Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

CAMINHOS DO FERRO RECEBEU MAIS DE 6000 VISITANTES E MUITA FESTA

 

O Caminhos do Ferro - programa integrado no Caminhos do Médio Tejo 2018, organizado pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e dos 13 municípios que a constituem – recebeu mais de 6000 pessoas, durante seis dias - 13, 14 e 15 e 20, 21 e 22 de abril – em 45 atuações, entre concertos, teatro, espetáculos de dança e novo circo, em Abrantes, Constância, Entroncamento, Mação, Vila Nova da Barquinha e Tomar.

Castello_Branco_2018-04-21 12.07.38 1_preview.jpeg

 

Segundo a organização, tratou-se de uma excelente experiência, verificando-se a presença de públicos muito distintos, convívio entre diferentes gerações, salas cheias, cinco espetáculos em sala lotados, percursos concorridos e ruas animadas, ao mesmo tempo que se verificou uma oferta cultural transversal em diferentes cidades e vilas.

Romeu&Julieta_Teatro_Praga_2018-04-23 02.27.02 1_p

 

Relativamente ao ano passado, na primeira edição do Caminhos do Médio Tejo, verificou-se um aumento de público, havendo ainda uma menor concentração de espetáculos ao mesmo tempo, alargando a oferta e a possibilidade de mais pessoas verem mais espetáculos.

 

O Caminhos do Médio Tejo está de volta, com o Caminhos da Água, em Julho – nos fins-de-semana de 13 a 15 e de 19 a 22 - com diversos espetáculos em Abrantes, Alcanena, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Sertã, Torres Novas e Vila de Rei.

Em Outubro, tem lugar o Caminhos da Pedra, nos fins-de-semana de 12 a 14 e de 18 a 21 – no Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

Arte Pública Fundação EDP | Vhils homenageia oleiros com Arte Pública

índice.jpg

 

 

Alexandre Farto, aka Vhils, acaba de deixar a sua marca em Vila Nova da Barquinha, na freguesia da Atalaia. Vhils realizou uma intervenção artística em homenagem aos oleiros, uma profissão com grande expressão naquela vila.

 

A obra, feita na parede de um posto de transformação da EDP Distribuição com cerca de 7 metros de altura por 5 de largura, surge integrada no ARTEJO, um projeto artístico com a comunidade, promovido em parceria com o Programa Arte Pública Fundação EDP e a Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha.

 

O projeto de Vhils foi previamente apresentado em assembleias comunitárias que contaram com a participação da população local. O trabalho retrata João Caetano, o último dos oleiros de Atalaia, a moldar o barro na sua roda manual, num processo completamente artesanal. A intervenção tem como base um registo fotográfico datado de 2008, da autoria de Pérsio Basso, fotógrafo da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha.

 

Esta é a primeira de um conjunto de 10 intervenções artísticas que serão feitas nas quatro freguesias do concelho – Atalaia, Praia do Ribatejo, Tancos e Vila Nova da Barquinha. A par de Vhils, participam no projeto os artistas Manuel João Vieira, Violant e Carlos Vicente. O trabalho dos artistas dará forma a um roteiro de arte pública, que integrará as 11 esculturas do Parque de Escultura Contemporânea Almourol, desenvolvido também em parceria com a Fundação EDP e com curadoria de João Pinharanda.

CAMINHOS DO FERRO chega em abril para dinamizar culturalmente o Médio Tejo.

1decf12d-8a51-4585-b27f-2b477167a369.jpg

 

 

De 13-15 a 20-22 de abril, o Caminhos do Ferro inaugura o programa cultural em rede - Caminhos -  deste ano, com programação gratuita a decorrer em Abrantes, Constância, Entroncamento, Mação, Tomar e Vila Nova da Barquinha.

O Caminhos do Ferro está a chegar e durante seis dias em seis concelhos, de 13 a 15 e 20 a 22  de abril, a animação tem já datas e horas marcadas para as suas paragens. Grandes e icónicos nomes das música portuguesa mas também brasileira vão caminhar pelo Médio Tejo, em Abrantes, Constância, Entroncamento, Mação, Tomar e Vila Nova da Barquinha. O novo circo está igualmente presente, lado a lado com teatro, dança e percursos, com projetos nacionais e internacionais.

Na música a oferta é diversificada. Às vozes e ritmos intemporais de Hélder Moutinho (Entroncamento) Teresa Salgueiro (Abrantes), Pedro Jóia (Vila Nova da Barquinha) e Gaiteiros de Lisboa (Tomar) juntam-se projetos de Daniel Pereira Cristo (Mação), Bruno Pernadas (Constância) Sopa de Pedra (Vila Nova da Barquinha) ou a revelação brasileira, Castello Branco (Constância e Mação).

