Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Estoril Sol lança nova edição do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luis

Está aberto o concurso para atribuição do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís que, este ano, realiza a sua 11ª edição. Recorde-se que, desde 2016, foi abolido do seu Regulamento o limite dos 35 anos de idade, cláusula que o Júri considerou estar a condicionar o aparecimento de novos valores. Instituída pela Estoril Sol, esta iniciativa de relevância cultural constitui, assim, uma oportunidade a não perder para todos candidatos a escritores. 

 

Com a extinção dessa norma considerada restritiva, a Estoril Sol vai ao encontro do desejo expresso por numerosos candidatos ao concurso, que estavam impossibilitados de nele participarem. Mantém-se, contudo, a obrigatoriedade do romance concorrente ser inédito, e de autor português, “sem qualquer obra publicada no género”. 

 

O Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís terá o valor de 10 mil euros e, nos termos do Regulamento, será publicado pela Editora Gradiva, conforme o protocolo existente com a Estoril Sol. O júri será presidido por Guilherme D `Oliveira Martins.

 

Recorde-se que, em 2017, o romance vencedor do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís foi “O Invisível”, de Rui Lage.

 

Ao eleger “O Invisível”, o júri considerou tratar-se de “um romance com notável fulgor imaginativo” no qual “a figura histórica de Fernando Pessoa é tornada personagem de romance e colocada no centro de uma trama de ficção muito original, que cruza criativamente referentes conhecidos da época e Cultura Pessoanas, particularmente a sua vertente ocultista e/ou esotérica”. 

 

Juntamente com o Prémio Literário Revelação, a Estoril Sol mantém o Prémio Literário Fernando Namora, instituído regularmente desde 1988, e a cujo Júri presidiu, durante vários anos, Agustina Bessa-Luís. 

Estoril Sol lança nova edição do Prémio Literário Fernando Namora

 

Fernando Namora 2.jpg

 

Com o desígnio de impulsionar as Letras portuguesas, a Estoril Sol relançou o Prémio Literário Fernando Namora. Trata-se da 21ª edição deste prestigiado galardão, cujo prazo de candidaturas se prolonga até 31 de Maio. O júri será presidido por Guilherme D `Oliveira Martins.

 

No valor de 15 mil euros, o Prémio Literário Fernando Namora destina-se a galardoar uma obra de ficção (romance ou novela), de autor português, editada em 2017, desde que o escritor não tenha sido premiado nas três edições anteriores. 

 

Com periodicidade anual, o Prémio Literário Fernando Namora ocupa um espaço único no panorama nacional. Ana Cristina Silva foi a vencedora no ano passado com o seu romance “A Noite Não É Eterna”.

 

Na acta, o Júri salientou o facto do romance vencedor ser “uma obra que se articula a partir da realidade social, política e humana das crianças romenas, e das suas famílias, no período da ditadura de Nicolae Ceausescu”. O Júri foi, ainda, sensível a “uma belíssima composição narrativa com linguagem sóbria e cuidada, que valoriza em particular a narrativa de um drama pungente, num quadro político sufocante e obsessivo. É uma história construída sobre os labirintos da tirania”.

 

Recorde-se que o Prémio Literário Fernando Namora, atribuído regularmente desde 1988, teve um Júri presidido, durante vários anos, por Agustina Bessa-Luís, que dá agora o seu nome ao Prémio Literário Revelação, também instituído pela Estoril Sol.

 

O Júri, além de Guilherme D`Oliveira Martins, que preside, em representação do CNC – Centro Nacional de Cultura, integra, ainda, José Manuel Mendes, pela Associação Portuguesa de Escritores; Maria Carlos Gil Loureiro, pela Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas; Manuel Frias Martins, pela Associação Portuguesa dos Críticos Literários; e, ainda, Maria Alzira Seixo e Liberto Cruz, convidados a título individual e Nuno Lima de Carvalho e Dinis de Abreu, em representação da Estoril Sol.

 

Recorde-se que, expira a 31 de Maio o prazo de recepção dos romances publicados para a 21ª edição do Prémio Literário Fernando Namora e das obras originais para a 11ª edição do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís.

