Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Worten e FUJIFILM promovem workshop com a blogger Maria Galvão de Sousa

Na loja do Colombo, dia 19 de agosto, a partir das 11h00 

 

 

  • Workshop assinala Dia Mundial da Fotografia na Worten do Colombo
  • Inscrições até 20 participantes: https://bit.ly/2yTF7hS 
  • Maria Galvão de Sousa é blogger e instagrammer com foco na sustentabilidade
  • Ação terá por base a experimentação do espaço Wonder Photo Shop da FUJIFILM

 

Em parceria com a FUJIFILM, a Worten comemora o Dia Mundial da Fotografia com a realização de um workshop na sua loja do Colombo, das 11h ao 12h30, já no dia 19 de agosto (segunda-feira).

 

Esta ação acontece no novo espaço da FUJIFILM, Wonder Photo Shop, onde Maria Galvão de Sousa, autora do blog Contemporary Lives Here, irá juntar os participantes a explorar como se manifesta a fotografia em diferentes áreas artísticas, como a moda: inspiração, moodboard, conceptualização e execução, tudo numa só dinâmica criativa.  A partir da experimentação das potencialidades dos quiosques deste espaço, os participantes poderão imprimir e levar consigo o seu álbum de memórias personalizado.

 

O workshop é gratuito e tem a lotação de 20 pessoas, pelo que os interessados podem, desde já, inscrever-se online em https://bit.ly/2yTF7hS.  

 

Com uma ligação muito forte ao mundo da fotografia e um portefólio repleto de experiências direcionadas aos fãs dessa área, a Worten não poderia deixar de celebrar o Dia Mundial da Fotografia, que se assinala precisamente a 19 de agosto.

Grândola: Experimenta - Workshop de Danças Orientais - 1 de agosto - Inscrições gratuitas

CartazExperimenta-01 (6).png

 

No âmbito do “Experimenta – Workshops/Oficinas” O Município de Grândola promove no dia 1 de Agosto, um Workshop de Danças Orientais dinamizado por Catarina Branco. O Workshop que decorrerá no Ginásio B do Complexo Desportivo Municipal José Afonso das 19h30 às 21h, tem inscrições gratuitas para participantes com idade igual ou superior a 15 anos.

“Experimenta – Workshops/Oficinas” é um projecto do Município de Grândola que promove ao longo do ano um conjunto de workshops e oficinas sobre diferentes temáticas, envolvendo sempre que possível, dinamizadores e formadores do concelho. Enriquecimento individual, aprendizagem de novos conhecimentos, aprofundamento de áreas de interesse e a troca de experiências são objectivos.

*Inscrições no Estúdio Jovem até 29 de Julho: gab.jovem@cm-grandola.pt / 269 450 083

 

Câmara Municipal de Loulé promove a criação de "Varandas Floridas" em Quarteira

Espaços verdes varandas.jpg

 

A Autarquia de Loulé irá promover no próximo dia 27 de julho, no Auditório do Centro Autárquico de Quarteira, a 2ª edição do Workshop “Varandas Floridas”, com o objetivo de sensibilizar para a importância dos espaços verdes urbanos no atual contexto de alterações climáticas e, por outro lado, promover a incorporação de elementos verdes nas varandas dos edifícios.

A vegetação e a sua aplicação criteriosa e ponderada no território constituem um dos meios de minimização dos efeitos associados às alterações climáticas. Desta forma, a existência de vegetação e de elementos verdes, como árvores e arbustos, preferencialmente autóctones ou adaptados às condições edafoclimáticas locais, são determinantes na absorção e captura do CO2 atmosférico, um dos gases responsáveis pelo efeito de estufa.

Assim, esta iniciativa reveste-se de especial importância para dotar os participantes de conhecimentos que poderão dar um contributo naquilo que é a adaptação às alterações climáticas, através de um gesto simples mas que trará importantes benefícios ambientais.

A inscrição para participação no Workshop é gratuita mas limitada ao número de vagas existentes. A cada participante será entregue uma floreira com plantas (com limite de uma floreira por participante).