Ligados pelo Ferro, pelos caminhos de ferro, vão estar ainda Dragonologia, um projeto da Cia EZ que viajará por todos os concelhos, invadindo ruas, praças e escolas. O novo circo estará representado por Shakti Olaizola (ES) e o seu espetáculo “Irakurriz”, bem como pelo internacionalmente premiado “Ekilibuá” da Cia Maintomano (ES).

De França chega-nos “Le Chant des Pavillons” da La Fausse Cie e de Espanha chega-nos “Big Dancers” da Cia El Carromato.

Um dos espetáculos de dança mais aclamados pela crítica portuguesa e internacional tem paragem em Tomar. “Hu(r)mano”, de Marco da Silva Ferreira brinda o Médio Tejo na primeira noite do segundo fim de semana dos Caminhos do Ferro.

A programação é gratuita, vasta e para todos os públicos. Até bebés. “Baloiçar”, da Quinto Palco, abre as suas portas duas vezes no Entroncamento e para o público adolescente e suas famílias há uma versão gastronómica da intemporal peça “Romeu e Julieta”, pelo Teatro Praga.

Os percursos artísticos têm nos olhares de João Bento (Entroncamento), Marina Palácio (Constância), Lara Soares (Vila Nova da Barquinha) e Ana Bento (Mação) a criação de algo especial, de uma experiência identitária que cada um dos artistas absorve durante as suas estadias nos territórios.
Nos Caminhos do Ferro os artistas viajantes vão atuar em Igrejas, Praças, Teatros, Auditórios, ruas, largos e… numa piscina. É isso que vai acontecer nas Piscinas Municipais do Entroncamento com um live act de João Bento.


ITINERÁRIO
13 ABR (6ª)

11:00 Dragonologia (EZ) - Escola D.Maria II/ VN Barquinha – teatro de rua
15:00 Lara Soares - Exterior Centro Cultural / VNBarquinha - percurso
17:00 Ana Bento – Lg dos Combatentes / Mação - percurso
18:00 Dragonologia (EZ) – Rua Luís Falcão / Entroncamento – teatro de rua
21:00 Irakurriz (Shakti Olaizola) – Centro Cultural /VN Barquinha – novo circo
22:30 Hélder Moutinho – Centro Cultural /Entroncamento – música
 
14 ABR (Sáb)
11:00 Dragonologia (EZ) – Centro histórico / Abrantes – teatro de rua
15:00 Lara Soares - Exterior Centro Cultural / VNBarquinha - percurso
          Dragonologia (EZ) – Centro histórico / Abrantes – teatro de rua
17:00 Ana Bento – Lg dos Combatentes / Mação - percurso
21:00 Ekilibuá (Maintomano) – Pç Salgueiro Maia / Entroncamento – novo circo
21:30 Daniel Pereira Cristo – Auditório do CC Elvino Pereira / Mação – música
22:00 Pedro Jóia – Igreja de Atalaia / VN Barquinha – música
 
15 ABR (Dom)
11:00 Lara Soares - Exterior Centro Cultural /VN Barquinha - percurso
15:00 Lara Soares - Exterior Centro Cultural / VN Barquinha - percurso
16:00 Ana Bento – Lg dos Combatentes / Mação - percurso
18:00 Sopa de Pedra – Igreja Matriz de Tancos / VN Barquinha – música
21:30 Teresa Salgueiro – Pç Raimundo Soares / Abrantes – música
 
*
 
20 ABR (6ª)
09:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
11:00 Dragonologia (EZ) - Parque Ambiental Sta. Margarida / Constância – teatro de rua
          João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
14:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
15:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais/ Entroncamento - percurso                      
          Dragonologia (EZ) – Lg dos Combatentes / Mação – teatro de rua
21:30 Hu(r)mano (Marco da Silva Ferreira) - Cine-teatro Paraíso / Tomar - dança
          Castello Branco - Auditório do Centro de Ciência Viva / Constância – música
          Big Dancers (El Carromato) – Pç Barão da Batalha / Abrantes – teatro de rua
 
 
21 ABR (Sáb)
11:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
          João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
          Dragonologia (EZ) - Parque Infantil / Tomar – teatro de rua
15:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
          Dragonologia (EZ) – Corredoura / Tomar – teatro de rua
17:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
18:00 Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) - Pç Alexandre Herculano / Constância – música
21:30 Bruno Pernadas  - Auditório do Centro de Ciência Viva / Constância – música
          João Bento Live Act – Piscinas Municipais / Entroncamento – música
          Castello Branco - Auditório do CC Elvino Pereira/ Mação – música
          Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) – Corredoura / Tomar – música
22:30 Big Dancers (El Carromato) – Corredoura / Tomar – teatro de rua

