Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Escola das Artes: Diogo Evangelista faz visita guiada a exposição Blind Faith já em março

Escola das Artes_Exposição Blind Faith_Diogo Eva

 

 

 

Exposição: Blind Faith

Local: Sala de Exposições da Escola das Artes, Católica no Porto

Data: 10 de março

Hora: 18h00

 

Partir numa viagem a um mundo pseudo-histórico. Este é o ponto de partida para a visita guiada do artista plástico Diogo Evangelista a Blind Faith, que acontece já dia 10 de março, na Sala de Exposições da Escola das Artes. Com a presença do artista e do curador Nuno Crespo, esta visita visa a explanação de Blind Faith, uma obra que parte de uma narrativa de caráter surreal, à semelhança de um sonho e uma alucinação, e que procura materializar o sentimento de plenitude que antecede a desmaterialização de um corpo. A entrada é livre.

 

Blind Faith é composta por três momentos distintos, interligados entre si: uma instalação vídeo produzida exclusivamente em CGI, uma escultura de estética retrofuturista, inspirada nas portas-falsas do Antigo Egito construídas nos templos para permitir uma passagem livre da alma, e, ainda, uma pintura sobre plexiglass em forma de estrela pentagonal, que em muitas sociedades antigas e modernas simboliza os conceitos de transformação e renascimento e a relação entre os seres humanos e o universo. Destaque-se que a exposição poderá ser visitada até dia 30 de abril. Mais informação: https://bit.ly/3bTPcxv.

 

Blind Faith é o ponto de partida de workshop de animação e personagem

Tendo como ponto de partida a instalação que Diogo Evangelista produziu exclusivamente em CGI para Blind Faith, um conjunto de investigadores do Centro de Criatividade Digital da EA vai orientar um workshop de animação e personagem. A sessão – que decorrerá no dia 2 de abril, às 10h00 – visa, através de diversas atividades dinâmicas e técnicas didáticas, dar a oportunidade de experimentar e explorar o mundo dos efeitos visuais, passando pela criação e animação de personagens. A entrada é gratuita, mas carece de inscrição, disponível aqui.

Visitas Públicas à Igreja de Santa Clara do Porto

Visitas à Igreja de Santa Clara do Porto

Participantes poderão apreciar os trabalhos de conservação e restauro em curso

A Direção Regional de Cultura do Norte promove visitas públicas à Intervenção de Conservação e Restauro da Igreja de Santa Clara do Porto, nos dias 18 janeiro, 15 fevereiro e 21 de março, pelas 10h00. A iniciativa está limitada aos primeiros 35 inscritos por visita.

As inscrições para a visita do dia 18 de janeiro já estão a decorrer e podem ser efetuadas neste link: https://forms.gle/K7mmUHkp57tuAXrP6

Os trabalhos de conservação e restauro do recheio artístico da Igreja implicam o tratamento, limpeza e consolidação de toda a talha pintada ou dourada, da escultura e imaginária, das pinturas sobre tela e de pintura mural, de granitos e, ainda, trabalhos de consolidação de estruturas dos retábulos.

Além dos trabalhos acima referidos, estão em curso trabalhos de conservação e restauro do espólio artístico da sacristia, incluindo revestimento azulejar, pinturas sobre telas ou retábulo e arcaz.

A curto prazo serão, igualmente, iniciados os trabalhos de beneficiação dos paramentos exteriores, dos acessos de público e das instalações elétricas e os trabalhos de conservação e restauro do órgão e dos portais em cantaria de granitos (a norte, da igreja e a nascente, da portaria).

Este conjunto de trabalhos de recuperação e valorização da Igreja de Santa Clara do Porto segue-se aos trabalhos iniciais desta campanha já realizados: trabalhos de reforços estruturais e de conservação e restauro nos dois níveis do coro do antigo convento.

A Operação Igreja de Santa Clara do Porto representa um investimento global de 2 Milhões de Euros, sendo a intervenção comparticipada em 85% pelo Programa Operacional Norte 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, com o Mecenato da Irmandade dos Clérigos e Fundação Millennium BCP. Deverá estar concluída até final do 1º semestre de 2020.

