Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

UM MÚSICO, UM MECENAS | Sonatas de Galliard Ensemble | CONTÁGIO BARROCO com HUGUES KESTEMAN no FAGOTE GRENSER (1801) da colecção do Museu Nacional da Música

UM MÚSICO, UM MECENAS | Sonatas de Galliard
Ensemble CONTÁGIO BARROCO com HUGUES KESTEMAN no FAGOTE GRENSER (1801) da colecção do Museu Nacional da Música
 
19 de Dezembro, 18H
Entrada livre!

fagote.gif

 

Fagote 
Heinrich Grenser, Alemanha, 1801
Proveniência: Colecção Alfredo Keil
 
HUGUES KESTEMAN, fagote
FILIPA OLIVEIRA, flauta de bisel
JOÃO PAULO JANEIRO, cravo
REMI KESTEMAN, violoncelo
 
 

conta.JPG

 

CONTÁGIO BARROCO
O agrupamento de música antiga Contágio Barroco nasceu do desafio proposto pelo aclamado fagotista Hugues Kesteman para divulgar a obra de Johann Ernst Galliard, compositor praticamente desconhecido do grande público. A eficácia e a energia contagiante da sua escrita musical motivou imediatamente os membros deste quarteto a assumir o compromisso de gravar em CD as suas sonatas para fagote e flauta de bisel e baixo contínuo após um ciclo de apresentações em concerto.
Johann Ernest Galliard foi um compositor alemão (1666/67-1747), contemporâneo de Johann Sebastian Bach muito activo em Inglaterra. Exímio executante de oboé e de flauta, escreveu muita música para teatro, tendo feito várias experiências singulares em termos de coordenação entre a orquestra e a cena. Mas a sua produção não se resumiu à música de cena, em Março de 1740 escreveu um concerto grosso para 24 fagotes e violoncelo, obra verdadeiramente singular, mas que se encontra perdida. Da sua composição avultam sobretudo um conjunto de sonatas para fagote e baixo contínuo, de escrita muito idiomática, e um conjunto de sonatas para flauta e baixo contínuo. Ambos os conjuntos são de uma riqueza composicional extraordinária, revelando uma concepção cíclica e um sentido de unidade muito evidente. Galliard desempenhou um papel significativo na vida musical londrina setecentista. Foi membro fundador da Academy of Musica (1726) e da Royal Society of Musicians (1738). Traduziu também para língua inglesa o importante tratado de Tosi dedicado ao Canto, tendo aditado notas relevantes para a explicitação da execução vocal.
 
 
 
 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.