Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Estreia / R.U.R. (Robots Universais Rossum)

 

O Teatro Estúdio Fontenova vai estrear no 31 de Outubro de 2019, às 21h30 no Fórum Municipal Luísa Todi em Setúbal, "R.U.R. (Robots Universais Rossum)".

R.U.R. (Robots Universais Rossum) é um aviso, uma visão, mas também uma esperança. Com o mundo prestes a entrar na 4ª revolução industrial a uma velocidade exponencial, a substituição do trabalho em larga escala por robots irá trazer novos desafios a toda a humanidade. R.U.R., apesar de ser um dos textos mais importantes na cultura do séc. XX, tem sido injustamente esquecido. O Teatro Estúdio Fontenova trá-lo à cena de forma profissional, pela primeira vez em Portugal, contribuindo desta forma para que encontre o seu lugar devido no plano literário e dramático contemporâneo.

Da mesma forma, o livro será lançado pela primeira vez em Portugal, pela editora não edições. O lançamento ocorrerá dia 1 de novembro, na Casa da Cultura - Sala José Afonso, pelas 17h00.

Informamos que o espectáculo vai estar, ainda, em cena Fórum Municipal Luísa Todi nos seguintes dias:

Dia 1 de Novembro (sexta-feira) às 21h30
Dia 2 de Novembro  (sábado) às 21h30
Dia 3 de Novembro  (domingo) às 17h


Ficha Artística e Técnica:

Autor: Karel Čapek | Encenação: José Maria Dias | Interpretação: André Moniz, Cirila Bossuet, Eduardo Dias, Fábio Nóbrega Vaz, Graziela Dias, Hugo Moreira, João Jacinto, Patrícia Paixão | Composição Musical do Coro: André Mota | Maestrina Coro: Markéta Chumová | Desenho de Luz: José Maria Dias | Cenografia e Imagem: José Manuel Castanheira | Sonosplatia: Emídio Buchinho | Figurinos: Zé Nova | Design de Comunicação, Fotografia, Vídeo e Operação Técnica: Leonardo Silva | Produção e Apoio à Dramaturgia: Patrícia Paixão | Execução de Figurinos: Gertrudes Félix | Coro:  Ana Correia, Bruna Correia, Carlos Rocha, Cassandra Silva, Constança Ahumada, Daniela Francisco, Daniela Patrocínio, Diana Lopes, Eva Caracol, Filipe Braz, Inês Monteiro Pires, João Peitaço, Kuka Bragança, Lúcia Mosca, Mafalda Santos, Marta Sofia, Nadine Maneta, Paula De Melo Cruz, Pedro Rocha, Raquel Conde, Sofia Silva

Estrutura Financiada por: República Portuguesa - Direção-Geral das Artes e Município de Setúbal

68ª Produção do Teatro Estúdio Fontenova
Duração aprox: 120 min.
Classificação: m/ 12

Reservas aqui
Bilhetes aqui

 

Outubro no Teatro Estúdio Fonte Nova

Circulação “Voz dos Pássaros” | Teatro - Cine Teatro de Torres Vedras

image001.png

 

Uma viagem poética e de descoberta, de inspiração sufi, que metaforicamente, através dos pássaros, representa as falhas e as realizações humanas.

Espectáculo poético e com uma beleza estética onde a performance dos atores, numa simbiose entre a plástica corporal, a luz, o ambiente sonoro, a palavra e a cenografia, nos transporta com simplicidade para uma viagem pelos “vales” dos sentimentos e das emoções, na incessante procura do nosso Simorgh.

Encenação: José Maria Dias | Interpretação: Eduardo Dias, Rafaela Bidarra e Rui Rosado (Músico) | Texto: A partir de Farid Ud-Din Attar | Tradução: Eduardo Dias e Patrícia Paixão | Apoio Dramatúrgico: Luísa Monteiro | Apoio à Criação em Residência Artística: UMCOLETIVO | Cenografia: Ricardo Guerreiro Campos | Figurinos: Zé Nova | Execução de figurinos: Gertrudes Félix e Zé Nova | Desenho de Imagem: Ricardo Guerreiro Campos | Design Gráfico de Imagem: João P. Nunes | Sonoplastia: Emídio Buchinho | Produção
Executiva
: Graziela Dias e Patrícia Paixão | Vídeo: Ivã Crispim | Fotografia: Ivã Crispim e Leonardo Silva | Uma co-produção Festival Internacional de Teatro de Setúbal – XIX Festa do Teatro