 

Casa das Artes evoca 250° Aniversário do Nascimento de Beethoven

image002.jpg

 

A Casa das Artes, no Porto, apresenta o Ciclo À Sexta com Beethoven, composto por cinco concertos pelo Duo Tramma-Facchini, com a participação extraordinária do compositor Cândido Lima.

 

No âmbito da Celebração do 250° Aniversário do Nascimento de Ludwig van Beethoven (1770-1827), o Duo Tramma-Facchini propõe a integral das Sonatas para "Klavier und Violine" (Piano e Violino), com a participação extraordinária do compositor Cândido Lima que irá apresentar as dez Sonatas, divididas em cinco concertos, na Casa das Artes, Porto.

 

O Duo Tramma-Facchini (Ludovico Tramma - violinista e Fiammetta Facchini - pianista) festeja também os vinte anos de atividade em Duo.

 

Ambos doutorados na Universidade de Aveiro no âmbito da Música, ramo Performance, são também pluridiplomados no país de origem (Itália), tendo concluído, respetivamente, o Curso Superior de Violino, Viola d’Arco e Música de Câmara (Ludovico) e Piano, Cravo e Música de Câmara (Fiammetta).

 

Realizaram concertos e tournée em vários países da Europa, Canadá, U.S.A., Emirados Árabes, América do Sul, Japão, em Duo e em formações de câmara mais alargadas.

 

Ganharam vários prémios de interpretação de Música de Câmara nacionais e internacionais e gravaram três CD’s. Atualmente preparam o lançamento de mais uma gravação e uma tournée pelo Oriente.

 

Ambos professores de Cursos Superiores em Itália, o Duo Tramma- Facchini vive em Portugal.

 

Entrada livre, sujeita à lotação da sala.

 

 

PROGRAMA

 

DUO TRAMMA – FACCHINI (Violino e Piano)

 

com a participação extraordinária de CÂNDIDO LIMA que irá apresentar as obras:

 

 

21 fevereiro 19 horas   L. van Beethoven Sonata op. 12 n.1 Ré major     

  1. van Beethoven Sonata op. 12 n.2 Lá major     

 

24 abril 19 horas         L. van Beethoven Sonata op. 12 n.3 Mib major  

  1. van Beethoven Sonata op. 23 Lá menor          

 

25 setembro 19 horas   L. van Beethoven Sonata op. 24 Fa major           

  1. van Beethoven Sonata op. 30 n.1 Lá major     

 

13 novembro 19 horas  L. van Beethoven Sonata op. 30 n.2 Dó menor   

  1. van Beethoven Sonata op. 30 n.3 Sol major   

 

11 dezembro 19 horas  L. van Beethoven Sonata op. 47 Lá major            

  1. van Beethoven Sonata op. 96 Sol major       

Agenda Escola das Artes | Universidade Católica Portuguesa, no Porto

Diogo Evangelista · Blind Faith

Até 30 de abril | Sala de Exposições da Escola das Artes | Com curadoria de Nuno Crespo

Sinopse: Partindo de uma narrativa de caráter surreal, à semelhança de um sonho e uma alucinação, esta exposição procura materializar o sentimento de plenitude que antecede a desmaterialização de um corpo. Blind Faith transporta-nos numa viagem a um mundo pseudo-histórico.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/diogo-evangelista-blind-faith

 

  • Visita orientada à exposição Blind Faith

10 de março | 18h | Edifício das Artes | Com Diogo Evangelista e Nuno Crespo

Sinopse: Visita orientada à exposição com Diogo Evangelista e Nuno Crespo

Entrada: Gratuita e sem marcação

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/visita-orientada-exposicao-blind-faith

 

  • Workshop de animação e personagem

2 de abril | 10h | Edifício das Artes | Com investigadores do projeto CHIC do Centro de Criatividade Digital

Sinopse: Tendo como ponto de partida a instalação vídeo que Diogo Evangelista produziu exclusivamente em CGI para exposição Blind Faith, um conjunto de investigadores do Centro de Criatividade Digital da EA vai orientar um workshop de animação e personagem. Numa perspetiva de iniciação ao complexo processo da animação, este workshop vai procurar despertar nos participantes a curiosidade pela área, apresentando algumas das etapas necessárias à criação de filmes de animação 3D e jogos digitais.