Abertas Candidaturas ao Prémio Científico Mário Quartin Graça :: Casa da América Latina

headercientifico.jpg

 

 
A Casa da América Latina (CAL) convoca ao Prémio Científico Mário Quartin Graça com o propósito de distinguir teses de doutoramento realizadas em universidades de Portugal ou da América Latina, por investigadores portugueses ou latino-americanos, nas categorias de Ciências Sociais e Humanas, Tecnologias e Ciências Naturais e Ciências Económicas e Empresariais.
 
Formulário: https://goo.gl/DPj0ej
Regulamento: https://goo.gl/JNdYAC
Página oficial do prémio: https://goo.gl/ZKF9zw
 
As candidaturas devem ser enviadas para o email candidaturas@casamericalatina.pt.
Não serão tidas em conta candidaturas enviadas por correio. 

A FNAC dá asas a artistas promissores! Candidaturas até 9 de abril

Novos Talentos FNAC 2018.jpg

 

Novos Talentos FNAC 2018

 

  • Quatro categorias: Cinema, Escrita, Fotografia e Música
  • Inscrições gratuitas e online até 9 de abril 
  • Prémios: equipamentos de vídeo e fotografia, workshops para vencedores e divulgação e edição de trabalhos
  • João Canijo e Margarida Cardoso (Cinema); Pedro Mexia e João Tordo (Escrita); Mário Cruz (Fotografia); e Henrique Amaro (Música) são alguns dos jurados do concurso

 

A FNAC está à procura de Novos Talentos nacionais que se distingam nas áreas do cinema, escrita, fotografia e música. As inscrições são gratuitas e deverão ser submetidas até dia 9 de abril em formato digital. Os regulamentos e  informações sobre cada categoria estão disponíveis no site da FNAC https://www.fnac.pt/novostalentos.

 

No cinema, a candidatura requer uma curta-metragem de ficção ou animação com a duração máxima de 8 minutos; na Música, tem de ser apresentada uma faixa de uma música original; na Escrita procura-se um conto literário original inspirado num clássico da literatura nacional ou internacional; e na Fotografia um portefólio de fotografias.

Os premiados das categorias são revelados no fim de maio, na Gala de entrega de prémios, “Novos Talentos FNAC 2018”.

O programa Novos Talentos FNAC existe com a missão de promover os artistas nacionais e fomentar a criatividade e a cultura em Portugal. Convidamos todos os artistas promissores das áreas da fotografia, escrita, cinema e música a participarem neste programa que tanto nos orgulha e que conta com 15 anos de existência. Contamos com júris e parceiros conceituados dos vários quadrantes que nos ajudam nesta missão e vêm abrilhantar o programa”, explica Inês Condeço, Diretora de Comunicação da FNAC.

Para mais informações consulte os Regulamentos dos Concursos no site oficial: https://www.fnac.pt/novostalentos

 

Sobre as categorias:

 

Novo Talento FNAC Cinema 2018

  • Os concorrentes podem apresentar-se individualmente ou em grupo;
  • As candidaturas devem ser feitas na plataforma online: filmfreeway/NovoTalentoFNACCinema;
  • Os projetos apresentados a concurso podem ser curtas-metragens de ficção ou de animação, com a duração máxima de 8 minutos;
  • Os prémios são uma máquina Canon, a masterização da curta-metragem para Digital Cinema Package DCP e a edição da curta-metragem para distribuição comercial nas lojas FNAC;
  • O júri é composto por: Paulo Trancoso (presidente do júri e presidente da direção da Academia Portuguesa de Cinema), João Canijo (realizador), Paulo Viveiros (professor do departamento de cinema e artes dos Media da Universidade Lusófona) e Margarida Cardoso (realizadora);
  • A FNAC conta com a Canon, a Universidade Lusófona e a Academia Portuguesa de Cinema como parceiros e a revista Magazine HD como media partner.

Novo Talento FNAC Escrita 2018

  • As candidaturas são submetidas por e-mail: cultura@pt.fnac.com
  • Envio de um conto literário com o máximo de 3.000 palavras inspirado numa obra clássica da literatura nacional ou internacional;
  • O prémio consiste num workshop na escola de escrita criativa Escrever Escrever e na publicação de um livro com os contos vencedores;
  • O júri é composto por: Conceição Garcia (presidente do júri e diretora da Escrever, Escrever), Dulce Maria Cardoso (escritora), Isabel Lucas (jornalista e crítica literária), João Tordo (escritor), Pedro Mexia (poeta, cronista, crítico literário);
  • A FNAC conta com o apoio da escola de escrita criativa Escrever, Escrever.

