DESENHO DE LUZ 
Nelson Fernandes 

SONOPLASTIA 
Carla Castro 
Gabriel Martinho 

DESIGN GRÁFICO 
Tiago Jorge 

PRODUÇÃO EXECUTIVO 
Carla Castro 
Tiago Jorge 

PRODUÇÃO 
Teatro Sem Dono 

Classificação Etária: 
M/3

 

Natália Correia inspira “Palavras na Nossa Terra” de novembro

Natália Correia será a poetisa evocada no encontro de poesia “Palavras na Nossa Terra”, que se realiza no dia 30 de novembro, às 21h00, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo.

Poetisa, dramaturga e romancista natural de S. Miguel, Açores, Natália Correia fez os estudos secundários em Lisboa e colaborou em diversos jornais e revistas. A sua obra estende-se por géneros variados, da poesia ao romance, teatro e ensaio. Interveio politicamente ao nível da cultura e do património, na defesa dos direitos humanos e dos direitos da mulher, com um papel ativo na oposição ao Estado Novo. Foi, igualmente, uma figura importante das tertúlias que reuniam nomes centrais da cultura e da literatura portuguesas dos anos 50 e 60.

Entre as suas obras poéticas encontram-se Rio de Nuvens (1947), Poemas (1955), Dimensão Encontrada (1957), Os Sonetos Românticos (1990, Grande Prémio de Poesia APE/CTT) e o Sol nas Noites e o Luar nos Dias I e II (1993). Natália Correia faleceu em Lisboa, a 16 de março de 1993.

 A participação nestes encontros de poesia, que decorrem uma vez por mês, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, é livre e aberta a todas as pessoas que gostem de ouvir, escrever, ler ou declamar poesia.

 

Auditório Municipal de Pinhal Novo exibe “O Castelo Andante” e “Grease”

Ciclo de cinema

Auditório Municipal de Pinhal Novo.JPG

 

Em novembro, o ciclo Cine Clube Odisseia prossegue no Auditório Municipal de Pinhal Novo, com a exibição dos filmes “O Castelo Andante”, dia 21, às 21h30, e “Grease”, dia 22, às 14h00. O ciclo é promovido pela Associação Juvenil Odisseia, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

“O Castelo Andante”, de 2004, é um filme de animação, aventura e família, de Hayao Miyazaki. Conta a história de uma bruxa que lança uma terrível maldição sobre a jovem Sophie, transformando-a numa velha de 90 anos. Desesperada, Sophie embarca numa odisseia em busca do Castelo Andante, onde reside um misterioso feiticeiro que poderá ajudá-la a reverter o feitiço. O filme tem 1h59min de duração e é destinado a maiores de 6 anos.

O musical/romance de Randal Kleiser “Grease” dispensa apresentações. O filme protagonizado por John Travolta e Olivia Newton-John comemora, em 2018, 40 anos. A história passa-se na Califórnia de 1959, onde Sandy e Danny se apaixonam e aproveitam um verão inesquecível na praia. Quando voltam às aulas, descobrem que frequentam a mesma escola. Mas Danny lidera o gangue dos T-Birds, um grupo que gosta de jaquetas de couro e muito gel no cabelo, e Sandy passa tempo com as Pink Ladies, lideradas pela firme e sarcástica Rizzo. Quando os dois se reúnem, Sandy percebe que Danny não é o mesmo por quem se apaixonou e ambos precisam mudar caso queiram ficar juntos. A exibição de “Grease”, com duração de 1h50m e destinado a maiores de 6 anos, integra a programação das Semana(s) da Dança, a decorrer até 30 de novembro.

As sessões têm entrada gratuita, sendo possível obter mais informações através do e-mail cineclubeodisseia@gmail.com.

 

Auditório Municipal de Pinhal Novo recebe Teatro Solidário

Cartaz - Conversas Filantrópicas.jpg

 

O Auditório Municipal de Pinhal Novo recebe, no dia 21 de novembro, às 16h00, a peça de Teatro Solidário "Conversas Filantrópicas – A sua Importância na Sociedade".

Esta é uma iniciativa da Fundação COI, no âmbito do Plano de Atividades Transversal de 2018 e no sentido de promover e dinamizar atividades culturais, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela. O objetivo é sensibilizar a comunidade para a solidariedade. Para assistir à peça, basta contribuir com a doação de um bem alimentar.

Mais informações: www.facebook.com/Fundacaocoi.