Entrada: Gratuita mediante inscrição.

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/workshop-animacao-e-personagem

 

  • Joël Vacheron · Algorithmic Creolization

30 de abril | 18h30 | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Joël Vacheron (Suíça, 1981) é professor e investigador sénior na École Cantonale d'Art de Lausanne onde ensina estudos visuais e de média. O seu foco principal de investigação está no impacto na produção artística dos sistemas automatizados e baseados em software. Esta aula aberta explorará o impacto das tecnologias digitais no campo da criação, a partir de três projetos.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ciencia-joel-vacheron-algorithmic-creolization

 

Aulas Abertas 2020: Arte & Ciência

Até 28 de maio | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes) | Com curadoria de Nuno Crespo, Daniel Ribas, Laura Castro, Diogo Tudela e César Ferreira

Sinopse: O programa de Aulas Abertas da Escola das Artes para o ano letivo de 2019-20, sob o tema “Arte e Ciência”, terá sessões de diferentes formatos, como conferências, masterclasses, conversas e performances, e apresentação de projetos artísticos em diferentes áreas: cinema, artes visuais,música, som, multimédia. O programa inclui convidados especiais, entre artistas, cientistas, críticos e curadores, investigadores e outros especialistas em práticas artísticas.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/aulas-abertas-2020-arte-ciencia

 

  • Luís Fernandes, Inês Costa e Lars Montelius · Scale Travels, um programa sobre arte e nanotecnologia

27 de fevereiro | 18h30 | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Nesta sessão será abordada a relação entre arte e ciência a partir do exemplo concreto do programa Scale Travels, um programa de residências artísticas do gnration e do Instituto Internacional Ibérico de Nanotecnologia (INL). A sessão será composta por uma apresentação do programa, seguida de uma conversa com Lars Montelius, Cientista e Diretor Geral do INL, Luís Fernandes, Diretor Artístico do gnration e do programa Scale Travels e Inês Costa, coordenadora das residências artísticas do programa.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ciencia-luis-fernandes-ines-costa-e-lars-montelius-scale-travels-um-programa

 

  • Nuno Sousa · Uma nova forma de olhar para o cérebro

5 de março | 18h30 | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Nesta aula o investigador Nuno Sousa vai expôr uma nova visão do cérebro a partir de dados de investigação centrados no estudo do cérebro sob stress. Usando técnicas de neuroanatomia, eletrofisiologia, optogénetica e neuroimagem, as investigações em que está envolvido foram conseguindo caracterizar as alterações no córtex cerebral desencadeadas pela resposta ao stress e entender os mecanismos que estão na base de alteração do comportamento na fisiopatologia de doenças relacionadas com a exposição a stress.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ciencia-nuno-sousa-uma-nova-forma-olhar-para-cerebro  

 

  • Alexandre Quintanilha · Conhecimento e criatividade: um círculo virtuoso

13 de março | 18h30 | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Mais informação disponível em breve.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ciencia-alexandre-quintanilha-conhecimento-e-criatividade-um-circulo-virtuoso

 

  • Ricardo Jacinto e Diogo Alvim · Fragmentação e Dispersão

19 de março | 21h | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Ricardo Jacinto e Diogo Alvim apresentam em concerto a música desenvolvida no contexto do projecto Da Nova Arte de Fazer Ruínas, uma performance com coreografia de Beatriz Cantinho. Da Nova Arte de Fazer Ruínas parte de uma ideia de composição coreográfica e musical associada a uma ideia de arruinamento.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ciencia-ricardo-jacinto-e-diogo-alvim-fragmentacao-e-dispersao