Novo Talento FNAC Fotografia 2018

  • Para se inscreverem, os candidatos deverão fazê-lo através da plataforma online: filmfreeway.com/NovoTalentoFNACFotografia;
  • Os prémios  são uma máquina fotográfica e exposição dos trabalhos (vencedor e menções honrosas) nos fóruns FNAC; 
  • Os júri é composto por: Mário Cruz (presidente do júri, fotojornalista da Lusa e vencedor do World Press Photo 2016, categoria Assuntos Contemporâneos), Augusto Brázio (Fotógrafo), Francisco Feio (professor de fotografia) e Sérgio B. Gomes (jornalista do Público);
  • Este ano a FNAC conta com a Canon e o Instituto Português de Fotografia como parceiros e com a revista O Mundo da Fotografia como media partner.

Novo Talento FNAC Música 2018

  • Para a candidatura, as músicas dos participantes devem ser submetidas na plataforma de Passatempos do Facebook da FNAC Portugal;
  • Os jurados elegerão 4 faixas para integrar o CD Novos Talentos FNAC Música 2018 de todos os trabalhos a concurso, além das sugeridas pelo júri;
  • Das músicas escolhidas para os Novos Talentos 2018, o júri irá selecionar uma para ser premiada com um videoclipe, produzido por alunos da Universidade Lusófona;
  • O júri é composto por: Henrique Amaro (presidente do júri e radialista), Lia Pereira (jornalista), Luís Oliveira (radialista), Rui Miguel Abreu (jornalista);
  • A FNAC conta com o apoio da Universidade Lusófona para este projeto e da Antena 3 como Media Partner.

 

Atribuição do Grande Prémio de Literatura de Viagens Maria Ondina Braga

PAULO MOURA

VENCE A 1.ª EDIÇÃO DO

GRANDE PRÉMIO DE LITERATURA DE VIAGENS MARIA ONDINA BRAGA

APE/C.M. DE BRAGA

 

image007.jpg

 

 

Um júri, coordenado por José Manuel Mendes, constituído por António Mega Ferreira, Guilherme d’Oliveira Martins e Helena Vasconcelos atribuiu, por unanimidade, o Grande Prémio de Literatura de Viagens Maria Ondina Braga ao livro Extremo Ocidental – Uma Viagem de Moto pela Costa Portuguesa, de Caminha a Monte Gordo, de Paulo Moura (Elsinore).

 

Na acta o júri consta: “…Extremo Ocidental de Paulo Moura resulta pelas suas características singulares – a viagem como redescoberta do próprio país – e pela sobriedade encantatória da sua escrita.”

 

Nesta 1.ª edição da Grande Prémio de Literatura de Viagens Maria Ondina Braga, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores com o patrocínio da Câmara Municipal de Braga, concorreram, as obras saídas no ano de 2016, e a título excepcional, 2015.

 

O valor monetário deste Grande Prémio é, para o autor distinguido, de € 12.500,00.

 

A cerimónia de entrega do prémio será anunciada oportunamente.

 

Domingo, o cinema português reúne-se no Casino Estoril para os Prémios Sophia

25 de março no Casino Estoril

Domingo, o cinema português reúne-se no Casino Estoril para os Prémios Sophia

A grande gala do cinema português, os Prémios Sophia, acontece já este domingo, 25 de março, pela primeira vez no Casino Estoril. A cerimónia deste ano será novamente conduzida pela atriz e comediante Ana Bola e distinguirá os melhores de entre os melhores na 7ª arte nacional.

Além do filme “São Jorge” de Marco Martins, que lidera com 14 nomeações, 22 categorias, também os filmes “Al Berto”, “A Fábrica de Nada” “Peregrinação” e “Fátima” são concorrentes de peso às principais categorias.

A noite dará ainda oportunidade ao público de viver um grande espetáculo de música e cor e assistir, entre outros momentos, ao da entrega dos Prémios Carreira à caraterizadora Ana Lorena e ao realizador e jornalista Lauro António, ambos com um trabalho notável ao serviço do cinema português. Será ainda homenageado, com um prémio póstumo, o realizador de cinema de animação Artur Correia.