A inscrição prévia deverá ser realizada até ao dia 25 de julho, para o e-mai loule.adapta@cm-loule.pt, onde deverá constar o nome e contacto do participante.  

“Participe, porque o ambiente merece o nosso melhor!”.

 

CML/GAP /RP

Mestres do Shakuhachi no Museu do Oriente | 26 e 27 de Julho

KODAMA-Hiroyuki-stage. jpg.jpg

 

Alguns dos mais notáveis mestres do Shakuhachi reúnem-se no Museu do Oriente, a 26 e 27 de Julho, para dois concertos que celebram a música japonesa tradicional e contemporânea, bem como a espiritualidade da flauta Shakuhachi. Com repertórios e protagonistas distintos, os concertos constituem o ponto algo do Festival Europeu de Shakuhachi.

 

Entre os intérpretes em destaque nestes concertos contam-se o aclamado Zenyoji Keisuke, o solista e artesão de Shakuhachi, Kodama Hiroyuki, e ainda, a estrela em ascensão e vencedor do concurso mundial de Shakuhachi em 2018, Kuroda Reison, bem como vários professores de toda a Europa.  Entre os músicos acompanhantes em instrumentos tradicionais japoneses contam-se os igualmente ilustres Miyazaki Mieko (koto) e Takahashi Gaho (shamisen).

 

Os concertos integram o Festival Europeu de Shakuhachi, que traz a Lisboa músicos profissionais, amadores e entusiastas deste instrumento milenar, num evento que conta também com três conferências de entrada livre. Assim, na quinta-feira, 25 de Julho, às 17h00, Katherine Rawdon explica “A estética do Shakuhachi e a tradição da flauta ocidental”, numa palestra-recital. No dia 26 (17h00), Kiku Day aborda “A peregrinação pelos 88 templos de Shikoku”. E no sábado, 27 de Julho (17h00), David Hughes faz uma demonstração dos Contos Min'yo (música folclórica japonesa).

 

Concertos Mestres do Shakuhachi - Festival Europeu de Shakuhachi

26 e 27 de Julho

19.00

Duração: 75’, sem intervalo

Preço único: 12 €

 

Vídeos:

Reison Kuroda

 

Zenyoji Keisuke

 

Suizan Lagrost (shakuhachi) e Mieko Miyazaki (koto)

 

 

www.museudooriente.pt

“Ser vegetariano com saúde” no Museu do Oriente

Workshop partilha ensinamentos do Oriente

Ser Vegetariano com Saúde (2).jpg

 

Ser vegetariano não é uma moda recente, mas uma prática milenar, adoptada por monges budistas e por outras religiões do mundo. No domingo, 21 de Julho, a partir das 10.00, o Museu do Oriente partilha alguns destes ensinamentos no workshop “Ser vegetariano com saúde”.

 

No Japão, um dos países com a maior esperança média de vida, houve uma prática essencialmente vegetariana durante cerca de 1.200 anos, em que o consumo de carne era proibido e o peixe apenas consumido em ocasiões muito especiais. Neste workshop usaremos os conhecimentos orientais para falar dos alimentos essenciais a uma dieta vegetariana saudável e às formas de os relacionar, adaptando esses conhecimentos ao Ocidente e à actualidade.  Falaremos, também, da forma como a alimentação deve ser ajustada às estações do ano e ao meio envolvente, por forma a sermos mais saudáveis e também mais sustentáveis, respeitando o nosso meio interno e o meio que nos rodeia.

 

O workshop é orientado por Filipa Silva, formada em Macrobiótica, Saúde e Auto-transformação, com especialização em Aconselhamento e Comunicação, pelo Instituto Macrobiótico de Portugal, onde colaborou e foi assistente.

 

Workshop Ser Vegetariano com Saúde

21 de Julho, domingo

Horário: 10.00-13.00

Preço: 25 €

Participantes: mín. 10, máx. 16

Público-alvo: M/16 anos

Arquitetura em origami no Museu do Oriente

Origami Arquitectonico.jpg

 

A Ópera de Sidney, a famosa Scala Regia do Vaticano ou o Seagram Building de Nova Iorque, são alguns dos edifícios icónicos que vão ser representados em origami no workshop que o Museu do Oriente organiza no dia 17 de Julho, às 15h00.

