Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Utopia sobe ao palco do Cineteatro Alba


Utopia.jpg

 

 
 
ESPETÁCULO É O RESULTADO DE UMA RESIDÊNCIA ARTÍSTICA
“UTOPIA” SOBE AO PALCO
DO CINETEATRO ALBA
Alunos de Dança
do Conservatório de Música da Jobra
interpretam
“Utopia” no
Cineteatro
Alba. Um espetáculo que tem lugar no dia 26 de
novembro, com sessão às 21h30.
Alunos do Curso Profissional de Intérprete de Dança Contemporânea do Conservatório de
Música da Jobra (CMJ) sobem ao palco da Sala Principal do Cineteatro Alba no sá
bado, dia 26 de
novembro, às 21h30, onde vão interpretar “Utopia”. O Espetáculo está integrado na
programação de uma residência artística, intitulada “As Coordenadas para Dançar”, realizada no
Cineteatro Alba.
Este trabalho resulta de uma Formação em Con
texto de Trabalho (FCT) com Direção e Criação
de André Campos e Bruno Alexandre.
“Em Utopia pretendemos construir danças impossíveis e
inventar dialetos. A partir de premissas do nosso re
al presente fabricamos um futuro inventado
para um lugar que não existe”, palavras de Bruno Alexandre.
Café Concerto e Conversa/Debate
Na quinta
-
feira, dia 24 de novembro, às 22h00, haverá Café Concerto no Cineteatro Alba.
Cátia
Sousa, Diana Gaspar e
João Santiago
-
ex alunos do Curso Profissional de Intérprete de Dança
Contemporânea do CMJ
-
vão protagonizar “My feet are melting”.
Na mesma noite, às 22h30 vai decorrer uma Conversa/Debate intitulada “A Dança fora dos
grandes centros urbanos” com a pa
rticipação de Bruno Alexandre (Professor e Bailarino
Companhia Olga Roriz), André de Campos (Bailarino Companhia Olga Roriz) e Tânia Alves
(Gestão C

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.