Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Palavras na Nossa Terra” - Município recorda obra de Antero de Quental

Auditório Municipal de Pinhal Novo.JPG

 

A poesia de Antero de Quental vai ser evocada na tertúlia “Palavras na Nossa Terra” de fevereiro, marcada para dia 22, às 21h00, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo.

Antero de Quental (1842-1891), poeta e pensador do século XIX, foi uma lenda em Coimbra. Conhecido como mestre do soneto e defensor da modernidade, o escritor fez parte de uma das mais ricas gerações de intelectuais portugueses. Desde cedo, começou a escrever sonetos, influenciado por Alexandre Herculano. As heranças literárias da família fidalga de São Miguel, onde nasceu, em especial, do avô, que também era poeta e íntimo de Bocage, também influenciaram a sua escrita. Antero de Quental é autor de obras poéticas como “Raios de Extinta  Luz” e “Odes Modernas” e também de vários ensaios filosóficos.

A participação nestes encontros de poesia, que decorrem uma vez por mês, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, é livre e aberta a todas as pessoas que gostem de ouvir, escrever, ler ou declamar poesia.

 

 

Música dos anos 80 para reviver no Auditório Municipal de Pinhal Novo

Viagem aos Anos 80.jpg

 

 

 

No dia 16 de fevereiro, às 21h30, o Auditório Municipal de Pinhal Novo vai ser palco de uma “Viagem aos Anos 80”. O espetáculo, pelo Coro do Conservatorium, vai levar o público a reviver as sonoridades do imaginário da década de 80, que tanto marcou a música a nível nacional e internacional.

A organização é da Associação de Amigos Juntos pela Orquestra Nova de Guitarras, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela. O valor das entradas é um donativo, a reverter a favor dos músicos intervenientes no espetáculo. Informações e reservas pelo 960 317 046.

 

 

Auditório Municipal de Pinhal Novo acolhe exposição “Diverge”

Auditório Municipal Pinhal Novo.JPG

 

O Auditório Municipal de Pinhal Novo recebe, de 4 a 31 de janeiro, a exposição de fotografia e desenho “Diverge - on the verge of the image”, de Nelson Paiva, Mafalda Paiva e Paulo Paiva, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

Esta é uma exposição onde a imagem cresce com a palavra e a palavra diverge com a imagem. “Diverge” é um projeto do artista PJ Nelson que inclui, além da exposição, um livro, um disco, uma peça de teatro e espetáculos ao vivo.

 

Sinopse

«Se não temos a noção do tempo que temos, se não conhecemos a dimensão do espaço que ocupamos, se não sabemos se a memória é aquilo que lembramos ou aquilo que já esquecemos, se não sabemos se é a dor que magoa ou se é a mágoa que dói, se à noite sucede o dia e, depois, novamente a noite e outro dia outra vez, se ao sangue sucede a pele e se se rasga cicatriza e sucede uma nova, se à mão sucedem os dedos e aos dedos o toque e ao toque a coragem, como é que somos só aquilo que perdemos?»

 

 

Orquestra Nova de Guitarras inicia 2019 com exposição e concerto

Cartaz - Concerto Ano Novo.jpg

 

A exposição comemorativa do 12.º aniversário da ONG - Orquestra Nova de Guitarras, com direção artística de Raquel Rita, vai estar patente de 11 de janeiro a 9 de fevereiro, no Centro Cultural de Poceirão.

A mostra, com entrada gratuita, é organizada pela ONG e pela Câmara Municipal de Palmela e está em itinerância, para dar a conhecer o trabalho da orquestra a todo o concelho, tendo já passado pelo Auditório Municipal de Pinhal Novo, entre abril e junho de 2018.

Pretende-se divulgar a história da ONG desde o seu início até ao presente, mostrando o seu crescimento e evolução, através de uma linha temporal fotográfica, bem como dos cartazes referentes aos seus concertos, nacionais e internacionais.