 

AGENDA

  • Cerimónia de entrega dos Prémios Sophia 2018
  • Casino Estoril, Av. Dr. Stanley Ho, 2765-190 Estoril
  • Domingo, 25 de março de 2018
  • Programa:

18h00 – Passadeira Vermelha

21h30 – Cerimónia de entrega dos Prémios Sophia

 

 

Creative Minds apoia comunicação dos projetos vencedores do Concurso Montepio Acredita Portugal

Vencedores serão conhecidos em maio

 

Creative Minds apoia comunicação dos projetos vencedores do Concurso Montepio Acredita Portugal

 

Os projetos vencedores do concurso Montepio Acredita Portugal, o maior concurso de empreendedorismo a nível nacional e segundo maior do Mundo, vão contar, pelo segundo ano consecutivo, com o apoio da Creative Minds nas áreas de assessoria de imprensa, clipping e relações públicas, essenciais ao desenvolvimento de cada uma das ideias de negócio.

A parceria entre a Acredita Portugal e a Creative Minds permite ainda aos projetos emergentes se desenvolverem com o apoio e know-how dos consultores de comunicação da Creative Minds. Aos vencedores do Concurso, a Creative Minds irá oferecer o serviço de clipping e assessoria durante os primeiros 6 meses, permitindo potenciar a sua ideia de negócio.

Paulo Domingues, CEO da Creative Minds, aborda a importância deste projeto, destacando sobretudo o empreendedorismo jovem: “A capacidade dos jovens proporem novas soluções ao mercado precisa de ser incentivada. É imperativo o apelo à criatividade e ao “querer fazer”, correr atrás de conhecimento e de soluções”, salienta.

A Creative Minds é também a agência responsável pela comunicação desta que é a 8.ª edição do Concurso Acredita Portugal.

No total, o concurso Montepio Acredita Portugal contou com 11.477 candidaturas submetidas. O maior número de projetos submetidos está relacionado com o Empreendedorismo Social (2.050 projetos), Tecnologia (1.073), Comércio (898), Restauração (645) e Indústria (635).

 

Decorre, neste momento, a terceira etapa, que diz respeito à fase de desenvolvimento do plano de marketing e distribuição de competências da equipa para cada ideia de negócio

 

A concurso estão mais de 500 mil euros em prémios.

 

O concurso promovido pela Acredita Portugal e pela Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) tem como objetivo apoiar ideias, projetos e negócios promissores de qualquer cidadão, independentemente da idade e do seu nível de formação. A participação permite o contacto direto entre candidatos e investidores, mentores e especialistas, assim como acesso a formação personalizada e a oportunidade de integrar um programa de pré-aceleração. 

      

O concurso Montepio Acredita Portugal conta com o apoio do software online DreamShaper, uma ferramenta pedagógica e interativa que permite transformar uma ideia num plano de negócio através de um processo simples, dividido em várias etapas, abordando oportunidades de negócio, testes de conceito e planos de marketing e financeiros.

 

Os 150 semifinalistas são selecionados a 7 de abril de 2017, e à fase seguinte passam apenas os 21 candidatos. A cerimónia de entrega de prémios acontece a 30 de maio. Além da CEMG, o concurso conta, entre outros, com parceiros como a Brisa, KCS iT, Creative Minds, SayU Consulting, Microsoft, Sage, 360 Imprimir e DNS.pt.

 

Mais informação e regulamento disponíveis em: www.acreditaportugal.pt  

Prémio Nortear: Prazo das candidaturas prolongado

 

4º Prémio Literário Nortear para Jovens Escritores

Prazo para apresentação de candidaturas prolongado

A Direção Regional de Cultura do Norte, o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal e a Consellería de Cultura, Educación Y Ordenación Universitaria, da Xunta de Galicia, entidades promotoras do Prémio Literário Nortear, prolongaram o prazo para a entrega de obras a concurso, da 4ª edição do Prémio Literário Nortear. Assim, os jovens poderão apresentar as suas candidaturas até ao próximo dia 29 de junho.

