Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Último mês da exposição “Caminhar com São Gonçalo, de Lagos a Torres Vedras”

descarregar.jfif

Caminhar com São Gonçalo, de Lagos a Torres Vedras é a mostra que está patente no Museu Municipal Leonel Trindade, em Torres Vedras. Os retratos, a vida, os milagres e os prodígios de São Gonçalo são alguns dos temas abordados na exposição, que estará patente até ao dia 28 de maio.

Trata-se de uma exposição biográfica e iconográfica que segue os passos de São Gonçalo e percorre as suas memórias no espaço conventual, com destaque para o seu túmulo, as suas relíquias e o altar que lhe foi dedicado.

A mostra, que é um dos elementos centrais das comemorações dos 600 anos da morte de São Gonçalo de Lagos e a sua última atividade, convida a visitar o Convento e a Igreja de Nossa Senhora da Graça.

descarregar (1).jfif

No âmbito da exposição Caminhar com São Gonçalo, de Lagos a Torres Vedras os visitantes poderão levar para casa um conjunto de materiais para colorir e colar que darão aso a uma moldura alusiva a São Gonçalo de Lagos. Este kit está disponível na receção do Museu Municipal Leonel Trindade.

São Gonçalo de Lagos nasceu por volta de 1360 naquela cidade algarvia, tendo professado na Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho e sido prior do Convento de Nossa Senhora da Graça de Torres Vedras entre 1412 e a data da sua morte, em 1422.

Notabilizado como pregador, pedagogo, iluminador e compositor, tem a si associados dezenas de milagres, que deram origem a um culto popular, centrado, sobretudo, em Lagos e Torres Vedras.

Beatificado em 1778, a memória de São Gonçalo de Lagos é celebrada a 27 de outubro no Patriarcado de Lisboa e na Diocese do Algarve. Por deliberações dos respetivos senados municipais, foi declarado padroeiro e protetor de Torres Vedras, em 1495, e de Lagos, em 1760.