Entretanto, no dia 26 de janeiro, para celebrar a chegada do ano 2019, a ONG promove o Concerto de Ano Novo “Tangos”, dedicado às sonoridade e ritmos deste estilo musical, que vai ter lugar às 21h00, no Cineteatro S. João, em Palmela. Com direção musical do Maestro Miguel Madaleno, a ONG vai apresentar um repertório de tangos com estilos variados e de diferentes influências culturais, dançados pela DanceProject – União Desportiva da Palhota, numa noite poética e apaixonante.

O espetáculo, para maiores de 3 anos, conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.Os bilhetes, com o valor de 7,5 euros, estão à venda na BOL – Bilheteira Online (www.bol.pt) e no Cineteatro S. João. Mais informações: 960 317 046, geral@onguitarras.comou www.onguitarras.com.

 

"Conversas Outrora Não Admitidas" regressa a Pinhal Novo

Conversas Outrora Não Admitidas.jpg.png

 

Município apoia Teatro Artimanha

 

O espetáculo "Conversas Outrora Não Admitidas", do Teatro Artimanha, está de regresso ao Auditório Municipal de Pinhal Novo, no dia 2 de fevereiro, às 21h30, e vai também ser exibido no Centro Cultural de Poceirão, a 9 de fevereiro, à mesma hora.

“Conversas Outrora Não Admitidas" é uma reflexão sobre a relação da mulher com a sua própria sexualidade, feita com muito humor e sem preconceitos. É uma abordagem divertida e hilariante, séria e íntima ao indecifrável universo feminino. A transexualidade, a violência doméstica ou a mutilação genital são alguns dos temas abordados.

O espetáculo, para maiores de 16 anos, conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

 

Ficha artística


Encenação e dramaturgia: Hugo Sovelas

Produção: Artimanha

Produção executiva: Rui Guerreiro

Técnica: João Costa

Design: Grafe Publicidade

Frente de sala: Paulo Paiva

Elenco: Ana Filipa Dias, Ana Guerreiro, Ana Sílvia, Bruno Gomes, Elisabete Silva, Ilda Silva, Inês Cavaco, Sara Masqueiro e Teresa Costa

 

Janeiro com propostas de cinema para toda a família

No Centro Cultural de Poceirão e Auditório Municipal de Pinhal Novo

Auditório Municipal de Pinhal Novo.JPG

 

 

 

Em janeiro, o Centro Cultural de Poceirão e o Auditório Municipal de Pinhal Novo exibem um conjunto de sessões de cinema, para toda a família.

Já no próximo dia 20, às 16h00, o Centro Cultural de Poceirão proporciona uma tarde de “Cinema Infantil – Filminhos Infantis”, com entrada gratuita, numa organização da Câmara Municipal de Palmela (informações e reservas: 212 336 655).

No dia 23, às 21h30, as sessões do Cineclube Odisseia regressam ao Auditório Municipal de Pinhal Novo, com a exibição do filme "As Consequências do Amor", de Paolo Sorrentino. Esta é a história da vida de um homem introvertido, que muda completamente quando se vê atraído por uma jovem criada. O filme, de crime/drama/romance, de 2004, é destinado a maiores de 12 anos e tem 1h40min. de duração. A organização é do Cineclube Odisseia, com o apoio da Associação Juvenil Odisseia e da Câmara Municipal de Palmela (informações: cineclubeodisseia2017@gmail.com).

            No âmbito da programação regular de cinema, o Auditório Municipal de Pinhal Novo exibe também, no dia 27, às 16h00, “O Principezinho”, de Mark Osborne. Baseado numa das mais importantes obras infantis de todos os tempos, escrita pelo ilustrador e piloto francês Antoine de Saint-Exupéry e publicada em 1943, o filme conta a história de uma menina que vive com a sua mãe, uma mulher de tal modo obcecada com o futuro da filha que tem tudo delineado para cada hora de vida da criança. Certo dia, a menina conhece o vizinho da casa ao lado que, em tempos, fora aviador e lhe conta como conheceu, em pleno deserto, um principezinho louro que lhe disse viver no asteróide B612. Com este novo amigo, a menina vai conhecer uma história de amizade que a mudará para sempre. O filme de animação/drama, de 2015, é destinado a maiores de 6 anos, e tem 108 minutos de duração. Mais informações: 212 336 630 ou cultura@cm-palmela.pt.