 

Teatro Artimanha estreia “Perséfone” no Auditório Municipal de Pinhal Novo

Cartaz - Perséfone.jpg

 

A nova produção do Teatro Artimanha, “Perséfone”, estreia no Auditório Municipal de Pinhal Novo, a 16 de novembro, às 21h30, sendo exibida também no dia 17, à mesma hora. O espetáculo, com dramaturgia de Isabel Teles de Menezes e encenação de Rui Guerreiro, conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

«Há muito tempo, os humanos tinham em duplicado todas as partes do corpo: quatro braços, quatro pernas e duas cabeças. Por ambição, tentaram chegar ao Olimpo, para derrotar os deuses e, por causa disso, Zeus decidiu dividi-los ao meio, para os enfraquecer. Mas foi pior a divisão do que a morte, pois o coração dos humanos ficou dividido em dois e o anseio por se voltarem a unir era tão forte, que os destruía. Por isso, Zeus alterou-os, para que as verdadeiras almas gémeas se pudessem voltar a “unir”. E quando o filho de Afrodite disparava setas para os corações humanos, brincando com os seus desejos e criando falsas paixões, os deuses do Olimpo, envolvidos nos seus próprios egos, acharam que percebiam o que é o amor. Mas o verdadeiro amor não é filho da beleza. Eros, o amor, nasceu do caos e é um dos deuses primordiais, cujas formas criaram a própria estrutura do universo. O seu poder é superior ao do próprio caos e é a sua força de união que mantém o universo inteiro».

 

Ficha Artística

 

Dramaturgia: Isabel Teles de Menezes

Encenação: Rui Guerreiro

Elenco: Ana Guerreiro, Ana Sílvia, Bruno Gomes, Cintia Hortense, Elisabete Silva, Inês Cavaco, Mathilde Brouillard,  Paulo Paiva,  Rafaela Cruz, Sara Masqueiro e Teresa Costa

Figurinos: Célia Machado

Técnica: Catarina Carapeta e João Costa

Música: Paulo Duarte

Apoio ao movimento: Mathilde Brouillard

Direção de cena: Ana Guerreiro

Make up: Ana Silva e Ilda Silva

Com a colaboração de: Beatriz Soares, Nádia Diniz e Ruben Santos

 

Ilda Carrilho apresenta livro infantil na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo

“O Natal das três fadas”

Livro Natal das três fadas.jpg

 

 

 

A Biblioteca Municipal de Pinhal Novo apresenta, no dia 10 de novembro, às 17h00, o livro “O Natal das três fadas”, de Ilda Carrilho.

Ilda Maria Maçãs Carrilho nasceu na Vila do Crato, no Alentejo, em dezembro de 1968. É mãe de três raparigas e desde muito nova que sempre gostou de ler. Foi no exercício da sua profissão que descobriu o gosto pela escrita para a infância, pela interpretação das histórias e pelo teatro. É licenciada em Educação de Infância e trabalha nas Bibliotecas do Município de Palmela desde 1998, onde coordena e dinamiza Programas de Animação Infantil do Livro e da Leitura.Publica, com a Estremoz Editora, o seu primeiro livro infantil.

 

 

Auditório Municipal de Pinhal Novo apresenta “O Pequeno Príncipe”, pelo Teatro da Vila

O Pequeno Príncipe.jpg

 

O Auditório Municipal de Pinhal Novo apresenta, no dia 10 de novembro, às 17h00, a peça “O Pequeno Príncipe”, pelo Teatro da Vila.

O espetáculo, de homenagem a José Santos, tem entrada por donativo e é uma organização do Teatro Estranhamente Louco e Absurdo e Teatro da Vila, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

 

Sinopse:

«Uma história que fala de um rapaz que vive sozinho num planeta, com ele só existem mais três vulcões e uma flor pela qual ele tem uma grande estima. Um dia, decide fazer uma viagem para conhecer outros mundos. Ele visita os planetas de uma Rainha, de um Bêbado, de uma Vaidosa, de um homem de Negócios, de um acendedor de Candeeiros e de uma geógrafa. Cada planeta era habitado apenas por um habitante e todos os planetas eram pequenos.

O último planeta visitado foi o do planeta terra. Ele encontra uma serpente, uma raposa que lhe ensina o significado da palavra cativar e torna-se amigo de um aviador mas começa a sentir saudades da sua flor, porque a viu nascer, crescer, regou-a e protegeu-a.

Após a sua estadia na terra, o pequeno príncipe decide voltar para junto da sua Flor.

Uma história direcionada para todas as crianças: as que ainda o são, as que já o foram um dia e as que nunca deixarão de o ser».