 

Dedicada ao origami arquitectónico, esta sessão convida a explorar as noções de volumetria para, através de jogos de escala, de luz e sombra e de repetição de elementos arquitectónicos, modelar edifícios icónicos

 

São estes os motes para uma actividade que combina princípios de construção do Origami e do Kirigami e que permite, através de uma folha de papel, com cortes e dobragens, transformar um desenho num objeto tridimensional.

 

Origami Arquitectónico: edifícios icónicos

17 de Julho, quarta-feira

Horário: 15.00-17.00

Preço: 20 €

Público-alvo: M/16 anos

Participantes: mín. 10, máx. 12

 

www.museudooriente.pt

Ensinamentos do Oriente para uma vida mais saudável

Workshops em Junho

floresnoprato-min.jpg.png

 

Partilhar os saberes milenares das culturas asiáticas e a sua aplicação aos tempos modernos é o objectivo dos workshops “Ser Vegetariano com Saúde” e “Flores no Prato”, que o Museu do Oriente organiza durante o mês de Junho.

 

Ser vegetariano não é uma moda recente, mas uma prática milenar, adoptada por monges budistas e por outras religiões do mundo. No Japão, houve mesmo uma prática essencialmente vegetariana durante cerca de 1.200 anos, em que o consumo de carne era proibido e o peixe apenas consumido em ocasiões muito especiais, sendo este actualmente um dos países com maior esperança média de vida.

 

Na manhã do dia 8, a partir das 10.00, os conhecimentos orientais servem de base a uma sessão que foca os alimentos essenciais a uma dieta vegetariana saudável e como os adaptar ao Ocidente e à actualidade. Será ainda abordada a forma como a alimentação deve ser ajustada às estações do ano e ao meio envolvente, visando uma vida mais saudável e mais sustentável, respeitando tanto o nosso meio interno como o meio que nos rodeia. O workshop é orientado por Filipa Silva, formada em Macrobiótica, Saúde e Auto-Transformação.

 

A 29 de Junho, às 14.30, “Flores no Prato” é uma oficina prática que dá a conhecer as flores que podem ser utilizadas na alimentação, não tanto pelo valor nutritivo, mas pelo interesse ornamental, no embelezamento de pratos e confecção de sobremesas, pães, águas florais, saladas e um sem fim de propostas gastronómicas. O objectivo é que os participantes aprendam a cultivá-las com sucesso, mesmo em vasos, numa varanda ou em pequenos canteiros, levando para casa alguns exemplares para semear e transplantar e, assim, dar início ao seu jardim comestível. A sessão é orientada por Fernanda Botelho, especialista em Plantas Medicinais e autora de livros infantis e guias práticos de botânica.

 

Workshop “Ser vegetariano com saúde – ensinamentos do Oriente”

8 de Junho, sábado

Horário: 10.00-13.00

Preço: 25 €

Público-alvo: M/ 16 anos

Participantes: mín. 10, máx. 18

 

Workshop “Flores no Prato”

29 de Junho, sábado

Horário: 14.30-18.00

Preço: 35 €

Participantes: mín. 10, máx. 15

 

www.museudooriente.pt

 

Questões de género abordadas em peça de teatro para a infância no Cine-Teatro Louletano

É pró menino e prá menina.jpg

 

Realizam-se no palco do Cine-Teatro Louletano, nos próximos dias 20 e 21 de maio, sessões para escolas e um workshop especialmente dirigido a educadores, mediadores e outros artistas com interesse pela criação dirigida à infância, do espetáculo de teatro “É pró menino e prá menina”, uma encenação de Catarina Requeijo, numa estreia absoluta no Sul do país desta criação artística da qual o Cine-Teatro é um dos coprodutores.