63ª Produção do Teatro Estúdio Fontenova

Duração aprox: 60 minutos – sem intervalo
Classificação: M/ 12

Estrutura Financiada por: República Portuguesa – Direção - Geral das Artes e Município de Setúbal

 

Estreia “RUR” a 31 de Outubro no Fórum Municipal Luísa Todi

image002.png

 

R.U.R. - Robots Universais Rossum

A celebrar 100 anos da sua publicação, nunca um texto se mostrou tão actual. R.U.R. (Robots Universais Rossum) é um aviso, uma visão, mas também uma
esperança. Com o mundo prestes a entrar na 4ª revolução industrial a uma velocidade exponencial, a substituição do trabalho em larga escala por robots irá trazer novos desafios a toda a humanidade.

R.U.R., apesar de ser um dos textos mais importantes na cultura do séc. XX, tem sido injustamente esquecido. O Teatro Estúdio Fontenova trá-lo à cena de
forma profissional, pela primeira vez em Portugal, contribuindo desta forma para que encontre o seu lugar devido no plano literário e dramático contemporâneo.

Ficha Artística e Técnica:
Autor: Karel Čapek | Encenação: José Maria Dias | Interpretação: André Moniz, Cirila Bossuet, Eduardo Dias, Fábio Nóbrega Vaz, Graziela Dias, Hugo Moreira, João Jacinto, Patrícia Pereira Paixão | Composição Musical do Coro: André Mota | Maestrina Coro: Marketa Chumová | Desenho de Luz: José Maria Dias | Cenografia e Imagem: José Manuel Castanheira | Sonosplatia: Emídio Buchinho | Figurinos: Zé Nova | Design de Comunicação, Fotografia, Vídeo e Operação Técnica: Leonardo Silva | Produção e Apoio à Dramaturgia: Patrícia Paixão | Execução de Figurinos: Gertrudes Félix

Estrutura Financiada por: República Portuguesa - Direção-Geral das Artes e Município de Setúbal

68ª Produção do Teatro Estúdio Fontenova
Duração aprox: 120 min.
Classificação: M/ 12

Reservas aqui

Bilhetes aqui

 

Percursos em Rede para a Inclusão Ativa: “Visita com memórias” à cidade de Setúbal

Casa_Baía.jpg.png

 

 

“Visita com memórias - Território Arrábida” é o título da viagem à exposição “O Calafate” e ao centro histórico de Setúbal, que se realiza a 20 de setembro, pelas 9h30.

 

Nesta atividade vai ser possível conhecer o Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, passear pelo típico Bairro do Troino e visitar a Casa da Baía, em Setúbal.

Esta é uma iniciativa destinada à população do concelho de Palmela com mais de 55 anos, que integra a operação Percursos em Rede para a Inclusão Ativa IDADE +.

 

A participação é gratuita, mediante inscrição prévia.

 

Recorde-se que os concelhos de Palmela, Sesimbra e Setúbal, que partilham a gestão da Arrábida, estão, desde de 29 de maio deste ano, unidos por uma marca comum, destinada a promover um conjunto alargado de projetos com forte impacto no desenvolvimento social, económico e ambiental da região.

 

“Território Arrábida – Património Partilhado” é a marca que unifica a política de implementação dos projetos intermunicipais, com áreas de atuação que vão da mobilidade urbana à inclusão social, passando pelo desenvolvimento do turismo sustentável.

 

Esta marca surge como um catalisador lógico da Declaração de Compromisso, documento firmado em 2017 para a concretização destes projetos e respetivas ações, candidatados a apoios comunitários e que, entretanto, já estão concluídos ou se encontram a decorrer.