 

  • Asia Bazdyrieva · Geocinema and planetary-scale sensory networks

26 de março | 18h30 | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Mais informação disponível em breve.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-e-ciencia-asia-bazdyrieva-geocinema-and-planetary-scale-sensory-networks

 

  • Monica Bello · Arts at CERN

2 de abril | 18h30 | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Mais informação disponível em breve.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ciencia-monica-bello-arts-cern

 

  • Warren Neidich · Telepathic Exaptation in Late Cognitive Capitalism

16 de abril | 18h30 | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Partiremos do princípio de que as novas formações tecnológicas, sociais, políticas e económicas que definem o capitalismo cognitivo vão ter repercussões dramáticas na arquitetura neurológica do cérebro humano, traduzindo-se em capacidades mentais latentes, tanto boas quanto más, ainda por exprimir. Entre estas capacidades, conta-se a telepatia – com empresas como o Facebook na corrida para dominar o mercado de dispositivos telemétricos e telepáticos. É professor na Weißensee Kunsthochschule Berlin e diretor fundador do Saas Fee Summer Institute of Art.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ciencia-warren-neidich-telepathic-exaptation-late-cognitive-capitalism

 

  • Michaël Dudok de Wit · Inspiration and rational thinking: approaches to the creative process

23 de abril | 18h30 | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes)

Sinopse: Mais informação disponível em breve.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/arte-ciencia-michael-dudok-wit-inspiration-and-rational-thinking-approaches-creative

 

Investigação em Música Computacional · Masterclass

29 de fevereiro | 10h-17h | Auditório Ilídio Pinho (Edifício das Artes) | Com Rui Penha e Henrique Portovedo

Sinopse: Nesta masterclass colaborativa, o compositor Rui Penha e o saxofonista Henrique Portovedo apresentarão os seus trabalhos mais recentes na área da composição e performance de música eletroacústica. Combinando um workshop de composição interativa com um concerto/performance didático, conduzirão o público por um estado da arte da prática musical contemporânea, com enfoque no cruzamento entre investigação científica e artística.

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/investigacao-musica-computacional-masterclass-com-rui-penha-e-henrique-portovedo 

 

Ink and Motion #1 · International Conference on Animation and Comics

23 e 24 de abril | 9h (quinta-feira e sexta-feira)  | Edifício das Artes

Sinopse: Esta conferência constitui-se como uma plataforma interdisciplinar pioneira em Portugal, promovendo um diálogo entre os campos da Animação e da Banda Desenhada.

Oradores confirmados: R. Kikuo Johnson, Michaël Dudok de Wit, Ivan Maximov e Kin Wai Chu

Entrada: Gratuita

Mais informação: http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/call-papers-ink-and-motion-1-international-conference-animation-and-comics

 

A Universidade Católica Portuguesa é constituída por quatro centros regionais: Braga, Lisboa, Porto e Viseu. No Porto, a Universidade tem um campus que integra oito unidades académicas e sete unidades de investigação onde uma comunidade vibrante de mais de 8.000 mil professores, alunos e colaboradores partilham conhecimento nas áreas das Artes, Bioética, Biotecnologia, Direito, Economia, Educação, Enfermagem, Gestão, Psicologia, Teologia entre outras. Neste momento, a Católica no Porto oferece 13 licenciaturas, 29 mestrados, 11 doutoramentos, 40 pós-graduações, formação avançada e executiva, Teen Academy e programa Universitário Mais Saber. www.porto.ucp.pt

27 de fevereiro de 2020 

Casa das Artes evoca 250° Aniversário do Nascimento de Beethoven

image002.jpg

 

A Casa das Artes, no Porto, apresenta o Ciclo À Sexta com Beethoven, composto por cinco concertos pelo Duo Tramma-Facchini, com a participação extraordinária do compositor Cândido Lima.

