Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

V Semana da Cozinha Italiana no Mundo em modalidade online com o INSTITUTO ITALIANO DE CULTURA de Lisboa | 23-29 de Novembro de 2020 |

23 – 29 de Novembro de 2020

V Semana da Cozinha Italiana no Mundo

‘The Extraordinary Italian Taste’

IIC Lisbona - V Settimana della Cucina Italiana ne

 

V Edição da Semana da Cozinha Italiana no Mundo, iniciativa promovida pelo Ministero degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale, terá lugar este ano, devido à emergência sanitária causada pelo covid-19 que impôs uma reformulação na estrutura organizativa, na maioria dos casos em modalidade online, através de plataformas digitais e social network.

Este ano, por ocasião da efeméride do bicentenário do nascimento de Pellegrino Artusi, o pai da cozinha italiana, autor de “La scienza in cucina e l'arte di mangiar bene”, considerado o primeiro livro de gastronomia da Itália após a sua unificação, propõe-se um focus sobre o tema "Saberes e sabores das terras italianas nos 200 anos do nascimento de Pellegrino Artusi".

O programa do Instituto Italiano de Cultura de Lisboa, realizado em colaboração com a Delegação de Lisboa da Accademia Italiana della Cucina, é inteiramente disponível à distância e inicia a 23 de Novembro com a exposição virtual "Il cibo nei disegni di Federico Fellini", apresentada por ocasião do centenário do nascimento do cineasta italiano, em colaboração com o Pelouro da Cultura da Região Emília-Romanha, a Cineteca de Rimini e Casa Artusi.

A 10 anos do reconhecimento como património cultural por parte da Unesco, Terça-feira, 24 de Novembro terá lugar o Live talk em direto na página facebook do IIC com o título “Dieci anni di Dieta Mediterranea, un patrimonio culturale condiviso” no qual participarão Stefano Pisani, Presidente da Câmara de Pollica, comunidade emblemática da Dieta Mediterrânica, Francesca Marino, jornalista e nutricionista, Elisabetta Moro, docente de Antropologia Cultural na Universidade Suor Orsola Benincasa de Nápoles e Valerio Calabrese, diretor do Museo Vivente della Dieta Mediterranea de Pioppi.

Quarta-feira, 25 de Novembro o chef Fabio Campoli, em direto streaming, terá a Live Cooking Class “Cucina con me!”, durante a qual o público poderá testar os seus dotes culinários, confeccionando com o chef um inteiro menu composto por 3 pratos típicos da tradição gastronómica italiana.

Fundador da empresa Actions Gastronomiche Srl e do jornal Prodigus, Fabio Campoli é atualmente consultor para empresas e restaurantes italianos e estrangeiros, além de ser autor e condutor de programas de televisão e rádio, consultor da indústria cinematográfica e food designer, premiado em ambiente culinário e comunicativo. Autor de oito publicações e professor de instituições públicas e privadas, a sua filosofia à mesa, no trabalho e na vida resume-se à atenção às "coisas boas", numa lógica em que o essencial é visível aos olhos de quem vive a cozinha não como um fim, mas como um meio de transmitir emoções e transmitir história e cultura. http://www.fabiocampoli.it/

Quinta-feira, 26 de Novembro, para o habitual podcast semanal Aria d'ItaliaFragmentos de Cultura Italiana, o protagonista é o escritor siciliano Roberto Alajmo que nos falará da relação entre literatura e gastronomia, um terreno fértil de inspiração na Sicília e no resto de Itália e do mundo para escritores de todos os tempos, desde Homero até Andrea Camilleri.

Roberto Alajmo nasceu em Palermo em 1959. Jornalista e escritor, autor de livros como È stato il figlio (2005), L’arte di annacarsi; un viaggio in Sicilia (2010) e L’estate del ’78 (2018), é uma das vozes mais maduras da literatura italiana contemporânea.

A Semana da Cozinha encerra na Sexta-feira, 27 de Novembro com “Oggi mi mangio le parole”, uma viagem à procura de alimentos: das fábulas às mesas, de Artù a Artusi, entre sabores e saberes, entre volumes e salames, para celebrar o evento na companhia do Teatro Verde di Roma. Trata-se de uma cirCunferência: um conferencista, rodeado por marionetas e bonecos, fala-nos da cultura e da alma do nosso povo: música, pintura, literatura e teatro marcam encontro na cozinha.

Teatro Verde é um teatro inteiramente dedicado à infância e à juventude desde 1986, que se tornou ao longo dos anos um ponto de referência insubstituível para as crianças, os jovens, as escolas e as famílias romanas.