Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Museu - A Estação: conheça o calendário anual das visitas guiadas aqui

Visitas Museu A Estação.jpg

O Museu –A Estação, localizado na antiga estação ferroviária de Pinhal Novo, proporciona  2 visitas gratuitas, aos sábados, todos os meses: as visitas guiadas, no 1.º sábado, às 15h00 e as visitas orientadas por ferroviários “No meu tempo…”, no 4.º sábado, às 10h00. Em julho, setembro e novembro haverá visitas com interpretação em Língua Gestual Portuguesa.

Consulte o calendárioe formalize a sua inscrição através do email patrimonio.cultural@cm-palmela.pt, até às 12h00 da quinta-feira anterior a cada visita.

Mais informações através dos contactos: 212 384 171 e 212 336 640.

Saiba mais sobre o Museu – A Estação em www.cm-palmela.pt (Museu e Património/ Museu Municipal).

 

CALENDÁRIO 2022:

 

Visitas guiadas  | 15h00

2 abril

7 maio

4 junho

2 julho

6 agosto

3 setembro

1 outubro

5 novembro

 

“No meu tempo…” – visitas orientadas por ferroviários | 10h00

 

23 abril

28 maio

25 junho

23 julho

27 agosto

24 setembro

22 outubro

26 novembro

 

A CARTUXA DE ÉVORA ACOLHE AS ÚLTIMAS VISITAS ANTES DO REGRESSO À CLAUSURA

2681DB474BD54E6FAD6F2F61236DA328.png

Durante os meses de abril e maio, o Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli recebe as últimas visitas antes do regresso da clausura com o acolhimento da nova comunidade religiosa

 

Em breve, a vida em clausura regressa ao Mosteiro da Cartuxa com o acolhimento das Irmãs do Instituto das Servidoras do Senhor e da Virgem de Matará, pelo que a Fundação Eugénio de Almeida convida, entre os dias 18 de abril e 14 de maio, a conhecer este exemplar da arquitetura religiosa, ímpar em Portugal, nas últimas visitas ao Mosteiro Cartuxa.

 

Local de oração e contemplação, durante 60 anos o Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli foi um espaço inacessível, marcado pela clausura, silêncio e recolhimento da comunidade de cartuxos. Agora, a vida em clausura vai regressar ao Mosteiro com o acolhimento da comunidade de Servidoras do Senhor e da Virgem de Matará. Assim, neste momento de transição, a Fundação Eugénio de Almeida convida a participar nas últimas visitas guiadas ao mosteiro, numa oportunidade única de conhecer rituais, hábitos e exercícios espirituais praticados por quem o habitou.

 

Iniciada a sua edificação em 1587, o Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli, foi o primeiro mosteiro da Ordem dos Cartuxos a ser construído em Portugal. Objeto de diferentes utilizações ao longo da sua história, como Hospício de Donzelas Pobres de Évora, Escola Agrícola Regional e centro de lavoura da Casa Agrícola Eugénio de Almeida, o mosteiro volta a recuperar a sua função religiosa, em 1960, graças à intervenção de Vasco Maria Eugénio de Almeida.

 

De portas abertas à cidade, entre 18 de abril e 14 de maio, será possível visitar gratuitamente o Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli em visitas livres todas as terças e sábados entre as 10h e as 13h ou em visitas guiadas mediante inscrição prévia. Para mais informações sobre o programa de visitas ou sobre o Mosteiro da Cartuxa, consultar o siteda Fundação Eugénio de Almeida.

MNSR programa visitas guiadas fora de horas na Noite Europeia dos Museus

 

MNSR programa visitas guiadas

fora de horas na noite europeia dos Museus

O Museu Nacional Soares dos Reis (MNSR) assinala a Noite Europeia dos Museus, que se celebra sábado, 14 de maio, com um programa especial de visitas guiadas fora de horas. Numa altura em que prepara a abertura da exposição de longa duração, para apresentar ao público no verão, as visitas fazem-se à exposição temporária SEJA DIA OU SEJA NOITE POUCO IMPORTA e à Casa-Museu Fernando de Castro.

No sábado, o ponto de encontro no MNSR é às 19h e a visita guiada começa num percurso com a contemporaneidade das obras dos artistas Pedro Calapez e André Gomes e remata no naturalismo de Artur Loureiro, pintor do século XIX fortemente representado no MNSR. A visita livre estará disponível gratuitamente neste dia das 18h às 21h30.

Na CMFC, as visitas são exclusivamente guiadas e têm início às 19h e às 21h30. Localizada na Rua de Costa Cabral, este espaço, gerido pelo MNSR, apresenta uma atmosfera arrebatadora, criada no início do século XIX por Fernando de Castro, um colecionador revivalista.  

