Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Um disco com a participação da cantora de Jazz Maria João

Capa Disco Paz_Sonia Oliveira.jpg

 

SÓNIA OLIVEIRA LANÇA “PAZ”,

UM NOVO DISCO EM QUE O JAZZ É PROTAGONISTA

 

“Paz” é o novo disco da cantora Sónia Oliveira, que será lançado já no próximo dia 16 de Novembro e que conta com a participação de diversos músicos de relevo na música portuguesa – como a cantora Maria João, que trás ao álbum o seu cunho inconfundível. 

 

Este novo disco de Sónia Oliveira foi realizado ao longo de dois anos e nasceu, enquanto conceito, quando a cantora se encontrava a realizar um curso de Mestrado em Performance Jazz, na Escola Superior de Música de Lisboa. O objetivo passava, então, por estudar as possibilidades da voz enquanto instrumento e, mais concretamente, o potencial interpretativo da melodia sem palavra – o que levou a realizar uma investigação em que entrevistou alguns cantores nacionais e internacionais, relevantes neste contexto estilístico.

 

Paralelamente, Sónia Oliveira encontra espaço para desenvolver, juntamente com o contrabaixista João Vargas, uma sonoridade experimental que vem a trabalhar há algum tempo, em que combina a sua voz com apenas um contrabaixo em peças de música original da autoria de três compositores portugueses (Jorge Ramos, Daniel Davis e Miguel Sobral Curado), com inspiração entre o jazz e a música contemporânea, destacando-se a peça "Merge", que tem sido notada tanto em Portugal como internacionalmente.

No decorrer deste processo, a cantora depara-se com a interrupção da sua primeira gravidez, o que a levou a atravessar uma das fases emocionais mais difíceis da sua vida, que acabou por influenciar o seu trabalho, melancolizando-o com a composição de temas como "Lamento", "Aceitação" e "Teu Lugar" (a balada principal do disco).

 

Sobrou ainda espaço para a imensa influência que a música brasileira tem na formação da cantora que, aproveitando os trabalhos recentes com o baixista Yuri Daniel, regrava o tema "Maracatu" (da autoria do baixista) e ainda a composição de Hermeto Pascoal, "Música das Nuvens e do Chão", onde conta com a participação da cantora Maria João.

O resultado final é um conjunto algo heterogéneo em termos sonoros, mas que permite compreender não só o percurso (pessoal e musical) da cantora nos últimos dois anos, como também demonstra como trajetos emocionais mais complexos (e até dolorosos) podem ser atenuados pela arte, tendo sido a música utilizada como elemento catártico. 

"Paz" é uma experiência de introspeção, reflexão e autorestabelecimento, cujo desfecho deixa claro que nem tudo tem resolução, mas ainda assim é possível seguir em frente.

1 comentário

Comentar post