Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Fotografia de Wanderson Alves no Auditório de Pinhal Novo

Exposição Cabe no Peito.jpg

 

A Exposição de Fotografia “Cabe no Peito”, de Wanderson Alves, vai estar patente de 10 de outubro a 15 de novembro, no Foyer do Auditório Municipal de Pinhal Novo.

Esta mostra, organizada pela Câmara Municipal de Palmela, reúne imagens obtidas durante os dois anos em que o fotógrafo percorreu os diversos distritos de Portugal, com um olhar atento aos pormenores do dia a dia e às emoções que estes despertam.

O fotógrafo brasileiro Wanderson Alves reside em Lisboa. É pós-graduado em Filosofia Contemporânea e Fotografia e, atualmente, frequenta o Mestrado em Estética e Estudos Artísticos - Fotografia e Cinema, na Universidade Nova de Lisboa.

Participou em diversas exposições individuais e coletivas, das quais se destaca “Cidade (Re)Velada”, realizada em 2014, na cidade de Phoenix, Arizona, Estados Unidos, onde também realizou uma Residência Artística, através da parceria com o Phoenix Institute of Contemporary Art. Na sequência desta exposição, uma das suas fotografias foi escolhida para fazer parte do acervo permanente do Mesa Contemporary Arts Museum.

A Exposição “Cabe no Peito” vai poder ser visitada de terça a sexta-feira, das 10h00 às 19h00, e ao sábado, das 14h00 às 19h00, exceto feriados (entrada pelo edifício da Biblioteca Municipal de Pinhal Novo).

 

Mercado Municipal de Pinhal Novo com Mostra de Artesanato e Feira Outlet em Agosto

Feiras Outlet.jpg

 

O Mercado Municipal de Pinhal Novo recebe mais uma Mostra de Artesanato e Produtos Regionais, nos dias 3 e 4 de agosto, uma iniciativa da Câmara Municipal de Palmela que pode ser visitada entre as  8h00 e as 13h00. Com a participação de artesãs/ãos e pequenas/os produtoras/es, estas Mostras que decorrem na nave central daquele equipamento, têm como objetivo promover o artesanato e os produtos locais e regionais de qualidade.

 

Entre 23 e 25 de agosto, aquele espaço acolherá, ainda, uma Feira Outlet, onde será possível comprar vestuário para adulto, criança e bebé, calçado, acessórios, cosméticos e outros produtos, a preços mais baixos.  As Feiras Outlet, organizadas, também, pelo Município, proporcionam aos agentes económicos locais a oportunidade de exporem e venderem os seus artigos, com promoções durante três dias.

 

 

 

Mercado Municipal de Pinhal Novo recebe exposição de Marta Antas “Downsized Fictions”

De 1 de junho a 31 de agosto

 

Mercado Pinhal Novo.jpg

 

O Mercado Municipal de Pinhal Novo recebe, de 1 de junho a 31 de agosto, a exposição de Marta Antas “Downsized Fictions”. A mostra de fotografia de coleção de brinquedos, com entrada livre, será inaugurada às 10h00, no piso 1 do Complexo de Serviços e é uma organização da Associação Juvenil Odisseia, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

 

«A Downsized Fictions é um projeto de fotografia que dá vida, através da imagem, a legos ou equivalentes, funko pop e outro tipo de brinquedos, noutros cenários que não as grandes estantes».

 

Mais informações:aodisseia@gmail.com | martantas@gmail.com

 

Artes, comédia, e muita animação de regresso a Palmela com o Festival Internacional de Gigantes

 

 

 

 

De 5 a 7 de julho entre as artes e expressões mais contemporâneas do teatro, música e da dança, está de regresso às ruas do Pinhal Novo mais uma edição do Festival Internacional de Gigantes.

 

image002.jpg

 

Promovido pela Câmara Municipal de Palmela e com lugar de destaque no cartaz cultural da região e do país, este festival temático pretende divulgar a arte dos gigantones, reunindo a cultura tradicional com a contemporânea.

Gigantones, cabeçudos, zés pereiras e outras figuras vão fazer parte do Festival Internacional de Gigantes, com a garantia de muita animação. Estão previstos espetáculos de teatro, música, circo, além das várias atividades dedicadas ao público infantil e ainda uma mostra de artesanato alusivo ao festival que estará espalhado pelas ruas de Palmela.