 

Organização: Câmara Municipal de Palmela, com a parceria do Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal e da Associação de Municípios do Distrito de Setúbal

 

Informações e inscrições: 21 233 66 06

 

TEATRO DOS ALOÉS

 
 
TRISTEZAS E ALEGRIAS

1 de setembro - Fórum Luisa Todi (Setúbal) - 21h - XXI Festa Internacional do Teatro

19, 20 e 21 de setembro - Recreios da Amadora - 21h30
 
Sinopse: Duas mulheres encontram-se numa velha casa de uma pequena aldeia do Karoo depois do funeral de David, o homem que ambas amaram. Uma é a sua esposa. A outra é mãe da sua filha. David, que fora levado ao exílio por causa do seu activismo político contra o apartheid, reaparece nas memórias das mulheres como que registadas a ferro. Durante uma tarde de verdade e reconciliação, os pactos de amor são dolorosamente marcados. O novo confronta-se com o velho e o que é a esperança para estas pessoas é a esperança para uma nova África do Sul. Feita de monólogos, memórias e desabafos que saltam do presente para o passado e que por vezes são só reflexões, produzem um teatro de uma convenção menos comum entre nós e que nos tocou profundamente e constitui um desafio para a cena e uma dádiva útil e emocionada para a sala.
 
Ficha Artística e Técnica:
 
Texto: Athol Fugard | Tradução: Mick Greer e Graça Margarido | Encenação. José Peixoto | Interpretação: Ana Valentim; Elsa Valentim, Jorge Silva e Laurinda Chiungue | Cenografia: José Manuel Castanheira |  Figurinos: Maria Luiz | Música: Miguel Tapadas | Desenho de Luz: Tasso Adamopoulos | Fotografia: José Frade | Produção Executiva: Vanessa Pereira | Produção: Teatro dos Aloés | M/12
 
 
 

ed127772-d39a-458a-abe3-825c896b97a2.jpg

 

LOVERS - VENCEDORES

28 de setembro - Auditório Municipal António Chainho (Santiago do Cacém) - 21h30
 
Sinopse: Lovers , a peça que Brian Friel escreveu em 1967 é composta por dois textos: Winners e Losers (Vencedores e Vencidos).
A peça que nos propusemos fazer para o início de 2019, Vencedores, situa-se na Irlanda, 1966, num período de profundas alterações sociais e políticas. A Igreja Católica controla poderosamente todos os aspetos da vida irlandesa, em particular nas comunidades rurais. O divórcio, o aborto, a contracepção bem como o sexo antes do casamento são mal vistos. Meg estuda num colégio de freiras, Joe estuda num colégio dirigido por padres. Meg está grávida, tem 17 anos. Joe tem 17 anos e meio. Querem casar-se. Têm sonhos e esperanças, estão apaixonados. São os vencedores, cheios de promessas e esperança.
 
Ficha Artística e Técnica:
 
Texto: Brian Friel | Tradução: Mick Greer e Graça Margarido | Encenação: Jorge Silva | Interpretação: Elsa Valentim, Carlos Malvarez, Jorge Silva e Raquel Oliveira | Cenografia: Rui Francisco | Figurinos: Maria Luiz | Desenho de luz: Tasso Adamopoulos |  Música: Rui Rebelo | Fotografia: Ricardo Vaz | Design Gráfico: Beatriz Freitas - MGAgentia | Produção Executiva: Vanessa Pereira | Produção: Teatro dos Aloés | M/12
 
 

141be86d-6451-4f21-a0fc-42940288c5da.jpg

 

 
BREVEMENTE
7 a 30 Outubro - Curso de Iniciação ao Trabalho do Actor | Formador: José Peixoto 
 

Raquel Tavares anima Feira de Sant’Iago

Evento com mais de quatro séculos arranca este sábado. Raquel Tavares anima noite de 23.

É já este sábado que começa mais uma edição da Feira de Sant’Iago, em Setúbal. O certame, que tem uma história com mais de quatro séculos, é já uma paragem obrigatória para os amantes das festas de verão.

Ao longo de duas semanas, os portugueses podem assistir a 32 concertos, showcookings com chefs nacionais e internacionais, provas de vinhos, exposições de automóveis, um espaço dedicado à tecnologia e uma feira de artesanato. Destaque também para a roda gigante, a quinta pedagógica, o super slide, uma zona de adoção de animais, picadeiro, pista de BMX, experiências interativas e feira do livro.

No dia 23, Raquel Tavares é a grande cabeça de cartaz. A artista, considerada uma das mais importantes e consistentes vozes do Fado contemporâneo, promete encantar o público com o seu incrível timbre e genuinidade. A assistir à sua performance terá na primeira fila os amigos Hêrnani Carvalho e Rita, Dr. Pedro Ferreira Lopes, Dr. Ricardo Serrano Vieira e Filipa, Cleo Malulo e Sara Esteves Cardoso.