22 ABR (Dom)
10:00 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural / Entroncamento – teatro para bebés
11:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
11h30 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural / Entroncamento – teatro para bebés
15:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
16:00 Romeu & Julieta (Teatro Praga) - Casa do Povo de Montalvo / Constância - teatro
21:30 Gaiteiros de Lisboa - Pç. da República / Tomar – música

Muitos visitantes e salas cheias no primeiro fim-de-semana do Caminhos do Ferro + Programa do próximo fim-de-semana (20, 21, 22 abril)

1decf12d-8a51-4585-b27f-2b477167a369.jpg

 

MUITOS VISITANTES E SALAS CHEIAS
NO PRIMEIRO FIM DE SEMANA DO CAMINHOS DO FERRO

Fique a conhecer o que ainda pode ver neste fim-de-semana (20, 21, 22 abril)
 

O fim de semana que passou (13 a 15 de abril) deu início à programação do ciclo Caminhos do Ferro que terá continuidade esta semana (sexta, sábado e domingo - 20 a 22 de abril). Esta iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e dos municípios que a constituem trouxe uma nova dinâmica à região com 18 atuações nas áreas da música (5 concertos), teatro de rua (4 atuações), novo circo (2 espetáculos) e percursos (7 percursos artísticos) que neste fim de semana aconteceram em Abrantes, Entroncamento, Mação e Vila Nova da Barquinha.

A organização fez um balanço bastante positivo deste primeiro momento que contou com salas cheias, praças e ruas animadas e percursos muito concorridos, com alguns milhares de visitantes a usufruírem do programa proposto. A dinâmica foi muito positiva, houve salas lotadas, igrejas cheias, alguns espetáculos esgotados e boa recepção por parte do público.

A programação é retomada já na próxima 6ªfeira (dia 20) e decorrerá até domingo (dia 22), com 27 actuações durante os 3 dias, desta vez nos municípios de Abrantes, Constância, Entroncamento, Mação e Tomar. 

Aqui juntamos as atividades e os espetáculos que fazem parte do programa do próximo fim de semana:
 

20 ABR (6ª)
09:00 Marina Palácio - Praça Alexandre Herculano / Constância - percurso
11:00 Dragonologia (EZ) - Parque Ambiental Sta. Margarida / Constância – teatro de rua
12:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
14:00 Marina Palácio - Praça Alexandre Herculano / Constância - percurso
14:40 João Bento - Exterior Piscinas Municipais/ Entroncamento - percurso                      
15:00 Dragonologia (EZ) – Largo dos Combatentes / Mação – teatro de rua
21:30 Hu(r)mano (Marco da Silva Ferreira) - Cine-teatro Paraíso / Tomar - dança
21:30 Castello Branco - Auditório do Centro de Ciência Viva / Constância – música
21:30 Big Dancers (El Carromato) – Praça Barão da Batalha / Abrantes – teatro de rua

21 ABR (Sáb)
11:00 Marina Palácio - Praça Alexandre Herculano / Constância - percurso
11:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
11:00 Dragonologia (EZ) - Parque Infantil / Tomar – teatro de rua
15:00 Marina Palácio - Praça Alexandre Herculano / Constância - percurso
15:00 Dragonologia (EZ) – Corredoura / Tomar – teatro de rua
17:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
18:00 Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) - Praça Alexandre Herculano / Constância – música
21:30 Bruno Pernadas  - Auditório do Centro Ciência Viva / Constância – música
21:30 João Bento Live Act – Piscinas Municipais / Entroncamento – música
21:30 Castello Branco - Auditório do CC Elvino Pereira/ Mação – música
21:30 Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) – Corredoura / Tomar – música
22:30 Big Dancers (El Carromato) – Corredoura / Tomar – teatro de rua

22 ABR (Dom)
10:00 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural / Entroncamento – teatro para bebés
11:00 Marina Palácio - Praça Alexandre Herculano / Constância - percurso
11h30 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural / Entroncamento – teatro para bebés
15:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
16:00 Romeu & Julieta (Teatro Praga) - Casa do Povo de Montalvo / Constância - teatro
21:30 Gaiteiros de Lisboa - Praça da República / Tomar – música

Links:
www.facebook.com/redeculturalcaminhos
www.caminhos.mediotejo.pt

Cidades, vilas e locais a descobrir durante o Caminhos do Ferro

1decf12d-8a51-4585-b27f-2b477167a369.jpg

 

 

 

O Caminhos - programa cultural que acontece nos municípios do Médio Tejo - apresenta-se anualmente em três momentos, unidos pelas redes viárias da região. Em Abril, o programa acompanha as linhas ferroviárias através do CAMINHOS DO FERRO; em Julho, segue os cursos dos rios, ao ritmo do CAMINHOS DA ÁGUA e, em Outubro, percorre as estradas para assistir ao CAMINHOS DA PEDRA.

