Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Vivo! de Catarina Domingues

A Pickpocket Gallery tem o prazer de o/a convidar para a inauguração de...

 

b61abc3f-0c45-4a33-bf35-72193d61e604.jpg

 

5 a 21 de Fevereiro 
na Pickpocket Gallery

Inauguração: 5 de Fevereiro, 18:00
Horário: de Quarta a Sábado, das 16:00 às 20:00

 

 

Uma série de imagens que reflectem a ideia de queda, orifícios na terra que oferecem espaços de fuga. Adormecer para renascer a partir do nada, talvez dessa mesma experiência do nada. Procurar a fuga num buraco, o lugar da vida, aquele que gera raízes.
Esse buraco poderá ser o espaço para adormecer no sonho, cair nesse lugar em que se deixa de ser na esperança de um momento pausado, um interstício, que possa oferecer o renascimento.
Adormecer na cavidade, nas grutas escondidas para se acordar em renascimento. O sono oferece-nos um espaço subterrâneo em que o ser não decide mas se debruça inteiramente no oculto, na ambiguidade, no encontro dos contrários. Quem dera que este sono fosse reconciliador, que reconciliasse aquele que dorme com aquilo que o espera, cair para dentro da vida, das suas entranhas para acordar nela mesma e em movimento. Acordar-se vivo para a vida. 
Vivo! É a exclamação que apetece depois desse instante em que se acorda, ou ainda, talvez nos precipitemos em queda para desejar o grito: Vivo!

Esta exposição conta com o apoio de Vinhos Poças.
___

Catarina Domingues nasceu em Lisboa em 1987, onde vive e trabalha. Fez a licenciatura em Artes Plásticas na ESAD, Caldas da Rainha, em seguida o Mestrado em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e está em curso o seu Doutoramento também em Pintura na FBAUL. Catarina Domingues trabalha com desenho, fotografia e auto-edição de livros. 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.