Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Vira Fest regressa a Paredes de Coura a 25 e 26 de Março 🥁

A Escola do Rock Vira Festival em Paredes de Coura nos dias 25 e 26 de março
 
 
 

descarregar (3).jfif

 
 
O Vira Fest regressa a Paredes de Coura no final deste mês para aquela que será a sua 4ª edição. Durante um fim de semana, escolas e projetos de educação musical de Portugal e da Galiza, reúnem-se para uma conferência sobre boas práticas no ensino da música, showcases e concertos, jam sessions e muito mais. 
O evento decorre desde 2019 num formato itinerante, surgindo como um festival entre escolas e projetos educativos na área da música, onde os alunos são cabeças de cartaz. É organizado pela Associação Cultural Rock’n’Cave, em coprodução com o Município de Paredes de Coura e a Escola do Rock Paredes de Coura, um projeto educativo deste município em funcionamento desde 2014, que foi a principal inspiração para a criação do evento e que assume o papel de escola anfitriã.
 
 
 
O que vai acontecer no Vira Fest?

 

Conferência sobre boas práticas no ensino da música

O evento começa no dia 25 (sábado) com uma conferência que levará ao Centro Cultural de Paredes de Coura um conjunto de oradores provenientes de diversas escolas e projetos de música de Portugal e da Galiza. É num formato de talk que estes convidados subirão ao palco para apresentar os mais variados projetos educativos, partilhando as suas experiências e trazendo uma reflexão acerca do ensino de música no panorama atual.

Entre a lista de convidados estarão nomes como: Rui Júnior - Tocá Rufar (Seixal); Luís Fernandes e Sara Borges - Circuito - Serviço Educativo Braga Media Arts (Braga);  Alejandro Alonso (produtora Arte Calavera) e Alberto Oubinã (Concelleiro da Xuventude no Concello de Pontevedra) - Xeración Sónica / Estudo Bonobo (Pontevedra, Galiza); e ainda o projeto Som Sim Zero - com a exibição do filme que documenta a sua passagem pelo Rock in Rio 2022, seguido por uma breve conversa online com a Ondamarela (Guimarães), responsável pelo projeto que envolve a Associação de Surdos da Ilha de São Miguel e a Escola de Música de Rabo de Peixe. 

Está também incluída no programa a mesa redonda “Percursos na Música”, que vai juntar alunos de diversas escolas e projetos, numa conversa moderada por Tiago Brandão Rodrigues (Deputado e Presidente da Comissão Parlamentar de Ambiente e Energia e Ministro da Educação entre 2015 e 2022) que, sendo natural de Paredes de Coura, acompanha o projeto educativo da Escola do Rock desde o seu início.


O programa do Vira Fest é de entrada livre, sujeita à lotação dos espaços. Para garantir lugar na conferência de dia 25, é possível fazer uma inscrição gratuita aqui.
 

 

 
Concertos e showcases

 

O Vira Fest 2023 conta ainda com uma série de concertos e showcases de combos formados nas escolas e projetos convidados, entre eles Escola Municipal de Música de Vigo, Academia Valentim de Carvalho (Porto), Conservatório de Música do Porto, Rock School Porto, Tocá Rufar (Seixal) e Estudo Bonobo (Pontevedra, Galiza), e da escola anfitriã - Escola do Rock (em formato de combos e big band), bem como bandas a título individual, como os Pomadinha (Vila Nova de Gaia). Estes concertos não acontecem apenas no Centro Cultural – o programa estende-se a outros espaços de Paredes de Coura, nomeadamente às ruas da vila e ao Xapas Lounge, onde alguns concertos serão apresentados em parceria com o Xapas Sessions (iniciativa local de dinamização de concertos). 
 
 
Programa completo do Vira Fest 2023

 

 
O Vira Fest pretende criar um espaço de partilha de experiências e aprendizagens entre projetos educativos na área da música, oferecendo a alunos, professores/formadores, programadores, artistas e comunidade em geral um fim de semana de convívio e de reflexão sobre a música enquanto bem essencial na vida dos jovens e das populações.