Esta iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e dos seus municípios, é também um ponto de encontro. Um encontro dos artistas com as comunidades, dos residentes com os vizinhos ou outros visitantes, da arte com o entretenimento, da cultura com a paisagem natural. E, assim, surge como um convite à descoberta destes concelhos e da sua diversidade, agora enriquecida por um programa cultural que amplia a experiência de quem os visita.

O Caminhos do Ferro - que acontece já de 13 a 15 e de 20 a 22 de abril- leva ao Médio Tejo o melhor que temos no país na música, no teatro e na dança. Mas também o que de melhor se cria, em outros países, como Brasil, Espanha ou França, com circo contemporâneo e música em português adocicado. Serão dois fins-de-semana repletos de propostas imperdíveis, todas gratuitas, que ampliarão a experiência de quem aceitar o desafio desta escapadinha.

Em abril, como de resto durante todo o ano, há monumentos nacionais em ilhas fluviais, como é o caso do Castelo de Almourol. Em Vila Nova da Barquinha há ainda gastronomia do rio reconhecida pela sua qualidade. Há uma Igreja Matriz em Atalaia, há um Parque de Escultura Contemporânea que convida ao fruir da natureza e do Tejo e há Pedro Jóia, Sopa de Pedra e muito mais para engrandecer a sua visita durante o primeiro fim-de-semana.

Constância é uma vila que, todos os dias, observa em silêncio o abraço de dois rios, o Tejo e o Zêzere. As ruas apertadas também fazem parte do charme desta vila que é um reconhecido pedaço de paraíso à beira rios plantado. Constância vai ter dragão com borboletas no Borboletário Tropical de Santa Margarida mas também Bruno Pernadas junto às estrelas e Shakespeare com um Romeu e Julieta cheio de doçura. E mais, muito mais.

No Entroncamento é impossível escapar aos caminhos de ferro. A voz que anuncia as viagens, diretamente da estação, ecoa por grande parte da cidade. É no Entroncamento que está sediado o Museu Nacional Ferroviário, uma verdadeira viagem de comboio feita ao rimo do passo de quem o visita. Hélder Moutinho, Ekilibuá e João Bento, trazem, respectivamente, fado, circo contemporâneo e um concerto para piscina numa actuação verdadeiramente inédita.

Em Mação, terra de tradições, há florestas e ribeiras a perder de vista e o rio Tejo que ali criou pescadores. Quando não estivermos a assistir ao brasileiro Castello Branco, a Daniel Pereira Cristo ou atrás do Dragão Tiro, podemos deliciar-nos com a gastronomia de excelência ou, entre tantas outras atrações, conhecer o Museu de Arte Pré-histórica e do Sagrado do Vale do Tejo ou então inspirar o ar junto ao Castro de São Miguel de Amêndoa, monumento nacional.

Teresa Salgueiro vai vaguear por todo o centro histórico de Abrantes – considerado um dos mais bonitos do país -, sem precisar sair do palco. Os Big Dancers vão colorir fachadas e, quem sabe, desafia-las a dançar. A Igreja de São João Baptista, monumento nacional, é um fôlego que se perde. E, claro, há restaurantes para confortar os visitantes entre actuações, seja na cidade ou na albufeira e periferia.

Tomar, cidade cheia de vida e atrações, recebe-nos com o rio Nabão e eleva-nos com o Convento de Cristo - Património Mundial da Unesco. Durante o Caminhos do Ferro brinda-nos ainda com actuações dos Gaiteiros de Lisboa, Hu(r)mano ou Les Chant des Pavillion.