Câmara Municipal de Palmela | “Perséfone” regressa ao Auditório Municipal de Pinhal Novo no dia 21 de dezembro

Município apoia Teatro Artimanha
“Perséfone” regressa ao Auditório Municipal de Pinhal Novo

 

 

Depois da estreia e apresentação, nos dias 16 e 17 de novembro, a nova produção do Teatro Artimanha “Perséfone” regressa ao Auditório Municipal de Pinhal Novo, no dia 21 de dezembro, às 21h30.

Com dramaturgia de Isabel Teles de Menezes e encenação de Rui Guerreiro, o espetáculo  conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

Mais informações e reservas através dos contactos: 936282726  e teatro.artimanha@gmail.com.

 

Sinopse:

 

«Há muito tempo, os humanos tinham em duplicado todas as partes do corpo: quatro braços, quatro pernas e duas cabeças. Por ambição, tentaram chegar ao Olimpo, para derrotar os deuses e, por causa disso, Zeus decidiu dividi-los ao meio, para os enfraquecer. Mas foi pior a divisão do que a morte, pois o coração dos humanos ficou dividido em dois e o anseio por se voltarem a unir era tão forte, que os destruía. Por isso, Zeus alterou-os, para que as verdadeiras almas gémeas se pudessem voltar a “unir”. E quando o filho de Afrodite disparava setas para os corações humanos, brincando com os seus desejos e criando falsas paixões, os deuses do Olimpo, envolvidos nos seus próprios egos, acharam que percebiam o que é o amor. Mas o verdadeiro amor não é filho da beleza. Eros, o amor, nasceu do caos e é um dos deuses primordiais, cujas formas criaram a própria estrutura do universo. O seu poder é superior ao do próprio caos e é a sua força de união que mantém o universo inteiro».

 

 

 

Elenco:
Ana Guerreiro
Ana Sílvia
Beatriz Soares
Bruno Gomes
Cintia Hortense
Elisabete Silva
Inês Cavaco
Mathilde Brouillard
Nadia Diniz
Paulo Paiva
Rafaela Cruz
Rubem Santos
Sara Masqueiro
Teresa Costa

Figurinos :
Célia Machado

Técnica:
Catarina Carapeta
João Costa

Música:
Paulo Duarte

Apoio ao Movimento:
Mathilde Brouillard

Direção de cena:
Ana Guerreiro

Make up:
Ana Sílvia
Ilda Silva

 

Teatro Sem Dono apresenta peça “Estrelas de Natal” no Auditório Municipal de Pinhal Novo

 

O Teatro Sem Dono apresenta, nos dias 7, 8 e 9 de dezembro, a peça “Estrelas de Natal”, no Auditório Municipal de Pinhal Novo. O espetáculo, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela, tem apresentações, no dia 7, às 21h30, no dia 8, às 16h30 e 21h30 e no dia 9, às 16h30.

 

Reservas e mais informações através dos contactos:

966 856 349 | teatrosemdono@gmail.com

ou em: https://www.facebook.com/events/2216920188580805/

 

 

Sinopse 

“Todos os anos a magia e o amor voltam a estarem juntos. Na época onde dar e receber é uma constante e as pessoas andam felizes, mas este Natal as coisas vão ser diferentes. O Pai Natal está farto de ver a crueldade no mundo, sente a falta do amor entre as pessoas e encerra a entrega dos presentes de Natal. 
Os Duendes, Resmungona e Distraído, convencem o Pai Natal a dar uma nova oportunidade aos adultos, mas o Pai Natal vai querer ver com os seus olhos se o amor ainda existe. 
Este ano, corremos um grande risco de não haver Natal. Será que as crianças vão amolecer o coração do Pai Natal? E como farão isso?”