Já a 18 de maio (quarta-feira), Dia Internacional dos Museus, a CMFC prossegue com visitas guiadas às 10h30, às 12h00, às 14h30 e às 16h00. No MNSR – com entrada gratuita todo o dia – a proposta é acompanhar às 13h30 a sessão comentada da peça do mês, a pintura Rapariga Deitada no Tronco de uma Árvore, do pintor oitocentista Henrique Pousão.

As visitas guiadas são gratuitas e sujeitas a marcação prévia pelo email divulgacao@mnsr.dgpc.pt .

Vale do Varosa | Reabertura do Convento de Santo António de Ferreirim

2022-04-23 DMIS_CSAF_Reabertura.jpg

Património e Clima é o tema escolhido em 2022 para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (18 de abril).

Os Monumentos do Vale do Varosa associam-se às celebrações, no próximo dia 23 de abril, pelas 17h00, no Convento de Santo António de Ferreirim, numa iniciativa que se destina, igualmente, a assinalar a reabertura desse monumento de forma permanente ao público (de terça a domingo, 10h00-13h00 e 14h00-18h00), após dois anos de acesso condicionado.

No reconhecimento da importância da cultura e do património, material e imaterial, enquanto elementos aglutinadores de reflexão e sensibilização de comunidades e públicos, o programa de reabertura é dedicado à Natureza, num diálogo entre passado e futuro, que convida à construção de uma ação climática mais inclusiva, transformadora e justa.

Fundado em 1525, o Convento de Santo António de Ferreirim pertencia à ordem franciscana. Por esse motivo, é cenário perfeito para uma evocação de São Francisco, proclamado por João Paulo II, em 1999, padroeiro dos amantes da ecologia. Com encenação e interpretação de João Pereira, acompanhamos a leitura do Cantico delle Creature, de Francisco de Assis (1224). Um dos mais belos textos medievais sobre a Natureza, no qual é dada como exemplo de perfeição da obra de Deus. Mas não só: a natureza, também, como espaço de relação com o Homem, de respeito e comunhão.

A leitura do cântico, de acutilante atualidade, propicia a reflexão que terá lugar de seguida, no claustro, sobre património e sustentabilidade, numa visita orientada pelos técnicos da Direção Regional de Cultura do Norte, Artur Alves e Albino Estelita, responsáveis pelo projeto de arquitetura e engenharia da requalificação do claustro e zona envolvente, concluído em 2021, ao abrigo da Operação Norte2020, Vale do Varosa 2, com o apoio do Município de Lamego.

Estarão presentes na sessão de reabertura, a Diretora Regional de Cultura do Norte, Laura Castro, e o Presidente do Município de Lamego, Francisco Lopes.

 

PROGRAMA

Convento de Santo António de Ferreirim

17h00 – CANTICO DELLE CREATURE, Francisco de Assis

                Por João Pereira (Teatro Solo)

 

18h00 – Visita orientada ao claustro e zona envolvente

                 Por Artur Alves e Albino Estelita (DRCN)

               

A entrada é gratuita.

Castelo e Centro Histórico de Palmela - Visitas guiadas regressam em abril!

Visitas Castelo e CH (2).jpg

As visitas guiadas promovidas pelo Município de Palmela ao Castelo e Centro Histórico da vila regressam em abril.

Nos dias 2 e 16, António Lameira, voluntário do Museu Municipal, orientará esta atividade, de frequência gratuita e com a duração de 1h30 (cada período).

Com ponto de encontro no Chafariz D. Maria I, às 9h30, as visitas guiadas ao Centro Histórico dão lugar, às 11h30, a um percurso pelo Castelo, com início na Praça de Armas. 

As inscrições devem ser realizadas até às 12h00 da antevéspera do dia da visita, através dos contactos patrimonio.cultural@cm-palmela.pt  ou 212 336 640.

 

Inscreva-se e (re)descubra o património, paisagens e miradouros da vila, esta primavera!

Antiga guarda de passagem de nível participa na visita ao Museu - A Estação

A Estação 1.jpg

Dia 26 de março haverá visita orientada “No meu tempo…”, no Museu – A Estação, em Pinhal Novo. Esta visita, que decorrerá às 10h00, contará com a presença de Madalena João, antiga guarda de passagem de nível, uma das poucas profissões desempenhadas por mulheres na ferrovia.

A iniciativa tem frequência gratuita, mediante inscrição prévia (patrimonio.cultural@cm-palmela.pt).

O Museu – A Estação está aberto ao público, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 12h30, e das 14h00 às 17h00 (encerra aos feriados).

Saiba mais sobre o Museu no site Palmela Município, em https://www.cm-palmela.pt/viver/cultura/patrimonio-cultural/museu-municipal/nucleos-e-extensoes-museologicas/nucleo-do-pinhal-novo.