 

No âmbito da Celebração do 250° Aniversário do Nascimento de Ludwig van Beethoven (1770-1827), o Duo Tramma-Facchini propõe a integral das Sonatas para "Klavier und Violine" (Piano e Violino), com a participação extraordinária do compositor Cândido Lima que irá apresentar as dez Sonatas, divididas em cinco concertos, na Casa das Artes, Porto.

 

O Duo Tramma-Facchini (Ludovico Tramma - violinista e Fiammetta Facchini - pianista) festeja também os vinte anos de atividade em Duo.

 

Ambos doutorados na Universidade de Aveiro no âmbito da Música, ramo Performance, são também pluridiplomados no país de origem (Itália), tendo concluído, respetivamente, o Curso Superior de Violino, Viola d’Arco e Música de Câmara (Ludovico) e Piano, Cravo e Música de Câmara (Fiammetta).

 

Realizaram concertos e tournée em vários países da Europa, Canadá, U.S.A., Emirados Árabes, América do Sul, Japão, em Duo e em formações de câmara mais alargadas.

 

Ganharam vários prémios de interpretação de Música de Câmara nacionais e internacionais e gravaram três CD’s. Atualmente preparam o lançamento de mais uma gravação e uma tournée pelo Oriente.

 

Ambos professores de Cursos Superiores em Itália, o Duo Tramma- Facchini vive em Portugal.

 

Entrada livre, sujeita à lotação da sala.

 

 

PROGRAMA

 

DUO TRAMMA – FACCHINI (Violino e Piano)

 

com a participação extraordinária de CÂNDIDO LIMA que irá apresentar as obras:

 

 

21 fevereiro 19 horas   L. van Beethoven Sonata op. 12 n.1 Ré major     

  1. van Beethoven Sonata op. 12 n.2 Lá major     

 

24 abril 19 horas         L. van Beethoven Sonata op. 12 n.3 Mib major  

  1. van Beethoven Sonata op. 23 Lá menor          

 

25 setembro 19 horas   L. van Beethoven Sonata op. 24 Fa major           

  1. van Beethoven Sonata op. 30 n.1 Lá major     

 

13 novembro 19 horas  L. van Beethoven Sonata op. 30 n.2 Dó menor   

  1. van Beethoven Sonata op. 30 n.3 Sol major   

 

11 dezembro 19 horas  L. van Beethoven Sonata op. 47 Lá major            

  1. van Beethoven Sonata op. 96 Sol major         

 

"Por um Portugal mais Digital" é o lema da 3ª Conferência do Fórum Permanente para as Competências Digitais

image002.jpg

 

Na próxima terça-feira, dia 3 de março, especialistas nacionais e internacionais, formadores, docentes, e representantes do governo reúnem-se no Centro de Congressos da Alfândega do Porto para promover as competências digitais. Ao longo do dia serão apresentados vários projetos, alguns novos, outros já em curso, que têm como objetivo principal a capacitação da população portuguesa, a nível de competências digitais. Serão também apresentados alguns dos principais indicadores recolhidos desde o arranque do Programa INCoDe.2030, em 2018.

 

O objetivo é transversal a toda a sociedade portuguesa e o efeito pretende-se duradouro: uma cidadania mais ativa e um país mais qualificado e capacitado, utilizando a transformação digital para criar valor, para o país e para as pessoas.

 

Os cinco eixos do Programa INCoDe.2030, através dos quais se pretende conseguir esse objetivo de promover as competências digitais da população são a inclusão (1), educação (2), qualificação (3), especialização (4) e investigação (5). O programa conta com vários parceiros desde escolas, universidades, associações e empresas privadas.

 

A iniciativa INCoDe.2030 conta já com 2 anos de existência e para o futuro pretende-se que seja um catalisador de mudança contínua na sociedade portuguesa.