5ae8d31c-3b35-406f-958a-21750015a545.jpg

 

 

A Feira de Sant’Iago começa no dia 20 de julho e vai até 4 de agosto. O recinto funciona de segunda a quinta-feira, das 18h00 à uma da manhã, sexta-feira, entre as 18h00 e as duas da manhã, sábado, das 16h00 às duas da manhã e domingo, das 16h00 à uma da manhã. A entrada é livre.

Website: https://www.feiradesantiago.pt/inicio

FITS - XXI Festa do Teatro

image002.jpg

 

OPEN CALL 2019

A Câmara Municipal de Setúbal e o Teatro Estúdio Fontenova comemoram este ano a 21ª edição do Festival Internacional de Teatro de Setúbal.

Sendo o Mimo a imagem do festival e para comemorar mais um ano de Festa do Teatro, lançamos este desafio a todos os que têm acompanhado de perto este certame. É uma ovação ao percurso que todos, em conjunto, temos feito por esta cidade e pelo teatro.

O maior encontro de Mimos acontece no dia 2 de Agosto, pelas 19h, na Praça de Bocage.

Vai ao fundo do baú, escolhe os melhores acessórios e traz-nos o teu melhor mimo!

Cara pintada, um jogo entre riscas, preto e branco, cartola, e a festa começa.

Vamos transformar a Praça de Bocage na mais mimada do país!

 

FITS - XXI Festa do Teatro

image002.jpg

 

Ontem, dia 11 de Julho fizemos  a nossa apresentação do Programa do Festival Internacional de Teatro de Setúbal na Casa da Baía, onde esteve presente a Sra. Presidente da Câmara Municipal de Setúbal Dra. Maria das Dores Meira e o Sr. Vereador da Cultura Dr. Pedro Pina entre, entre vários órgãos de comunicação social de imprensa e algum do nosso público que também fizeram questão em estar.

A edição de este ano do FITS – XXI Festa do teatro vai ter companhias de Portugal, Brasil, Espanha, República Checa, Chile, e França.

 

Uma mostra de curtas; conversas de teatro; duas exposições (uma de fotografia e outra de ilustração); 3 actividades paralelas e um Seminário Intensivo – O Corpo Dramático ministrado pelo actor Chileno Ricardo Gaete,  Director, Actor e Mimo Contemporâneo formado pela International School of Dramatic Corporeal Mime, em Londres.

 

40 actividades, onde incluímos 2 estreias (uma delas do TEF). 

SETÚBAL EM FESTA

Animação, música e estabelecimentos comerciais abertos até à meia-noite marcam iniciativa ‘Noite Azul’.

df4190c6-db70-4ae9-bd0d-25d1ad910488.jpg

 

É já no dia 6 de julho que a festa chega a Setúbal. Entre a 18h00 e as 00h00, a cidade volta a encher-se de música e animação para dar as boas-vindas à ‘Noite Azul’. A iniciativa, promovida pela Câmara Municipal de Setúbal, tem como objetivo dinamizar o Centro Histórico e a frente ribeirinha da cidade.

Animações de rua, pinturas glow, exibições de ginástica e estabelecimentos comerciais abertos até à meia-noite são algumas das atividades que o público pode esperar.

Um grupo de figuras públicas vai também participar nesta iniciativa. Daniela Correia, companheira de Toy, faz uma girls night out, antecipando as compras para o casamento, marcado para 22 de setembro, em Palmela.

Dave Hacke, Daniela Guilherme, Heitor Lourenço, Duarte Siopa, Madjer e Lynn também estarão presentes na ‘Noite Azul’, que conta com Maya e Sara Esteves Cardoso como relações públicas.

A música do evento fica a cargo de vários Djs. Para a grande noite, o público é convidado a vestir uma peça de roupa azul.

O ponto de encontro para a imprensa está marcado para as 19h00, na Praça de Bocage. A Vereadora Eugénia Silveira também estará presente.

MAPS - Mostra de Artes Performativas em Setúbal | 11 a 18 de julho

A primeira edição da MAPS – Mostra de Artes Performativas em Setúbal, organizada pela Câmara Municipal, proporciona uma dezena de espetáculos de diferentes expressões artísticas em vários locais da cidade, entre os dias 11 e 18 de julho.