O Prémio Literário Nortear para Jovens Escritores tem como objetivos distinguir, anualmente, obras literárias originais; promover o aparecimento de novos escritores, incentivando a produção de obras inéditas no domínio da ficção; incentivar a criatividade literária entre os jovens escritores residentes na Euroregião Galiza - Norte de Portugal e promover a circulação e distribuição de obras literárias além-fronteiras.

Podem candidatar-se ao Prémio Nortear todas as pessoas singulares com plena capacidade jurídica, residentes na Euroregião Galiza - Norte de Portugal, com idades compreendidas entre os 16 e os 36 anos. As obras, escritas nas línguas portuguesa e galega, no género de relato curto/conto, devem ser enviadas, por correio postal, para o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galicia – Norte de Portugal.

A iniciativa é implementada com o apoio do Programa de Cooperação Interreg VA España-Portugal, sendo que o vencedor desta 4ª edição será conhecido no último trimestre do ano.

 

308 Candidaturas ao Prémio Brisa Mobilidade 2018

 

Concurso Montepio Acredita Portugal com mais de 500 mil euros em prémios

 

308 Candidaturas ao Prémio Brisa Mobilidade 2018

  

O Montepio Acredita Portugal, o maior concurso de empreendedorismo a nível nacional e segundo maior do Mundo, contou com um total de 11 477 candidaturas submetidas na sua edição deste ano.

 

O Prémio Brisa Mobilidade 2018, uma das várias categorias do Concurso Montepio Acredita Portugal, distingue projetos relacionado com serviços e/ou soluções tecnológicas que contribuam para melhorar a eficiência e a integração dos sistemas de mobilidade, ou para criar novas ofertas de mobilidade ou, ainda, que contribuam para um upgrade da conectividade dos sistemas de transportes, urbanos e não-urbanos, de passageiros e comerciais, nas perspetivas digital e comportamental.

 

O prazo para apresentação de candidaturas terminou no início de fevereiro, e momento está a decorrer a segunda etapa, que passa pela realização de testes de empatia e prototipagem, seguida da fase de desenvolvimento do plano de marketing para cada ideia de negócio.

 

Mais de 500 mil euros em prémios

 

A participação permite o contacto direto entre candidatos e especialistas e mentores, investidores, assim como o acesso a formação personalizada e a oportunidade de integrar um programa de pré-aceleração.   Os projetos selecionados pelo Prémio Brisa Mobilidade serão incubados pela Brisa e recebem apoio na fase Go To Market.

 

150 semifinalistas serão selecionados a 7 de abril de 2017, passando à fase seguinte apenas 21 finalistas.

 

O vencedor do Prémio Brisa Mobilidade 2018 será divulgado na Gala de Entrega de Prémios, a 30 de maio.

 

 

Mais informação e regulamento disponíveis em: www.acreditaportugal.pt  

Prémio Literário Joaquim Mestre

primage_21890.png.jpg

 

 

Cerimónia de Entrega do Prémio Literário Joaquim Mestre |10 fevereiro | 16h00 | Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago

No dia 10 fevereiro, pelas 16h00, a Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago recebe a Cerimónia de Entrega do Prémio Literário Joaquim Mestre.

Na sequência da 1.ª edição do Prémio Literário Joaquim Mestre, instituído pela ASSESTA - Associação de Escritores do Alentejo, em parceria com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e com o apoio da Câmara Municipal de Beja, as entidades promotoras divulgam, por ocasião do 2.º aniversário da ASSESTA, os resultados desta primeira edição, que contou um total de 22 textos originais recebidos para concurso.

O júri do Prémio apurou 14 trabalhos finalistas, tendo sido atribuídas as seguintes distinções: menção honrosa para os textos «A Mulher do Sargento Espanhol», da autoria de Rui Manuel Aragonez Marques, e «Alentejo, Alentejo», da autoria de Ivo Daniela Lima de Carmo e na categoria de texto vencedor do prémio «Um certo incerto Alentejo», da autoria de António José da Costa Neves.

O prémio é instituído com o objetivo de promover, defender e valorizar a Língua Portuguesa e a Identidade e Diversidade cultural da Região Alentejo, suas tradições, de promover e incentivar a Criação Literária nas modalidades de conto e romance, o gosto pela Leitura e pela Escrita e ainda, simultaneamente, homenagear o romancista e contista alentejano Joaquim Mestre.