 

No primeiro eixo, Inclusão, foram criadas Comunidades Criativas para a Inclusão Digital, tendo sido criados dez projetos-piloto em todo o país que impactaram mais de mil pessoas. No segundo eixo, Educação, o destaque vai naturalmente para o alargamento da disciplina de TIC a todos os estudantes do ensino básico. A nível da Qualificação, terceiro eixo, podemos destacar o projeto Switch, um programa de formação intensiva para a requalificação profissional na área das tecnologias da informação (TI). No quarto eixo da Especialização,  é de realçar o aumento significativo de vagas de cursos TeSP na área TICE, fruto do acordo celebrado entre o MCTES e os institutos politécnicos, e, finalmente, no âmbito do eixo cinco, da Investigação, vão ser apresentados projetos de inteligência artificial desenvolvidos para entidades da administração pública, com o intuito de facilitar a sistematização dos procedimentos e a melhoria da qualidade de vida na população que interage com essas entidades.

 

“A transformação digital não é em si um problema da tecnologia, mas sim a preparação das pessoas, ou neste caso, a falta dela, para a participação no mundo digital. Há uma melhoria dos indicadores europeus ao nível das competências da população portuguesa, o que é um sinal claro de que as medidas adotadas estão a trazer resultados objetivos e é isso que pretendemos demonstrar nesta conferência”, refere Nuno Feixa Rodrigues, Coordenador Geral do Incode.2030.       

 

A abertura do evento contará com a presença do Senhor Primeiro-ministro, António Costa, do Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, do Presidente do Fórum para as Competências Digitais, Rogério Carapuça, do Coordenador-Geral do INCoDe.2030, Nuno Rodrigues e com Laurent Crouzet, especialista e membro do High Level Review Committe. O encerramento do encontro estará a cargo do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

 

A participação na 3ª Conferência do Fórum Permanente para as competências digitais é gratuita, mas necessita de inscrição prévia, até ao limite da capacidade do local. A inscrição poderá ser feita aqui e o programa do evento poderá ser consultado aqui.

"Nave pessoana" de Ricardo Pais atraca no Teatro Nacional São João

Entre 7 e 9 de março, com João Reis no elenco

Turismo Infinito 2 ©João Tuna.jpg

 

 

Uma das mais marcantes produções do TNSJ está de regresso ao palco onde se estreou, em 2007, para celebrar o Centenário da instituição

 

Depois de ter passado pela Comédie de Reims, pelo Teatro Paulo Autran, em São Paulo, e pelo Teatro Español, em Madrid, Turismo Infinito está de regresso ao palco onde se estreou, em 2007. A “nave pessoana” inventada por Ricardo Pais – uma das mais marcantes produções do Teatro Nacional São João (TNSJ) – volta a ser apresentada no preciso momento em que a instituição celebra o Centenário do edifício projetado pelo arquiteto Marques da Silva. O espetáculo estará em cena de 7 a 9 de março e inclui o elenco original, com nomes bem conhecidos do TNSJ, como é o caso de João Reis, Emília Silvestre, Pedro Almendra, José Eduardo Silva e Luís Araújo.

 

A partir de textos de Fernando Pessoa – o mais universal poeta português –, o espetáculo de Ricardo Pais e António M. Feijó lança em cena vários heterónimos do também filósofo, dramaturgo, ensaísta, tradutor, publicitário, crítico literário e comentarista político. Em cena, é possível “conhecer” o guarda-livros Bernardo Soares e o seu visionário desassossego na Rua dos Douradores; a turbulência de Álvaro de Campos, engenheiro naval que ficou sem trabalho “depois de estar a Índia descoberta”; o Pessoa simbolista das interseções, mas também aquele que melancolicamente se revela em “Un Soir à Lima” e o outro Fernando que se corresponde com Ofélia Queirós – a mulher com quem o poeta teve o único envolvimento amoroso conhecido; Maria José, a corcunda que ama um serralheiro com toda a sua alma; e o bucólico Caeiro, o “mestre de toda a gente com capacidade para ter mestre”.