Do cartaz destaca-se o grupo de música árabe “Al-Bashirah”, composto por artistas de Marrocos e da Síria, e o espetáculo espanhol “Papers”. Ainda a nova produção da Companhia PIA, “O2 OXIGEN”, uma atuação luso-chinesa do Teatro Físico e das Formas Animadas.

Pode consultar o programa completo em https://fig.cm-palmela.pt/.

Junho com várias propostas de cinema nos equipamentos culturais

Biblioteca Municipal de Palmela.jpg

 

No mês de junho, há filmes de vários géneros para ver na Biblioteca Municipal de Palmela, Cineteatro S. João e Auditório Municipal de Pinhal Novo, com destaque para o cinema infantil.

Na Biblioteca Municipal de Palmela, as tardes de sábado continuam a proporcionar sessões de cinema para o público infantil/juvenil, organizadas pela Câmara Municipal de Palmela. Em junho, vão ser exibidos os filmes para maiores de 6 anos “Zootrópolis”, no dia 8, e “Hop”, no dia 22, sempre às 16h00, com entrada livre.

            O cinema infantil vai também marcar presença no Cineteatro S. João, em Palmela, que exibe “A Idade da Pedra”, de Nick Park, no dia 9, às 16h00. O filme de animação/comédia, para maiores de 6 anos, é de 2018 e tem 89 minutos de duração. “Astérix – O segredo da Poção Mágica”, de Alexandre Astier e Louis Clichy, é a sugestão para dia 23, às 16h00, no Auditório Municipal de Pinhal Novo. Trata-se de um filme de animação/comédia para maiores de 6 anos, de 2018, com 105 minutos de duração. As duas sessões são organizadas pela Câmara Municipal e os bilhetes têm o valor de 2,16 euros.

            O Auditório Municipal de Pinhal Novo recebe também as já habituais sessões do Cineclube Odisseia, em junho com três propostas: “O Fantástico Senhor Raposo”, de Wes Anderson, no dia 12 (animação, aventura e comédia, de 2009, para maiores de 6 anos e com 1h27min. de duração); “Cold War”, de Pawel Pawlikowski, no dia 19 (drama, música e romance, de 2018, para maiores de 14 anos e com 1h29min. de duração); e “Get Out”, de Jordan Peele, no dia 26 (horror, mistério e thriller, de 2017, para maiores de 16 anos, com 1h44min. de duração). Todas as sessões têm início às 21h30 e são organizadas pela Associação Juvenil Odisseia, com o apoio da Câmara Municipal. Informações: cineclubeodisseia2017@gmail.com.

Oficina desvenda história e tradições da Gaita de fole

Exposição Paisagem Sonora.jpg

 

A Exposição do Museu Municipal de Palmela “Paisagem Sonora: a Gaita de fole”, patente no Museu da Música Mecânica, em Pinhal Novo, dá o mote à realização de uma Oficina de Gaita de fole, naquele espaço, no dia 15 de junho, das 11h00 às 12h00.

A cargo de Ana Pereira, a Oficina vai conduzir as/os participantes numa viagem didática pela história e contextualização geográfica da Gaita de fole no mundo, na Europa e em Portugal. Existem no mundo mais de 400 tipos diferentes de Gaitas de fole (grande parte na Europa) e, só em Portugal, existem quatro tipos, com dezenas de variações por todo o país. As/os participantes ficarão a conhecer as suas origens e diferenças, ganhando consciência de que a Gaita de fole também faz parte da tradição portuguesa e das tradições de Palmela. Terão também a oportunidade de ouvir e experimentar as diferentes Gaitas de fole existentes em Portugal.

A Oficina, organizada pela Câmara Municipal de Palmela, vai funcionar com um número mínimo de oito e máximo de 15 participantes. A frequência é gratuita, mediante inscrição prévia e por ordem de chegada. Informações e inscrições: patrimonio.cultural@cm-palmela.pt ou 212 336 640.

“Paisagem Sonora: a Gaita de fole” está patente até dia 2 de outubro, dando a conhecer a história, os tipos e formas de construção da Gaita de fole, os músicos e repertórios, os círios e os gaiteiros. A mostra pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 14h30 às 18h00, sendo o acesso feito com o bilhete de entrada no Museu da Música Mecânica.

A organização é da Câmara Municipal de Palmela, em parceria com o Museu da Música Mecânica, o FIG - Festival Internacional de Gigantes, a Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita de foles, o Círio dos Olhos d’Água, o Círio da Carregueira e o Bardoada – O Grupo do Sarrafo.

