Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

TRY BETTER, FAIL BETTER'18 |Exposição

 

d383e7ed-304d-4fc4-a1e2-765f888157d8.jpg

 

Trata-se de um conjunto de desenhos a pastel de óleo e lápis de cor sobre papel. O fim da festa, de mais uma, e o início de uma outra ressaca. O sentimento trágico no momento em que assumimos que a festa acabou, tanto caracterizado pelos corpos ainda suados quanto pela súbita melancolia que já os habita. A sensação de desconforto, de arrependimento, de culpa, sempre que se ligam as luzes da discoteca. A urgência em fugir e procurar outra escuridão para habitarmos por mais uns minutos, horas ou noites. O momento ambíguo em que o dia se começa a sobrepor à noite e no qual paramos de fugir da luz - Dormir todo o dia - O Esgotamento físico e a dormência emocional que se seguem durante semanas. A magia do pó de fadas que nos faz ressurgir gloriosos, inflamados e incandescentes da nossa própria cinza, fim-de-semana após fim-de-semana. Fomos estrelas cadentes, seremos heróis em ruína.
Thomas Mendonça