 

Ficha Técnica:


TEXTO e ENCENAÇÃO 
Carla Castro 

INTERPRETAÇÃO 
Filipa Ramos 
Gabriel Martinho 
Gonçalo Jorge 
João Estróia Vieira 
Mariana Sofia 
Nelson Prates
Tiago Jorge 

APOIO AO MOVIMENTO 
Tiago Jorge 

DIREÇÃO DE CENA 
Carla Castro 

CENOGRAFIA 
Ruben Gomes 
Tiago Jorge 

FIGURINOS E ADEREÇOS 
Filipa Ramos 
Mariana Sofia 

CARATERIZAÇÃO 
Carla Castro

DESENHO DE LUZ 
Nelson Fernandes 

SONOPLASTIA 
Carla Castro 
Gabriel Martinho 

DESIGN GRÁFICO 
Tiago Jorge 

PRODUÇÃO EXECUTIVO 
Carla Castro 
Tiago Jorge 

PRODUÇÃO 
Teatro Sem Dono 

Classificação Etária: 
M/3

 

Natália Correia inspira “Palavras na Nossa Terra” de novembro

Natália Correia será a poetisa evocada no encontro de poesia “Palavras na Nossa Terra”, que se realiza no dia 30 de novembro, às 21h00, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo.

Poetisa, dramaturga e romancista natural de S. Miguel, Açores, Natália Correia fez os estudos secundários em Lisboa e colaborou em diversos jornais e revistas. A sua obra estende-se por géneros variados, da poesia ao romance, teatro e ensaio. Interveio politicamente ao nível da cultura e do património, na defesa dos direitos humanos e dos direitos da mulher, com um papel ativo na oposição ao Estado Novo. Foi, igualmente, uma figura importante das tertúlias que reuniam nomes centrais da cultura e da literatura portuguesas dos anos 50 e 60.

Entre as suas obras poéticas encontram-se Rio de Nuvens (1947), Poemas (1955), Dimensão Encontrada (1957), Os Sonetos Românticos (1990, Grande Prémio de Poesia APE/CTT) e o Sol nas Noites e o Luar nos Dias I e II (1993). Natália Correia faleceu em Lisboa, a 16 de março de 1993.

 A participação nestes encontros de poesia, que decorrem uma vez por mês, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, é livre e aberta a todas as pessoas que gostem de ouvir, escrever, ler ou declamar poesia.

 

Auditório Municipal de Pinhal Novo exibe “O Castelo Andante” e “Grease”

Ciclo de cinema

Auditório Municipal de Pinhal Novo.JPG

 

Em novembro, o ciclo Cine Clube Odisseia prossegue no Auditório Municipal de Pinhal Novo, com a exibição dos filmes “O Castelo Andante”, dia 21, às 21h30, e “Grease”, dia 22, às 14h00. O ciclo é promovido pela Associação Juvenil Odisseia, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

“O Castelo Andante”, de 2004, é um filme de animação, aventura e família, de Hayao Miyazaki. Conta a história de uma bruxa que lança uma terrível maldição sobre a jovem Sophie, transformando-a numa velha de 90 anos. Desesperada, Sophie embarca numa odisseia em busca do Castelo Andante, onde reside um misterioso feiticeiro que poderá ajudá-la a reverter o feitiço. O filme tem 1h59min de duração e é destinado a maiores de 6 anos.

O musical/romance de Randal Kleiser “Grease” dispensa apresentações. O filme protagonizado por John Travolta e Olivia Newton-John comemora, em 2018, 40 anos. A história passa-se na Califórnia de 1959, onde Sandy e Danny se apaixonam e aproveitam um verão inesquecível na praia. Quando voltam às aulas, descobrem que frequentam a mesma escola. Mas Danny lidera o gangue dos T-Birds, um grupo que gosta de jaquetas de couro e muito gel no cabelo, e Sandy passa tempo com as Pink Ladies, lideradas pela firme e sarcástica Rizzo. Quando os dois se reúnem, Sandy percebe que Danny não é o mesmo por quem se apaixonou e ambos precisam mudar caso queiram ficar juntos. A exibição de “Grease”, com duração de 1h50m e destinado a maiores de 6 anos, integra a programação das Semana(s) da Dança, a decorrer até 30 de novembro.

As sessões têm entrada gratuita, sendo possível obter mais informações através do e-mail cineclubeodisseia@gmail.com.