 


A MAPS é composta por performances de múltiplas manifestações artísticas, gratuitas, à exceção do espetáculo de abertura, dirigidas a vários públicos, em que a liberdade, a igualdade e questões de género, o consumo, o trabalho, a ocupação dos “não lugares” e a corporalidade constituem alguns dos principais temas.

Aos performers é concedida liberdade de criação, através do estímulo ao diálogo interdisciplinar e à interação com o público num espaço comum e, nalguns casos, não-convencional do centro histórico da cidade.

O certame visa promover a interação, a fruição e a valorização do património através da apresentação de espetáculos que fomentam o acesso às artes, que asseguram a diversificação, a descentralização e a difusão da criação artística e incentivam a captação de diferentes públicos.

O programa tem início no dia 11, às 22h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, com “A Meio da Noite”, pela Companhia Olga Roriz, o único espetáculo pago da MAPS, com bilhetes a nove euros para a plateia e sete para o balcão, que é uma profunda homenagem a Ingmar Bergman, aos atores dos seus filmes e aos intérpretes da Companhia Olga Roriz.

A MAPS prossegue a 12 de julho, às 22h00, na Praça de Bocage, com o “Baile dos Candeeiros”, intervenção artística pela Companhia Radar 360º que parte de um conceito de instalação plástica, associado a uma composição coreográfica do movimento dos corpos no espaço e da luz como cenário visual vivo.

O evento procura, igualmente, enaltecer o trabalho de artistas e criativos setubalenses, nomeadamente Inês Oliveira, Graça Ochoa, Rita Vilhena, Catarina Mota, Ricardo Mondim e os músicos que integram o projeto Um Corpo Estranho.

No dia, 13, no Armazém de Papéis do Sado, às 22h00, Telma João Santos interpreta a performance “Perfect landscape – to let your (S)hit flows” e, meia hora depois, no mesmo local, a Companhia Erva Daninha apresenta o espetáculo de circo contemporâneo “E-nxada”, que remete para a ruralidade, a sua desconstrução e o imaginário sob um ponto de vista urbano e contemporâneo.

A 14, dia dedicado aos mais novos, Catarina Mota anima o Jardim do Bonfim, às 11h00, e o Pátio do Dimas, na Casa da Cultura, às 16h00 com “Heart of a Clown”. Também na Casa da Cultura, mas na Sala José Afonso, a partir das 17h30, há “Sopa de Jerimu”, performance cénica com Graça Ochoa, da Companhia Circolando.

No dia seguinte, 15, às 22h00, a bailarina Inês Oliveira interpreta “The Fall” e, meia hora depois, realiza-se o espetáculo multidisciplinar “Homem Delírio”, pela Companhia Passos e Compassos e acompanhado pela música da dupla setubalense Um Corpo Estranho. O local será revelado em breve.

A performance de dança “#Vibra#Dor#”, de Rita Vilhena, sobe ao palco do auditório da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, nos dias 16 e 17, às 22h00.

A MAPS encerra a 18, às 22h00, na Praça de Bocage, com “Insomnio”, espetáculo multidisciplinar de teatro físico, acrobacia aérea, vídeo e música, pela Companhia Teatro do Mar, em que uma cama gigante é o palco que dá lugar a uma linguagem poética e sensitiva, debruçando-nos sobre o sono e o sonho.

Teatro Estúdio Fonte Nova

FERNANDO LOPES-GRAÇA / MAESTRO DE ABRIL

Trimestralmente, apresentamos na Casa da Cultura performances ou leituras
encenadas de textos importantes da dramaturgia nacional e internacional.
Nesta sessão, Eduardo Dias e Micaela Castanheira contarão e cantarão a obra
de Fernando, nascido a 17 de Dezembro de 1906 em Tomar; de Lopes,
compositor, ensaísta, resistente; e de Graça, pedagogo dos sinónimos de
Revolução e Liberdade. Com inspiração na obra “A canção popular portuguesa
em Fernando Lopes-Graça” de Alexandre Branco Weffort e as “Canções
Heróicas”, esta leitura encenada, direcção artística de José Maria Dias e
vídeo Mapping de Leonardo Silva, reaviva-nos a memória sobre algum do vasto
repertório do maestro e a sua relevância na história e cultura Portuguesa.
Integramos assim o ciclo DUPLICIDADES, iniciativa da Casa da Cultura, cuja
segunda parte da sessão incluirá também Renato Sousa, com “Melodias do
Zeca”, onde o guitarrista revisita algumas das melodias mais emblemáticas da
carreira de José Afonso com arranjos influenciados por vários estilos.