A iniciativa integra o “Palmela é Música”, processo de candidatura de Palmela à Rede de Cidades Criativas da UNESCO, na área da Música.

Câmara de Palmela promove X Feira do Livro "Festas com Livros" em Pinhal Novo

Feira do Livro.jpg

 

A X Feira do Livro “Festas com Livros” decorrerá, entre 4 e 11 de junho, durante as  Festas Populares de Pinhal Novo, numa iniciativa da Câmara Municipal de Palmela, em colaboração com o Grupo das Bibliotecas Escolares do Concelho, as Festas Populares, a ENA – Agência de Energia e Ambiente da Arrábida e o apoio da Largebooks.

O programa, que decorre na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo e no Stand de Festas, integra atividades de participação gratuita, dirigidas, sobretudo, ao público escolar, do 1.º Ciclo do Ensino Básico ao Secundário, com um conjunto de sessões de leitura, jogos e oficinas.

Do programa destinado ao público em geral, destacam-se, na Biblioteca Municipal, a exposição “Ler Adoça a Vida: a Arrábida”, com trabalhos realizados pelas Bibliotecas Escolares, no âmbito do Projeto “Ler Adoça a Vida”, que teve como tema central a Arrábida; no dia 6, às 21h30, o “Workshop de plantas com leituras animadas”, por Vitor Margarido e D. Zulmira; no dia 7, às 21h30, as “Conversas de Bolso em torno do Brinquedo-Eco”, por Hélder Martins e no stand, dia 8, a oficina “(A)Linhas – Costura Criativa: a magia dos trapos!”, atividade integrada no PRIA – Percursos em Rede para a Inclusão Ativa e dia 11, a sessão de autógrafos com o escritor Nuno Caravela.

A Feira vai funcionar no seguinte horário: Na Biblioteca - dias 4 e 5, das 10h30 às 19h00; dias 6 e 7, das 10h00 às 00h00; dia 8, das 14h00 às 00h00 e dias 9 e 10, das 19h00 às 24h00. O Stand de Festas funcionará entre os dias 6 e 11, das 19h00 às 00h00.

Programa completo em www.cm-palmela.pt.

 

 

Falta menos de um mês para o regresso do FIG!

FIG.jpg

 

O aguardado regresso do FIG – Festival Internacional de Gigantes às ruas da vila de Pinhal Novo, no concelho de Palmela, acontece já de 5 a 7 de julho. Durante três dias, gigantones, cabeçudos, zés pereiras, marionetas, máscaras tradicionais e máquinas gigantes vão invadir as ruas da vila e encantar crianças e adultos.

Este Festival inédito cruza as artes tradicionais e as expressões mais contemporâneas do teatro, música e dança, sendo um espaço por excelência de divulgação da arte dos gigantones, na sua componente tradicional, e das figuras de grande proporção no universo do espetáculo.

A 10.ª edição apresenta um programa recheado de espetáculos e propostas de animação nestas áreas, atividades para o público infantil, artesanato, arruadas com as figuras tradicionais e desfiles com centenas de participantes, onde se destaca a presença incontornável dos bombos e das gaitas de fole. Vários espaços onde será possível degustar a gastronomia regional complementam o programa.

O Festival é promovido pela Câmara Municipal de Palmela, em conjunto com os parceiros Bardoada - O Grupo do Sarrafo, ATA - Acção Teatral Artimanha, Associação Juvenil COI e PIA - Projectos de Intervenção Artística.

O FIG é presença bienal no calendário cultural do concelho e já ganhou o seu espaço no panorama nacional e europeu de festivais, ostentando o selo de qualidade EFFE 2019/2020, que o identifica como parte integrante da plataforma EFFE - Europe for Festivals, Festivals for Europe, criada pela Associação de Festivais Europeus. Esta plataforma reúne festivais de 45 países europeus.

O FIG integra também o “Palmela é Música”, processo de candidatura de Palmela à Rede de Cidades Criativas da UNESCO, na área da Música.

Esteja a par de todas as novidades sobre a 10.ª edição do Festival, consultando o site https://fig.cm-palmela.pt.

 

Destaques FIG

 

5 de julho

 

Al-Bashirah

(Síria e Marrocos)

Grupo de música árabe, composto por músicos de Marrocos e Síria, reunindo as diferentes escolas de música andalusí e as diferentes culturas musicais do mundo árabe.

InSomnio

Teatro do Mar (Portugal)

Espetáculo multidisciplinar - teatro físico, acrobacia aérea, vídeo e música original - com uma estrutura cénica alusiva a uma cama gigante, dotada de mecanismos e diferentes planos de ação, que lhe causarão mutações ao longo da performance.

 

6 de julho

 

Papers

Xarxa Teatre (Espanha)

Espetáculo de grande formato que retrata um grupo de emigrantes que chega a um novo país e, de imediato, as suas ilusões frustram-se com as normas e a burocracia que a sociedade lhes impõe.

 

Oyun

El Fedito (Argentina)

 

7 de julho

 

Calor

Jean Philippe Kikolas

Nómadas do nosso tempo atravessam o mundo em busca de um lugar, apalpando às cegas sociedades e culturas, cidades e aldeias desconhecidas... Viajantes sem tempo, que vivem com a determinação e esperança de encontrar o seu novo lar.

 

O2 Oxigen

PIA/Long Fung Drama Club (Portugal/Chipre)

Uma performance que, através das linguagens do teatro físico e das formas animadas, convida o espetador a uma reflexão sobre como poderia sobreviver uma sociedade onde a tecnologia desvanece as relações humanas e o acesso ao oxigénio se torna um luxo.

 

Olea

Visitants Teatre (Espanha)

A oliveira é a árvore sempre presente em todas as culturas mediterrâneas antigas ou contemporâneas como símbolo de resistência, força e paz.

 

Jorge de Sena é o poeta em destaque na tertúlia de maio | "Palavras na Nossa Terra" na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo

Palavras na Nossa Terra.jpg

 

A poesia de Jorge de Sena vai estar em destaque na tertúlia “Palavras na Nossa Terra” de maio, marcada para dia 31 de maio, às 21h00, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo.

 

Jorge de Sena nasceu em Lisboa a 2 de novembro de 1919 e morreu em Santa Bárbara, na Califórnia, em 1978. Licenciado em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia do Porto, partiu para o exílio no Brasil, em 1959, onde se doutorou em Letras e se tornou regente das cadeiras de Teoria da Literatura e de Literatura Portuguesa. Mudou-se para os Estados Unidos, em 1965, lecionando na Universidade de Wisconsin e, anos depois, na Universidade da Califórnia. Poeta, ficcionista, dramaturgo, ensaísta e tradutor, é considerado um dos mais relevantes escritores de língua portuguesa do século XX, autor de títulos como Metamorfoses (1963), Os Grão-Capitães (1976), O Físico Prodigioso (1977) e Sinais de Fogo (1979).

 

Recorde-se que a participação nestes encontros, que decorrem uma vez por mês, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, é livre e aberta a todas as pessoas que gostem de ouvir, escrever, ler ou declamar poesia.

 

 

 

 

 

 

3.ª Festa do Desporto e da Saúde promove hábitos de vida saudáveis e mostra oferta desportiva

Festa Desporto e Saúde II.pdf.jpg

 

A 3.ª Festa do Desporto e da Saúde decorre nos dias 14 e 15 de junho, na vila de Pinhal Novo, numa organização conjunta da Palmela Desporto E.M. e da Câmara Municipal de Palmela, em parceria com a Junta de Freguesia de Pinhal Novo e diversos agentes locais.

A Praça da Independência vai ser palco de quatro dezenas de atividades desportivas, em representação de 27 instituições, num programa que se constitui como uma mostra diversificada da oferta desportiva que contribui para a adoção de hábitos de vida saudáveis.

Na apresentação da iniciativa,  que decorreu no dia 17 de maio, na Piscina Municipal de Pinhal Novo, o Presidente da Câmara Municipal de Palmela, Álvaro Balseiro Amaro, enfatizou o aumento do número de parceiros e o envolvimento de entidades particulares, públicas e privadas na promoção de um trabalho em rede, que contribui  para o reforço das parcerias existentes entre o Município  e os agentes locais, bem como para o desenvolvimento desportivo no concelho.

O programa integra oferta para a população sénior, jogos tradicionais, desportos de combate e de aventura, sessões de esclarecimento, atividades de tabuleiro e aquáticas,  uma demostração cinotécnica e passeio a cavalo para crianças e  a festa de encerramento do “50+ Programa Exercício”, que reunirá cerca centena e meia de pessoas, entre outras  iniciativas.

A 3.ª Festa do Desporto e da Saúde, que contribui para a preparação da próxima época desportiva e para a promoção das instituições da freguesia que operam nesta duas áreas, constitui, também, uma demonstração da  vitalidade e potencial do território.

           Programa completo disponível em www.cm-palmela.pt.