O caminho parece longo mas não é, porque cada passo no Médio Tejo leva-nos a uma descoberta que não se esquece. Prova disto são os percursos desenvolvidos por quatro artistas em quatro municípios do Médio Tejo que poderá acompanhar, bastando comparecer no local e hora marcados. Caso escolha Constância, será levado por Marina Palácio a ouvir as vozes das ninfas que fazem dançar as flores e plantas. Em Vila Nova da Barquinha, Lara Soares descobriu um modo de criar um mapa que nos orienta entre o fatual e o imaginário. No Entroncamento, há as estórias de oito entroncamentenses captadas por João Bento e, em Mação, Ana Bento vai desvendar o que está além do olhar. Uma forma especial e com certeza inesquecível de descobrir estes quatro municípios, através do olhar muito próprio dos artistas do Caminhos do Ferro.

São seis dias de programação para todos os perfis, todas as gerações etotalmente gratuita. Uma forma perfeita para descobrir o Médio Tejo!

 

PROGRAMA POR MUNICÍPIOS

MAÇÃO

13 ABR (6ª)
17:00 Mação: histórias da história ou para além do que se vê - Cineteatro – percurso com Ana Bento

14 ABR (Sáb)
11:00 Mação: histórias da história ou para além do que se vê - Cineteatro – percurso com Ana Bento
17:00 Mação: histórias da história ou para além do que se vê - Cineteatro – percurso com Ana Bento
21:30 Daniel Pereira Cristo – Auditório do CC Elvino Pereira – música

15 ABR (Dom)
16:00 Mação: histórias da história ou para além do que se vê - Cineteatro – percurso com Ana Bento

20 ABR (6ª)
15:00 Dragonologia (EZ) – Largo dos Combatentes – teatro de rua

21 ABR (Sáb)
21:30 Castello Branco - Auditório do CC Elvino Pereira – música

ENTRONCAMENTO

13 ABR (6ª)
18:00 Dragonologia (EZ) – Rua Luís Falcão – teatro de rua
22:30 Hélder Moutinho – Centro Cultural – música

14 ABR (Sáb)
21:00 Ekilibuá (Maintomano) – Praça Salgueiro Maia – novo circo


20 ABR (6ª)
11:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento
15:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento

21 ABR (Sáb) 
11:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento
17:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento
21:30 João Bento Live Act – Piscinas Municipais – música


22 ABR (Dom)
10:00 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural – teatro para bebés
11:30 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural – teatro para bebés 
15:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento
 

VILA NOVA DA BARQUINHA

13 ABR (6ª)
11:00 Dragonologia (EZ) - Escola D.Maria II – teatro de rua
15:00 De mapa na mão com cheiro a laranja – Exterior do Centro Cultural – percurso com Lara Soares
21:00 Irakurriz (Shakti Olaizola) – Centro Cultural – novo circo

 

14 ABR (Sáb)
15:00 De mapa na mão com cheiro a laranja – Exterior do Centro Cultural – percurso com Lara Soares
22:00 Pedro Joia – Igreja de Atalaia – música

 

15 ABR (Dom)
11:00 De mapa na mão com cheiro a laranja – Exterior do Centro Cultural – percurso com Lara Soares
15:00 De mapa na mão com cheiro a laranja – Exterior do Centro Cultural – percurso com Lara Soares
18:00 Sopa de Pedra – Igreja Matriz de Tancos – música


CONSTÂNCIA

20 ABR (6ª)
9:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
11:00 Dragonologia (EZ) - Parque Ambiental Sta. Margarida – teatro de rua
14:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
21:30 Castello Branco - Auditório do Centro de Ciência Viva – música

 

21 ABR (Sáb)
11:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
15:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
18:00 Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) - Praça Alexandre Herculano – música
21:30 Bruno Pernadas  - Auditório do Centro de Ciência Viva – música

 

22 ABR (Dom)
11:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
16:00 Romeu & Julieta (Teatro Praga) - Casa do Povo de Montalvo - teatro

 

TOMAR

20 ABR (6ª)
21:30 Hu(r)mano (Marco da Silva Ferreira) - Cine-teatro Paraíso - dança

 

21 ABR (Sáb)
11:00 Dragonologia (EZ) - Parque Infantil – teatro de rua
15:00 Dragonologia (EZ) – Corredoura – teatro de rua
21:30 Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) – Corredoura – música
22:30 Big Dancers (El Carromato) – Corredoura – teatro de rua


22 ABR (Dom)
21:30 Gaiteiros de Lisboa - Praça da República – música
 

ABRANTES

14 ABR (Sáb)

11:00 Dragonologia (EZ) – Centro histórico – teatro de rua
15:00 Dragonologia (EZ) - Centro histórico – teatro de rua

15 ABR (Dom)
21:30 Teresa Salgueiro – Praça Raimundo Soares – música

20 ABR (6ª)
21:30 Big Dancers (El Carromato) – Praça Barão da Batalha – teatro de rua