 

Visto por mais de vinte mil espectadores, Turismo Infinito apresenta um impressivo dispositivo cénico concebido por Manuel Aires Mateus e conta com figurinos de Bernardo Monteiro. Durante o espetáculo, Ricardo Pais tece um “poderoso enredo de estímulos auro-visuais, pondo-nos em contacto com a obra de um homem que, de modo heroico, pretendeu – e conseguiu – introduzir beleza no mundo”. A peça tem legendas em inglês e pode ser vista no sábado, às 22h00; e no domingo e segunda-feira, às 21h00. O preço dos bilhetes varia entre os 7,50 e os 16 euros, sendo que, no dia 7 de março, a entrada é gratuita, mediante o levantamento de bilhetes (máximo dois por pessoa), a partir das 14h30.

Marta Gautier leva CONVERSAS SÉRIAS ao Porto no dia 25 de Março

image001.png

 

MARTA GAUTIER - CONVERSAS SÉRIAS


Marta Gautier apresenta CONVERSAS SÉRIAS no Teatro Sá da Bandeira, no Porto, no dia 25 de Março, pelas 20h30.


Psicóloga clínica com seis livros editados, Marta Gautier é, também, conhecida do grande público pelos seus monólogos cómicos 
“Vamos lá então perceber as mulheres. Mas Só um bocadinho...” e “Pessoas Estranhas”.

Em CONVERSAS SÉRIAS apresenta-se num tom mais confessional e intimista que procura estabelecer uma relação de diálogo e reflexão com o público, sem perder o tom humorístico e descontraído que caracterizam os seus espectáculo e palestras. 

SINOPSE
Às vezes, há uma parte de mim que não acredita. Vou, volto, faço, aconteço, tudo numa agonia. Outras vezes, paro e fico em silêncio. Percebo então o quanto corro para não sentir. O quanto me assusta olhar, com atenção, para o que acontece dentro de mim.

Nas sessões do 'Conversas Sérias’ vamos olhar com atenção. Pode eventualmente inspirar quem quer chegar à melhor de versão de si mesmo. Cada sessão tem um tema diferente e no fim quem quiser pode fazer perguntas ou partilhar algo de si.

 

 

Bilhetes à venda em Ticketlne, Fnac, Bilheteira do teatro e locais habituais.
Preço dos bilhetes: 13€
https://ticketline.sapo.pt/evento/marta-gautier-conversas-serias-47425

Tertúlia "Percursos literários na cidade do Porto"

21 de Fevereiro | 18h30 | Museu da Farmácia Porto*

 

Carlos Tê, escritor, Pedro Abrunhosa, músico e autor, e Aurora Pedro Pinto, administradora da Livraria Lello, são os convidados do Museu da Farmácia Porto, no próximo 21 de Fevereiro, Dia Internacional da Língua Materna.

 

Os três participantes vão dinamizar uma tertúlia cultural que tem como tema a cidade do Porto e vai decorrer no espaço recentemente renovado do Museu da Farmácia Porto. 

 

Perspetiva-se uma singular e aliciante conversa à volta dos livros e da literatura com a cidade do Porto, a sua história, geografia urbana e escritores em pano de fundo, enquanto fonte de inspiração e motor da criatividade artística.

 

A entrada é livre.

 

Evento no Facebook

 

Organização: Museu da Farmácia

 

Informações e reservas: Museu da Farmácia, tel.: 22 616 7995| museudafarmacia@anf.pt

 

*Rua Engº. Ferreira Dias, 728.

Grau Zero da Companhia ● Fevereiro ● Ballet Contemporâneo do Norte

   

e0cc1581-dfb2-4cd1-a704-3c446c387c64.jpg

 

 Fotografia de Susana Neves




Grau Zero da Companhia
SESSÃO #2 | 29 Janeiro 2020
Coreografia, Desempenho e Processo com
Joclécio Azevedo


 

Sala de ensaios do Cinetreatro António Lamoso
10h00- 12h30
Destinatários: Professores e amadores do espetáculo e outras artes; estudantes de artes; coletividades, associações e grupos
Inscrição gratuita e obrigatória: bcnproducao@gmail.com


 

Grau Zero da Companhia é um programa de formação para profissionais e amadores das artes performativas. O título, inspirado na obra seminal de Roland Barthes, precipita-nos para a abordagem à iniciação de técnicas que assistem à construção de uma companhia, existente, ou em formação. Os 8 laboratórios incidirão sobre funções e práticas que são centrais na atividade do BCN, e serão coordenados pelos seus colaboradores mais frequentes. O objetivo é questionar a ideia de "companhia" e assim antever estratégias para estarmos/trabalharmos juntos.