Onde: Salão Nobre e Sala José Afonso - Casa da Cultura
Quando: 21 de Junho às 22h00
Quanto: 4€
Reservas: casacultura@mun-setubal.pt | 265 236 168

O Festival Internacional de Teatro de Setúbal – XXI Festa do Teatro está
quase a chegar e este ano vamos ter companhias de vários países, para além
de Portugal, Espanha, Chile, França, República Checa e Brasil.
de 22 de Agosto a 1 de Setembro a festa faz-se!   

SEMINÁRIO INTENSIVO – O CORPO DRAMÁTICO DE 21 A 24 DE AGOSTO / Integrado no
FITS – XXI Festa do Teatro – Inscrições abertas

 

Com os olhos postos no horizonte do nosso Festival Internacional de Teatro
de Setúbal – XXI Festa do Teatro divulgamos um dos destaques da programação,
à semelhança de anos anteriores incluímos uma oferta formativa, neste caso
um seminário intensivo (prático) “O CORPO DRÁMÁTICO”, com Ricardo Gaete
(Chile).

Corpo Dramático: O workshop intensivo pertence ao circuito nacional e
internacional que a companhia Escena Física realiza em festivais nacionais e
internacionais complementando as áreas de criação e educação que tem como
objectivo aproximar a possibilidade de transmissão de arte corporal cénica
que Ricardo Gaete estudou por 8 anos com os mais importantes professores
nível mundial de Mimodrama e BodyTheater. Através dos módulos, o workshop
permitirá que os participantes experimentem e adquiram as bases que o mundo
em cena gera com uma gramática corporal cuja herança justifica o corpo do
actor em palco.

Ricardo Gaete: Director, Actor e Mimo Contemporâneo formado pela
International Schoolof Dramatic Corporeal Mime, em Londres. Com várias
formações, ainda, em França, Argentina, Inglaterra e Itália, estudou com
mestres de renome mundial em Mimodrama e Teatro Corporal, como Marcel
Marceau, Angel Elizondo, Corinne Soum, Steven Wasson e Yves Lebreton. Desde
1997, aventurou-se no teatro, circo, televisão e cinema no seu país e no
estrangeiro.

Módulo I: A presença corporal-enérgica: Estudo de verbos "Ser", e "Estar"
pelos elementos do corpo de energia de Yves Lebreton, possibilidades
geométricas e presença corporal no espaço do palco.

Módulo II: O corpo como uma questão de criação: Estudo do verbo "Fazer" das
bio-acções cénicas juntamente com trabalho e controlo de peso, contrapesos,
tónus muscular e sequências de acções e microacções

Módulo III: O Corpo, a sua Gramática e Poética: Estudo da articulação de
acções e microacções como bases de uma dramaturgia para o actor. As suas
tensões, distensões, esforços e dínamo-ritmos na construção de um quadro do
corpo em acção.

Módulos IV & V: O corpo no palco: Estudo das categorias ou estados corporais
de acção, desenvolvidos desde o início de EtienneDecroux: Desporto, sonho e
estátuas móveis. Cada um representa o corpo, a sua presença e categorias de
esforços, contrapesos e comportamento psicofísico no palco.

Local: Escola Secundária Sebastião da Gama
Data e Horários: 21 a 24 de Agosto das 10h00 - 14h00
Duração Total: 16h
Valor: Dependente do número de participantes (min. 90€ / máx. 150€)
Informações e Inscrições: 92 771 83 86 (disp. Whatsapp) e
teatroestudiofontenova@gmail.com

*Entregaremos certificado de participação mediante participação na
totalidade do curso.

O Teatro Estúdio Fontenova é uma estrutura financiada por: República
Portuguesa – Cultura / DGARTES – Direção-Geral das Artes e Câmara Municipal
de Setúbal.

Teatro Estúdio Fontenova
Rua Doutor Sousa Gomes, 11 2900-188 SETÚBAL
265 233 299
92 771 83 86 | 96 733 01 88 | 96 686 14 76
www.teatroestudiofontenova.com 
www.facebook.com/teatroestudiofontenova
https://www.facebook.com/FestivalTeatroSetubal/
<https://www.facebook.com/FestivalTeatroSetubal/>