“As meninas gostam de cor-de-rosa, brincam com bonecas e dançam ballet? Os meninos gostam de azul, brincam com carrinhos e jogam futebol? Ou as meninas jogam futebol e os meninos brincam com bonecas? O que é que as meninas podem fazer e os meninos não podem? O que querem ser (e podem ser) quando forem grandes?” Estas e outras questões colocadas às crianças, assim como as suas respostas, hesitações e também os seus silêncios, foram o ponto de partida para a construção do espetáculo a apresentar em Loulé.

Em cena, um homem e uma mulher darão corpo a várias situações e a diversas personagens. Para cima do palco levam-se as questões de Género, procurando questionar estereótipos, retirar etiquetas e deixar o espetador com muitas, muitas dúvidas.

Trata-se de um espetáculo encomenda do São Luiz Teatro Municipal em coprodução com Formiga Atómica Associação Cultural, Centro Cultural Vila Flor, Centro de Arte de Ovar e Cine-Teatro Louletano.

O espetáculo, com entrada gratuita, é dirigido a crianças entre os 3 e os 6 anos de idade e tem a duração prevista de 30 minutos, e a formação, com a duração prevista de 3 horas (das 18h00 às 21h00), tem um preço associado por pessoa de 5 €. Esta requer inscrição prévia, limitada para o email cinereservas@cm-loule.pt ou através do número 289414604.

Para mais informações e reservas os interessados podem consultar a página de facebook do Cine-Teatro Louletano – www.facebook.com/cineteatrolouletano ou o seu renovado website http://cineteatro.cm-loule.pt, ambos em permanente atualização, bem como a sua conta no instagram (cineteatrolouletano).

O Cine-Teatro Louletano é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé e está integrado na Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e na Rede 5 Sentidos.

 

CML/GAP /RP

Energia e Água são temáticas de workshops técnicos promovidos pela Câmara Municipal de Loulé

Água.jpg

 

No seguimento dos trabalhos que têm vindo a ser desenvolvidos pelo Conselho Local de Acompanhamento da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC de Loulé), foram identificadas as áreas da Energia e da Água como prioritárias para o desenvolvimento de workshops de capacitação técnica. Assim, neste âmbito, a Câmara Municipal de Loulé irá promover nos próximos dias 15 e 16 de maio, no Auditório do Convento Espírito Santo, em Loulé, os primeiros workshops de capacitação técnica subordinados às temáticas "Transição para Territórios Energeticamente Sustentáveis" (15 de maio) e “Economia Circular da Água" (16 de maio).

Os dois workshops são organizados em parceria com o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e, contando com um leque diversificado de prestigiados oradores, têm como objetivo divulgar projetos inovadores e boas práticas que contribuem para a adaptação e mitigação às alterações climáticas. Visam ainda colocar os desafios de transição de energética e do sector da água no horizonte de 2020 e 2030.

O workshop "Transição para Territórios Energeticamente Sustentáveis" é uma iniciativa integrada nos “Energy Days” da Semana Europeia da Energia Sustentável (Sustainable Energy Week).

A inscrição para participação nas duas iniciativas é gratuita, mas limitada ao número de vagas existentes. Inscrição prévia, até dia 13 de maio, para o email loule.adapta@cm-loule.pt

O programa dos dois workshops vai estar disponível em www.cm-loule.pt

 

CML/GAP /RP

Alterações Climáticas: Workshop “Pensar o Ambiente” em Quarteira

Pensar_o_Ambiente.jpg

 

No atual contexto de importantes desafios ambientais, económicos e sociais, o Município de Loulé convida o público em geral a participar no workshop/sessão criativa sobre ambiente e alterações climáticas, “Pensar o Ambiente”, que terá lugar no dia 14 de maio, pelas 18h30, no auditório do Centro Social Autárquico de Quarteira.  

Este workshop pretende proporcionar aos participantes um momento descontraído de partilha de ideias, reflexão, consciencialização e recolha de contributos sobre as diferentes dimensões das alterações climáticas (causas, ações, consequências, teorias científicas, alternativas e soluções).

A participação nesta iniciativa é gratuita, mas limitada ao número de vagas.

Os interessados poderão inscrever-se, até ao dia 13 de maio, através do email loule.adapta@cm-loule.pt

 

CML/GAP /RP