MUSEU DA FARMÁCIA DINAMIZA VISITAS TEMÁTICAS PARA CELEBRAR A LITERATURA

O Museu da Farmácia, em Lisboa e no Porto, vai dar destaque à Literatura durante o mês de janeiro com uma programação especial que inclui diversas visitas temáticas com foco em personalidades de relevo da literatura mundial e nacional.

 

As visitas pretendem celebrar a vida e obra de Sherlock Holmes, Agatha Christie e Eça de Queiroz, tendo um valor de 6€ para adultos e 4€ para seniores.

 

A par das visitas temáticas, o Museu da Farmácia vai ainda dinamizar várias atividades educativas, que pretendem estimular a curiosidade dos mais novos na área da ciência através de jogos, oficinas criativas e experiências científicas. Os ateliers são destinados às crianças com idade superior a cinco anos e têm um custo de 6€. O valor inclui a participação da criança na atividade e a visita ao Museu pela criança e por um adulto acompanhante.

Desenho de Conan Doyle.png

 

  • Visita Temática “Sherlock Holmes – A Época e a Ciência”

No mês em que se celebra o aniversário de Sherlock Holmes, nascido a 6 de janeiro de 1854, o Museu da Farmácia propõe um olhar sobre o detetive inglês e a forma como as suas aventuras policiais revelam o rigor do conhecimento científico e da investigação criminal, bem como o modo de vida da época vitoriana.

Programação:

13 de janeiro | 18H30 | Lisboa

21 de janeiro | 18H30 | Porto

Clicar para inscrições

 

  • Visita Temática "Agatha Christie no Museu da Farmácia”

O Museu da Farmácia oferece uma aliciante aventura ao mundo dos romances, filmes e séries televisivas de Agatha Christie, e as suas interligações com as intemporais peças arqueológicas da mesopotâmia e do Egipto do Museu da Farmácia, sem esquecer a componente farmacêutica da sua vida real aplicada ao romance criminal.

Programação:

20 de janeiro | 18H30 | Lisboa

21 de janeiro | 15H30 | Porto

Clicar para Inscrições

 

  • Visita Temática "A Farmácia na obra de Eça de Queiroz”

Nesta visita temática é proposta uma viagem única ao século XIX, em que a Saúde, a Sociedade, a Diplomacia Imperial e a Ciência na obra e época de Eça de Queiroz se materializam nas coleções do Museu da Farmácia. O início da medicina tropical, a construção dos impérios europeus, a moral sexual, e o desenvolvimento da microbiologia são alguns dos temas em diálogo com peças em exposição.

Programação:
27 de janeiro | 18H30 | Lisboa
Clicar para inscrições

 

  • Atividade “Brigada Antivírus”


Neste atelier com a duração de 60 minutos, as crianças vão poder relembrar, de forma prática, as principais medidas de prevenção contra os vírus e a importância de as aplicarmos no nosso dia-a-dia. No final, irão fabricar o seu próprio álcool gel que podem levar para casa.

Programação:
15 de janeiro, sábado | 15H00 | Lisboa e Porto
Clicar para inscrições

 

  • Atividade “Viagem Espacial”


Nesta atividade, os mais novos são desafiados a transformarem-se em super astronautas e aventurar-se por uma fantástica viagem ao espaço imaginário. Durante 60 minutos vão poder visitar planetas instáveis, com tempestades elétricas e vulcões de lava azul, e descobrir a ciência por detrás destes fenómenos.

 

Programação:
22 de Janeiro, sábado | 15H00 | Lisboa e Porto
Clicar para inscrições

 

  • Atividade "Magia da Ciência”

Neste atelier de 60 minutos, o Museu da Farmácia convida as crianças a fazerem divertidas experiências sobre o som, o ar, as reações químicas, bem como a eletricidade estática, e entender que, apesar de parecer magia, tudo o que fazem tem uma explicação científica.

Programação:
29 de Janeiro, sábado | 15H00 | Lisboa e Porto
Clicar para inscrições

Moita: Visitas Guiadas à Exposição de Arqueologia

 

 

A Câmara Municipal da Moita promove, nos dias 9 e 23 de outubro, às 10:30h e às 15:00h, visitas guiadas à Exposição de Arqueologia: “A Ocupação do Território através dos Vestígios Arqueológicos: Do Paleolítico à Idade Contemporânea”, patente na Capela de São Sebastião, na Moita.

A participação nas visitas é gratuita, mas sujeita a marcação através do T. 210 817 048 ou email div.cultura@mail.cm-moita.pt e com número limitado de dez participantes por cada grupo. A visita tem a duração aproximada de uma hora.

