Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"TODAS AS COISAS MARAVILHOSAS": IVO CANELAS REGRESSA AO ESTÚDIO TIME OUT

O monólogo vai estar em cena de 30 de setembro a 18 de outubro

“Todas as Coisas Maravilhosas”: Ivo Canelas regressa ao Estúdio Time Out

image003.png

 

Se depois de uma vida longa chegares ao fim da vida sem te teres sentido, pelo menos uma vez, profundamente deprimido, é porque não tens andado a prestar muita atenção.” Ivo Canelas em “Todas as Coisas Maravilhosas“

 

 

“A partir do dia 30 de setembro, há “Todas as Coisas Maravilhosas” no Estúdio Time Out. O monólogo interpretado por Ivo Canelas e produzido pela H2N, regressa ao sítio onde se estreou e vai estar em cena até ao dia 18 de outubro (incluindo o feriado de 5 de outubro) com sessões de quarta-feira a domingo, às 21.00h. Os bilhetes já estão à venda na Ticketline e nos locais habituais, sendo que também podem ser adquiridos no Mercado da Time Out, no posto de venda da Ticketline.

 

Recorde-se que “Todas as Coisas Maravilhosas” é um espetáculo em que Ivo Canelas convida o público a participar, abordando, de forma emocionante e com humor, temas como a depressão, as crises existenciais, a família e o amor. Nesta peça, que assume um carácter imersivo, uma criança vai escrevendo, à medida que cresce, uma lista de razões para viver, com o intuito de tentar ajudar a mãe a recuperar de uma depressão. 

 

O monólogo foi escrito por Duncan Macmillan, estreado com enorme sucesso no Fringe Festival e levado à cena em diversos países. Em Portugal “Todas as Coisas Maravilhosas” já passou por Lisboa, Porto e Algarve e foi vista por mais de 4500 pessoas.

 

Mais sobre Ivo Canelas

Um dos actores mais carismáticos da sua geração, reconhecido e acarinhado por público de todas as idades. Frequentou o The Lee Strasberg Theatre and Film Institute em Nova Iorque, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian.

 

Da sua atividade em Teatro, destaca a paixão por pisar o palco e o trabalho com encenadores como Jorge Silva Melo, Diogo Dória, José Wallenstein, Solveig Nordlund, Fernanda Lapa, Clara Andermatt, Marco Martins, Tim Caroll, Miguel Seabra, Romeu Costa e Marta Carreiras.

 

Em Cinema e Televisão, participou em mais de trinta projetos nacionais e internacionais, sendo dirigido por Pedro Caldas, Artur Serra Araújo, Jorge Paixão da Costa, Joaquim Leitão, Leonel Vieira, Ruy Guerra, Manuel de Oliveira, Marco Martins, António-Pedro Vasconcelos, Henrique Oliveira, Walter Carvalho, Pedro Varela, Vicente Ferraz, Vicente Alves do Ó, Sergio Graciano e Yuri Alves entre outros.

 

Em 25 anos de carreira, foi várias vezes premiado tanto em Teatro como em Cinema e Televisão.”

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.