Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Últimos Dias: Diogo Tudela - Surfacism or The Radial Dispersion of Power

Exposição pode ser visitada até dia 26 de janeiro

 

Últimos dias

Diogo Tudela – Surfacism or The Radial Dispersion of Power

surfacism__0000_13.jpg

 

Últimos dias para visitar "Surfacism or The Radial Dispersion of Power", exposição multimédia de Diogo Tudela na SALA 117. Patente até ao próximo dia 26 de janeiro.

Professor, programador e investigador independente, Diogo Tudela explora a manipulação da matéria, numa lógica de periferia e centro de poder. A exposição do artista procura construir um cenário que se foca em questões de espaço, superfície, tensão e terrenos manipuláveis.

Dispersão radial de poder refere-se a um aspeto técnico e sua respetiva fundamentação matemática. Como exemplo, se olharmos para as coordenadas polares, à medida que nos afastamos do centro, vamos perdendo densidade de informação. A dinâmica de centros e espaços de poder permite ao artista explorar três camadas diferentes: geométrica, geológica ou cosmológica, além da dimensão sensorial que está subjacente a toda a sua produção.

A exposição está patente na SALA 117 até 26 de janeiro e pode ser visitada de terça a sábado, entre as 15 horas e as 19 horas.

 

Sobre Diogo Tudela

Programador e investigador independente cuja prática envolve ficção teórica, computação especulativa, práticas de simulação e mecatrónica. O seu trabalho mais recente debruça-se sobre objetos de génese textual, razão sintética, teoria dos sistemas, modelação e o limite epistemológico da manipulação da matéria.

Em 2015 foi um dos finalistas do Prémio Novo Banco organizado pelo Museu de Arte Contemporânea de Serralves (Porto), e semifinalista na competição de hiper-instrumentos Margaret Guthman, organizada pelo Georgia Institute of Technology (EUA). No mesmo ano, a sua curta metragem "Three Parrots from Guadeloupe” integrou a Selecção Oficial do BAFTA Qualifying Aesthetica Short Film Festival (UK).

 

 

Sobre a SALA 117

A SALA 117 é uma galeria que visa trazer ao diálogo perspetivas plurais sobre as práticas artísticas contemporâneas, ao cruzar linguagens e perceções nas obras de artistas consagrados e no trabalho de jovens artistas. Centrado na dimensão projetual e curatorial das exposições que apresenta, o espaço no nº 200 da Rua Damião de Góis, no Porto, responde à missão de desenvolver um ambiente alternativo ao movimento artístico dominante que agita a cidade, criando um novo ponto de encontro entre artistas, arte e público.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.