 

Esta exposição, que está aberta ao público em geral às sextas-feiras, das 15:00h às 18:00h, e sábados, das 10:00h às 13:00h e das 15:00h às 18:30h, faz uma abordagem da ocupação do território, através dos materiais arqueológicos encontrados nos diferentes sítios do concelho e em depósito na Reserva do Município da Moita. Estabelece uma linha cronológica, cujo circuito se inicia na geologia do território e prossegue pelos seis módulos cronológicos: Paleolítico, Neolítico, Período Romano, Idade Média, Idade Moderna e Idade Contemporânea. Para cada uma das temporalidades expostas e a partir das peças selecionadas, são abordadas as realidades sociais e económicas das comunidades que então viveram neste território.

Visitas guiadas ao Museu do Ciclismo Joaquim Agostinho

transferir (99).jpg

 

Durante o mês de agosto, o Museu do Ciclismo Joaquim Agostinho irá promover visitas guiadas que darão a conhecer este novo equipamento cultural.

As visitas decorrem ao domingo, estando previstas para os dias 15, 22 e 29 de agosto. A cada domingo irão decorrer cinco visitas (às 11h00, 12h00, 14h00, 15h00 e 16h00), cada uma com cerca de 45 minutos. 

As visitas serão orientadas por Daniela Salazar e Rita Agostinho. A participação é gratuita, à semelhança do que acontece com as entradas no equipamento: durante o mês de agosto, o Museu do Ciclismo Joaquim Agostinho é de entrada gratuita.

Recorde-se que o Museu abriu no passado dia 5 de agosto, no mesmo dia em que a primeira etapa em linha da Volta a Portugal em Bicicleta teve início junto ao equipamento.

O Museu do Ciclismo Joaquim Agostinho assume-se como um elemento de preservação da memória do ciclista torriense Joaquim Agostinho e de promoção do ciclismo enquanto prática desportiva e social, pretendendo ser um observatório permanente e uma estrutura de mediação cultural para investigar, conservar, interpretar, divulgar e valorizar os testemunhos materiais e imateriais mais relevantes da história do ciclismo, do uso da bicicleta e da memória e identidade da comunidade ciclística.

O novo espaço cultural encontra-se no Bairro Arenes, no edifício que chegou a albergar o antigo refeitório da Casa Hipólito.

Agenda

15 agosto 2021 | domingo

Visita guiada ao Museu do Ciclismo Joaquim Agostinho

No dia 15 de agosto, o Museu do Ciclismo Joaquim agostinho irá realizar um conjunto de visitas guiadas.  Cada visita terá a duração de 45 minutos. Orientação: Daniela Salazar (...)

Saber Mais

 

22 agosto 2021 | domingo

Visita guiada ao Museu do Ciclismo Joaquim Agostinho

No dia 22 de agosto, o Museu do Ciclismo Joaquim agostinho irá realizar um conjunto de visitas guiadas.  Cada visita terá a duração de 45 minutos. Orientação: Daniela Salazar (...)

Saber Mais

 

29 agosto 2021 | domingo

Visita guiada ao Museu do Ciclismo Joaquim Agostinho

No dia 29 de agosto, o Museu do Ciclismo Joaquim agostinho irá realizar um conjunto de visitas guiadas.  Cada visita terá a duração de 45 minutos. Orientação: Rita Agostinho (...)

Saber Mais

 

Visitas guiadas a exposições e visita encenada ao Castelo - Palmela comemora o Dia Internacional dos Museus!

Dia Internacional dos Museus.jpg

Noite dos Museus.jpg

 

 

O Dia Internacional dos Museus 2021 (18 de maio) vai ser assinalado pelo Município de Palmela com visitas guiadas a duas novas exposições temporárias e uma visita encenada ao Castelo de Palmela.

 

A “Noite dos Museus” está agendada para 15 de maio, às 20h30, com uma visita encenada, com ilustres personagens, ao Castelo de Palmela.

 

No dia 17, entre as 15h30 e 16h30, decorrerá a visita guiada à exposição “De Palmela ao Poceirão, Uma Viagem Arqueológica”, na Biblioteca de Palmela, enquanto que, dia 18, entre as 15h00 e as 16h00, acontecerá a visita guiada à exposição “Hermenegildo Capelo, naturalista”, no Espaço Cidadão, em Palmela.

 

Esta data comemorativa será, ainda, assinalada com o lançamento do próximo “+Museu”, boletim do Museu Municipal de Palmela, a disponibilizar brevemente, em www.cm-palmela.pt  e onde poderá ficar a par da atualidade local em matéria de Arqueologia e Património.

 

O Dia Internacional dos Museus 2021, propõe uma reflexão sobre o tema “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”.

 

A participação nas atividades é gratuita, mediante inscrição obrigatória (inscrições limitadas, sujeitas às orientações da DGS) para o email patrimonio-cultural@cm-palmela.pt.