 

XIV Encontro de Bandas Filarmónicas leva música às ruas de Pinhal Novo

 

 

O XIV Encontro de Bandas Filarmónicas da Vila de Pinhal Novo vai encher as ruas de música e animação, no dia 20 de outubro, a partir das 15h30. O evento é organizado pela SFUA – Sociedade Filarmónica União Agrícola, contando com o apoio da Câmara Municipal de Palmela. Para além da SFUA, participam também a Sociedade de Instrução Coruchense e a Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense.

O Encontro começa com o desfile das bandas pelas ruas da Vila, num percurso que inclui uma paragem no Coreto do Jardim José Maria dos Santos, para a cerimónia oficial de receção das bandas e execução dos hinos, terminando na sede da SFUA, onde se vão realizar os concertos.

 

Programa

 

15h30 - Desfile das bandas pelas ruas da Vila de Pinhal Novo

 

16h00 - Execução dos hinos junto ao Coreto do Jardim José Maria dos Santos

 

17h00 - Concertos das bandas na sala de espetáculos da Sociedade Filarmónica União Agrícola

 

 

Teatro Sem Dono apresenta “A Manipulação de Julieta”

No Auditório Municipal de Pinhal Novo

Cartaz - A Manipulação de Julieta.jpg

 

 

 

O Teatro Sem Dono leva a cena, a 13 e 14 de outubro, às 21h30, no Auditório Municipal de Pinhal Novo, a peça “A Manipulação de Julieta”, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela. 

O espetáculo, para maiores de 12 anos, tem texto e encenação de Carla Castro. A história passa-se «numa oficina de brinquedos, onde aparecem os mais variados clientes, que ficam encantados com Julieta, uma marioneta a que o seu dono se dedica e tem um amor irracional por ela. Julieta é manipulada segundo a vontade do seu dono. O amor obriga-a a aceitar essas manipulações, mas até quando? Todas as manipulações têm o seu preço. É uma história vivida entre o romantismo e a morte. Tudo pode mudar de um dia para o outro».

É possível efetuar reservas através dos contactos 966 856 349 e teatrosemdono@gmail.com.

 

Ficha artística

 

Texto: Carla Castro

Encenação: Carla Castro

Interpretação: Filipa Ramos, Gabriel Martinho, Gonçalo Jorge, Joana Maia, João Estróia Vieira, Mariana Sofia, Marisa Caldeira, Rafaela Pereira e Tiago Jorge

Apoio ao movimento: Tiago Jorge

Direção de cena: Carla Castro

Cenografia: Ruben Gomes e Tiago Jorge

Figurinos e adereços: Filipa Ramos e Mariana Sofia

Caraterização: Joana Maia e Rafaela Pereira

Desenho de luz: Nelson Fernandes

Sonoplastia: Carla Castro e Gabriel Martinho

Design gráfico: Tiago Jorge

Noites de Verão trazem animação ao coração da vila de Pinhal Novo

Noites Verão.jpg

 

 

 

A Câmara Municipal de Palmela, a Junta de Freguesia de Pinhal Novo e o Movimento Associativo local promovem, entre 4 de julho e 3 de agosto, a iniciativa “Noites de Verão”, em Pinhal Novo, com um programa  centralizado no átrio do Auditório Municipal de Pinhal Novo, Jardim e no Polidesportivo José Maria dos Santos.

 

Música, teatro, moda e cinema constituem as propostas para noites diferentes de convívio, em pleno coração de Pinhal Novo.

 

Átrio do Auditório Municipal |21h30 | Julho ao ar livre

 

11 julho | Star Wars: Episódio V - O Império Contra-Ataca

De Irvin Kershner; M/12; 2h:04min; Estilo: Ação, Aventura e Fantasia; Ano: 1980

18 julho | Star Wars: Episódio VI - O Regresso de Jedi

De Richard Marquand; M/12;| 2h:11min | Estilo: Ação, Aventura e Fantasia  | Ano: 1983

25 julho | My NeighboUr Totoro

De Hayao Miyazaki; M/4; 1h:26min; Estilo: Animação, Família e Fantasia; Ano: 1988

Org.: Cineclube Odisseia

 

Polidesportivo José M.ª dos Santos

Fim de Semana Caramelo

20 julho | 21h30 | Encontro Grupos Corais

21 julho | 22h00 | Festival de Folclore Adulto

22 julho | 21h30 | Noite de Fados*

* Org.: Rancho Folclórico da Casa do Povo de Pinhal Novo

 

Jardim José M.ª dos Santos

21 julho | 21h00 | Carripana

Org.: Câmara Municipal de Palmela com Artemrede

3 agosto | 20h00 | Desfile de Moda “Verão Fantástico”

Org.: ATL Centro Social e Paroquial de Pinhal Novo