Sub-intitulado “Coreografia, desempenho e processo”, Joclécio Azevedo propõe um workshop de introdução ao processo coreográfico, onde os participantes serão incentivados a usar o corpo como ferramenta e como suporte para expor e combinar materiais coreográficos gerados a partir de práticas colaborativas. A coreografia será trabalhada enquanto prática emancipatória e abrangente, não limitada apenas à utilização da dança, mas integrando também a possibilidade de convocar o espaço, os objetos, a linguagem e o som enquanto elementos discursivos e performativos.

 

Joclécio Azevedo. Coreógrafo nascido no Brasil em 1969 e sediado no Porto desde 1990. Os seus trabalhos atravessam diferentes disciplinas artísticas, tendo-se dedicado mais intensamente à criação coreográfica a partir de 1999. Artista residente da Circular Associação Cultural em Vila do Conde a partir de 2012, coordenador do programa educativo da mesma associação desde 2018. Membro da direção plenária da GDA (Cooperativa de Gestão dos Direitos dos Artistas) e do Conselho de Curadores da Fundação GDA desde 2010. Desde 2013, participa regularmente como formador no FAICC – Formação Avançada em Interpretação e Criação Coreográfica da Companhia Instável. Em 2016 trabalhou como assistente convidado no Curso de Especialização em Performance na FBAUP. Colabora, desde 2016, com o grupo Sintoma – Performance, Investigação e Experimentação, orientado por Rita Castro Neves e desenvolvido pelo i2ADS Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto




Próxima sessões:
28 mar: Dramaturgia e Coreografia (Rogério Nuno Costa)
18 abril: Desenho de Luz (Daniel Oliveira)
30 maio: Fotografia de Cena (Miguel Refresco)

DESAFIA-TE sessão com Jorge Gonçalves

 

O Gabinete da Juventude de Santa Maria da Feira está a promover o início da nova edição do projeto "Desafia-TE", no qual o BCN é parceiro, em todas as escolas do concelho.

O Desafia-TE é um projeto de prevenção secundária na área educacional numa perspetiva comunitária e inclusiva, destinado a jovens que estudem no concelho, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos.

O objetivo deste projeto é dar a oportunidade aos jovens de participar num conjunto de atividades, dinamizadas por parceiros locais, que lhes permitam o desenvolvimento de competências transversais relevantes para o seu desenvolvimento pessoal, integração social e construção do projeto de vida.

 Nas sessões para o projecto Desafia-te, cada um dos participantes, a partir da exploração do seu movimento particular, irá desenvolver as suas capacidades criativas de acordo com estados físicos e emocionais a serem propostos. Através de metodologias coletivas, os participantes irão colaborar entre si para desenvolver ferramentas de análise e composição sobre o trabalho que irão realizar.

Sobre Jorge Gonçalves.
Como independente trabalha no âmbito das artes performativas como curador, coreógrafo, dramaturgo, produtor, performer e professor. Foi co-fundador e diretor artístico da estrutura de programação de artes performativas MEZZANINE (2009-2017) e da Obra Madrasta (2008-2011). É licenciado em Engenharia (FEUP, 2002), tem o Curso de Dança Contemporânea do Balleteatro (2005) e o mestrado em coreografia, DAS Choreography (AHK, 2014). Desde 2006 que tem vindo a produzir e a apresentar o seu trabalho artístico em Portugal, Alemanha, Áustria, Espanha e Holanda. 


 

Direção Artística Artistic Director: Susana Otero
Documentação e Artista Associado Documentation and Associated Artist: Rogério Nuno Costa
Produção Executiva Executive Producer: BCN
Designer Jani Nummela

O BCN é uma estrutura financiada e apoiada: